Home Aviação de Caça Rússia oferece caças Sukhoi Su-35 à Turquia

Rússia oferece caças Sukhoi Su-35 à Turquia

7143
205

MOSCOU – Um alto funcionário russo disse que Moscou está pronta para vender caças à Turquia depois que os Estados Unidos excluíram o país de seu programa de caças F-35.

Sergei Chemezov, chefe da estatal russa Rostec, disse em comunicado nesta quinta-feira que Moscou estaria disposta a vender seus jatos de combate Su-35 para a Turquia se Ancara “manifestar interesse”.

A administração do presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou na quarta-feira que a Turquia estava sendo expulsa do programa F-35 porque estava comprando os sistemas de defesa aérea S-400 da Rússia. Os EUA disseram que o sistema russo comprometeria o programa americano de caças a jato.

A Turquia começou a receber componentes da S-400 na semana passada, desafiando as objeções dos EUA.

Cockpit do Su-35

FONTE: AP

Subscribe
Notify of
guest
205 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Meireles
Meireles
1 ano atrás

A Rússia não perdeu tempo rsrsrs…

nonato
nonato
Reply to  Meireles
1 ano atrás

Próximas etapas – a Turquia diz que aceita.
A Rússia entrega.
Trump manda bombardear o S 400 e os SU 35.
Endorgan cai.
Putin é deposto.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  nonato
1 ano atrás

Gostaria de ver um a Otan atacando a… Otan!!

Jacinto
Jacinto
Reply to  Marcelo Andrade
1 ano atrás

Ja aconteceu em 1974, quando a Turquia invadiu parte de Chipre. Os EUA aplicaram um embargos à Turquia que durou 3 ou 4 anos, salvo engano meu.

Mirade
Mirade
Reply to  Marcelo Andrade
1 ano atrás

Não seria difícil já que Turquia e Grécia guerrearam entre si.

Brunow Basillio
Reply to  nonato
1 ano atrás

Muito sonho, ou ironia mesmo…

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  nonato
1 ano atrás

Próxima etapa;
O Nonato toma o seu comprimido anti-depressivo…
😂

luciano ferreira lima
Reply to  Joao Moita Jr
1 ano atrás

Falta de respeito…Quem tem cara de doido é você. Pode ser que nem todos tenham idéias boas mas ironizar ou partir para o tripé do sarcasmo denota ausência de caráter, aliado a algum problema de auto-afirmação. Realmente há um abismo intelectual trocar idéias com brasucas.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  luciano ferreira lima
1 ano atrás

Doido é aquele que acredite que os Estados Unidos vão entrar em uma guerra pelo avesso com justamente a Turquia… Os turcos estão fazendo o que sempre fizeram, dada a sua localização geográfica, ou seja, colhendo o melhor do Oeste assim como do Leste
Agora vai você também lá pegar teu Xanax, vai.
🤣

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
Reply to  luciano ferreira lima
1 ano atrás

Falta de respeito…Quem tem cara de doido é você. Pode ser que nem todos tenham idéias boas mas ironizar ou partir para o tripé do sarcasmo denota ausência de caráter, aliado a algum problema de auto-afirmação. Realmente há um abismo intelectual trocar idéias com brasucas.
.
Copiei e colei a sua resposta ao João pq achei q o conteúdo cabe perfeitamente a VC PRÓPRIO !

Adilson
Adilson
Reply to  luciano ferreira lima
1 ano atrás

Kkkkk

Kemen
Kemen
Reply to  nonato
1 ano atrás

Duvido, embargos economicos até é possivel, mas atacar duvido… ainda mais porque o S-400 é um sistema de defesa, não de ataque. Se a Turquia mantivese negociações para compra dos SU-35 que não tem links de comunicação e outros detalhes, no padrão da OTAN, acredito que todos os paises da organização iriam pressionar a Turquia.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Kemen
1 ano atrás

S400, melhor sistema de defesa da atualidade. Intercepta até míssil intercontinental.

Bispo
Bispo
Reply to  nonato
1 ano atrás

Sonho dourado do Kremlin..Autofagia na OTAN.

Mgtow
Mgtow
Reply to  nonato
1 ano atrás

Sonha. Tá pensando que a Turquia é galinha morta como o Iraque

Valdir - Brasília
Valdir - Brasília
Reply to  Meireles
1 ano atrás

…E nem poderia mesmo, pois comum parceiro de peso estratégico tanto comercial quanto militar, os produtos militares de ponta como os Su-35 e por último o sistema antiaéreo S-400 – considerados os dois como sendo armamentos para suportar uma guerra de grande porte e com adversários que até então sequer ousaria em retaliar uma possível agressão.

JPC3
JPC3
Reply to  Meireles
1 ano atrás

Eles oferecem para todos.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Nem todos. Por exemplo, o Paquistão não é oferecido.

JPC3
JPC3
Reply to  Evgeniy (RF).
1 ano atrás

Verdade, deve ser porque desagrada a Índia.

teropode
Reply to  JPC3
1 ano atrás

nada disso , o Paquistão passou a ser capacho chinês, pra vender tem que pedir permissão a Pequim, acho ótimo, principalmente os campos de concentração criados próximo ao Paquistão.

Brunow Basillio
Reply to  Evgeniy (RF).
1 ano atrás

Já li notícia na mídia Paquistanesa a algum tempo atrás, sobre autoridades daquele país estaria sondando a Rússia interessada no Su-35…

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Brunow Basillio
1 ano atrás

Já li notícia na mídia Paquistanesa a algum tempo atrás, sobre autoridades daquele país estaria sondando a Rússia interessada no Su-35…

—–

Sim, essas notícias chegam às vezes, mas a Rússia ainda não está se reunindo.

USS Iowa
USS Iowa
Reply to  Evgeniy (RF).
1 ano atrás

E nem pro Irã

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  USS Iowa
1 ano atrás

Até 2020, o Irã não pode oferecer nada, mas depois ….

JPC3
JPC3
Reply to  USS Iowa
1 ano atrás

Para o irã o o ocidente não deixa. Em 2020 tomarão outras medidas.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Para o irã o o ocidente não deixa. Em 2020 tomarão outras medidas.
—–

Oeste, claro que não.
Mas a Rússia não é a oeste. É improvável que a Rússia adira a possíveis novas sanções contra o Irã.
O Irã é um mercado bastante promissor.

teropode
Reply to  JPC3
1 ano atrás

vender ou passar fome , não há saída, de um lado a China se agigantando e comprando políticos russos , do outro a dependência crônica da venda de hidrocarbonetos, em 100 anos não existirá mais Rússia e sim uma Eslovaquistao.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  teropode
1 ano atrás

vender ou passar fome , não há saída, de um lado a China se agigantando e comprando políticos russos , do outro a dependência crônica da venda de hidrocarbonetos, em 100 anos não existirá mais Rússia e sim uma Eslovaquistao.

——–

Com habilidades analíticas tão poderosas, você perde seu tempo nos comentários na Internet. Você precisa ser o principal Kremlinologist no Pentágono. Bem, ou pelo menos tentar ir. RAND também desceu.

Chris
Chris
Reply to  Meireles
1 ano atrás

Pelas noticias que li por aí… Já ofereceram umas 3 vezes….

Até o SU-57 ! heheh

Mas… Em tese, a Turquia só leva o SU-35, se romper com a OTAN e EUA… Se for para comprar um caça comum… Só a imagino ela optando por outro modelo americano, compatível com os todos os sistemas da OTAN.

Leonardo
Leonardo
1 ano atrás

Alguns dizem que é o melhor 4g ++, porém não tem nem radar AESA, um cockpit que atualmente se mostra datado e pouca fusão de dados em comparação a EUA e EU… É um baita caça pesado, mas em aviônicos e fusão de sensores em minha opinião ficou datado, agora é com o su57…

Augusto L
Augusto L
Reply to  Leonardo
1 ano atrás

Tem pouca fusão de dados em comparação aos 5 geração, comparando aos de 4,5 ou 4++ ( na versão russa) é relativamente igual, acho que so perde para o Rafale e o F-18.
Quanto ao cockpit é um layout mais avançado que todos os caças ocidentais tirando o F-35 e o nosso Gripen que tem tela WAD.
Agora essa afirmação que é O MELHOR é só russa.

Chris
Chris
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

O grande problema… É que mentir… Faz parte da tradição russa !

Nós nunca saberemos a verdade sobre a tecnologia deles, até haver confrontos diretos !

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Chris
1 ano atrás

“É que mentir… Faz parte da tradição russa”
Da tradição de todos, diria.
A verdade e tão preciosa que tem que ser guardecida por uma escolta de mentiras.
Winston Churchill

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

Vc teve acesso ao código fonte de todos estes para afirmar isso? Então você é o Pavão Misterioso em!?

Thiago
Thiago
Reply to  Leonardo
1 ano atrás

Posso estar errado, mas também tenho a mesma impressão… Quando os colegas propõem essa solução para FAB ficou meio duvidoso, não por ser Russo, que também seria todo um problema a ser resolvido pois a doutrina e identidade da FAB é ocidental, mas pelo fato que me parece um caça ótimo mas que não tem muito futuro .

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Leonardo
1 ano atrás

Os da força aérea russa ja estão em processo de troca do PESA pelo AESA. Provavelmente se a Turquia realmente efetuar a compra, já virão modernizados.

João Moro
João Moro
1 ano atrás

Seria uma oportunidade para a SAAB oferecer os gripens (avião de geração 4 ++), mas parece que as questões geopolíticas vão caminhar para os Sukhoi.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  João Moro
1 ano atrás

Como a Suécia é membro da OTAN, com certeza já ofereceu, mas a Turquia não quis.

JT8D
JT8D
Reply to  Vinicius Momesso
1 ano atrás

Não meu amigo, a Suécia não é membro da OTAN

teropode
Reply to  JT8D
1 ano atrás

Formalidades , são mais dependentes da Otan do que a Turquia.

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
Reply to  João Moro
1 ano atrás

Avião monomotor de 4° geração é o que mais eles (Turquia) tem ! … na figura do F-16, em diversas versões.

Rogério Loureiro
Rogério Loureiro
1 ano atrás

A meu ver o natural seria oferecer o Su-57.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Rogério Loureiro
1 ano atrás

Até que o Su-57 da aviação russa esteja saturado, ele provavelmente não será exportado. Especialmente para exportação para a Turquia.

Rogério Loureiro
Rogério Loureiro
Reply to  Evgeniy (RF).
1 ano atrás

O amigo não acredita que por questões financeiras a Rússia não possa oferecer mais adiante o SU-57?
Estão precisando de parceiro para o projeto em si.

Ou pesaria novas sensações do ocidente caso Rússia fechasse acordo de fornecimento destes caças com a Turquia? Algo que já estaria além do limite suportável pela economia russa?

Jacinto
Jacinto
Reply to  Rogério Loureiro
1 ano atrás

Por enquanto, é uma questão de capacidade industrial. Os russos estão começando a produzir os Su-57 agora, o que significa que sua cadência de produção não é elevada. Com efeito, primeiro vão produzir os Su-57 para sua própria força aérea e só depois vão se comprometer com vendas internacionais.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Rogério Loureiro
1 ano atrás

O amigo não acredita que por questões financeiras a Rússia não possa oferecer mais adiante o SU-57?
Estão precisando de parceiro para o projeto em si.

Ou pesaria novas sensações do ocidente caso Rússia fechasse acordo de fornecimento destes caças com a Turquia? Algo que já estaria além do limite suportável pela economia russa?

——–

O SU-57 é criado inteiramente com dinheiro russo.
As sanções não causam tal dano à economia russa, como é freqüentemente apresentado na imprensa ocidental.

Chris
Chris
Reply to  Evgeniy (RF).
1 ano atrás

Uma coisa eu imagino…

Se o SU-57 for tudo isso que dizem… Não creio que os russos o entregariam para um país da OTAN !

Olha o S-400 aí…. Basta uma rodada de cerveja na sede da OTAN… E até os EUA colocam as mãos !

Rommelqe
Rommelqe
Reply to  Rogério Loureiro
1 ano atrás

Ao meu ver a Russia oferecendo o SU-57 equivale aos EUA oferecerem o F35. Ou seja, também equivaleria a entregar alguns dos itens reservados da aeronave russa à propria OTAN.

Antoniokings
Antoniokings
1 ano atrás

E, dentro em breve, o Su-57.
Uma Turquia hostil aos EUA, armada com Su-35 e Su-57 é tudo que Trump está procurando.
E vai acabar achando.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Que ver o deslaique … o Su-35 mostrou sua capacidade de bater foto e ai os Turcos se animaram.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

A Turquia armada com SU-57, SU35 ou S400 nem vai intimidar o Trump.

Eu quero ver uma Turquia hostil aos EUA tendo que combater a US Navy e a USAF.

Chegou a hora de expulsar a Turquia da OTAN.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Tadeu Mendes
1 ano atrás

Chegou a hora de expulsar a Turquia da OTAN.

——

Essa é uma boa ideia. Não há nada a ver com um país com um regime como o da Turquia, no clube privilegiado das verdadeiras democracias.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Evgeniy (RF).
1 ano atrás

A perda é grande para o grupo e obviamente a otan vai tentar até a última hora mas como já disse, é caso perdido, se tornou incompatível.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Carlos Gallani
1 ano atrás

A perda é grande para o grupo e obviamente a otan vai tentar até a última hora mas como já disse, é caso perdido, se tornou incompatível.

——-

Bem, ainda é cedo para dizer isso de maneira otimista. Mas neste mundo tudo é possível.

Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Dodge Viper por Lada Laika…. tá cada x pior p Turquia

Chris
Chris
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Unico país do mundo que tem condições teoricas de peitar os EUA… É a China.

Mesmo que a Rússia tenha qualidade… Eles não possuem armamentos modernos em quantidade !

MMerlin
MMerlin
1 ano atrás

Sem defender bandeiras, mas foi uma das fotos mais bonitas que já vi de dentro de um cockpit.
Equipamentos, monitores ativos e um avião apontando no HUD…

Augusto L
Augusto L
Reply to  MMerlin
1 ano atrás

Tambem achei

Observador.
Observador.
Reply to  MMerlin
1 ano atrás

Se propaganda for critério de escolha de caça, essas fotos vão valer uns pontinhos mesmo.

Alessandro
Alessandro
1 ano atrás

De F-35 pra Su-35

só na numeração mesmo que são iguais, pq no resto foi oq sobrou para os Turcos se contentarem.

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
Reply to  Alessandro
1 ano atrás

Amigo, se eu fosse presidente por mim o Brasil teria Gripen + F-15 ou SU-35! Seria uma força de respeito! Ideologia é só pra aqueles que tem medo de guerrear!

Alessandro
Alessandro
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
1 ano atrás

Sincero eu tbm gostaria, e dizer a verdade não tem nada haver com ideologia, a diferença de tecnologia embarcada entre as aeronaves é abissal, e isso vale tbm para F-15 já que vc mencionou!! Agora não é por isso que eu não gostaria de ter SU-35 ou F-15, se eu dissesse que não, ae sim vc poderia insinuar algo.

Observador.
Observador.
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
1 ano atrás

Ideologias a parte também, Eu tenho um bocado de respeito pelo F-15X, pela enorme quantidade e qualidade dos armamentos, eletrônica e alcance do radar. Mas não sei se comprar o SU-35 seria tão diferencial para o Brasil, que já está comprando o Gripen. Sem um equivalente Russo ao Meteor, vai levar tiro primeiro. Acho que a super-manobrabilidade dele vai ser muito útil, mas só para evasivas, e olha que vai ter que ser super-manobrável mesmo com um Meteor na cola. Talvez precise de um sistema de teleporte, se for dentro da NEZ.
Digo isso com todo respeito, mas sendo realista.

Rommelqe
Rommelqe
Reply to  Observador.
1 ano atrás

Caro Observador, para mim precisamos avaliar os vetores considerando toda a logistica baseada em terra, os fatores limitantes das nossas condições climáticas, etc, etc. etc…..Os GRIPENS são imbatíveis ao analisarmos todo o entorno do que significa operar aeronaves na FAB. Nem o SU35 com sua afamada rusticidade, nem o F15 com sua incrível performance comprovada em combate real. Só a capacidade de integração das esquadrilhas em voo com todos os meios de comunicação, facilidades de treinamento e operação – já adiquirida pelo simples desenvolvimento do programa hoje em curso – seriam razões suficientes para esquecer de outras opções…

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 ano atrás

Que a Rússia ia oferecer essa caça ( máquina belíssima, aliás ) era óbvio.
Agora, se os turcos vão aceitá-lo, e finalmente botar uma pá de cal no relacionamento com a OTAN, só o tempo dirá.
Será que toda essa história passou do ponto de não retorno?

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Eu acho que sim, podem até continuar casados mas já dormem em camas separadas!

Clésio Luiz
Clésio Luiz
1 ano atrás

Um dos objetivos de Erdogan é ter uma industria militar turca forte. Uma possível compra de Su-35, até mesmo Su-57 não acrescenta nada em alcançar esse objetivo.

Todo o dinheiro que iria para a compra do F-35 agora vai ser destinada ao TAI TF-X. Se Erdogan queria uma justificativa para os turcos investirem rios de dinheiro num caça de 5ª geração próprio, agora ele tem. E podem apostar que é um caminho sem volta.

Maus
Maus
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

Concordo 100%, mas me pergunto quanto tempo vai demorar para finalizarem e se terão dinheiro suficiente pra isso.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

O Erdogan conseguiu aperfeiçoar e incrementar a capacidade da indústria de defesa turca – o que é uma coisa boa para o país. O programa F-35 tinha um papel nisso: gerar receitas para a industria aerospacial para dar momento a ela. Se ele direcionar o dinheiro que iria para o F-35 para o TF-X, isso seria muito bom, mas é aquela coisa: o valor da aquisição dos F-35s não deve ser suficiente para pagar o desenvolvimento e a fabricação de 100 aviões de 5ª geração, e parar o desenvolvimento do avião no meio seria um enorme desperdício de dinheiro. Precisa… Read more »

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

Caminho sem volta eu até concordo, a grande questão é se esse caminho está apontado numa direção na qual chegará a algum lugar ao seu final.
A Turquia não tem tamanho, histórico e nem demanda o bastante pra um caça solo, ainda mais se embargarem sistemas americanos.

Maus
Maus
1 ano atrás

Creio que farão seu próprio avião furtivo, eles receberam a transferência de tecnologia do f35.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Maus
1 ano atrás

Eu tbm farei meu próprio carro com o que aprendi, pode esperar, vai ficar ótemo!

LBacelar
LBacelar
1 ano atrás

Os Turcos miraram num 3 suítes, com varanda gourmet em frente ao mar, acabaram por ter que se contentar com um dois quartos no térreo.

Mas tá valendo! Sou fã dessa ANV

Maurício.
Maurício.
Reply to  LBacelar
1 ano atrás

LBacelar, a FAB se contentou com um kitnet, claro que o F-35 é um caça moderno e 5° geração, mesmo assim o Su-35 continua sendo um baita caça, acho que para o Turquia o Su-35 está de bom tamanho, assim como o Gripen está para o Brasil.

Daniel
Daniel
1 ano atrás

Nossa, que rápido.
Com certeza irão fechar a compra.

Oséias
Oséias
1 ano atrás

Erdogan é um gênio: pegou um país moderno, com economia em crescimento, membro da OTAN, exemplo de sociedade islâmica democratica, às portas da União Europeia, e está o transformando em uma ditadura branca, com economia estagnada e puxadinho militar da Rússia.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Oséias
1 ano atrás

Putin, semana passada, comentou que o ‘liberalismo’ está obsoleto.
Depreende-se ‘liberalismo’ como ‘democracia liberal’ e suas variações.
Creio que Erdogan e os povos do Oriente Médio não estão preocupados com isso.

Alessandro
Alessandro
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Interessante xing, agora sabemos pq a Rússia e o oriente médio (tirando Israel) vai de mal a pior, parabéns vc confirmou oq todos já sabiam.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Alessandro
1 ano atrás

Israel não é aquele que um dia desses foi pedir penico ao FMI? Ah sim uma maravilha…

Alessandro
Alessandro
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

e faz de Israel pior que esses lugares que eu citei?

Se fosse pelo seu ponto de vista o Brasil seria um paraíso com os mais de 60 mil homicídios por ano que temos, pois já até emprestamos dinheiro para o FMI

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Alessandro
1 ano atrás

Israel se encaixa perfeitamente nesse modelo denunciado por Putin de queda de valores liberais e avanço de valores nacionalistas e a até xenófobos.
Basta ver que ano passado foi aprovada uma lei preconizando que Israel era para os judeus.

Camargoer
Reply to  Alessandro
1 ano atrás

Caro Alessandro. O FMI foi criado no pós-guerra para evitar problemas na balança de pagamentos dos países. Os empréstimos do FMI não são usados para pagar custeio de governos ou financiar infraestrutura.

Camargoer
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Caro Antonio. às vezes vejo usarem “economia liberal” como sinônimo de “democracia liberal”. Acho que é um equívoco. A economia liberal pode existir em regimes democráticos ou em ditaduras. Aliás, a economia liberal é mais eficiente em uma ditadura de direita que em uma democracia.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Perfeito.
O liberal jamais poderá ser anti-imigração, xenofóbico ou coisas do tipo.
As pessoas estão confundindo ou não sabem mesmo.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

So que Israel é uma democracia liberal, equivalente aos paises europeus ocidentais e aos EUA, Japão e Australia. Inclusive com direitos amplos à minorias. Há uma mania entre os progressistas de hoje em dia de usurparem o conceito democracia liberal para seu lado, inclusive mudando e relativizando a história se necessário. Hoje mesmo diplomatas mexicanos e uruguaios, 2 governos com administrações “progressistas” radicais reclamaram do Brasil por ser abster na votação contras as filipinas, no conselho dos direitos humanos, mas quando os mesmo acusando o Brasil de ir contra a ordem liberal do pós guerra, mas quando os mesmo se… Read more »

Camargoer
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

Caro Augusto. A democracia liberal é baseada no Estado de Direito, soberania popular, poder representativo, liberdade política e eleições regulares. Recentemente, além da garantia dos direitos civis, um regime democrático precisa proteger e garantir os direitos humanos. A freedonhouse tem monitorado os países do mundo. A Finlândia aparece com nota máxima (100), os EUA com 86, Israel com 79, Brasil com 78… e Arábia Saudita com 7. Claro que a Arábia Saudita não é regime democrático mas tem uma economia capitalista liberal. É interessante observar que países como o Brasil são considerado livres e democráticos e possuem uma economia capitalista.… Read more »

Wellington Rossi Kramer
Wellington Rossi Kramer
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

É, a URSS já dizia isso.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Oséias
1 ano atrás

O problema não é ele ser um ditador. O problema é que ele é como a Dilma: adota uma teoria econômica que só encontra explicação entre aqueles que não fixam meta, mas que depois de cumprir a meta, resolvem dobrar a meta. Veja o que ocorre com a Turquia: em 2010, o PIB da Turquia era US$ 771 bilhões; 8 anos depois, em 2018, o PIB estava menor e foi US$ 766 bilhões. A projeção é a de que em 2019 o PIB turco estará na casa dos US$ 750 bilhões; e além de recessão, ele ainda tem 15% de… Read more »

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Jacinto
1 ano atrás

Sim, esses países adotam uma teoria econômica que só encontra explicação entre aqueles que não fixam meta, tal como a China. A economia chinesa vai de mal a pior, passou a um pib que era metade do pib do Brasil na décade de 50 para o maior pib do mundo. Que fiasco!

Jacinto
Jacinto
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

100nick-Elã, você deve ter respondido ao post errado, porque eu estou me referindo à Turquia e ao Erdogan. Eu não fiz nenhuma referência à China, até porque o que a China e a Turquia não têm nada em comum neste aspecto.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
1 ano atrás

Jacinto.
Não confunda a dificuldade que uma pessoa tem para se expressar com teorias macroeconômicas onde são estabelecidas metas de desenvolvimento, coisa que a China faz tão bem que alcançou o posto de maior economia do Mundo.
Além do que, pelo que estamos vendo atualmente, é comum a dificuldade de Presidente brasileiro concatenar duas frases seguidas, né?

JT8D
JT8D
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Pelo menos ele ainda não saudou a mandioca

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  JT8D
1 ano atrás

‘Mas, não ‘clonclamou’ alguma coisa por aí’, né?.

Camargoer
Reply to  JT8D
1 ano atrás

Caro JT&D. Saudou o abacate.

JT8D
JT8D
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Sim Camargo, afinal ele é hétero kkk

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Antonio, De novo: o que eu escrevi não tem nenhuma relação com a China… Vc e a 100nick-Elã só pensam na China e por isso, mesmo quando o assunto é exclusivamente a Turquia – como neste caso – você pensam na China. Parece aquela personagem da escolinha do Professor Raimundo – a Dona Bela: “Só pensa naquilo”. Mas se você quer comparar a economia chinesa com a da Turquia ou a do Brasil na época da Dilma você vai descobrir que um é alfa e outro é ômega: são diametralmente opostos. A economia chinesa, há décadas, é extremamente planejada com… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
1 ano atrás

Do jeito que vc escreveu, dá a entender que Erdogan fica procurando atingir metas.
E eu e o nick comentamos que a economia China adota esse modelo e é extremamente bem sucedida.
Ok?

Augusto L
Augusto L
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Para de falar coisa que você não sabe Xings.
É osso de ler, Especialmente para quem estuda economia, como eu.
Basicamente hoje só há uma teoria macroeconômica, há somente na classe política ainda quem goste de reviver o saudosismo do desenvolvimentismo ( politica que não é aplicada na China) coisa que não se encontra na em profissionais da academia, inclusive quem entende do assunto sabe que a nossa ex-presidenta e seus ministros não passaram nem da macroeconomia II kkkkkk.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

Augusto L
Vc estuda e eu já sou formado.
E sou formado em Estatística também.
Portanto, pode falar de números que eu entendo perfeitamente bem.

kira
kira
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Brasil deveria copias os Xings: Acabar com os direitos trabalhistas e fazer o trabalhador trabalhar ate a exaustão por alguns trocados. O Brasil deveria pensar mais no crescimento da nação do que direitos individuais (defendido por essas democracias demoníacas).

Paulo
Paulo
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Maior economia?

Você leu isto onde?

No Pravda ou no Sputniknews?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Paulo
1 ano atrás

CIA WorldFactbook (2017)
China – US$ 23,21 bi
EUA – US$ 19,49 bi

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Segue o link.
Bem interessante.

https://www.cia.gov/index.html

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Jacinto
1 ano atrás

Eu só citei a China, porque sempre você diz que os países que são contra o Ocidente e aí vocês tacham de “comunistas” ou “socialistas” são inviáveis economicamente. Aí citam Cuba, por exemplo, como fracasso (embora tenha um IDH melhor que o Brasil), mas “esquecem” da China. Por que será, hein?

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Oséias
1 ano atrás

Olha, apesar de não ser a favor desse cara, ele não é burro e está jogando com as cartas que tem: A posição geográfica da Turquia é e sempre foi estratégica. Quem não quer ela como aliada? Ele sabe que é ruim com ele mas será péssimo a OTAN sem ele. Tudo isso é pressão e faz parte do Jogo Geopolítico. Sabe o que vai acontecer? Meu palpite: Eles vão ter mesmo esses S-400 e vão continuar no Programa do F-35, quer ver? Não que o SU-35 seja ruim, mas acho que toda a cadeia logística da Força Aérea é… Read more »

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Oséias
1 ano atrás

Cara, a Turquia era tudo isso que você falou, menos democrata. No sentido de liberdade de expressão! Veja as prisões deles o que são. Lembra do filme: “O Expresso da Meia-Noite”?

Augusto L
Augusto L
Reply to  Marcelo Andrade
1 ano atrás

A Turquia não é tão estratégica assim, da para se fechar Dardanelos e por consequência o Bosfaro criando zonas AD/D2 nas ilhas gregas no mediterrâneo.
Quanto à localização de radares para o sistema anti-balístico da Otan, da pra mudar os radares para Israel, teria-se um pouco menos de tempo de rastreamento mas nada absurdo.

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

Bacana , e aquele pepino ali na asia , alguma dica?

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
1 ano atrás

Neste caso com certeza é muito melhor comprar dos Russos do que da china, porque pelo menos vai receber um caça de qualidade e pode servir de experiencia ja que esta desenvolvendo seu próximo caça de 5 geração.

Victor Filipe
Victor Filipe
1 ano atrás

Mas é claro que ta. só que eles não são os únicos.

Maurício.
Maurício.
1 ano atrás

E pensar que tinha um pessoal dizendo que poderia acontecer uma guerra entre Rússia e Turquia e que o Putin iria conhecer a bofetada otomana do Erdogan. Passados 4 anos desde a derrubada do Su-24 e da possível guerra entre Rússia e Turquia, o mundo girou, e o mesmo pessoal que defendia o Erdogan agora o acusa de ditador, o relacionamento entre Putin e Erdogan está como o c* e as calças, e se a França quiser lucrar, ainda pode acabar vendendo alguns Rafales para a Turquia, é só colocar o lobby da Dassault para trabalhar, nesse mundo de interesses… Read more »

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

Pois então existe palpiteiros torcedor e existe a realidade chamada interesse de estado dentro da estratégia da geopolitica, o estado é livre de paixão uma vez que poder político não é exercido por uma pessoa mas sim pelo pensamento hegemônico, a derrubada do caça com certesa provocou atrito mas não o rompimento da relações.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

Estava a pensar o mesmo Rafale para cima deles, French style marketing

Thiago
Thiago
1 ano atrás

Linda máquina, mas “reduced radar signature ” ? Alguém poderia esclarecer?

JPC3
JPC3
Reply to  Thiago
1 ano atrás

Algumas modificações e materiais utilizados que deixaram o caça mais discreto aos radares em relação ao Su-27 e Su-30 mais antigos.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Thiago
1 ano atrás

Acho que é “assinatura radar reduzida” , ou seja, uma pequena capacidade stealth, se bem que, para um caça desse tamanho, só se for via sensores e pods! Salvo melhor juízo dos comentariastas aqui.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Marcelo Andrade
1 ano atrás

Marcelo, tamanho nesse caso não significa necessariamente uma rcs muito maior. Exemplo é o F-22 que é grande e muito furtivo, o B-2, etc. O Su-35 não é furtivo, mas sendo um caça de 4a geração recente, denominado 4a geração PLUS ou 4++ como os russos classificam, foi feito um trabalho bem extenso para reduzir a assinatura radar do caça. A Sukhoi já divulgou uma RCS 6x menor que as últimas versões do Su-27. Enquanto que um Su-27 antigo tinha mais de 10 m² de RCS e um SU-30MKI cerca de 3 m², o Su-35 provavelmente possua uma RCS frontal… Read more »

JPC3
JPC3
Reply to  Luís Henrique
1 ano atrás

Acho bastante difícil acreditar que tenha RCS de 0,5m2. Sem contar que isso é limitado a certos comprimentos de ondas, bem mais que no caso de um caça pequeno e com compressor escondido como Gripen ou Rafale.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  JPC3
1 ano atrás

JPC3, você acredita que o Gripen E tem RCS frontal de 0,1 m2? O Su-35 Não é 5x maior que o Gripen… Se for para pensar no tamanho do caça é até mais difícil o Gripen ter 0,1 do que o Su-35 ter 0,5. Mas não foi isso que eu afirmei. Disse que é divulgado em vários sites como sendo entre 0,5 à 2 m2. Veja o que fizeram para atingir a RCS de um caça de 4a geracao plus no Su-35S: A face do motor (fan e compressor) e as paredes das entradas de ar foram cobertas com RAM… Read more »

JPC3
JPC3
Reply to  Luís Henrique
1 ano atrás

Sei que você leu isso porque eu também li.

Disse que não acredito muito na afirmação deles, acho que o problema é mais complexo do que revestimentos que reduzem a RCS em dez vezes. Acredito que essas informações que eles divulgam são incompletas.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Ninguém divulga RCS com 100% de precisão. Sobre acreditar ou não, eu nunca gostei dessa visão de mundo de que em um lado estão os inteligentes e do outro só tem idiota. Se todas as empresas ocidentais atingiram níveis de RCS de menos de 1m2 para seus caças de 4a geração, porque a Rússia não conseguiria o mesmo? Se a SAAB, cuja divisão de caças é bem menor que a Sukhoi, tem bem menos empregados e bem menos dinheiro, exporta radicalmente menos e tem um mercado interno pelo menos 10x menor, consegue produzir um caça com RCS pequeno, ainda que… Read more »

Mateus Lobo
Mateus Lobo
Reply to  Luís Henrique
1 ano atrás

Os caças ocidentais modernos tem RCS menor que 1m^2 porque eles já foram projetados desde a sua concepção para ter RCS reduzido. A forma do caça é mais importante do que o material usado, por mais que tenham se tomado medidas para mitigar as fontes de reflexão o design do SU-35 não foi pensado com isso em mente, é uma atualização do SU-27 com pouca mudança em termos de forma. Ninguém está questionando a capacidade da Sukhoi, mas é uma evolução de um projeto de outra era assim como o F-15X.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Mateus Lobo
1 ano atrás

E o Super Hornet que é um Hornet melhorado? E o F-16 mais novos? E o F-21 oferecido para a Índia? E o Gripen A que evoluiu para o C e agora está evoluindo para o E? O F-16 voou em 1974. O YF-17 Que originou o F-18 também voou em 1974. O Gripen A voou em 1988 (31 anos atrás), e o Su-27 voou em 1977. Agora o SH é aceito como tendo RCS até menor que o Rafale e Eurofighter. E é uma evolução do Hornet que voou em 74. E o SH entrou em operação em 1999.… Read more »

JPC3
JPC3
Reply to  Luís Henrique
1 ano atrás

Super Hornet é 85% diferente do Hornet. E houve grande mudança nas entradas de ar para reduzir a exposição do compressor.

Eu entendo que a RCS do Su-35 foi bastante reduzida, não neguei isso desde o começo.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Mateus Lobo
1 ano atrás

Mas não existe problema nenhum com a forma do SU 35, um poderia dizer que é o tamanho, mas o tamanho nem sempre significa maior RCS como já podemos concluir e, mais uma vez, a forma, portanto a estética e o design do flanker, não é necessariamente ditadora de um alto RCS.

JPC3
JPC3
Reply to  Peter nine nine
1 ano atrás

O compressor em linha mais ou menos reta com as entradas de ar. O mesmo vale para o F-15 e F-14.

JPC3
JPC3
Reply to  Luís Henrique
1 ano atrás

Amigo, os caças de 4° geração como Rafale, EF-2000 e Gripen foram projetados desde o começo para terem baixa RCS, diferente do Su-35 que teve modificações basicamente pequenas em uma plataforma dos anos 70 famosa por ter um RCS enorme.

Não é questão de vida inteligente ou os russos serem incompetentes. São designs de épocas diferentes.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  JPC3
1 ano atrás

F-16 voou em 1974, yf-17 Que deu origem ao F-18 também. Su-27 voou em 1977. É 3 anos mais novo. E tanto F-16 como Super Hornet evoluíram para caças de 4a geração com RCS reduzidos. O SH é aceito em vários sites como tendo RCS comparável ou até menor que Rafale e Eurofighter. E o SH entrou em operação em 1999 e é baseado no Hornet que é mais antigo que o Su-27. Já o Su-35S entrou em serviço somente em 2014. 15 anos mais novo. As alterações no Su-35S foram muito significativas. É praticamente outra aeronave, equivalente ao que… Read more »

Mateus Lobo
Mateus Lobo
Reply to  Luís Henrique
1 ano atrás

O F-18 C/D é uma aeronave diferente do F-18 Super Hornet e não uma simples atualização, há inúmeras diferenças no design visando a redução do RCS. O F-16 é a prova que SU-35 não terá o nível de RCS dos caças de quarta geração mais modernos, o F-16 desde as suas primeiras versões sempre teve um RCS muito menor que o do F-15 e SU-27 e mesmo com inúmeras atualizações, incluindo até a mudança do posicionamento da antena do radar, tem um RCS maior que o do F-18 Super Hornet que é um caça consideravelmente maior e bimotor. Se o… Read more »

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Mateus Lobo
1 ano atrás

Mateus, o Su-35 também tem inúmeras diferenças sobre o Su-27. Da mesma forma que o Super Hornet tem do Hornet e que os novos F-16 têm dos antigos. Tudo evolui. O que não da é atualizar esses caças para os transformarem em caças de 5a geração furtivos. Ai depende muito do design, além dos materiais empregados. Mas reduzir a RCS para atingir níveis de caças de 4a geração é possível e foi feito tanto pela Boeing, como pela SAAB e também pela Sukhoi. Ou você acha que o Gripen E tem a mesma rcs do Gripen A? Ou que os… Read more »

Mateus Lobo
Mateus Lobo
Reply to  Luís Henrique
1 ano atrás

1 – O nível de mudanças do F-18 Hornet para o Super Hornet é muito maior que o do SU-27 para o SU-35 em termos estruturais, tantos que todos os especialistas os tratam como um caça novo de tão grande que foi a mudança, o diz pra mim o que mudou no design do Flanker? 2 – Você está respondendo argumentos que não usei, não disse que caças não evoluem e nem que o F-16 está muito atrás dos projetos mais atuais e que o RCS dele não diminuiu, releia meu comentário. 3 – Ganhar concorrências envolve mais que a… Read more »

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Acho bastante difícil acreditar que tenha RCS de 0,5m2. Sem contar que isso é limitado a certos comprimentos de ondas, bem mais que no caso de um caça pequeno e com compressor escondido como Gripen ou Rafale.

——–
Em relação ao EPR (RCS) do SU-35S, você pode encontrar diferentes opiniões, que variam de 0,7 a 2 m2 (sem cabides externos). Mas também está bem claro que o verdadeiro RC-SU-35S é classificado.
E adicione de mim, o RCS da versão de exportação da aeronave, o RCS da versão interna da aeronave pode ser diferente, devido à cobertura.

JPC3
JPC3
Reply to  Evgeniy (RF).
1 ano atrás

Não é um problema de competência dos russos e sim as características do Design. O mesmo vale para o F-15, por isso não deu certo o F-15 Silent Eagle.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Quem disse que o F-15 SE não deu certo. A Boeing divulgou que atingiu RCS frontal semelhante à 5a geração.

A USAF não quis comprar por outros motivos. Talvez queriam um furtivo all aspect.
Transformar em furtivo all aspect não daria por causa das armas externas…
Mas se atingiu um nível de RCS frontal bem menor que os dos caças de 4a geração.
Isso com uma aeronave de 1972.

A forma da aeronave é importante mas se consegue muita coisa com RAM.

JPC3
JPC3
Reply to  Luís Henrique
1 ano atrás

Depois a boeing desmentiu que tinha RCS igual aos de 5° geração. E, segundo eles, era eficiente somente contra caças e radares de band X, contra radares de solo em outros comprimentos de onda não havia grandes vantagens.

Mateus Lobo
Mateus Lobo
Reply to  Luís Henrique
1 ano atrás

Se uma aeronave com RCS enorme como o F-15 consegue reduzir o sua assinatura com RAM imagina uma que já foi projetada desde o início para ter baixa assinatura!
Ninguém caiu nessa história da Boing, tanto que ninguém comprou essa versão.

Adriano RA
Adriano RA
Reply to  Marcelo Andrade
1 ano atrás

Pois é… A palavra “reduced” sem um número ao lado diz pouquíssimo. Por exemplo, assinatura radar reduzida de 6 para 4 m2… Esse caça é um holofote ambulante. Sua única chance é “enxergar antes” e é isso o que tenta fazer. Não tem a menor chance contra um 5o geração.

ELTON R
ELTON R
1 ano atrás

para quem queria um land rover 2019 4×4 ,vai ter que se virar com uma niva 1990 com kit multimidia e trio eletrico na ganbiarra

MMerlin
MMerlin
1 ano atrás

A composição de aeronaves da Turquia é composta por F-16, F-5 e F-4. Se adotarem o su-35 vai ser uma grande mudança de doutrina. Já está definida saída do F-35, mas as últimas notícias mostrar que a relação com os EUA envolvem muito mais variáveis. E não a entrada do S-400 e a saída do F-35 que irá encerrar o relacionamento entre ambos os país e o grupo. Mediante as últimas informações, não irei me surpreender se os EUA oferecerem outro caça americano (como um F-15.. SE?). Mas diante disto a Russia pode subir a aposta e oferecer pareceria no… Read more »

Bosco
Bosco
1 ano atrás

Eu sinceramente não ligo a mínima para alguns temas e este é um deles. Tô me lixando pra relação TurquiaxOTANxEUAxRússia. Pra mim não fede nem cheira.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Bosco
1 ano atrás

mas como assim Bosco? a CIA não te pagou mais, seu cargo na NSA foi tirado? zueira, o povo diz que vc é americanofilo de coração

Valdez de Araujo
Valdez de Araujo
1 ano atrás

Putin tá ganhando um belisssimo aliado eim? Uma alternativa á Ucrânia para passagem do gasoduto (Turkish Stream); Dominaçao completa do Mar Negro; Mais um país amigo no Mediterrâneo; Somando-se ao Irâ e a Síria, a Turquia defendendo interesses russos no Oriente Médio.
E EUA em vez de usar de inteligência e impedir isso, parte pra grosseria, ameaça logo com sanções impurrando de vez a Turquia pro colo da Rússia.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Valdez de Araujo
1 ano atrás

Sua leitura é equivocada, não se muda um alinhamento de país a ou por causa de mísseis, para um o uso para o outro, a questão é que Erdogan é um ditador, anti liberdades civis, a alteração de rota vem do fato que ele não se encaixa mais no modelo de otan ou Europa e como não tem nada a oferecer em troca, esta seguindo o único caminho de sobrevivência possível, se encaixar em um novo contexto!

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Carlos Gallani
1 ano atrás

Deixe se de essa treta de ditador para ali e para acolá, ditadores existem em todo o lado, o ocidente não difere muito, a gente vota e temos eleições e partidos, mas quem governa de facto são sempre os mesmos, o povo vê se aflito com a política, vota e nada se faz, não me venha com tretas.
Para além do mais, ditador só é ditador se for de encontro contra as políticas ocidentais, minto?
Se for ditador amigo já não é ditador…

Tutu
Reply to  Valdez de Araujo
1 ano atrás

“defendendo os interesses russos no Oriente Médio”
Kkkkkkkkkkk, depois são os Estados Unidos que querem aliados submissos. Kkkkkkkk

A Turquia vai é cuidar de própria vida, que por acaso já está bem complicada.

Tutu
Reply to  Tutu
1 ano atrás

Esses comentários estão um show 👌

Douglas Melo
Douglas Melo
1 ano atrás

Caça formidável , operado por um bom piloto é uma máquina de dar medo , em referente a aviônicos e radar , se o comprador tiver dinheiro pode modificar o caça , quem tem grana tem equipamentos do seu gosto !

Andre
Andre
1 ano atrás

Burro foi o Lula que não acertou com os russos. Hoje estaríamos muito melhores em termo de defesa do que estamos hoje. Se o Bolsonaro fosse esperto abandonava essa canoa furada dos suecos e partia pro F-35 ou F-22 ou o SU-35 russo.

Rafael
Rafael
Reply to  Andre
1 ano atrás

Aqui e uma blasfêmia criticar o Gripen.

Luiz Floriano Alves
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

Aqui prevalece quem enche o propinoduto. /compra-se qualquer coisa “modelo exportação” desde que renda viagens e diárias a países civilizados.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

Não sei se concordas, mas qualquer uma das 3 proposta apresentadas colocariam a FAB em outro patamar em termos de força aérea.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

Galante, só tem um detalhe, a FAB não avaliou o Gripen E, até porque na época nem protótipo do caça tinha, a FAB se baseou em estimativas e no final acho que o menor preço e a “transferência” de tecnologia foi decisivo, nem vou entrar no mérito da espionagem que talvez tenha prejudicado o SH.
Portanto, o Gripen E não obteve pontuação alguma, pelo menos não no mundo real.

Wellington Rossi Kramer
Wellington Rossi Kramer
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

Quando um país especifica uma aeronave a ser projetada e construída, e que no futuro será aquela que equipará sua força aérea, isso não é mundo real?

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

De acordo.

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

E poe choro nisso. Os Franceses quase arrancaram a roupa. Já o pessoal do F-18 foi bem elegante.

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Luiz Floriano Alves
1 ano atrás

Luiz Floriano Alves, a Armasuisse, agora em junho, foi a que melhor analisou um novo caça para sua força aérea. Vale a pena ler.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Luiz Floriano Alves
1 ano atrás

Pois é.
Pelo jeito a criação da COPAC foi desnecessária.
Era só escolher a dedo alguns comentaristas aqui do site para substituir os técnicos, engenheiros, administradores, bem como pessoal da divisão de finanças e contratos.

Maurício.
Maurício.
Reply to  MMerlin
1 ano atrás

MMerlin, o COPAC avaliou 3 aeronaves, 2 já operacionais em seus países e um que estava apenas nas telas dos computadores da Saab, isso é um fato, queira você goste ou não, portanto o pessoal se baseou em estimativas para com o Gripen E, os dois pilotos da FAB que foram para a Suécia se qualificaram no Gripen C/D não no E.
Esses dias eu fui irônico quando eu falei do IRST do Gripen E, o próprio Galante disse que o Gripen DEMO era uma coisa e o Gripen E era outra coisa.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

Continue…
Ainda acho que sua declaração desqualifica todo o trabalho executado pelo COPAC.
Se você acredita que sua escolha é mais correta que a escolha feita pela FAB, respeito, mas discordo totalmente.

Maurício.
Maurício.
Reply to  MMerlin
1 ano atrás

MMerlin, eu não desqualifiquei o COPAC, mas que eles avaliaram um caça que só estava nos computadores da saab isso não tem como negar, é um fato, se eles fizeram um bom trabalho, isso só o tempo irá dizer.

Rafael
Rafael
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

Não dá para criticar o Gripen porque ele até agora é apenas um avião plataforma de teste ,todos o dados sobre ele são baseados apenas em projeções e simulações de computador ,tanto a FAB quanto a Suécia terão que aguardar os teste para saber a real capacidade da aeronave de produção.

Munhoz
Munhoz
Reply to  Rafael
1 ano atrás

A melhor escolha foi o Gripen pois a hora de voo é bem mais barata oferecendo uma performance similar, outro ponto foi a transferência de tecnologia. O que poderia ser feito no momento é o Brasil aproveitar a saída da Turquia do F 35 e tentar uma troca comercial com os EUA possivelmente com a Embraer entrando no projeto para compensar a saída da Turquia, não sei até que ponto isso é viável no entanto poder ser uma possibilidade, com um retorno de capital, o preço do F 35 poderia ser compensado, uma ou 2 duzias operando junto ao Gripen… Read more »

Davi
Davi
Reply to  Andre
1 ano atrás

Se o F-22 estiver a venda eu quero colocar meu nome na lista de compradores.

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Andre
1 ano atrás

Para nós seria o F-18 SH, Andre. Mas, as suas alternativas são boas também.

Felipe Fg
Felipe Fg
Reply to  Andre
1 ano atrás

“E partia pro F22” Meu deus cara, isso é risível em tantos níveis kkkkkkkkk

Camargoer
Reply to  Andre
1 ano atrás

Caro Andre. Comentário engraçado. Como a FAB continuará com o programa F39, então o presidente é o contrário do esperto. Por outro lado, eu e muitos colegas concordamos que o F39 foi uma ótima decisão e apenas uma pessoa que fosse o contrário de um esperto mandaria cancelar. A conclusão do seu comentário é que tanto faz a decisão presidencial, será sempre uma decisão contrária à esperteza.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Andre
1 ano atrás

comentário com 0% por cento de embasamento

MMerlin
MMerlin
Reply to  Andre
1 ano atrás

Só pela parte “…F-35 ou F-22…” todo o seu comentário está descredibilizado.
A ignorância não é um eliminador.
Mas somada a prepotência e agressividade deveria ser.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Andre
1 ano atrás

Caro Andre: Me responda uma coisa… O que o Brasil faria com a dívida assumida com a Suécia e respectivos bancos que estão financiando o projeto do Gripen? Eu sempre fui partidário de que quando começou o FX era para seguir como seguiu o projeto Gripen, mas com o passar do tempo minha preferência era o Rafale ou F-18 (De preferência Super-Hornet). Mas o que esta feito esta feito. Não concordo ter fechado com os russos por uma questão lógica de… Logística. A Rússia esta do outro lado do mundo e a Suécia esta mais perto fora dizer que tem… Read more »

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Luiz Trindade
1 ano atrás

Luiz, esqueça a geografia, dizer que a suecia está mais perto não a torna menos longe, estão ambos longe como tudo. Quanto ao FX2, na altura o melhor era o Rafale, ponto nisso, o bicho era a estrela do momento, com poucas vendas foi ficando para trás e hoje olha se com desconfiança para o avião, mas eu não duvido, era o mais completo, caro, sim, mas o mais completo e capaz, basta olha para ele hoje, que apesar de todos os azares continua a impor o mesmo respeito nos olhos dos fãs de aviação. Tem versão naval e terrestre,… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  Peter nine nine
1 ano atrás

Em termos de RCS, supercruise, manobrabilidade, Radar, integração de sistemas e suite eletrônica o Gripen E/F não perde em nada ao Rafale, está falando coisas que não sabe.
Únicas vantagens do Rafale – alcance maior, carga maior e capacidade de levar uma bomba nuclear. (sendo que as 2 primeiras nem são tao grandes assim, a diferença)

Leonardo
Leonardo
1 ano atrás

Resta agora saber se a Turquia continuará a ser membro de 1a categoria da Otan, tem bases e armas nucleares americanas por lá desde a crise dos mísseis em Cuba, é um baita pepino para os EUA resolver com esse membro da Otan que servia de contenção e dissuasão nuclear justamente contra os Russos…

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Leonardo
1 ano atrás

A URSS não existe mais, a Rússia tem seu alto valor no cenário global mas esta muito longe de ser o monstro de outrora, ela mesma sabe disso e diante de todo um rearranjo global, antigos inimigos podem ser aliados, o Japão virou aliado dos EUA depois de duas bombas atômicas, o Irã deixou de ser depois de receber o F-14, China e Rússia se amaram, se odiaram e hj estão namorando de novo, até o Brasil saiu de uma ditadura apoiada por Washington para um governo pró ditaduras de esquerda e agora volta a alinhar-se com os yankes, geopolítica… Read more »

Kemen
Kemen
1 ano atrás

Os russos estão certos, tentam aproveitar eventuais desentendimentos entre aliados. Paises que faziam parte do Pacto de Varsóvia, entraram para a OTAN quando ainda dispunham de armas e meios que provieram da antiga União Soviética, mas ao longo do tempo quando se tornou necessario substitui-los partiram para a padronização que permite a comunicação completa entre as armas dos menbros. Sera que a Turquia daria um passo atrás? É bem verdade que a atual Russia deixou de ser a grande ameaça politica-militar que foi a União Soviética, dizem que até o Trump andou trocando figurinhas com os caras antes da eleição.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
1 ano atrás

Podia oferecer ao Irã também e mandar as sanções para o inferno e mandar os EUA enfiar seu ato CAATSA no lugar mais íntimo de Trump.

Que Erdogangster compre de quem bem entender.

J-20
J-20
1 ano atrás

Surpreendendo um total de zero pessoas

Skywalker
Skywalker
1 ano atrás

A Turquia tem aspirações a ser potência regional e se valer dos 2 polos: ocidente e oriente. Rivaliza com Israel quando se pensa em ocidente e com o Irã, amplamente apoiado pela Russia. Em termos de política interna e viés religioso, rivaliza com a Arábia Saudita, pois pendeu para o conservadorismo religioso mas quer ter um certo grau de modernidade para atrair investimentos. Mas se equilibrar no fio da navalha é sempre muito complicado em termos geopolíticos, especialmente quando um dos mandatários se chama (Pato) Donald Trump.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Skywalker
1 ano atrás

Não compare a Turquia com a Arábia Saudita, nem por um instante.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 ano atrás

Não acho que queiram aceitar o SU-35 mas já o SU-57…

Sérgio Luís
Sérgio Luís
1 ano atrás

Rei morto, Rei posto!

Chevalier
Chevalier
1 ano atrás

O ditador turco encontrou um novo best friend, o ditador russo, que dá suporte ao ditador iraniano e também venezuelano, que é pupilo do ditador cubano, e todos são brothers do imperador chinês. É ou não é a turminha do mal?

teropode
1 ano atrás

su35 e nada é a mesma coisa , a Turquia deveria comprar o Su57.

Bispo
Bispo
1 ano atrás

Fico imaginando o custo da hora voo do F-35 ..F-22.
Países com o bolso “fraco”…tem que pensar muito no custo beneficio de se ter material militar ultra sofisticado….que no final…é só para mitigar o custo de produção do fabricante e não..necessariamente…ser um instrumento efetivo de defesa.
Analisando a Polônia.
Pretende comprar 32 caças F-35.
Custo estimado…acima de U$10Bilhões(vários serviços adicionais para manutenção de pessoal, treinamento em geral).
Vamos dizer que recebam os 32 aviões até 2024..à prontidão operacional..completa…, seria um longo tempo..04/05 anos …ou seja só em 2030…

JPC3
JPC3
Reply to  Bispo
1 ano atrás

“””necessariamente…ser um instrumento efetivo de defesa.”””

Com base na opinião dos fãs da Rússia porque ela não tem um avião igual…..

Bispo
Bispo
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Não estou questionando as capacidades do caça e sim …custo x beneficio….para o país que está adquirindo…no caso em questão a Polônia não tem os “bolsos fundos” e para piorar Kaliningrado está a 35km de distância… se ocorrer um embate sério …dois cenários: levantam voo e depois aterrissam aonde der…nem levantam voo…face à evolução dos mísseis hipersônicos…já tenho o meu palpite.

JPC3
JPC3
Reply to  Bispo
1 ano atrás

Podem comprar Su-35, mas preferem o caça caro, pouco efetivo e feito de marketing………

André
André
1 ano atrás

“se Ancara demonstrar interesse”

A Rússia está louca para vender, mas Ancara quer comprar? Se nem demonstrou interesse….

Elis Ferreira leite
Elis Ferreira leite
1 ano atrás

bom acho q USA ñ vai longe com a Turquia tá perdendo terrenos no Oriente médio e na Ásia vindo talvez uma nova união soviética camuflada com armamentos e base militar russa nos 4 pontos do globo incluindo america do Sul como no caso da venezuela o USA tá cauteloso em outros tempos Venezuela,irã,Índia, Turquia, até mesmo Correia do Norte teria sofrido ataque maciços militarmente

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Elis Ferreira leite
1 ano atrás

???vc ta assistindo muito filme da Guerra Fria…A Russia com sua economia penando mau ta conseguindo manter o meios delas existentes…Internet facilitou a obtenção das informações, mais cada dia as pessoas estão mais ignorantes…

Cristiano GR
Cristiano GR
1 ano atrás

Duvido que a Túrquia não gaste exatamente o mesmo valor que gastaria com o F35 para comprar o máximo de SU-35 que puderem e armados até os dentes.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Cristiano GR
1 ano atrás

Com a atual situação econômica, daqui a pouco a Turquia não vai ter dinheiro para compra nem F5 usados

Rodrigo
Rodrigo
1 ano atrás

Acho que os nobres colegas deveriam pesquisa um pouco sobre a situação econômica da Turquia. A economia turca que já andava mau, agora caminha para um colapso, se continua dessa forma a Turquia não vai ter dinheiro nem para compra F5 usados…

rodrigo
rodrigo
1 ano atrás

Erdogan está aproximando a Turquia da Russia, ou se afastando do Ocidente, como queiram, apenas para se manter no poder ditatorial. Pior para os turcos…

Denis
Denis
1 ano atrás

Su-35?! Bah! Que proposta mixuruca!! Cadê o Klingon-57?

João Borges Queiroz Júnior
João Borges Queiroz Júnior
Reply to  Denis
1 ano atrás

Acho que os russos não venderiam o Su-57 a um membro da OTAN.

Denis
Denis
Reply to  João Borges Queiroz Júnior
1 ano atrás

Mas venderam S-400, não? A Turquia é um grande risco, mas também uma grande oportunidade para a Rússia. Acho que eles arriscariam, sim.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
1 ano atrás

Está publicado no Boston Globe de

A Turquia está pedindo ao Trump para reverter decisão do cancels mento day Venda dos F-35.

Estão pedindo arrêgo . Putênfia turca de fudeu.

Kkkkkkkkkk

teropode
Reply to  Tadeu Mendes
1 ano atrás

Por ele nem existiria esta peleja , foi o poderoso congresso americano que colocou o pé na porta .

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Tadeu Mendes
1 ano atrás

Para isso acontece, somente a Turquia desistindo do sistema AA russo, Erdogan apostou alto e perdeu, depois de sua decisão ele esta recebendo inúmeras criticas internas…Sem fala que a economia turca que já não ia bem, acabou esta desabando…

Luís Henrique
Luís Henrique
1 ano atrás

Ainda existe a possibilidade desses S-400 turcos serem vendidos para a Índia, e a Turquia voltar ao programa F-35.

Antunes 1980
Antunes 1980
1 ano atrás

Trocar o F-35 pelo SU-35 é simplesmente loucura.
Vou fingir que nem li esta matéria.

Guizmo
Guizmo
1 ano atrás

Aparentemente vcs nao entendem o dano dessa decisao equivocada do Erdogan, em comprar o S-400. A exclusão da Turquia no processo industrial do F-35, causará enormes perdas financeiras aos turcos, milhares de empregos diretos e indiretos de turcos vão pro saco. Comprar Sukhoi 35, 57, etc não repoe isso. Uma parceria era militar-industrial, a outra é compra simples

Marcus Vinicius
Marcus Vinicius
1 ano atrás

Atualmente dois lados mandam em 80℅ no mercado de aviões de guerra : EUA e Rússia.
EUA : representados por Lockheed Martin e Boeing, e Rússia por: Tupolev e Sukhoi.
Quando um nação qualquer recebe negativas em compras de determinado produto, o outro lado prontamente se alinha.
Caso muito claro esse da Turquia, antes de comprar o S400, ela tentou comprar o Thaad, o que foi recusado pelos EUA.
A regra é muito clara.