domingo, maio 9, 2021

Gripen para o Brasil

Voa o primeiro Poseidon MRA Mk1 de patrulha marítima do Reino Unido

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Primeiro Poseidon MRA Mk1 da RAF levanta voo

A primeira da nova frota britânica de nove aeronaves de patrulha marítima levantou voo. O voo do Poseidon MRA Mk1 (P-8A) foi completado com sucesso nas mãos dos pilotos de teste da Boeing.

Após este primeiro voo de teste, a aeronave será transferida da Boeing Commercial Airplanes para a Boeing Defense, Space e Security para ser equipada com os sistemas militares específicos do Poseidon. A aeronave está prevista para ser entregue à Royal Air Force, inicialmente na Estação Aérea Naval de Jacksonville, na Flórida, em outubro de 2019 e deve chegar ao Reino Unido no início da primavera de 2020.

“Foi fantástico conhecer a equipe da Boeing que construiu a aeronave Poseidon e ver nossa primeira aeronave Poseidon, a ZP801, subir ao céu em seu voo inaugural. Estamos ansiosos para que a aeronave seja entregue à propriedade da Royal Air Force em outubro”, disse o Capitão do Grupo Shaun Gee, Diretor do Programa P-8A.

O Comodoro do Ar Richard Barrow, Responsável Sênior do Programa Poseidon, disse: “O primeiro quadro de engenheiros e tripulações da RAF foi treinado no P-8A Poseidon, que marca o ressurgimento da capacidade de patrulhamento marítimo de longo alcance da RAF. O Poseidon MRA Mk 1 reforçará a capacidade de patrulhamento marítimo do Reino Unido com avançados sensores de Guerra Anti-Submarino e Guerra Anti-Superfície. Este é um momento emocionante para a Royal Air Force, especialmente para aqueles baseados em RAF Lossiemouth”.

O Poseidon ZP801 também levará o nome de Pride of Moray. Este nome celebra a herança de aeronaves de patrulha marítima de Moray, bem como será o futuro lar do Poseidon na base de RAF Lossiemouth, Moray, na Escócia.

A RAF obterá um total de nove aeronaves Poseidon que serão baseadas na RAF Lossiemouth a partir do outono de 2020. O Poseidon fornecerá uma capacidade de patrulhamento marítimo de quinta geração globalmente desdobrável. Especificamente, o Poseidon trabalhará lado a lado com a Marinha Real para proteger os mares em todo o Reino Unido e no exterior.

FONTE: Royal Air Force

- Advertisement -

31 Comments

Subscribe
Notify of
guest
31 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
E. Maurício

RAF não brinca em serviço com sua força aérea enxuta, com mais aeronaves de tecnologia de ponta e menos militares para não sufocar sua força.

E. Maurício

*** Royal Air Force***

Rafael

Quem já perdeu milhares de pilotos em guerras e sabem a importância do treinamento e equipamento tem sempre a responsabilidade de fazer o melhor possível para estar atualizada.

Rafael

Os europeus tem uma indústria aeronáutica tão avançada, mas quem já produziu aviões como Nirond,Harrier e Vulcan não conseguiu desenvolver alguma variante de patrulha do A320 já que existem até versões cisternas até do A330 e a frota de P3 dos europeus devem tá tão envelhecida quanto da USNAVY.

E. Maurício

Pois é, também acho.

Leandro Costa

Acredito sinceramente que eles ainda detém essa capacidade. Poderiam inclusive eles mesmos desenvolverem uma nova aeronave para o papel. Só que colocando tudo na ponta do lápis, provavelmente descobriram que sairia muito mais barato comprar uma versão do P-8 com alguns sistemas próprios do que modificar uma aeronave europeia que fosse.

Marcio

França e Alemanha estão desenvolvendo uma versão PM do A320

paulop
ednardo curisco

é questão de custo x resultado. O quanto vale a pena fazer por si e o quanto vale a pena comprar.

Até os EUA compram equipamento de origem estrangeira se entender que compensa. Um caso clássico é o nosso ALX, que apesar de ser futuramente montado lá, o projeto é daqui. Claro que eles poderiam fazer algo bom ou ate melhor, mas sai muito mais em conta e barato pegar um projeto feito.

E os ingleses estão comprando tecnologia de um país amigo.

rui mendesmendes

P72 Italiano e o Atlantic 3 Francês, e inicio de desenvolvimento de um A320 ou um Dassault Falcon está a ser pensado pela França e Alemanha.

Rodrigo

Alguém poderia me dizer se o kc390 poderia ter uma versão patrulha naval ? Será que é viável?

Rafael

Poderia até que poderia mas o custo operacional seria muito alto dada a natureza de vôos de longa duração de aviões de patrulha,a tendência é modificar aeronaves civis de grande porte devido a facilidade logística e financeira mas existem casos específicos de modificação de projetos militares.

Walfrido Strobel

Triste para um pais que já estava com os Nimrod MRA4 quase prontos e já tinham gastado 3,8 bilhão de libras no desenvolvimento.
Decidiram cortar as fuselagens prontas e jogar na sucata e depois apareceu esta compra de P8 importada dos EUA.

Marcelo R Seixas

Caso misterioso!!!!

Ricardo Bigliazzi

Não, apenas TCO da aeronave. O Dinheiro do contribuinte é respeitado.

nonato

Pelo que vi na Wikipédia foi um programa problemático e caro.
Não seria esse o motivo do cancelamento?
E seria um avião de ataque não apenas de patrulha.

Rui Chapéu

Garanto que a operação com um 737 se paga muito mais rápido do que com uma célula do Comet!!

Ninguém no mundo usa Comet mais.

DOUGLAS TARGINO

Duas belezinhas dessas aqui no Brasil era o suficiente.

Luiz Floriano Alves

Não basta pegar um KC 390 e dizer que faz patrulha aérea. A eletrônica embarcada e seus sensores de ultima geração é que fazem a arma. Nosso bimotor de transporte da CASA tem versão de patrulha aérea naval. O KC poderia ter, mas o custo de R&D não compensaria para um lote reduzido.

André Bueno

Muito bom Roberto.

Jagderband#44

Essa é a máquina em termos de patrulha naval. Parabéns aos ingleses.

Marcelo Andrade

Para quem acha que a FAB deveria repassar a Patrulha para a MB, está aí outro país em que a Patrulha Marítima é encargo da Força Aérea. Assim como Austrália e Canadá, não me lembro de outros. Se bem que defendo o repasse para a MB, se está pudesse e quisesse.

Nilton L Junior

Prova que todo imperio cai.

Nilton L Junior

Alguem sabe quais são os equivalentes Russo e Chines.

Walfrido Strobel

China: Maritime Patrol Aircraft (MPA) Y-8FQ Cub/High New 6 (GX-6) number 731 during a test flight in December 2013.
.comment image

Walfrido Strobel

Russia: Il-38 modernizado.
.comment image

Walfrido Strobel

Rússia: Tu-142 modernizado.
.comment image

Walfrido Strobel

Rússia: O próximo vai ser uma versão militar do avião civil MS-21 na sua versão sem componentes ocidentais que está em desenvolvimento.
.comment image

Alexandre Pessoa

Talvez o RU tenha decaído justamente por basear sua economia em um Império colonialista, enquanto a Alemanha tenha baseado na sua indústria. Mesmo vencendo a IIGM o RU ficou encurralado, com uma dívida astronômica e sem um mercado consumidor colonial. Ao mesmo tempo, para fazer frente aos soviéticos foi estratégico reerguer a Alemanha (assim como a Coreia e o Japão) e sua base industrial.

rui mendesmendes

Tu sabes o que dizes??? O Reino Unido, são a 5ª, sabes, a 5ª maior economia do Mundo, justamente atrás da Alemanha. Mercado consumidor colonial??? Eles ainda etão actualmente em um mercado de 500 milhões de habitantes, e muito mais rico que esse mercado colonial, e por fim, dívida astronómica?? Comparada com a USA não é nada.

rui mendesmendes

*5ª mais rica economia, não maior.

Reportagens especiais

Infográfico: Caças a jato da Europa Ocidental – 1944 a 2003

A ameaça da União Soviética obrigou as nações da Europa Ocidental a desenvolverem continuamente seus aviões de combate No infográfico...
- Advertisement -
- Advertisement -