Home Aviação de Ataque VÍDEO: Su-34 Fullback da Rússia operando em rodovia

VÍDEO: Su-34 Fullback da Rússia operando em rodovia

7178
212

Os Su-34 Fullback da Força Aérea Russa operaram em uma rodovia em construção na Rússia Central. O exercício no Distrito Militar Central envolveu 12 Su-34, 2 An-26 e pelo menos 3 Mi-8

Em 28 de agosto de 2019, o Ministério da Defesa da Rússia publicou um vídeo mostrando os caça-bombardeiros Su-34 operando em uma faixa de rodovia durante um exercício de suporte material e técnico (MTO) das Forças Armadas da Federação Russa no Distrito Militar Central.

Durante o exercício, 12 caça-bombardeiros Su-34 Fullback e duas aeronaves de carga An-26 Curl pousaram na pista da rodovia, onde toda a infraestrutura de apoio de aeródromo foi desdobrada junto com pelo menos três helicópteros Mi-8.

Uma vista aérea fornecida por um drone mostra a pista equipada com marcações completas da pista e equipamentos de apoio. Duas rampas podem ser vistas, uma em cada extremidade da pista, onde as aeronaves podem ser estacionadas.

A primeira rampa, perto da torre de controle, pode receber pelo menos 12 aviões de combate, embora apenas sete estivessem presentes no momento em que o vídeo foi gravado. A segunda rampa, no extremo oposto da faixa, abrigava os An-26.

212
Deixe um comentário

avatar
40 Comment threads
172 Thread replies
3 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
90 Comment authors
Fernando "Nunão" De MartiniGonçalo JrJoao ArgoloFelipe MoraisCarvalho2008 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Leonardo
Visitante
Leonardo

40 Su34 na FAB !

Bardini
Visitante
Bardini

🤦🏻‍♂️🤦🏻‍♂️🤦🏻‍♂️

cesar silva
Visitante

eu tava pensado em 88 desses mais 360 gripen

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Só isso? Por que pensas tão pequeno??? Manda também 650 Tie Fighters!!!
🤗🤗🤗

Gonçalo Jr
Visitante
Gonçalo Jr

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA. Enquanto não chegam podem vir os modelos do Episódio I – A Ameaça Fantasma.

Topol
Visitante
Topol

Dois esquadrões na MB para “fechar” o Atlântico Sul de ponta a ponta !!!

Maurício.
Visitante
Maurício.

Topol, para fecharmos o atlântico de ponta a ponta precisamos é de submarinos, mas eu nem vou entrar no assunto MB, sinceramente dá um desânimo falar sobre a Marinha, acho que o alto comando está perdido e não sabe bem exatamente o que quer, infelizmente.

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Querer, ele quer um monte de coisas. Quer e precisa. O problema é que roubaram tudo, não sobrou nada…

Greyjoy
Visitante
Greyjoy

O almirantado quer é bonificação, salários altos, porta aviões pra fazer coquetéis. Uma gestão consciente, voltada pro reaparelhamento das forças, nenhum líder colocar na mesa.

Gelson
Visitante
Gelson

Bom dia, parece que o plano estratégico da MB para dominar o Atlântico Sul é uma composição de submarino nuclear (uma unidade – quando ficar pronta) + barcos patrulha de 500t (meia dúzia – quando ficarem prontos). Também há rumores sobre o treinamento secreto de golfinhos para sinalizarem a presença de navios hostis nestas águas. … Piadas à parte, também sou fã da utilização de equipamentos russos nas forças armadas. Basta mandar alguém que fale a língua e tenha conhecimento sobre o assunto para negociar termos de pós-venda. NCO músico não dá, né? Dois esquadrões de SU-34 seria um argumento… Read more »

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

Os barcos de patrulha da MB são sub-armados, deveriam ser mais equipados…

Leopoldo
Visitante

O Gripen já preenche bem essa lacuna o que precisamos dentro da capacidade orçamentaria é ter até um terceiro lote somado e desenvolver um produto nacional para defesa aérea.

teropode
Visitante

E eis que o NG é elevado a categoria de super trunfo , só acho que pelas características relatadas dele e do SU34 é possível notar que o NG vai precisar de uma maior logística para realizar as mesmas funções do SU34 , abastecer , rearmar , troca de tripulação, há um abismo entre as capacidades .

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Esse abismo non-ecsiste se pensarmos que vamos operar os Gripen ‘em casa’ ou, no máximo, ‘no quintal.’

teropode
Visitante

Na realidade não era nem para compara-los , ele é um atacante nato.

Brunow Basillio
Visitante

Roberto F. Santana
Não esquece de levar a “bandeirinha branca” e uma camisa da seleção autografada por Pelé….

Gonçalo Jr
Visitante
Gonçalo Jr

Os 650 Tie Fighters recomendados pelo João Moita Jr. cumprirão a missão perfeitamente. A tal coalisão não terá chance nenhuma.

Gustavo
Visitante
Gustavo

Eu sou a favor de termos apenas o Gripen E/F por aqui, mas 18 desses SU-34 na Marinha para cumprir a tarefa de defesa do Atlântico seria interessante… Apesar de ainda assim preferir o Gripen tb na MB.

Chris
Visitante
Chris

Tbem acho que para a Marinha o melhor é o Gripen !

Mas queria ver um lote, mesmo que pequeno, de F-15 ou F-18… Para as tarefas mais “pesadas” que o Gripen não é capaz de executar !

(Acho melhor caças ocidentais, pois certamente seria bem mais fácil integra-los aos nossos sistemas (ocidentais))

teropode
Visitante

Gripen na BRnavy só se operando em porta-avioes, a vantagem deste SU 34 é justamente ter pernas longas , carregar muito combustível e poder carregar o dobro de armas do Gripen .

Gustavo
Visitante
Gustavo

na verdade o Gripen E é capaz de cumprir todas as missões que o F-15 e F-18 cumprem também.

marcus
Visitante
marcus

Toda a patrulha marítima deve ser repassada para Marinha. Os P3 os Bandeirulha etc. E já deveriam estar pensando em novas aeronaves de patrulhamento para marinha. Patrulhar o atlântico a Marinha.Patrulhar o continente Aeronautica.

Chris
Visitante
Chris

40 ? Puxa vida… Eu to bem atrasado, ainda to admirando a pintura e pensando…

De pintura os russos entendem… Até a mistura com o verde, ficou legal !

Entusiasta Militar
Visitante
Entusiasta Militar

Pra que essa sucata voadora na FAB ???

Esqueceu que teremos o Gripen, melhor caça da atualidade
Mas,seria sim interessante ter um caça Russo Poderoso como o MIG-35, esse sim vale a pena ter uns 20 na MB kkkk

Alessandro
Visitante
Alessandro

Leonardo, com toda certeza o Su-34 deve ser um grande caça de combate, mas com o dinheiro que iríamos gastar nesses 40 que vc citou, eu prefiro a opção de comprar 80 gripens E que seria fabricado aqui.

Mateus Lobo
Visitante
Mateus Lobo

Deus nos livre!

Claudio
Visitante
Claudio

No Brasil não pode fazer isso devido os buracos nas estradas

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Claudio. Se o piloto concordar em pagar o pedágio, daria para usar uma rodovia administrada pela CCR.

Tomcat
Visitante
Tomcat

Kkkkkkk. Tragam um Oscar para o Camargoer!!!!

Marcio Cosentino
Visitante
Marcio Cosentino

kkkk. Perfeito. Tem meu voto.

Igor
Visitante
Igor

Integra um via fácil que resolve!

Camargoer
Visitante
Camargoer

Ola Igor . Acho que tem que perguntar lá posto Ipiranga.

Carcará 01
Visitante
Carcará 01

Nesse caso teria de ser um Connect Car…

Pedro
Visitante
Pedro

Sem falar que no pouso nao pode ultrapassar 60km/h senao sera multado e tera pontos em sua carteira! Se der mais de 100% da velocidade, ai sera tomada sua habilitacao e tera que fazer cursinho de auto escola.

Rafael G Oliveira
Visitante
Rafael G Oliveira

Amigo Cláudio….embora seja raro….a fab treina esse tipo de operação de dispersão….procure na internet sobre “operação rodopista” e verá que o Brasil tem sim condições…..abraço

Saldanha da Gama
Visitante
Saldanha da Gama

Até em piada tem deslike, impressionante.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Ola Saldanha. Humor é sinal de inteligência.

Marcio Cosentino
Visitante
Marcio Cosentino

Tem até em pergunta…

MGNVS
Visitante
MGNVS

Marcio Consentino
Verdade.
Essa turma da dislike ate em perguntas.
kkkkkkkkk…. com certeza essas negativadas devem ser dos mesmos comentaristas de sempre que so sabem poluir o blog com discussoes ideologicas inuteis. Os famosos comentaristas robôs de fakenews do whatsapp e palpiteiros de facebook.

Gustavo
Visitante
Gustavo

Provavelmente o asfalto dessa rodovia ficou danificado depois dos treinamentos… O peso do caça e a velocidade do toque no pouso exerce bem mais força que um caminhão… se for igual as rodovias do Brasil, o asfalto saiu no minimo ondulado. haha

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Gustavo, pelo que foi informado, esse trecho da rodovia foi especialmente preparado para essa operação. Ou seja, provavelmente foi feito com outro tipo de asfalto ou mesmo concreto..

marcus
Visitante
marcus

O asfalto na Russia não é de eleição.

DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

Pessoal, aqui no meu estado na Paraíba, na BR-230, já teve este tipo de treinamento com umas duas ou era três tipos de aeronave a uns 10 anos atrás, e não fez nada na BR, alias, elas aguentam caminhões com bem mais toneladas. Não sei o motivo de não fazerem mais esses treinamentos.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Su-34 é uma belezinha. Gosto muito desse avião.

MBP77
Visitante
MBP77

Somos 2.
Sempre apreciei o design geral da família SU-27 e suas variantes.
Sds.

sergio ribamar ferreira
Visitante

Concordo com o Sr. Leandro. Belezinha não!. Belezura! eu não entendo o porquê de não se buscar parcerias de defesa com a Rússia? Sempre dizem: falta de logística, manutenção, outro prisma, Há de ter uma adequação dos pilotos e técnicos com as aeronaves, armamento russo não tem compatibilidade e outras invencionices . Escuto isso há quarenta ano ou mais. Temos de ter uma parceria, uma fábrica, sei lá! da mesma maneira com caças americanos, fica esperando operar a conta gotas trinta e seis aeronaves que quando estiverem no inventario, completas já estarão desatualizadas. E só ficaram nas trinta e seis… Read more »

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Sergio, por mais que eu goste de muitas das aeronaves Russas e tenho certeza de que são bastante capazes (e tenho um lugar especial no meu coração para o Su-24 e variantes de dois assentos do MiG-29), não acho que seriam uma boa ideia para o Brasil. Da mesma forma, eu acharia o mesmo do meu avião à jato predileto, o F-14 (se estivéssemos na década de 80 ou algo assim) e talvez até o F-15. Deixando de lado a velha preocupação sobre a cadeia logística, que realmente pode ser bem complicada e há relatos adversos sobre isso de diversas… Read more »

sergio ribamar ferreira
Visitante

Obrigado Sr. Leandro. excelente comentário. Deus abençoe o Sr. e família . tenha um excelente dia.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Obrigado sergio. Desejo o mesmo à ti e aos seus.

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

A China e a India se beneficiaram bastante com a aproximação com a Russia e aprenderam muito. A industria bélica deles (China e India) é bem superior a do Brasil que sempre optou por agradar os norte-americanos (estes não facilitam nada pra ninguem). Se o Brasil tivesse optado por equipamentos e acordos com a Russia, hoje estaria construindo suas próprias aeronaves e sistemas de defesa. O Irã que não é governado por bestas e tapados já ultrapassou o Brasil no campo da defesa e não foi aprendendo sozinho não. Lá tambem tem o dedo da Russia. Mas parece que a… Read more »

André
Visitante
André

É mesmo Francisco. Só o que faltou para nossa indústria bélica foi termos nos aproximando da Rússia, aí teríamos uma indústria tão forte quanto o Peru, a Venezuela ou a Síria.

Veja que países que se aproximaram dos EUA não tem industria bélica, como o Japão, a Coreia e Israel.

Tudo se resume à proximidade dos malvados do norte.

Munhoz
Visitante
Munhoz

No contexto de nosso país ele não deixa de ter uma certa razão, os países que vc relacionou são aliados estratégicos dos EUA! No nosso caso não, tinha até uma certa dúvida sobre a entrega de mísseis AIM 120 caso o F 18 fosse escolhido, os EUA nunca ofereceram para nós uma parceria na produção conjunta de um sistema por exemplo! Eles querem vender equipamentos usados via FMS, ou o sistema que eles querem e acham que não vai afetar o equilíbrio militar da região! Já com os russos poderíamos aproveitar uma eventual parceria como no caso dos Indianos com… Read more »

Andre
Visitante
Andre

Munhoz, o meu ponto é que tanto faz o parceiro. Se não houver vontade interna e organização, não adianta o parceiro. Austrália e Canada, por exemplo, também são parceiros estratégicos dos EUA e nem por isso tem uma industria militar desenvolvida. Assim como o Leandro falou: “O Brasileiro em geral tem mania de imputar os problemas internos brasileiros nos estrangeiros, quando a culpa dos nossos infortúnios é totalmente nossa.”

Munhoz
Visitante
Munhoz

Neste caso vc tem que avaliar do ponto de vista geopolítico e econômico, o Canada e a Austrália não tem uma industria militar desenvolvida não por falta de oportunidade mas sim por falta de interesse, são países que estão na cola dos EUA, e em caso de alguma crise (o que é muito improvável para o Canada ) uma autonomia poderia até dificultar a logística.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Francisco, se alinhamento (seja da forma que for) ou parceria significasse desenvolvimento imediato, seu post faria mais sentido. Mas não significa nada disso. O grande motivo pelo qual o Brasil sofreu processo de des-industrialização, não foi por causa de qualquer parceria que tivemos. É problema interno mesmo. A vontade de um povo de se organizar e se desenvolver de maneira independente de qualquer fator externo. Melhor com ajuda externa e acordos, que sendo bem aproveitados, podem muito bem gerar frutos. E fizemos diversos desses acordos por aqui, com Americanos, Alemães, Franceses, Ingleses, etc., mas NÓS não soubemos absorver o conhecimento… Read more »

BILL27
Visitante
BILL27

O F-15 faria o mesmo serviço que ele não ?

Camargoer
Visitante
Camargoer

Acho que não.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Na verdade, o F-15E Strike Eagle foi desenvolvido justamente para a mesma função, substituindo os veneráveis F-111.

BILL27
Visitante
BILL27

Pois é …e meu comentario ainda tomou 5 negativos …vai entender rs

Camargoer
Visitante
Camargoer

Diga-me quem te negativas e eu te direi quem és.

A6MZero
Visitante
A6MZero

Eu gosto do design de muitas aeronaves Russas, mas pessoalmente acho o SU-34 uma abominação hahaha, mas sempre é bom lembrar que beleza ou a falta dela não significa que não seja uma aeronave extraordinária.

Maurício.
Visitante
Maurício.

Essa rodovia está melhor que muita base aérea por aí… Engraçado que até os russos treinam em rodovias, na minha opinião isso é quando já se está em desespero, como último recurso mesmo, mas treinamento sempre é válido de alguma forma.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Se considerar que alguns dos primeiros alvos em conflitos são as pistas de bases aéreas, acho o treinamento bem válido e não significa que seja último recurso ou desespero.

Maurício.
Visitante
Maurício.

Leandro, respeito a sua opinião, mas olha o tamanho da Rússia, o dia que eles tiverem que operar em rodovias é porque ” a vaca já tá indo pro brejo”.

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

De fato Roberto. A doutrina soviética era de que a força aérea acompanhava o exército, daí todas as aeronaves da mesma terem trens de pouso “de trator”.

E tem outra: os próprios marines americanos tem conceito semelhante, daí fazerem tanta questão pelo Harrier e depois o F-35B. Afinal, base aérea improvisada perto do combate significa menor tempo de reação da cobertura aérea, além de menos combustível necessário para chegar na peleja, logo sobra mais para armamento.

Garanto que nenhum dos dois opera “no desespero”, pelo contrário, causam desespero nos outros.

https://www.youtube.com/watch?v=gxzzmtbcOec

Maurício.
Visitante
Maurício.

Clésio, o dia que americanos e russos operarem “no desespero” contra os “cachorros mortos” que eles atacam, aí é melhor recolherem os equipamentos e voltarem para casa.
Quero ver dois países com capacidades semelhantes se enfrentando para ver se essa doutrina de operar em rodovias realmente funciona.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Exato, Roberto.

Mauricio, tanto OTAN quanto Pacto de Varsóvia treinaram muito isso na Europa e é parte fundamental da estratégia Sueca. A Rússia é mesmo gigantesca, mas o treino é bom exatamente porque pode ser utilizado em praticamente qualquer lugar heheheh

Maurício.
Visitante
Maurício.

Leandro, é como eu disse no meu comentário, todo treinamento é válido, em alguns países europeus pequenos como a Suécia é um treinamento válido, nosso AMX pode pousar em rodovias e pistas semi preparadas, mas nunca participou de uma rodopista, que eu me lembre a FAB só treinou esse tipo de exercício com tucano, xavante e bandeirante, aeronaves maiores e de caça nunca praticaram esse tipo de exercício na FAB. E outra coisa, se um Su-34 estiver pousando e decolando de uma rodovia alheia é porque a guerra já tá quase ganha pro lado deles, nesse caso é mais fácil… Read more »

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

E se as bases dos inimigos foram totalmente destruídas para impedir o pouso dos aviões da Russia?

sergio ribamar ferreira
Visitante

concordo com o Sr. Roberto F. Santana. Perfeita colocação. Grande abraço.

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

Você acha que eles estão pensando em operar rodovias só na Russia? eles tem visão estratégica e devem estar treinando para pousar em rodovias de outros países e não só no deles.

João Ramos
Visitante
João Ramos

Mas e se realmente eles estiverem no “nível vaca no brejo”, não deveriam continuar operando aeronaves mesmo assim?

Maurício.
Visitante
Maurício.

João, leia meu comentário novamente, eu disse que isso é um último recurso, não disse que deveriam parar de operar as aeronaves.

Bardini
Visitante
Bardini

“Essa rodovia está melhor que muita base aérea por aí…”
.
Deve ser novinha em folha, projetada para isso. Basta ver nas imagens que mais a frente a pista acaba e parece estar ainda em obras…

Maurício.
Visitante
Maurício.

Bardini, o próprio texto diz que a rodovia está em construção, eu sei que você foi irônico, mas da uma olhada nas rodovias que são feitas aqui no Brasil e dá uma olhada nessa rodovia russa, e querendo ou não, está em melhores condições que muitas bases aéreas.

Carvalho
Visitante
Carvalho

Um eixo de rodovia é implantado com toda a geometria de uma pista de pouso, inclusive com sinalização.
Já vi este tipo de uso em rodovias no Uruguai.
Podem ser usadas para dispersar meios, mas tem sua localização previamente conhecida pelo inimigo

Maurício.
Visitante
Maurício.

Carvalho, você tocou num ponto importante, todas essas rodovias já são previamente conhecidas pelo inimigo, nada impede que sejam bombardeadas também.

Carvalho
Visitante
Carvalho

Mauricio,
Na verdade não é a rodovia, mas o segmento que foi projetado e implantado como pista. Observe as marcações de pista, taxiway e pátio de aeronaves.
Toda a infraestrutura de suporte também está lá.
A grosso modo, tem-se uma base em stand-by, pronta para ser ativada em caso de necessidade.
Creio que A FAB certa vez fez exercícios de operar em pequenos aeroportos do interior, deslocando um Grupo Aéreo para o local.

Maurício.
Visitante
Maurício.

Carvalho, você tem razão, só faltou os russos instalarem alguns hangaretes para parecer ainda mais uma base aérea de stand-by!

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

A Suécia tem essa doutrina faz décadas, em caso de guerra com a Rússia eles se espalham todos pelo país que é coberto por vastas florestas, e tem vários trechos de rodovias com largura extra para operar caças, é o conceito Airbase 90. “Agrupados nos pegam todos, espalhados e escondidos podem até pegar, mas vai custar caro” .

André Sávio Craveiro Bueno
Visitante
André Sávio Craveiro Bueno

No estado de São Paulo iriam precisar pagar pedágio. Como seria cobrado?! 😀

Maurício.
Visitante
Maurício.

André, em São Paulo eu acho que o soldo do piloto russo nem chegaria para pagar os pedágios, aqui no RS já é difícil, imagina em SP.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Andre. Comentei a mesma coisa ali em cima sobre a CCR. Talvez colocar um “sem parar” no HUD.

Tomcat
Visitante
Tomcat

Camargoer, nessa matéria vc está impagável!!!! Kkkkkk

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Tom. Aproveitando as escada, os valores cobrados pela CCR também são impagáveis

Saldanha da Gama
Visitante
Saldanha da Gama

Aqui em Curitiba, se pegarmos a estrada para o litoral, cerca de 80 km até morretes, de carro paguei 22 reais +/-, imagina quanto um veículo deste pagaria.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Ola Saldanha. O valor aproximado dos pedágios das rodovias administradas por concessionárias é praticamente R$ 0,20 por km.

Rprosa
Visitante
Rprosa

Estranho quando os suecos, alemães ou americanos fazem estes treinamento de dispersão e considerado demonstração de preparo, estrategia, etc, quando os russos fazem e sinônimo de desespero, alguém pode me explicar com o que os russos estariam desesperados, será que os georgianos ou os ucranianos vão invadir a Rússia?

Carvalho
Visitante
Carvalho

Isto não é uma rodovia nem aqui nem na Rússia.

Rprosa
Visitante
Rprosa

As principais rodovias da Rússia são projetadas para ter seções para aeronaves militares pousarem em caso de conflito armado ou emergência. Ao todo, uma dúzia de Su-34 e dois An-26 participaram do exercício.

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

24 unidades para a MB.
Quem sabe se um dia realmente tiverem visão estratégica, reduzirem gastos com folha de pagamentos, sobrar verbas para manutenção, compra e desenvolvimento e construirem 2 Nae,s nacionais.
Essa ainda será uma formidável máquina de dissuasão !
Lindo os caças Russos (e mortais diga-se de passagem) !

sergio ribamar ferreira
Visitante

Concordo com o Sr Foxtrot. Bem que gostaria que isso acontecesse. quando se parar para pensar o quanto é importante ter caminho aberto para se fazer parcerias com a Rússia teríamos uma Força aérea de dissuasão. e também não descarto outros países como os EUA. Deixemos de ter mentalidade atrasada. há quarenta anos vejo a decadência das Forças Armadas. se todos os militares da ativa mais judiciário, MP fossem para aposentadoria com teto máximo do INSS poderíamos já ter um equilíbrio nas contas. Sem contar om aposentadoria dos congressistas. Creio que as Instituições citadas acima pagam muito bem os seus… Read more »

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Concordo com o senhor caro Sérgio Ferreira, em gênero número e grau. Porém as “castas” mais abastadas da sociedade brasileira (aí incluem-se os militares de alta patente) não querem cortar na carne. Precisam acabar com o serviço militar obrigatório, desativar bases militares nos grandes centros urbanos e transferir para as fronteiras do país, aposentar de vez muitos almirantes, generais e brigadeiros ( exemplo o EB tem mais generais que o Uso Army), e evitar que os mesmos recebam cargos de indicação nas empresas de defesa (principalmente as públicas) etc. Só com essas medidas já terão uma economia gritante refletindo em… Read more »

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Foxtrot. O serviço militar obrigatório pode ser criticado por vários pontos, mas nunca para reduzir despesas. São convocados um pouco menos de 100 mil soldados por ano, que custam cerca de R$ 1 bilhão, ou cera de 1% do orçamento total (lembrando que 75% do orçamento é usado para pessoal, sendo 35% para pessoal da ativa). Portanto o serviço obrigatório é a solução mais barata para manter uma tropa. Ao contrário do pessoal de carreira, os convocados não geram despesas futuras de previdência.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Realmente está faltando porta aviões na Russia…

Carvalho
Visitante
Carvalho

Quem tiver saco pode olhar no Google Earth a Ruta 9, no Uruguai, em frente à Fortaleza de Santa Tereza. Ali há um segmento de rodovia com geometria de pista de pouso e com as marcações de cabeceira.
Cabeceiras 03 e 21

nonato
Visitante
nonato

Interessante.
Só estranho porque, aparentemente, o Urugua tem essas pistas mas não aviões…i

Wellington Rossi Kramer
Visitante
Wellington Rossi Kramer

É para o inimigo poder usar.

Kommander
Visitante

Wellington, KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Oi Carvalho, pode nos passar as coordenadas?

Carvalho
Visitante
Carvalho

Oi Rodrigo,
Digite no Google earth:
Fortaleza de Santa Teresa, 9, Rocha, Uruguai.

A pista está a poucos metros ao norte do acesso a esta localidade, na Ruta 9.
335738 S
533301 O

Este segmento é muito antigo, me lembro que passei por ali na época se amarrava cachorro com linguiça. Mas a sinalização das cabeceiras ainda está sendo mantida, o que indica um “apronto operacional’ atualizado.
A pista tem 1.97 km (como comparação o aeroporto de Porto Alegre possui 2,20 km). Ou seja, pode operar aviões de grande porte.

Não sei se existem outros segmentos no país.

Vou tentar reproduzir imagem na sequencia.
Abraço

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Legal.. Vou dar uma olhada. Obrigado!

Carvalho
Visitante
Carvalho

https://www.youtube.com/watch?v=ukhWwUYw0kw
Achei este link da pista sendo usada pela FAU

Dudu
Visitante
Dudu

Magnífico.Surpreendente e prático.Aeronave belíssima.Quem sabe no futuro poderemos ver algo semelhante com o Gripen.

Arariboia
Visitante
Arariboia

Esta estrada é a nova ligação Russia/China/pacifico

USS Iowa
Visitante
USS Iowa

Lindo demais!

RENAN
Visitante
RENAN

Se tá de brincadeira Só o poder de ataque reunido ali é impressionante, a marinha do Brasil deve um dia ser dotada de homólogo a estes equipamentos. Sou fã do su34 Lindo demais e poder de ataque impressionante. Longo alcance Robusto. Se um dia tiver homólogo de um país capitalista orientado com nossa política, então que compre 24 unidades para marinha do Brasil. Gostaria muito que não tivéssemos que virar as costas para Rússia e China Estes dois gigantes tem muito a ensinar ao adormecido em berço expendido. As tecnologias de aviação, foguetes e submarinos russos é impressionante. As capacidade… Read more »

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

Não fosse a nossa própria crise seria o momento ideal de barganhar pelo S-400 com ToT mesmo

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Interessante, será que é parte da doutrina ou é eventual.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Russia se preparando para invadir a Ucrânia!

Gabriel BR
Visitante
Gabriel BR

Campanha: 36 Su34 na Marinha do Brasil!

Bardini
Visitante
Bardini

Vai fundo, campeão… nem a Marinha Russa usa, mas vai lá, tenta!

Gabriel BR
Visitante
Gabriel BR

Vai brincar de super trunfo com seus coleguinhas, aqui é conversa de gente grande!

Bardini
Visitante
Bardini

Se fosse conversa de “gente grande”, tu saberia que a MB tem um sem fim de outras prioridades e existem um igual sem fim de materiais que seriam profundamente mais úteis de se adquirir, antes de querer enterrar dinheiro em outra linha logística, para sustentar um caça-bombardeiro que não pode ser embarcado, que não conversa com os sistemas e doutrina que temos e que não usa as munições que temos.
.
Isso aí de Su-34 na MB é o PIOR dos papos de iludido… Puramente isso. O último reduto das viúvas da Sukhoi.

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Ficariam bem em São Pedro da Aldeia no lugar dos Skyhawks.

Rodrigo Maçolla
Visitante
Rodrigo Maçolla

Se for analisar bem esse avião hoje é o “cavalo de batalha” da Russia no que diz respeito a todo tipo de missão de ataque a superfície; E aquele “puxadinho” da cabine atras dos pilotos tem um banheiro pra tirar água do joelho? e um microondas pra fazer Miojo ??

Bardini
Visitante
Bardini

Nossa, de nova essa MENTIRA de puxadinho, com banheiro e cozinha… eu já perdi a conta das vezes que tive que procurar pra postar a porcaria da garrafa em que os russos tem nessa aeronave e que serve pra urinar dentro.
.
O Poder Aereo deveria usar aquilo como capa e escrever bem grande: Esse é o banheiro do Su-34!
.
Pior que essa bobagem, só os caras que falam em fechar o Atlântico e que falam em mágicos e completamente fora da realidade 4.000 km de raio de combate.

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

Bardini, poderia divulgar novamente. Eu nunca vi essa imagem que você fala. Nas informações disponíveis é divulgado que atrás dos assentos existe uma pequena cozinha e um banheiro. Mas nunca vi imagem de como seria. De qualquer forma sou fá dessa aeronave. Ela possui algumas características muito interessantes, como os assentos lado a lado, a blindagem no cockpit, espaço para piloto e co-piloto ficarem totalmente em pé, espaço para deitarem e descansar e a pequena cozinha e banheiro. Sobre o alcance de 4.000 km, eu nunca vi como sendo raio de ação e sim alcance. O que daria um raio… Read more »

Bardini
Visitante
Bardini

“Nas informações disponíveis é divulgado que atrás dos assentos existe uma pequena cozinha e um banheiro. Mas nunca vi imagem de como seria.” . Não tem nada atrás dos assentos… Não cabe nada. A única coisa que existe é um espaço entre os assentos, mas é por conta da forma de entrar nessa aeronave. . “Sobre o alcance de 4.000 km, eu nunca vi como sendo raio de ação e sim alcance.” . Ihhh… O que tem de gente que conta vantagem com Ferry Range, pra dizer que os Su tem alcance imbatível é fora de série. No mundo real,… Read more »

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

Obrigado pela imagem e o vídeo. Na verdade Bardini existe sim um espaço atrás dos assentos, não é grande como muitos poderiam pensar e não é uma cozinha e um banheiro como muitos imaginavam, mas continua sendo um diferencial do caça, já que a grande maioria não tem nem esse espaço. Não da para levantar, ficar em pé, não da para deitar e não da para ir atrás do assento esquentar um lanchinho e comer, como também não da para ir atrás do assento e urinar. Portanto, é menor do que muitos imaginavam, mas continua sendo um diferencial da aeronave… Read more »

Bardini
Visitante
Bardini

Esse é o “grande” alcance…comment image

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Esse é o site da Sukhoi? Em inglês??

Bardini
Visitante
Bardini

Óbvio que não… É um infográfico divulgado pela mídia russa durante operações na Síria.
.
Esse é o NOVO site. E você ainda pode ver algumas características da versão de exportação do Su-34:
https://www.uacrussia.ru/en/aircraft/lineup/military/su-32/#aircraft-specific
.
Maximum operating range, km 1,1
Ferry range, km 4

Âncora
Visitante
Âncora

O Gripen tem mais alcance? Achei 500mi para o C/D, mas não sei se isso seria armado ou como.
E/F teria mais alcance que a versão anterior.

Bardini
Visitante
Bardini

Como eu já falei: o Gripen E tem desempenho no tocante a alcance, semelhante ao do Su-34…
.
O que muda é a capacidade de carga. Se tu atochar um Su-34 de armamentos, ele mal voa 500 km. O Gripen atochado de armamentos vai sofrer do mesmo mal.
.
A GRANDE diferença nisso é que um está levando quase o dobro de toneladas de armamentos que o outro.
.
A intensão dos Russos nunca foi a de voar longe com um Su-34… Não atoa, ele está substituindo os Su-24.

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

1o ponto: os americanos e europeus costumam divulgar o Alcance COM tanques externos. Os russos costumam divulgar SEM tanques externos. O alcance do Su-35 de 3.600 km é Sem tanques externos. Com 2 tanques externos de 2.000 L cada, aumenta para 4.500 km. O alcance divulgado do Su-34 de 4.000 km é provavelmente SEM tanques externos por dois motivos: 1) ele leva mais combustível interno que o Su-35 2) ele pode carregar um tanque de combustível maior com 3.000 L e um total de 3 tanques de combustível, contra os 2 tanques de 2.000 L do Su-35. Então é provável… Read more »

Âncora
Visitante
Âncora

Corrigindo, 430 milhas náuticas de combat range (C/D)

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

Bardini, veja como muitas informações não são divulgadas. Os russos divulgam 8.000 kg a capacidade de Carga de armas do Su-34. Para mim é um dado mentiroso, já que o Rafale carrega 9,5 T. O F-35 carrega 10 T. E o Su-34 que é bem maior e mais pesado carrega menos. Mas nesta imagem que você postou, ainda que não seja de fonte oficial russa, é de um site stratfor.com Porém eles colocam uma configuração com 42 bombas de 250 kg. O que supera 10 toneladas. Como isso é possível se a carga de armas máxima divulgada é 8 T?… Read more »

MGNVS
Visitante
MGNVS

Luis Henrique
Colega… vc faz excelentes comentarios tecnicos e o melhor, vc analisa o armamento de forma imparcial e sem levar o tema para o besteirol ideologico inutil igual outros foristas insistem em fazer aqui.

Na sua opiniao, se ja nao estivessemos a ponto de comprar e produzir o Grippen em sua versao Naval, e tbm se nao fosse a tendencia das nossas Forcas Armadas nao usarem material de origem russa, o SU-34 seria um aviao ideal para defender nossa costa e tbm nossa ZEE pelo alcance que tem e pelo fato de nao termos porta-avioes?

Mateus Lobo
Visitante
Mateus Lobo

Não é questão de tamanho e sim de carga alar, os delta canards tem uma carga alar muito pequena o que permite carregar mais peso, mesmo sendo menores.

Brunow Basillio
Visitante

Neste vídeo a partir dos 15min fala e mostra o Interior do Su-34: https://youtu.be/QnB0hZfE-Go Especificações do Su-34 segundo fontes Russas (Rugor.org) Tripulação – 2 pessoas. Comprimento – 23,34 m Comprimento sem PEBD – 22,1 m Extensão de asa – 14,7 m Extensão de estabilizador – 9,8 m Extensão de PGO – 6,4 m Altura – 6,36 m Área da asa – 62 m² M. Varredura da asa ao longo da borda principal – 42 graus. Trilha do chassi – 4,4 m Base do chassi – 6,63 m Peso máximo – 44360/45100 kg Peso normal – 38240 kg / 42000 kg… Read more »

Arariboia
Visitante
Arariboia

Sobrecarga operacional máxima é de 9G e não 7.

Brunow Basillio
Visitante

Arariboia
“Sobrecarga operacional máxima e de 9G e não 7.”

Ali está escrito “Sobrecarga operacional máxima -armamento” deve ser ele carregado, com armas, por que não tem sentido está palavra “armamento” ali, foi só traduzido do russo e colado..

Bardini
Visitante
Bardini

comment image

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

E cadê o SU-34??? Isso pode ser qualquer coisa, de qualquer avião ou sei lá o que… Ou seja, não prova nada.

Bardini
Visitante
Bardini

Tá bom… Não acredita?
.
Assiste ai, queridão:
.
Vai pros 6 minutos. Ali tu vê a cozinha (térmica de café) e o banheiro (uma garrafa). Espero que fique claro, já que o cara está DENTRO DO Su-34.
.
https://youtu.be/659XmZZZYgk?t=381

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Tá bom queridão… Tá provado. Agora se acalma.. respira.. conta até dez e depois traduz ai pra nós. kkk

Osório
Visitante
Osório

Rapaz…ta pra nascer cara mais arrogante que esse Bardini. Toda resposta sua é com tom de deboche e superioridade, vc se acha o senhor da guerra e do conhecimento. Quem sabe vc poderia ter um pouco mais de educação, a grande maioria aqui trilogia não são profundos conhecedores técnicos em assuntos militares, assim como vc se acha. Então vc, “senhor sabidão” da internet, seja um pouco mais cordial com os colegas e se for para responder algum comentário, tenha um pouco mais de paciência e acima de tudo respeito.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Osório, já vi o Bardini educado, prestativo, paciente. Uma verdadeira moça.

Mas há tópicos que já foram discutidos e redescutidos um trilhão de vezes por aqui. Às vezes as pessoas que se dizem interessadas pelo assunto parecem não ativar seus cérebros antes de postarem alguma coisa. Tem uma hora que a paciência esgota.

MGNVS
Visitante
MGNVS

Osorio Saudacoes Igual o Leandro postou eu tbm ja vi excelentes comentarios tecnicos do Bardini tanto aqui como no Naval e principalmente no Terrestre. Mas vc tbm nao dxa de ter razao viu Osorio. Atualmente o Bardini e o Bosco realmente tem se posicionado contra qualquer materia que fale sobre armamentos russos ou chineses respondendo outros comentaristas com ironia ou deboche e muitas vezes desviando o tema para o besteirol ideologico inutil de sempre, o que acaba estragando os comentarios. É inegavel que quando o Bardini e Bosco fazem comentarios puramente tecnicos eles demonstram ter grandes conhecimentos nas areas sobre… Read more »

Osório
Visitante
Osório

Pois é amigo MGNVS, o fórum da trilogia é um lugar público para debate e troca de informações, independente se a pessoa for leiga no assunto ou um profundo conhecedor em assuntos militares, todos tem o direito de expressar sua opinião, e se alguém mais entendido no assunto achar que está errado, então que responda com seriedade e respeito.

Mateus Lobo
Visitante
Mateus Lobo

Bardini, desiste de debater com essa galera, é tudo fanboy, argumentos lógicos não funcionam em mentes apaixonadas.

Bardini
Visitante
Bardini

comment image

carcara_br
Visitante
carcara_br

claramente uma arma laser…

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Carcará. Discordo que seja um laser. Tem aspectos que sugerem ser um Phaser, talvez uma da pré-serie do Type 2.

Rodrigo Maçolla
Visitante
Rodrigo Maçolla

opa amigo é só uma brincadeira

Alan
Visitante
Alan

Não posso negar que os caças Russos são lindos, mas n posso negar tb a minha preferência pelos caças e tecnologia americana, até pq numa guerra o que vale mesmo é a tecnologia embarcada na aeronave, junto com a troca de informações entre o caça e outras aeronaves e o solo, na minha humilde opinião, os americanos dominam essa triangulação melhor do que qualquer outro país, e ainda vão dominar por muito tempo, qd eu digo tecnologia embarcada não estou falando só dos radares, mas dos misseis tb, que até que me provem o contrário são os melhores do mundo.… Read more »

Felipe
Visitante
Felipe

Isso que se refere, os pioneiros foram os Russos com os MiG-31, onde 4 caças podem fazer um data-link entre e eles e todos terem acesso as mesmas informações dos radares dos 4 caças, ampliando muito o alcance… “The MiG-31 was among the first aircraft with a phased array radar, and one of two aircraft in the world capable of independently firing long-range air-to-air missiles as of 2013. The MiG-31 was the world’s first operational fighter with a passive electronically scanned array radar (PESA), the Zaslon S-800. Its maximum range against fighter-sized targets is approximately 200 km, and it can… Read more »

Alan
Visitante
Alan

Entendo Felipe, mas hj em dia os americanos estão a frente, isto é inegável, não entenda isso como uma afronta a sua opinião e nem a um sentimento anti Rússia não, como falei, na minha opinião, nas buscas em que faço, hj eles estão em segundo lugar no mundo, e isso não é pouco… A Rússia enfrentaria os EUA de cabeça em pé, acredito que isso nunca vá acontecer, pq se acontecer ninguém vai usar esses caças, um vai apertar um botão de um lado, quando o outro lado perceber vai apertar um outro botão vindo de lá, então eu… Read more »

Bardini
Visitante
Bardini

SOBRE O BANHEIRO E A COZINHA NO Su-34:
.
Assistam depois dos 6 minutos:
.
https://youtu.be/659XmZZZYgk?t=381

FERNANDO
Visitante
FERNANDO

Mas, Bardini…
Vc crítica, mas, fala dos pontos positivos e negativos e do emprego se possível na FAB.
É isso que queremos saber! Pelo menos eu!

Bardini
Visitante
Bardini

É uma baita aeronave de ataque, mas não cabe aqui. Não faz sentido! . Muito menos sentido faz a MB adotar isso aí. Não existe recursos sobrando pra sonhar com essa maluquice. . Pq a FAB precisa dessa aeronave? O que ela faria na FAB que um Gripen não faria, por menos, com melhor desempenho e estando dentro de uma cadeia logística padronizada? . Su-34 não usa munições que temos, o que infere em novo pacote de armamentos que NÃO podem ser compartilhados com os Gripens, não podemos duplicar conhecimentos que já dominamos ou que vamos dominar, não pode se… Read more »

DSC
Visitante
DSC

Concordo 100% consigo Bardini!
Muito bom comentário

Munhoz
Visitante
Munhoz

O que ocorre é o seguinte, usar a munição que temos, neste caso os mísseis anti navio padrão OTAN . Se estivermos enfrentando a China ou a Rússia seria bom, principalmente para operações em conjunto com a OTAN. Agora e se o adversário for um país da OTAN? Não seria melhor um caça com sistemas e mísseis diferentes?? Não seria mais difícil neutralizar um Su 34 com mísseis anti navio russos, do que os sistemas e mísseis que um possível adversário até fabrique e participa de constantes exercícios conhecendo em detalhes a nossa capacidade? Tá certo que o Gripen tem… Read more »

Bardini
Visitante
Bardini

Na atual conjuntura financeira e possuindo logo mais a capacidade e conhecimento de integrar novos armamentos ao Gripen, é loucura abrir outra linha logística, de milhões ou bilhões de dólares. Principalmente se for Russa e não abrangente… . A única aeronave que agregaria algo é o F-35B, por conta da MB. . Com o montante que seria necessario investir para se adquirir mísseis russos, poderiamos tocar o desenvolvimento do MAN AER ou de uma versão naval do míssil de cruzeiro nacional, e ainda bancar a aquisição e integração desses mísseis nos Gripens. . Com o montante necessário para adquirir aeronaves… Read more »

Munhoz
Visitante
Munhoz

O F 35B não pode ser operado no Atlântico e não tem como modernizar para isto! Os EUA não vendem isso para o Brasil! Se ocorrer um atrito com nosso país vai ser primeiro no mar territorial! Temos que fechar a janela pro bandido não entrar em primeiro lugar! O ideal no meu ponto de vista é ter um misto de mísseis anti navio, vc dispara 2 ou 3 tipos diferentes contra uma frota inimiga potencializando as chances de acerto é dificultado o jameamento dos mesmos! O meio de defesa principal na atual conjuntura é o míssil anti navio, erramos… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Munhoz, Contra uma força naval patrocinada por grandes potencias, a única arma convencional verdadeiramente eficaz seria o submarino… Essa é a arma do “pobre” contra o “rico”; a única que tem real possibilidade de conseguir um dano que seria irreparável a um invasor, além da quase certeza de provocar danos econômicos que não seriam toleráveis. Su-34 não serviria de nada nesse cenário apocalíptico de uma guerra contra as grandes potencias… Estaria relegado a operar em uma janela limitadíssima de oportunidade; isso se não fossem todos arrasados na ‘first wave’… E lembre que este tipo requer uma logística dos infernos pra… Read more »

Munhoz
Visitante
Munhoz

Tudo depende de quem vc vai enfrentar,

Uma coisa é vc enfrentar os EUA e aí só a Rússia ou a China meu amigo!

Outra coisa é vc enfrentar a França ou a Inglaterra por exemplo (que aliás são nossos vizinhos) e aí que entraria o Su 34 com mísseis anti russos ou até de outra procedência, pois vc teria um equipamento que estes dois players não possuem dados tão detalhados quanto os equipamentos que possuímos atualmente e que eles mesmos fabricaram.

Simplificando vc não estaria muito dentro da mão do inimigo!

_RR_
Visitante
_RR_

Munhoz, A única forma segura de se ter algo livre de ingerência externa, é desenvolver por si mesmo… Aí, mais lógico prover o Gripen com a munição adequada, aeronave esta que já estará aqui e será uma plataforma conhecida e a qual dominaremos (?) em termos de software e hardware, como um legítimo sistema de armas, criado com participação nacional. No mais… Comprar dos russos não garante nada nesse sentido. Vide o que fizeram com Sadan Hussein, quando entregaram de mão beijada toneladas de documentos com dados acuradíssimos acerca do aparato militar ( o que era de procedência soviética )… Read more »

Munhoz
Visitante
Munhoz

Interessante é que 80 mil militares cabem aqui ?

Mas 12 caças não!

Rafael G Oliveira
Visitante
Rafael G Oliveira

Vocês conversam como se o rafale não existisse…na minha opinião o grande vencedor FX no quesito de capacidade …. sei que a falta de transferência de tecnologia e custo de operação matou o Rafale, mas um esquadrão operando no TOA a partir de manaus impõe respeito a região…o uso de um bimotor é mais seguro em ambiente de selva e boa parte do armamento (padrão Otan) poderia ser compartilhado com os gripen, o único impedimento é o Macron…..rs

Pronto fechamos a AL:
Manaus – Rafale
Anapolis, Canoas e Recife com Gripen

Rafael G Oliveira
Visitante
Rafael G Oliveira

Perdão, quiz dizer fechar AS (América do Sul)

…os EUA vender F-35 ao Brasil? Kkkkkk…mas nem em caso de guerra Brasil e Venezuela …no máximo um f-18

_RR_
Visitante
_RR_

Rafael,

A confiabilidade dos motores atuais praticamente anula as vantagens de um bimotor no sentido de segurança…

Quem quer dois motores, normalmente pensa em compensar peso mantendo desempenho ou lida com limitações físicas que demandam um motor a mais.

Rodrigo Maçolla
Visitante
Rodrigo Maçolla

A então não tem cozinha nem banheiro putz é verdade,,, é tipo mais uma Saveiro cabine estendida , da pra por uma caixa selada ali com uma potencia pra ouvir um Rock enquanto se joga bomba na Crimeia, eu já sabia então acho que o meu objetivo de levantar a discussão foi atingido.

teropode
Visitante

Tem lugar garantido na minha forçaeronaval, aplicações mil , satisfação idem ! ( o NG faz a mesma coisa , só que em mais parcelas kkkkkkk) 18x kkkkkkk

Tallguiese
Visitante
Tallguiese

SU-34 com barulho de TIE-figther!

Bardini
Visitante
Bardini

O Eurofighter faz muito mais!

FERNANDO
Visitante
FERNANDO

Pô, Bardini,
olha,
encontrei uns caças muito melhor do que vc acha o correto
Dá uma olha
https://starwars.fandom.com/pt/wiki/Categoria:Classes_de_ca%C3%A7as_estelares

Alfredo RCS
Visitante
Alfredo RCS

Operando em rodovia??? Baixa disponibilidade??? Quanto faz por litro???

Salomon
Visitante
Salomon

Sem elaborações políticas ou estratégicas: olha o tamanho do bicho comparando com os caminhões. É grande hein?

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Eu gosto muito desse avião ms acredito que o Brasil devia comprar drones furtivos para patrulhar o mar

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Não sei se vendem isso..

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

os EUA vendem drones furtivos mas armados eu não sei se ele venderiam, de qualquer forma tendo drones furtivos ele poderiam ser um meio de vetorização de mísseis lançados à grande distância.

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44

Pena que só usam na Síria, para atacar vilinhas e cidades já em escombros.

100nick-Elâ
Visitante
100nick-Elâ

Faltou completar sua frase: “pena que só usam na Síria, para atacar vilinhas e cidades já em escombros, desafiando todos os 28 países da OTAN, além da coalisão de países “amigos da Síria” (mui amigos!) Que pena.

Em setembro de 2015 a Rússia avisou aos americanos: vamos bombardear a Síria, saiam do nosso caminho. O que os americanos fizeram?

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

“Em setembro de 2015 a Rússia avisou aos americanos: vamos bombardear a Síria, saiam do nosso caminho. O que os americanos fizeram?”

Continuaram operando nos céus da Síria. Aliás, operam até hoje.

Maurício.
Visitante
Maurício.

No Brasil existe cerca de 2.500 aeródromos, a FAB pode operar com aeronaves desdobradas por todo o país, imaginem quantos aeródromos existem na Rússia, é muito mais fácil e prático operar desdobrado em um aeródromo mesmo que com gambiarras do que operar em rodovias.
Aqui um xavante da FAB pousando em uma rodovia, reparem o trânsito parado:
https://youtu.be/GjlDdyfFO2U

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

O Brasil possui mais de 4.000 aeródromos.
Somos o 2o maior com folga. Os EUA possuem cerca de 14.000.
Para terem uma ideia a União Europeia possui pouco mais de 3.000.
É isso mesmo, nós possuímos mais aeroportos/aeródromos que a União Europeia inteira unida.

Bispo
Visitante
Bispo

Considerando o tamanho dos países europeus…3000 é muito.
Penso que um conflitos envolvendo nações tecnologicamente avançadas os meios físicos serão os primeiros a serem “neutralizados”.
Pouco adianta ter 5.000 “pistas” …10.000 rodovias, sem infraestrutura para colocar os caças no ar.

Thiago Aiani
Visitante
Thiago Aiani

O número de tantos aeródromos provavelmente se justifica pela imensidão do território brasileiro, praticamente o dobro do velho continente. Devemos considerar também o raquitismo da malha ferroviária e a péssima situação rodoviária. Se for levar em consideração apenas a rede eletrificada( ferroviário) ou as autoestradas ( rodoviário ) a nossa situação piora de forma exponencial.

Maurício.
Visitante
Maurício.

Roberto Santana, nesse seu exemplo e no exemplo do Clésio, na teoria até que faz sentido, mas eu nunca vi um Harrier ou F-35 dos marines ou até mesmo um F-18 da marinha operando em rodovias nós últimos conflitos.
A primeira coisa a ser feita é usar algum aeroporto do inimigo como base, como aconteceu no Iraque em 2003, para acompanhar um avanço em território inimigo eu penso que helicópteros servem muito mais(nesse contexto) esses sim podem operar de qualquer lugar.

Kommander
Visitante

Lindo demais as imagens feita de baixo, filmando a ‘barriga’ do bichão. Pena que nunca teremos nem SU-34 e nem F-18 por aqui.

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

Acho que seria algo interessante do MD fazer em cooperação com o ministério dos transportes e com o órgão responsável por pavimentação de estradas.

Trechos de rodovias preparadas para pouso e decolagem,já que o Gripen-E tem essa capacidade e seria muito bom usá-la.

E tendo em vista que o tempo para preparar o Gripen para o combate é pequeno, é uma grande vantagem para a FAB na defesa dos céus

Meireles
Visitante
Meireles

Se eu não me engano é essa criança que voa na estratosfera né?

Eu li que no cronograma o Brasil recebe três Gripens NG ainda esse ano, e a Embraer que iria finalizar os resto das certificações no Brasil, alguém aqui pode dizer se essa informação é verdadeira, e que no ano que vem chega mais 6 ou 5 Gripens NG ao Brasil? Será que vai ter Gripen no desfile de 7 de Setembro?

Fernando "Nunão" De Martini
Visitante
Fernando "Nunão" De Martini

Meireles, sua informação está errada.

O cronograma é este abaixo, informado pela FAB:
comment image

Meireles
Visitante
Meireles

Nunão muito obrigado pela atenção! Nunão os Gripens E suecos já tem 2 anos que estão voando, ou seja já estão quase certificados pela Saab, agora falta certificar os componentes brasileiros, o que eu queria saber, é se a própria Saab que irá concretizar as certificações 100% do Gripen NG, ou se uma parte das certificações será feita pela Embraer, ou se a Embraer só irá ficar responsável pela certificação dos caças que ela produzir? A minha pergunta é referente a finalização das certificações das aeronaves, se uma parte das certificações dessas primeiras aeronaves feitas pela Saab serão feitas no… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

“Observação: Gripen (E) é da Suécia
Gripen (NG) é do Brasil”

Não, é Gripen E lá e aqui. O que difere é chamarem de JAS 39E lá e F-39E aqui.

NG é coisa de antes de definirem as nomenclaturas para o padrão operacional.

Sobre as demais perguntas, me lembro de ter ligo algo sobre as certificações no passado, mas não lembro mais.

rdx
Visitante
rdx

F-15E, JH-7, SU-24 e SU-34 são aeronaves da mesma categoria. O F-15E leva vantagem de ser multirole e estadunidense (esqueçam aeronaves chinesas e russas na FAB).Aliás, ele é perfeito para o esquadrão de Manaus. É o único capaz de realizar missões de ataque estratégico (interdição) e ainda defender a Amazônia cumprindo missões de interceptação de longo alcance.

Bardini
Visitante
Bardini

Não é pratico realizar missão de interceptação a mais de 500 km, no final das contas, Gripen serve e sobra, é mais barato e cai dentro da logística que se esta implementando por um custo de bilhões de dólares.

Dudu
Visitante
Dudu

rdx:
Como fã do F-15 é duro pra mim dizer isso,mas ele é caro demais.Bem como mantê-lo.
Seria fantástico,mas é demais pra nós.Quem sabe no futuro…

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Pista

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Negativaram uma correção de palavra, Kkkkk …..

Camargoer
Visitante
Camargoer

Um abuzo. Caso de paralisação neural.

Bispo
Visitante
Bispo

Normal..estão treinando para quando pousarem nas rodovias da Polônia..a “polacada russofobica” enfarta quando assistem isso…rs
Face ao BR ter 10..80 desse ou daquele avião…bem..atualmente nem comida suficiente tem para os recrutas… quantos sacos de batata vale um SU-34…?

Dudu
Visitante
Dudu

Bispo:
Os Polacos talvez enfartem de tanto rir do medo que os Russos ficaram das tropas dos EUA deslocadas para lá….
Mas bom mesmo foi esse furo de reportagem de que a FAB não tem comida suficiente pros recrutas,já que o que se noticiou foi em relação ao EB.

OBS.:Tem razão,o SU-34 não é adequado á nossa realidade.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Numa demonstração na MAKS um MIG-35 perdeu um painel da asa!
https://twitter.com/TheAviationist/status/1167539552170496007

ALEX ROCHA
Visitante
ALEX ROCHA

Esses caças são lindos.

Marcos10
Visitante
Marcos10

FAB 2853 em Anápolis.

carvalho2008
Membro
Famed Member

Lindo video do Gripen em manobras radicais

https://youtu.be/p2pmpeVCK-o

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

O looping do Gripen com os penhascos suíços ao fundo é demais…

Mateus Lobo
Visitante
Mateus Lobo

Acho que levaram a sério o que você disse.

Augusto L
Visitante
Augusto L

Essa avião como plataforma de ataque marítimo é inútil para o Brasil é muito mais interessante integrar mísseis de longo alcance no Gripen e nos P-3.

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Esse avião é sensacional. Atentando-se à realidade, não quero esse caça na MB, pois devemos ter total foco no gripen. Não temos condições de pensar em outra coisa. Mas, se fôssemos realmente o país que tivesse “decolado” como dito em algumas revistas na década passada e o orçamento permitisse, se o pós venda russo não fosse um contra e me perguntassem…”Felipe, para integrar a estratégia de defesa nacional, você prefere um porta aviões ou pegar essa grana e investir em Su34 baseados na costa”? Iria na segunda opção, com certeza. A grana de um PA daria pra montar uma baita… Read more »

Bardini
Visitante
Bardini

É loucura rasgar dinheiro em caça-bombardeiro, enquanto não se tem caças em número minimamente suficiênte para defender o espaço aereo do Brasil e em paralelo, se tem uma aviação de patrulha pífia.
.
O dinheiro de um Porta Aviões pode reconstruir boa parte da Marinha de superfície. Essa é a prioridade, mas nem isso vai acontecer.
.
No mais, existe uma coisa chamada “caça multimissão”. Talvez por isso, até a Marinha Russa use Su-30…. já que é muito, muito, muito mais útil.

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Bardini, você está tão focando em manter o discurso “racional” que não presta atenção nos textos que responde. Eu concordo com você. Tanto é que comecei meu texto com uma ressalva. Eu deixo bem claro que fiz uma suposição numa situação em que o cenário fosse outro. Num cenário em que houvessem recursos disponível, que o Brasil tivesse, de fato, se tornado o tal “Brasil Potência”. Nesse cenário, com uma MB reequipada, caso colocassem a pergunta Su 34 (ou outra aeronave de alto desempenho e alcance) vs Porta Aviões, eu optaria pela primeira opção. Fosse Su 35, Su 30 ou… Read more »

Augusto L
Visitante
Augusto L

É inútil ter caças de ataque naval, se for pra ter uma aviação embarcada é melhor otimizar as aeronaves ISR para lançamento de mísseis, como por exemplo nosso P-3, se equipado com um LRASM da vida faz tudo que SU-30 e ainda com maior autonomia.

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

É inútil Augusto? Sério? O P3 pode até ir lá e tacar o míssel numa “task force”, mas ele volta? E no caso de se deparar com interceptadores antes de se aproximar do alvo? O que o piloto do P3 faz? O do Su30 pode fazer bastante coisa. Mesmo considerando que essa força de ataque não tenha um PA, mas seja composta por algumas escoltas. Será que um P3 consegue chegar mais próximo do alvo que um su 30? E, claro, a ideia é atacar com mais de um (vários, na verdade) de uma só vez. Nos radares das escoltas,… Read more »

Bardini
Visitante
Bardini

O grande problema do teu pensamento é que o P-3 ou um P-8 tem de chegar perto de uma FT. Ele não tem… Ele tem eletrônica para detectar e monitorar o inimigo a longo alcance. Se estiver armado com um míssil tão performante como o LRASM citado, complica e muito a vida de quem estiver defendendo. . Por isso citei mais acima: mais vale pegar a grana que seria investida em míssil e aeronave dos russos, e desenvolver um missil de cruzeiro nacional. Armamento que também poderia equipar os Gripens… . Fora que P-3 ou P-8 podem caçar submarinos, atuar… Read more »

Augusto L
Visitante
Augusto L

É inútil sim, nenhum caça chegará perto de uma FT naval, lançará suas armas de uma distância segura, ou seja, um P-3 ou P-8 podem fazer isso muito bem, e se no caso dessas plataformas não tiveram alcance de radar suficiente para detectar uma FT sem ser abatido, ter caças navais seria ainda mais inútil porque não teriam meios para vetora-los.

Uma boa estratégia anti-naval é ter varias plataformas ISR de longo alcance (aeronaves e drones) com capacidade de lançar mísseis + satélites de monitoramento, agora ter caças especificamente para interdição aero-naval é um gasto irracional.

FERNANDO
Visitante
FERNANDO

Bem, entendi, o porque este avião embora bom, não poderia ser adquirido pela FAB ou MB.
Mas, o AMX-A1, não poderia ser revitalizado, por exemplo, aumentar o alcance, com duas turbinas,bem, sou leito, algo parecido com o SU34, seria desenvolvido e produzido aqui pela Embraer.
Ah, esqueci, sem vontade deste governo.

Joao Argolo
Visitante
Joao Argolo