Home Aviação de Caça Passageiro civil é ejetado de um caça Rafale francês durante a decolagem

Passageiro civil é ejetado de um caça Rafale francês durante a decolagem

14567
62
Dassault Rafale B
Dassault Rafale B

Não está claro se a ejeção foi desencadeada voluntariamente, por acidente ou por causa de um mau funcionamento

Um passageiro civil de 64 anos foi acidentalmente ejetado de um avião de combate Rafale B da Força Aérea Francesa quando o avião decolou da base aérea de Saint-Dizier, em 20 de março de 2019.

O homem que estava no assento traseiro, cuja identidade não foi divulgada, sofreu ferimentos graves, incluindo lesões nas costas e foi hospitalizado. Ele está em condições estáveis ​​e sua saúde não é motivo de preocupação, segundo um porta-voz da Força Aérea Francesa.

O incidente ocorreu às 13h52, quando a aeronave decolou para uma missão de treinamento. O piloto conseguiu pousar a aeronave com pequenos ferimentos nas mãos (causadas pelo canopy quebrado).

O que aconteceu é bastante estranho, pois VIPs e jornalistas são frequentemente convidados a participar de voos de “orientação”, para fins de comunicação ou informação.

O passageiro recebe sempre um briefing detalhado que abrange a operação padrão do cockpit, procedimentos de emergência, saída etc, explicando claramente o que não deve ser tocado no cockpit. A alça do assento de ejeção é uma daquelas coisas que não se tocar.

De qualquer forma, não se sabe o que ativou a ejeção: pode ter sido uma ejeção voluntária, involuntária ou até mesmo uma falha, embora os assentos ejetáveis ​​modernos sejam extremamente confiáveis ​​e os maus funcionamentos sejam extremamente raros.

Uma investigação está em andamento.

FONTE: The Aviationist

Subscribe
Notify of
guest
62 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
BILL27
BILL27
1 ano atrás

Uma vez eu fui tirar fotos de um F-5 que estava em manutençaõ ,subi a escada para fazer fotos do cockpit ,perguntei se poderia entrar e sentar ,e o mecanico falou que não poderia ,pois poderia acontecer algo se eu sentasse no assento e ele ejetar ,mesmo sem eu tocar na alça …

Flanker
Flanker
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Acionamento do assento ejetável com a aeronave em solo, desligada e parada, é muuuito difícil! Quando o piloto guarnece a aeronave, após amarrado ao assento e conectado à aeronave, aí é que é retirado o pino de segurança que evita a ejeção, mesmo que essa seja acionada.
O que te falaram, foi para evitar que você entrasse na aeronave, apenas…..ou, ainda, aquele assento estava aguardando ser retirado para algum tipo de manutenção ou revisão.

Conan
Conan
Reply to  BILL27
1 ano atrás

N época que eu fazia manutenção de T-38 e T-37 no Texas fui obrigado a passar por um treinamento com certificação para poder sentar naqueles assentos mesmo com a aeronave desligada e os pinos de segurança no lugar. Todos tinham que passar pelo treinamento. Me lembro que na época uma piloto ainda em treinamento foi ejetada da aeronave dentro do hangar saindo pelo teto, infelizmente ela veio a falecer. Se o assento estiver no cockpit os explosivos também estão lá.

Artur Castro
Artur Castro
1 ano atrás

Triste ter acontecido com um Rafale. Se fosse com um Sukhoi ou um F-35 ia ter as torcidas aqui nos comentários se matando.

Mas, igual no caso da sua tamandarés, ninguém aqui torce pelos franceses (seria ressentimento da copa de 98?)

Maurício.
Maurício.
Reply to  Artur Castro
1 ano atrás

Artur, alguns não gostam do ego elevado dos franceses, alguns não gostam porque seus equipamentos são caros e a manutenção idem, outros não gostam porque os franceses gostam de ser independentes, uns não gostam porque nas suas cabeças apenas equipamentos americanos prestam, já outros não gostam porque apenas equipamentos russos prestam.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

Maurício, 👌

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

Eu não gosto deles, gosto das francesas.

Ricardo
Ricardo
Reply to  Artur Castro
1 ano atrás

França é uma potência decadente, seu peso mundial diminuiu muito ao longo dos anos. Ninguém liga para eles atualmente.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Ricardo
1 ano atrás

Ricardo, o peso mundial de várias potenciais diminuiu muito, desde franceses, ingleses, russos e até mesmo os americanos, mas isso não quer dizer que ninguém liga para eles atualmente.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
Reply to  Ricardo
1 ano atrás

Errado.

E as Bob Nuc em submarinos nucleares, mísseis etc….. ?

TeoB
TeoB
Reply to  Artur Castro
1 ano atrás

To com muito mais ressentimento pelo mimimi que fizeram do Brasil na otan junto com a Alemanha, do que pela copa.
E pensar que quando venceram o contrato do prossub disserem que iria ser uma parceria do Brasil…

Sagaz
Sagaz
Reply to  TeoB
1 ano atrás

As Che Queremvara em qualquer tipo de notícia querem fazer militância…

Melhoras ao senhor ferido.

Alexandre Fontoura
Alexandre Fontoura
Reply to  TeoB
1 ano atrás

Era mais do que previsível que Brasil não seria aceito na OTAN, por não estar localizado na Europa ou no Hemisfério Norte, como EUA e Canadá. O máximo que o Brasil poderia ser é aliado preferencial extra-OTAN.

Kemen
Kemen
Reply to  Artur Castro
1 ano atrás

Artur, na minha opinião a proposta do consórcio Villegagnon é muito boa em termos “bélicos”, na verdade não sei em termos de preço/custo etc, entretanto como a Marinha tem o contrato dos submarinos com o Naval Group, imagino que talvez ela não queira ter tanta “dependencia” dos franceses, aguardemos para ver qual sera o ganhador, se for o consorcio Villegagnon seria exelente. Sobre a ejeção imprevista no Rafale, eu acredito que foi uma ação errônea do passageiro acionando a ejeção. A proposito o banco do Rafale é da Martin Baker? Se for…que modêlo seria? me lembro que houve algum problema… Read more »

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Artur Castro
1 ano atrás

Ressentimento pela Copa?? Nada… os caras são eternas galinhas em qualquer briga que for para valer… Ingleses, Alemães e Americanos consideram os Franceses como “café com leite”. Eu sempre brinco que a tropa francesa mais respeitada por todos é a “Legião Estrangeira”… porque… é a que tem o menor numero de franceses.

Delfim
Delfim
1 ano atrás

Eu acho que deve ter rolado uma manobra mais acrobática – nada de mais – aí o tio entrou em pânico e pegou onde não devia.
.
Se não é para puxar, pq não “pinou” o assento ? No Rafale B o piloto pode ejetar o assento do aluno/passageiro independente deste, ou não ?

Flanker
Flanker
Reply to  Delfim
1 ano atrás

Delfim, via de regra, em caças bipostos (com duplo comando), o instrutor vai no assento traseiro e o aluno no dianteiro. Normalmente, também, o acionamento dos assentos pode ser comandado a partir de cada um, para ambos, ou individualmente. E, se tivessem decolado com o assento traseiro pinado, acredito que o assento não seria acionado, independente se fosse à partir da cabine dianteira ou traseira. Sendo assim, se tivesse pinado e precisasse, de fato, ejetar? O assento traseiro ficaria preso à aeronave.
Bem, esse é meu entendimento. Se eu estiver errado, corrijam-me.

BILL27
BILL27
Reply to  Delfim
1 ano atrás

Se for igual ao M2000 ,pode.

luiz antonio
luiz antonio
Reply to  Delfim
1 ano atrás

Vá saber! O piloto pode ter “despachado” o cara que estava enchendo o saco….

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  luiz antonio
1 ano atrás

Ou vomitando!!!

Marcus
Marcus
Reply to  luiz antonio
1 ano atrás

KKK

Muito boa!!!

Alexandre Fontoura
Alexandre Fontoura
Reply to  luiz antonio
1 ano atrás

Vai ver o cara gritou “Lula livre!”e o piloto o “despachou”. Rsrsrsrs
Ou então, ele gritou “Bolsomito!” e o piloto, esquerdista, o “despachou”… 🙂

BILL27
BILL27
Reply to  Delfim
1 ano atrás

Teve um acidente na AFA com um Tucano que o piloto foi ejetado no solo no taxiamento .pode ter sido uma falha parecida ou o senhor na hora da emoção acabou puxando a alavanca ..

Marcos10
Marcos10
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Acho que foi na Embraer. Haviam instalado um equipamento para medir o esforço no manche e, muito provável, o piloto foi ajustar o assento, enroscou o cabo de ejeção no tal equipamento e infelizmente acabou ejetando.
Um outro evento ocorreu na AFA com um piloto iraniano, que recebeu ordens para testar o assento em voo, para ver se realmente funcionava.

BILL27
BILL27
Reply to  Marcos10
1 ano atrás

Este q vc mencionou aconteceu com o Cap Lobo e foi em SJC.,
Este que mecionei aconteceu com um cadete .

Alexandre Fontoura
Alexandre Fontoura
Reply to  Marcos10
1 ano atrás

O que ocorreu com um piloto iraniano eu acho que foi em Lagoa Santa-MG.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Nesse caso, por incrível que pareça, o cadete se amarrou incorretamente e o mecânico, na saída da aeronave, não percebeu. Na fase de vôo por instrumentos o cadete senta atrás. Ao alinhar na pista o instrutor perguntou: ¨está vendo a pista?¨. Ao que o cadete, ao subir o assento (o comando é elétrico), fez com que o punho de ejeção fosse acionado.

Mig35
Mig35
1 ano atrás

Já soltou pecinha. Le jacão.

Antoniokings
Antoniokings
1 ano atrás

Deve ter sido a maior emoção da vida desse senhor.
Ser ejetado de um avião a jato, muito provavelmente sem estar esperando por isso.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
1 ano atrás

O assento é Martin-Baker, britânico, para os detratores 😉

No fim das contas vai dar o óbvio. O que falaram para o tio durante o briefing entrou por um ouvido e saiu pelo outro, e ele fez exatamente o que mandaram ele NÃO fazer.

Vai sofrer com as costas pelo resto da vida como castigo, pelo prejuízo que deu.

Ricardo
Ricardo
1 ano atrás

Pergunta de leigo mesmo, em um caça com dois assentos, estes são ejetados individualmente ou em conjunto? Minha dúvida é se o piloto acionar o dele por causa de uma emergência ou impacto de um míssil inimigo, o sistema ejeta os dois? Se não é assim por que ejetar individualmente?

Thiago Telles
Thiago Telles
Reply to  Ricardo
1 ano atrás

Cada um por si.

Thiago Telles
Thiago Telles
Reply to  Ricardo
1 ano atrás

Ideal o da frente esperar o de tras ejetar primeiro

Heu
Heu
1 ano atrás

Hmmm… pra q será que serve essa alavanca pintada de preto com amarelo?

Delfim
Delfim
Reply to  Heu
1 ano atrás

😁😁😁😁😁😁😁

Leonardo M.
Leonardo M.
1 ano atrás

Minha teoria:

Piloto começou a fazer 7G de força e velhinho começou a ver estrela e se agarrar em qualquer parte do avião achando que estava em uma montanha russa.
Resultado é que se agarrou onde não devia e foi “expulso” do avião.

FighterBR
FighterBR
Reply to  Leonardo M.
1 ano atrás

Duvido. 7G para um cívil? Não fariam isso

Alexandre Fontoura
Alexandre Fontoura
Reply to  Leonardo M.
1 ano atrás

Fazer 7G na decolagem? Difícil…

Gilson
Gilson
1 ano atrás

O assento era chines, feito na china, por isso deliberou sozinho.

Antunes 1980
Antunes 1980
1 ano atrás

Não é a primeira vez que ejeções deste tipo acontecem no ocidente. Nunca ouvir falar disso em aeronaves russas ou chinesas.
Será que os assentos britânicos Martin Baker são problemáticos?

Humberto
Humberto
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

De repente nunca ouviu sobre ejeções pois a liberdade de imprensa não são tão grandes nestes países OU estas notícias, não chegaram ao ocidente, vá se saber. Particularmente acredito que os MB são confiáveis, visto que existem n operadores no mundo inteiro utilizando eles, tem que esperar para verificar o que aconteceu, depois de uma análise (que virá), mas chutando, em ordem de possibilidade 1- O saco puxou indevidamente a ejeção (para mim, o mais plausível); 2- O equipamento estava preparado para ejeção mas no briefing foi garantido que estaria bloqueado; 3- Problema no sistema de ejeção por problema de… Read more »

Flanker
Flanker
Reply to  Humberto
1 ano atrás

Os assentos Martin-Baker são os mais usados no mundo, equipando desde turboélices até caças e bombardeiros….equipam inclusive helicópteros. Em números absolutos, provavelmente é o mais utilizado. A fabricante é referência no mundo nesse tipo de equipamento. Há algumas outras fabricantes, como a Collins Aerospace dos EUA e a russa Zvezda (essa marca fabrica excelentes assentos).

Alexandre Fontoura
Alexandre Fontoura
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

Esse é o tipo de notícia que não chega à imprensa russa ou chinesa de modo algum. A não ser para provar a eficiência dos sistemas russos e chineses…

luiz antonio
luiz antonio
1 ano atrás

Certa vez li uma noticia sobre o período de validade das cargas explosivas dos assentos de ejeção. Nos assentos mais modernos, entendo que deve haver os mesmos requisitos, independente do tipo de explosivo utilizado. Alguem tem informações mais precisas?

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  luiz antonio
1 ano atrás

É isso mesmo. Venceu, troca.

M_Cruel
M_Cruel
1 ano atrás

“Passear” num caça é uma atividade para poucos, mas, ser civil e ser ejetado é único!

Lucas Senna
Lucas Senna
Reply to  M_Cruel
1 ano atrás

Pois é, vai ver o cara não ficou satisfeito com ser um dos poucos civis a voar em um caça e decidiu se tornar o único a ser ejetado kkkk

Kemen
Kemen
1 ano atrás

Sei não, é necesario investigar com detalhe essa ejeção! Por exemplo, e se o pasageiro perguntou ao instrutor em alemão, italiano, espanhol, ingles e portugues, e o piloto respondeu sempre “Je ne comprends pas, parler en français” se encheu e ejetou o carinha porque não falava frances?

FighterBR
FighterBR
1 ano atrás

Nunca queira ser ejetado de um caça. Principalmente de um F-16.

CLEBER CORDEIRO PROLA
CLEBER CORDEIRO PROLA
Reply to  FighterBR
1 ano atrás

Bueno, pior seria num daqueles F-104…

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 ano atrás

Qual o custo e o tempo da recuperação do caça? Não deve ser tão barato!

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 ano atrás

De qualquer maneira é muito estranho uma ejeção com a aeronave decolando. Ainda mais com um passageiro civil, o que extremamente incomum já que esse avião é não uma aeronave de passeio e adicionando a idade do passageiro. Mas de qualquer forma a investigação dirá o que aconteceu.

Wellington Góes
Wellington Góes
1 ano atrás

Pegou no mecanismo de ejeção, achando que estava pegando no “put@ merd@”. kkkkkkkkkkkk

Sidney
Sidney
Reply to  Wellington Góes
1 ano atrás

“Puta Merda” …é para os fortes que andaram muito no buraco do fusca.

Delfim
Delfim
Reply to  Wellington Góes
1 ano atrás

HAHAHAHAHA !

Osvaldo Ribas
Osvaldo Ribas
1 ano atrás

Um senhior de idade teve uma EJEÇÃO PRECOCE. 😂😂😂😂😂

Rogerio
Rogerio
1 ano atrás

Belas fotos, parabens

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Esse é um cidadão que tem uma historia legal para contar para os seus netos…

Andrigo
Andrigo
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Legal depois, agora no hospital ele não deve estar curtindo muito a situação!

Marcelo Mendonça
Marcelo Mendonça
1 ano atrás

Na informática ( análise de sistemas ) aprendemos que se disser ao usuário que não pode apertar determinado botão a mão do infeliz vai coçar até tocar na porcaria do botão!!!

Vinícius stimamilio
Vinícius stimamilio
1 ano atrás

Goose????

Rommelqe
Rommelqe
1 ano atrás

É claro que ele nao estava so passeando no caça! Qual seria o motivo? Reportagem? Avaliaçao de algum item especifico? Cliente em potencial? Em algum liugar foi publicado algo mais a respeito?