Home Aviação de Caça Força Aérea Belga intercepta aviões russos sobre o Báltico

Força Aérea Belga intercepta aviões russos sobre o Báltico

5007
39

Após um mês de proteção do espaço aéreo do Báltico, a Força Aérea Belga já realizou 109 missões, totalizando 191 horas de voo.

Seus F-16 desdobrados já foram acionados 16 vezes e executaram oito interceptações.

Em 3 de outubro de 2019, os F-16 belgas encontraram jatos Su-34 e Su-24 das Forças Aeroespaciais Russas (VKS) sobre o Báltico.

Em setembro, eles interceptaram caças Su-30s e um bombardeiro Tu-160.

FOTOS: MoD da Bélgica

39 COMMENTS

  1. Quem acha que o GLONASS é um sistema impreciso ou que falha esta enganado, eles sabem muito bem onde estão, esses vôos persistentes para serem interceptados tem uma finalidade, verificar como operam os diversos aviões dos paises da OTAN e também testar os seus radares, na pratica, nos diversos tipos de caças que os interceptam. Essas informações lhes permitem introduzir melhorias no desenvolvimento de seus equipamentos. Com certesa, tem muitas mais coisas sendo analisadas nessas interceptações.

    • Caro Kemen. Esta teoria acredito não ser mais válida pois são muitas missões sem objetivo nenhum. Acho que e mais propaganda do ‘ estou aqui’, depois da reducao drastica do poder militar russo so sobrou a ameaça atomica com submarinos e estes voos pra mostrar bandeira. Testar defesas, época paz radares operam em faixa comum e interceptação e feita no modo padrão.

      • Redução drástica com sendo o 3º orçamento, tendo como foco proteção da fronteira, na geopolítica trocou projeção por intervenção pontual, com novo pedido de Su-34 e 35 e 56, realmente acredita que testar a capacidade de reação do adversário é sem objetivo.

        • Caro Nilton, a forca russa e robusta porem náo e sombra para poderio soviético. A Rússia esta lentamente repondo suas forças defesa com quantidade menor meios. Estas missões na pratica são respondidas do modo padrão, o radar modo básico e aviões irão fazer interceptação clássica que e ser visto, portanto questionou a quantidade missões para este fim. Manter a chama da guerra fria acessa da muito dinheiro, tanto pro lado A e pro lado B.

    • Isso já aconteceu tantas e tantas vezes…

      Que dá é a impressão que os russos esperam é o dia em que a OTAN desistirá de intercepta-los !

      No mais… Eqto ficamos nessa aqui… Pilotos russos e da Otan estão é trocando cumprimentos !

  2. Fotinha do SU-34 enquadrado no HUD é de muito mal gosto que chega a ser engraçado !!! Ainda mais sobre espaço aéreo internacional… quer passar a visão de que íam derrubar um caça russo em missão de rotina em espaço aéreo internacional? Truco !!! me engana que eu gosto kkk

  3. É rotina os russos voarem naquela área, afinal eles tem o “exclave” de Kaliningrado onde eles precisam obrigatoriamente passar por alí e sempre a OTAN estará de olho.

  4. Curioso que, na grande maioria das vezes, os aviões russos voam “limpos”, sem misseis nos cabides ou outras armas. Ruim para quem tem que manter uma força de prontidão para interceptar toooooooooooooooooodo e qualquer voo dos russos.

    Haja dinheiro para manter equipes, pilotos e aviões em prontidão initerrupta. Claro, o objetivo de revesarem é justamente o de não onerar somente um dos aliados, mas ainda assim, é um pu**a prejuízo que os russos provocam nesse povo rsrs.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here