Home Armas Nucleares EUA bloqueiam sobrevoo de novo avião russo Tu-214ON

EUA bloqueiam sobrevoo de novo avião russo Tu-214ON

3964
12
Tu-214ON
Tu-214ON RF-64525

Os Estados Unidos bloquearam a admissão do avião de vigilância russo Tu-214ON para voos de observação no âmbito do Tratado dos Céus Abertos (Open Skies).

O chefe do Centro Nacional Russo de Redução de Risco Nuclear, Sergei Ryzhkov, realizou um evento na base russa Kubinka (2 a 11 de setembro de 2018) para a certificação internacional do novo tipo russo Tu-214ON (Matrícula RF-64525).

Como sucessor do Tu-154 russo (RF-85655) no Open Skies, o Tu-214ON é equipado com uma câmera digital de fabricação russa, designada OSDCAM4060. Nos dias 6 e 7 de setembro de 2018, alguns voos de teste foram realizados no aeródromo de Taganrog, pelo que os peritos estrangeiros puderam certificar-se de que as configurações da câmara digital cumprem os requisitos do acordo Open Skies.

De acordo com Ryzhkov, 22 dos 23 países assinaram o protocolo para a aceitação de sobrevoos do Tu-214ON. Durante o evento, o chefe da delegação dos EUA anunciou seu bloqueio por sobrevoos, sem uma explicação clara para a recusa.

No fundo, sabe-se que os EUA já haviam acusado a Rússia de violar o tratado ao limitar os voos de vigilância sobre Kaliningrado, um enclave russo situado entre a Polônia e a Lituânia.

A Rússia insiste no regresso dos EUA ao Open Skies e exige uma clarificação da situação que surgiu de acordo com as suas disposições.

Na foto, o Tu-214ON fotografado por Alex Snow em Kubinka. A inscrição Otkrytoe Nebo na fuselagem significa Céus Abertos em russo.

O Tratado dos Céus Abertos foi assinado por 27 países em 1992. Seu objetivo principal é ajudar a verificação da implementação dos acordos de controle de armas nucleares.

FONTE: Scramble Magazine / FOTO: Alex Snow

12
Deixe um comentário

avatar
7 Comment threads
5 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
10 Comment authors
Carlos BatistaRicardo BigliazziYpojucanDr.TelêmacoNilton L Junior Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

Medo é esse? Não respeitam o tratado mais? Ah, os EUA não são bons de palavra!

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Você leu a matéria completa? se não leu, aqui esta uma parte interessante “Durante o evento, o chefe da delegação dos EUA anunciou seu bloqueio por sobrevoos, sem uma explicação clara para a recusa.

No fundo, sabe-se que os EUA já haviam acusado a Rússia de violar o tratado ao limitar os voos de vigilância sobre Kaliningrado, um enclave russo situado entre a Polônia e a Lituânia.” pau que bate em chico bate em francisco também

Daglian
Visitante
Daglian

Medo de uma aeronave de vigilância? Faça-me o favor. É patético ler comentários de pessoas como se estivessem numa torcida organizada. Nenhum dos dois lados “teme” aeronaves de vigilância do outro lado, mas ninguém é trouxa também. Os EUA julgaram que bloquear o sobrevoo deste Tu-214ON era melhor para os seus interesses, e cabe a Rússia revidar se achar melhor. É assim que potências agem. Estamos quase em 2019 e ainda tem gente que acha que Rússia, EUA ou China têm “medo”: não, eles só lutam pelos seus interesses desde a venda de smartphones até em exercícios militares, ou tratados… Read more »

rodrigo
Visitante
rodrigo

Cada vez mais os EUA estao cometendo o erro, com os embargos economico e militar a Russia, deixa a China livre pra se tornar a maior potencia economica e militar do mundo.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Essa Chinesada ainda vai dar um “passa-muleke” é nos Russos. Espero estar vivo para dar risada disso e poder falar “Eu já sabia…”.

Rui Chapéu
Visitante
Rui Chapéu

É Open Skies. Menos Kaliningrado, ali é café com leite então não vale.

Então não é tão Open skies. Seria um “quase-open skies.”

Quem não deixou xeretar primeiro? Os russos ou os eua?

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

O Tu-154 é uma aeronave emblemática mas tem que ceder seu lugar ao 214, deve ficar voando como aeronave de cargas.

Dr.Telêmaco
Visitante
Dr.Telêmaco

Tratados internacionais só passam a ser “ruins…desnecessários…desvantajosos” após os EUA virar a mesa e pular fora. Interessante.

Ypojucan
Visitante
Ypojucan

Os dois estão errados (como sempre, Russia e EUA só olham para o seu próprio umbigo). A Russia restringiu a quantidade e os parâmetros dos voos no Open Skies em Kalinigrando, impondo inclusive restrições na altitude dos voos no enclave. Já os EUA sabem que o novo Tu-214ON por ser uma aeronave nova e possuir sistemas digitais modernos, teria a vantagem de obter imagens com resolução muito maior do que no antigo Tu-154 operado pelos Russos e dessa forma mesmo em altitude maior, seria bem mais efetivo obtendo mais informações do que os EUA estão interessados em permitir aos russos.… Read more »

Carlos Batista
Visitante
Carlos Batista

Salve Ypojucan! As restrições impostas pelos russos no sobrevôo de Kaliningrado poderiam estar ligadas aos mísseis Iskander ali instalados?

Abraços!

Ypojucan
Visitante
Ypojucan

Caro Carlos, podemos dizer que a 152ª Brigada de Mísseis comandada pelo Coronel Anatoliy Gorodetskiy em Chernyakhovsk, seria sim um dos locais de interesse dos participantes do tratado (mas evidentemente não o único). Kaliningrado hoje possui muito menos material militar do que já possuiu nos tempos da URSS (CCCP) mas ainda é um local bastante militarizado. Dito isso, em 10 de junho deste ano, um dos “bunker´s” de Kaliningrado que já vinha sendo monitorado atentamente desde 2016, parece ter sido completado com um perímetro de segurança e outras facilidades tipicas dos que abrigam armas nucleares em outras regiões russas, aumentando… Read more »

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Normal, faria o mesmo.

Porque fazer diferente? Podemos resumir toda a “pendenga” por uma unica palavra: “reciprocidade”

Segue o jogo…