Home Aviação de Ataque Saab oferece o caça Gripen E/F para a Finlândia

Saab oferece o caça Gripen E/F para a Finlândia

5392
29
Saab Gripen E
Saab JAS 39E Gripen (clique na imagem para ampliar)

Com o apoio da Suécia, a Saab apresentou ontem (30) a sua proposta para o programa de aquisição de caças finlandês HX, à agência finlandesa de aquisição de defesa, o Comando Logístico das Forças de Defesa Finlandesas. A proposta é composta por 64 aeronaves Gripen, incluindo tanto o Gripen E (monoposto) quanto o Gripen F (biposto), e é a resposta formal à solicitação de cotação (RFQ, sigla em inglês) do cliente emitida em abril de 2018.

A solução oferecida pela Saab apresenta a mais recente tecnologia disponível para um ambiente operacional em constante mudança e muito desafiador.

“As excepcionais capacidades do Gripen são uma combinação perfeita para as necessidades e exigências da Finlândia. Com o Gripen, a Finlândia pode renovar sua frota de caças sem comprometer o número de aeronaves devido a um custo de ciclo de vida verdadeiramente competitivo. Nossa oferta constitui uma contribuição substancial para a capacidade operacional das Forças de Defesa da Finlândia ”, diz Jonas Hjelm, vice-presidente sênior e head da área de negócios Aeronautics da Saab.

Como parte da proposta, a Saab oferece um pacote substancial de armas e sensores, bem como o equipamento necessário e serviços associados necessários para operar o sistema, incluindo um programa de cooperação industrial com o objetivo de criar amplas capacidades nacionais na Finlândia para Segurança de Suprimento. Ela também inclui a transferência de manutenção, reparo e capacidades de reforma para a indústria local, produção de aeronaves e o estabelecimento de um centro de sustentação e desenvolvimento do Gripen na Finlândia.

De acordo com o planejamento do cliente, a decisão de aquisição está prevista para 2021.

O programa Gripen E está progredindo conforme o planejado, com a produção em andamento e entregas para clientes a partir deste ano.

Cinco nações operam atualmente com o Gripen: Suécia, África do Sul, República Tcheca, Hungria e Tailândia. A Suécia e o Brasil encomendaram o Gripen E. Além disso, a Escola de Pilotos de Teste do Império do Reino Unido (ETPS, sigla em inglês) usa o Gripen como plataforma para treinamento de pilotos de teste.

DIVULGAÇÃO: MSLGROUP/Publicis Consultants

SAIBA MAIS:

29
Deixe um comentário

avatar
13 Comment threads
16 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
20 Comment authors
IvanmcIvanmccamiloLeonardo de AraújoAntunes 1980 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Rommelqe
Visitante
Rommelqe

Maravilha! Como esperado, a proposta para a Finlandia inclui Gripens F, bipostos, desenvolvidos e fabricados em colaboraçao com o Brasil!
Estamos na torcida e esperando que a SAAB leve esta!!!

Gustavo
Visitante
Gustavo

exato, extremamente positivo já ver a versão F incluída em propostas por aí!
Que o Gripen leve essa e a concorrência da Suíça também.

Flamenguista
Visitante
Flamenguista

Se forem levados em conta critérios estritamente técnicos e economicos, o Gripen tem grandes chances. Além do que, a interoperabilidade e troca de doutrinas seria mais fácil, dada a proximidade territorial! Maass… acho que eles vão de F 35 mesmo!!

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

SH18 leva, é a lógica.

Paulo
Visitante
Paulo

Concordo, afinal tem que ser um caçador de verdade, Carlos Alberto Soares.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

A FA Filandesa é dotada de F 18,. portanto

LOG, doutrina etc ….

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

Duvido muito que a Finlândia escolha o F-35. Ao meu ver o jogo está entre Gripen e F-18.

cwb
Visitante
cwb

Enquanto na outra matéria o f-35 voa no meio de cbs,o gripen voa cavok…
brincadeiras à parte torço pelo f-35 e pelo que representa ao ocidente.
Que bom que outros países estão analisando o gripen para compor suas armas aéreas.
Acredito que isso pode ser bom pelo menor preço final do avião e aumenta a cadeia produtiva e logística do mesmo.

Bardini
Visitante
Bardini
Paulo
Visitante
Paulo

Ghibli do futuro. Tx do SH.

Tiago
Visitante
Tiago

Eu acho a sua falta de fé perturbadora.

Paulo
Visitante
Paulo

Obrigado, eu sou que nem São Tomé.

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

Kkkk Darth Vader

Alessandro
Visitante
Alessandro

Sabe qual é o “problema” do Gripen ? Ele não é made in USA ou Rússia, por isso a vida da SAAB é mais difícil para vende-los

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

E a Finlândia é uma cancela entre o Ocidente a Rússia. Claro que o peso político conta mas os finlandeses tem condições políticas de dizer não a Rússiq e EUA se acharem conveniente.

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

Taí um país que eu acho que de fato vai de Gripen. As execelentes relações com a Suécia, proximidade e comunalidade em defesa do Báltico e antítese ao poder russo nq região fazem que suecos e finlandeses tenham de fato muito o que intercambiar e quanto mais cooperem em matéria defesa, melhor para ambos. O Gripen seria uma boa escolha para Helsinki.

Leonardo de Araújo
Visitante
Leonardo de Araújo

Até por que os Gripens NG das duas forças trabalhando em conjunto potencializam sua capacidade.

MFB
Visitante
MFB

64 aeronaves seriam um impulso e tanto para a SAAB. Mas imaginemos só de leve as pressões envolvidas em um contrato desse tamanho. Seria bom sonhar com o Brasil fechando logo mais um lote para dar um gás ao projeto do Gripen. Se esperamos algo realmente bom, precisamos colaborar, não é?

fewoz
Visitante
fewoz

Nunca entendi o motivo dos países nórdicos não terem uma aproximação maior na área da defesa. Seria muito melhor e fácil terem apenas um caça, por exemplo. Essa “União Nórdica” seria interessante.

Humberto
Visitante
Humberto

A Finlândia tem do seu lado a Russia, então nada mais natural estar mais alinhado com os Americanos do que a Suécia ou Noruega. Particularmente eu acho que na Finlândia, pode dar sim o Gripen, pois a doutrina de uso dos caças, devem ser muito parecido.
Se não me falha a memória, a Finlândia comprou aviões da Suécia na SGM, mas não chegaram a utilizar, pois a Suécia não queria cutucar os Russos.

fewoz
Visitante
fewoz

É justamente o contrário: A Finlândia tem o interesse de não cutucar os russos. Nada melhor e mais natural que fazer uma parceria com uma nação (quase) neutra.

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

Exatamente, fewoz. E como nações neutras, tem que se equilibrar pra não pender nem pro lado da Rússia nem da Otan mas não sendo fechadas a nenhum dos lados. Finlandeses tem boas relações com russos e americanos.

Celso
Visitante
Celso

Humberto, pouco antes da invasao alema aa polonia, os finlandeses estavam a bracos em uma guerra local de fronteiras com a URSS. Chegaram inclusive a dispor de cacas alemaes no enfrentamento. Deram a maior canseira nos Russos.

Leonardo de Araújo
Visitante
Leonardo de Araújo

Dois Spock aqui?

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Apesar de torcer pelo Gripen, acho pouco provável sua escolha. Quem tem condições de operar algo de médio para cima, dificilmente se contenta com uma aeronave leve. Ou irão de Super Honet, ou irão de Lightning II.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Estou na torcida pela escolha do Gripen tanto na Suíça como para a Finlândia!
Ambas as escolhas com certeza mudariam o patamar do projeto Gripen NG.
O que acho engraçado em 99% das matérias vincularas a concorrências, sempre coloca o Gripen como a última opção, tanto no quesito probabilidade assim no texto propriamente dito. Reparem.

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

“O que acho engraçado em 99% das matérias vincularas a concorrências, sempre coloca o Gripen como a última opção, tanto no quesito probabilidade assim no texto propriamente dito. Reparem.”
.
Simples, porque o Gripen é um caça leve, tático e não de supremacia aérea. E também, não comprovado em combate.

camilo
Visitante
camilo

Para quando o 1º gripen da FAB,já não passou da data da 1º entrega?

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

Teste.