Home Aviação de Caça Força Aérea Belga intercepta aviões russos sobre o Báltico

Força Aérea Belga intercepta aviões russos sobre o Báltico

5056
39

Após um mês de proteção do espaço aéreo do Báltico, a Força Aérea Belga já realizou 109 missões, totalizando 191 horas de voo.

Seus F-16 desdobrados já foram acionados 16 vezes e executaram oito interceptações.

Em 3 de outubro de 2019, os F-16 belgas encontraram jatos Su-34 e Su-24 das Forças Aeroespaciais Russas (VKS) sobre o Báltico.

Em setembro, eles interceptaram caças Su-30s e um bombardeiro Tu-160.

FOTOS: MoD da Bélgica

Subscribe
Notify of
guest
39 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Manoel Fernandes
Manoel Fernandes
8 meses atrás

Como sempre os russos se fingindo de loucos para testar o poder aéreos dos vizinhos.

José Machado
José Machado
Reply to  Manoel Fernandes
8 meses atrás

É espaço aéreo internacional. Não tem dono.

Cláudio
Cláudio
8 meses atrás

Bom é a assinatura de calor!

Nilton L Junior
Nilton L Junior
8 meses atrás

Nada de novo em se tratando do velho Urso.

Kemen
Kemen
8 meses atrás

Quem acha que o GLONASS é um sistema impreciso ou que falha esta enganado, eles sabem muito bem onde estão, esses vôos persistentes para serem interceptados tem uma finalidade, verificar como operam os diversos aviões dos paises da OTAN e também testar os seus radares, na pratica, nos diversos tipos de caças que os interceptam. Essas informações lhes permitem introduzir melhorias no desenvolvimento de seus equipamentos. Com certesa, tem muitas mais coisas sendo analisadas nessas interceptações.

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  Kemen
8 meses atrás

é o mesmo que os americanos fazem na fronteira com a Rússia.

Sempre teve isso, sempre terá.

Salim
Salim
Reply to  Kemen
8 meses atrás

Caro Kemen. Esta teoria acredito não ser mais válida pois são muitas missões sem objetivo nenhum. Acho que e mais propaganda do ‘ estou aqui’, depois da reducao drastica do poder militar russo so sobrou a ameaça atomica com submarinos e estes voos pra mostrar bandeira. Testar defesas, época paz radares operam em faixa comum e interceptação e feita no modo padrão.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Salim
8 meses atrás

Redução drástica com sendo o 3º orçamento, tendo como foco proteção da fronteira, na geopolítica trocou projeção por intervenção pontual, com novo pedido de Su-34 e 35 e 56, realmente acredita que testar a capacidade de reação do adversário é sem objetivo.

Salim
Salim
Reply to  Nilton L Junior
8 meses atrás

Caro Nilton, a forca russa e robusta porem náo e sombra para poderio soviético. A Rússia esta lentamente repondo suas forças defesa com quantidade menor meios. Estas missões na pratica são respondidas do modo padrão, o radar modo básico e aviões irão fazer interceptação clássica que e ser visto, portanto questionou a quantidade missões para este fim. Manter a chama da guerra fria acessa da muito dinheiro, tanto pro lado A e pro lado B.

Chris
Chris
Reply to  Kemen
8 meses atrás

Isso já aconteceu tantas e tantas vezes…

Que dá é a impressão que os russos esperam é o dia em que a OTAN desistirá de intercepta-los !

No mais… Eqto ficamos nessa aqui… Pilotos russos e da Otan estão é trocando cumprimentos !

Topol
Topol
8 meses atrás

Fotinha do SU-34 enquadrado no HUD é de muito mal gosto que chega a ser engraçado !!! Ainda mais sobre espaço aéreo internacional… quer passar a visão de que íam derrubar um caça russo em missão de rotina em espaço aéreo internacional? Truco !!! me engana que eu gosto kkk

Sagaz
Sagaz
Reply to  Topol
8 meses atrás

A Turquia abateu sobre a Síria, e deu em que?

pangloss
pangloss
Reply to  Sagaz
8 meses atrás

Deu em venda do sistema S-400 e na complicação da situação da Turquia na OTAN.
Combate? Não, isso não rolou.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  pangloss
8 meses atrás

Permite um a parte, deu que ficaram com u na mão, a NATO pulou fora e Erdogan ficou no muro com a brocha na mão.
Derrubou porque os comandantes Russos foram arrogantes e estupidos em deixar o Su-24 sem escolta sem AWC, o que mudou completamente depois desse episódio.

RENAN
RENAN
Reply to  pangloss
8 meses atrás

E um S400 instalado de maneira a Turquia respeita os Russos na Síria

Terminator
Terminator
Reply to  Sagaz
8 meses atrás

Sabiam que os caças turcos estavam na cola, mas não sabiam que iam realmente disparar para matar.

JPC3
JPC3
Reply to  Topol
8 meses atrás

O certo era tirar a foto do Su-34 sendo enquadrado pela entrada de ar do motor…..

JPC3
JPC3
Reply to  Topol
8 meses atrás

Se fosse ao contrário o comentário seria: “”Poderiam abater o caça americano com facilidade se quisessem””” e outras coisas sem sentido que a gente lê quando as interceptações são russas.

Flanker
Flanker
Reply to  Topol
8 meses atrás

Ué, mas os russos fazem o mesmo…e pior !! Manobras bruscas e muito próximas das aeronaves interceptadas….e qual o problema de enquadrar no HUD? Por acaso, isso é obrigatoriedade de abate?

Robson Diogo Nascimento de Sousa
Robson Diogo Nascimento de Sousa
8 meses atrás

Mais um dia normal no Mar Báltico!!!

100nick-Elâ
100nick-Elâ
8 meses atrás

Atirem para vocês verem!

JPC3
JPC3
Reply to  100nick-Elâ
8 meses atrás

Se atirarem o Su-34 cai ou explode, simples.

Nilton Reis Jr
Nilton Reis Jr
Reply to  JPC3
8 meses atrás

@JPC3 se atirarem com um aim-9x nenhum dos dois, né?!

JPC3
JPC3
Reply to  Nilton Reis Jr
8 meses atrás

Boa.

Flanker
Flanker
Reply to  100nick-Elâ
8 meses atrás

Noooossssaaaa!!!! Que medoooo!!!!! Kkkkkkkkķkkkkkķkk

Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
8 meses atrás

Com tantos caças diferente a logística da força aérea russa deve ser um pesadelo.

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
Reply to  Plinio Carvalho
8 meses atrás

Acho que não deve ser tão difícil em se tratando de aviões da mesma família; Su-27, SU-30, SU-34, SU-35

rafa
rafa
Reply to  Fabio Jeffer
8 meses atrás

Esqueceu dos MiGs

Antunes 1980
Antunes 1980
8 meses atrás

Agora da pra entender por que os mísseis às vezes acertam no meio da aeronave.
A assinatura de calor impressiona.

Alfa BR
Alfa BR
8 meses atrás

Me lembro dos que malharam o F-22 por ter sido supostamente pego na mesma situação…

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Alfa BR
8 meses atrás

Qual situação?

Salim
Salim
Reply to  Alfa BR
8 meses atrás

Qual situação!?

Peterson Borges Rodrigues
Peterson Borges Rodrigues
8 meses atrás

Os russos estão testando para ver a prontidão da Otan.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
8 meses atrás

Segue o jogo, continuam sendo bons alvos.

Alessandro
Alessandro
8 meses atrás

O caça é muito bonito, mas convenhamos, parece uma arvore de natal voadora, de tanto que brilha a sua assinatura de calor.

Heyarth
Heyarth
8 meses atrás

É rotina os russos voarem naquela área, afinal eles tem o “exclave” de Kaliningrado onde eles precisam obrigatoriamente passar por alí e sempre a OTAN estará de olho.

AMSS
AMSS
8 meses atrás

É impressão minha ou os caças russos não estão carregando mísseis?

Mairton Melo
8 meses atrás

Curioso que, na grande maioria das vezes, os aviões russos voam “limpos”, sem misseis nos cabides ou outras armas. Ruim para quem tem que manter uma força de prontidão para interceptar toooooooooooooooooodo e qualquer voo dos russos.

Haja dinheiro para manter equipes, pilotos e aviões em prontidão initerrupta. Claro, o objetivo de revesarem é justamente o de não onerar somente um dos aliados, mas ainda assim, é um pu**a prejuízo que os russos provocam nesse povo rsrs.