Home Aviação Comercial Fotos do Embraer E190-E2 em Recife (PE)

Fotos do Embraer E190-E2 em Recife (PE)

4996
33

Por Valter Andrade

O jato Embraer E190-E2, ostentando a pintura de tubarão na fuselagem, passou por Recife (PE) na sexta-feira, dia 1 de fevereiro, onde foi fotografado por spotters amigos do Poder Aéreo.

O E190-E2 é o primeiro de três novos E-Jets E2s que a Embraer está desenvolvendo para suceder seus E-Jets da primeira geração. Comparado com a primeira geração do E190, o E190-E2 oferece uma redução de 17,3% em termos de consumo de combustível e quase 10% menos que o concorrente direto. Isso a torna a aeronave mais eficiente de corredor único no mercado. O E190-E2 traz mais flexibilidade com alcance máximo de até 5.300 km, ou cerca de 1.000 km a mais do que o E190 de primeira geração.

O E190-E2 também oferece economias significativas para as companhias aéreas em termos de custos de manutenção, com uma redução de até 25%. A aeronave possui os maiores intervalos de manutenção, com 10.000 horas de voo para verificações básicas e sem limite de calendário na utilização típica de E-Jets. Isso significa 15 dias adicionais de utilização de aeronaves em um período de dez anos.

Os pilotos da primeira geração de E-Jets precisam de apenas 2,5 dias de treinamento e sem a necessidade de um simulador de voo completo para pilotar o E2, o que diminui a carga de treinamento e economiza tempo e dinheiro para as companhias aéreas. O cockpit do E2 apresenta avançada aviônica integrada Honeywell Primus Epic 2. Juntamente com os controles fly-by-wire, os sistemas trabalham juntos para melhorar o desempenho da aeronave, diminuir a carga de trabalho do piloto e reforçar a segurança de voo.

Do ponto de vista do passageiro, a cabine do E2 apresenta um confortável leiaute de dois assentos de cada lado do corredor. A ausência de um assento no meio permite que os passageiros tenham uma experiência de voo agradável, com mais espaço para as pernas e para armazenamento de bagagem.

FOTOS: Leonardo Oliveira das Neves / Emerson Victor dos Santos Farias

Subscribe
Notify of
guest
33 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Maurício Vaz
Maurício Vaz
1 ano atrás

Hahaha, Que pintura maneira cara xd

calvario
calvario
1 ano atrás

Ex Embraer. O Brasil não fabricará mais aviões comerciais de médio porte.

Cabeça Fraca
Cabeça Fraca
Reply to  calvario
1 ano atrás

Vamos ficar a ver aviões assim como ficamos a ver navios…o BNDES investiu quase 30 bilhões na Embraer e a venda de parte dela é feita por 3 bilhões….A Embraer esta entregando 90% do faturamento a boing…a china e os eua estão comprando o braziu…eu com sinceridade estou cansado desse caos absoluto do braziu…me sinto indignado e cada vez mais descrente….. “NÃO EXISTE PAÍSES AMIGOS, EXISTEM PAÍSES INTERESSEIROS” Dr. Enéas Neoliberalismo para os Subdesenvolvidos: https://www.youtube.com/watch?v=yVa5wTXtfNM Economia de cemitério ocorrerá quando o Brasil privatizar tudo : https://www.youtube.com/watch?v=PJeCSbzfQG0 Privatização Selvagem : https://www.youtube.com/watch?v=6Gt0HhpbI2Q Todos os dias eu me pego pensando…”Como seria o Brasil… Read more »

Denis
Denis
Reply to  calvario
1 ano atrás

É isso aí, amigo. Não gasto mais um miligrama da minha escassa endorfina torcendo pelo sucesso da Embraer.

Marcos
Marcos
1 ano atrás

Toda vez que eu olho para esse avião só me vem a cabeça uma única coisa A.W.A.C

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Eu penso em uma versão nacional do P-8 Poseidon.

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

Para que? Fabricar 10 unidades e encerrar a produção….

Matheus
Matheus
Reply to  Walfrido Strobel
1 ano atrás

Claro que não. Existe um mercado pra isso, tanto é que a Airbus pensa em lançar um A320Neo pra esse fim.

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Matheus
1 ano atrás

E a Boeing lançaria um E2 MP para concorrer com o P-8?

Matheus
Matheus
Reply to  Walfrido Strobel
1 ano atrás

Não, não vai lançar. Talvez a Embraer lançaria mas agora já era. Se FAB quiser vai ter que operar o 737 em suas versões militares.

Rui chapéu
Rui chapéu
Reply to  Walfrido Strobel
1 ano atrás

10 vc está tendo muita esperança.
Seria 5 e olhe lá.

E a Boeing jamais vai fazer um avião concorrente dela mesma e ainda com pior performance. Um 737 é muito melhor plataforma pra essas 2 tarefas.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Awac para mim vem a cabeça um Lineage 1000 com sua bela autonomia…

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Nunca vi um tubarão voando. Fosse uma águia, falcão ou mesmo um pardal combinaria mais..
Agora uma dúvida em se falando de AWACS, porque será que a Embraer não faz logo toda a linha 190 com a autonomia do lineage 1000?

João Adaime
João Adaime
Reply to  Rodrigo M
1 ano atrás

Prezado Rodrigo
Sou leigo mas vou procurar explicar de forma bem simples. O Lineage 1000 tem esta autonomia praticamente o dobro do 190 comercial porque ele voa “vazio”. Leva apenas 19 passageiros. A versão comercial leva em torno de 110 passageiros e suas bagagens, fora as cargas que também vão nos seus porões.
Gostaria que os especialistas pudessem explicar melhor.
Abraço

Sérgio Luís
Sérgio Luís
1 ano atrás

Pena que foi vendida!

Amauri Soares
Amauri Soares
1 ano atrás

Esse avião e um dos mais lindos , e essa pintura nele ele ficou lindão 😍😍😍, a galera da Embraer está de parabéns 👏👏👏

luiz antonio
luiz antonio
1 ano atrás

Linda Aeronave. Apesar de saber ser um excelente equipamento, temo pela seu sucesso contra ao A220, ja “engolido pela Airbus e “pilhado” comercialmente. Tenho a impressão que a EMBRAER ficou em um vácuo com essa aeronave, inclusive com a homologação para voos extendidos, onde o A220 já possui.
Mas vamos em frente.
Vendida ou não a EMBRAER esta de parabéns por essa aeronave.

Edimur
Edimur
1 ano atrás

Não vejo a hora de voar em um desse pela Azul, aviões da Embraer top em conforto e tecnologia.

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Edimur
1 ano atrás

Se bem que depois de comprar o E2 o dono da Azul comprou 120 A220, 60 para cada uma de suas outras empresas.

Matheus
Matheus
Reply to  Walfrido Strobel
1 ano atrás

Com exagerados descontos quem não compraria?

Mauro
Mauro
Reply to  Matheus
1 ano atrás

A TAM comprou Airbus quando começou a operar aviões maiores no mesmo esquema ilegal e desonesto. Mestre antigo na prática de dumping.

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Matheus
1 ano atrás

Ninguem compraria se o A220 e o E2 não estivessem no mesmo nível, o David Neelema comprou porque sabe que o A220 é bom.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Walfrido Strobel
1 ano atrás

Comprou porque os preços foram mais vantajosos. Só isso.

Mauro
Mauro
Reply to  Rinaldo Nery
1 ano atrás

Dumping.
Em tese um Carrefour ou Extra pode quebrar qualquer concorrência de pequenos mercados ou mercearias que fiquem nas proximidades, não o faz porque sabe que é crime e será denunciado.
A Airbus nasceu vendendo centenas, talvez milhares de aviões para os governos europeus, aviões que não existiam, e que jamais foram fabricados.
A Boeing luta contra essa prática criminosa da Airbus desde sempre, mas quase sem efeitos práticos na OMC.

João
João
1 ano atrás

Kkkkk que coincidência, uma pintura de tubarão no Recife

Marckelee Dourado
Marckelee Dourado
1 ano atrás

Na minha humilde opinião, de mero espectador . A Embraer foi obrigada pelo lobby da Airbus. Há se entregar a Boeing na esperança de ter um futuro. Vejo o E2 como uma obra prima, que demostra nossa capacidade nacional de desenvolvimento de tecnologia própria na projeção e contrução. Qualquer coisa. Por outro lado temos o exemplo da Vale, que mostra nossa omissão, em prol de interesses externo em extrair o que temos de melhor. Não sei o melhor caminho nem a solução para tudo isso, apenas que temos que procurar uma solução para desenvolver nosso setor aeroespacial.

Kommander
Kommander
1 ano atrás

Muito melhor que a camuflagem da FAB.

kevinbuenuu
Reply to  Kommander
1 ano atrás

Sim, é uma aeronave comercial, mas vc imaginaria essa pintura nos aviões da fab?

Rui chapéu
Rui chapéu
Reply to  kevinbuenuu
1 ano atrás

Se fosse o pintinho amarelinho ou o rosa chock da Mary Kay TB ficariam melhor que as camuflagens da FAB.
Se arrancasse a tinta e deixasse só o alumínio ficaria melhor que a camuflagem da FAB.

Se usassem o resto de tinta de qualquer obra que tem por aí ficaria melhor que a camuflagem da FAB.

Qualquer coisa é melhor que aquela camuflagem.

teropode
1 ano atrás

O Boeing 797 vai sair deste pássaro ai.

Mauro
Mauro
Reply to  teropode
1 ano atrás

Foi cancelado, era só papo, teve gente que caiu.

teropode
Reply to  teropode
1 ano atrás

É justamente por isso , o Boeing 797 era o plano B caso í negócio com a Embraer não se concretizasse , esqueça aquela asa voadora gorda , aquilo era um conceito , que aliás nunca será aplicado.

Toni Cavalcante
Toni Cavalcante
1 ano atrás

Acho de péssimo gosto essa cara de tubarão, independente da simbologia.