Home Asas Rotativas Crise dos EUA com a Turquia ameaça acordo de US$ 1,5 bilhão...

Crise dos EUA com a Turquia ameaça acordo de US$ 1,5 bilhão em helicópteros

4847
47
T129 ATAK
T129 ATAK

Os planos turcos de vender 30 helicópteros ATAK ao Paquistão por US$ 1,5 bilhão, um acordo elogiado pelo governo como a maior encomenda de exportação do país, estão sendo ameaçados por uma crise diplomática com os Estados Unidos, informou o jornal Hurriyet.

O acordo será adiado a menos que a Turquia obtenha permissão de exportação do Departamento de Defesa dos EUA até novembro, escreveu Eray Gorgulu, do Hurriyet, citando fontes não identificadas na indústria de defesa. Washington tem poder de veto sobre as exportações da aeronave devido aos motores dos helicópteros.

Os Estados Unidos impuseram sanções à Turquia nesta semana por sua incapacidade de libertar o pastor americano Andrew Brunson e outros americanos em custódia por acusações de terrorismo.

O governo dos EUA também está considerando excluir a Turquia de um acordo de comércio livre de impostos e o Congresso pode bloquear a venda de caças a jato F-35 para o país.

A Turkish Aerospace Industries (TAI) detém os direitos de toda a plataforma do helicóptero T129 ATAK, baseado no Agusta A129, originalmente projetado e produzido pela empresa italiana Agusta. Mas os Estados Unidos têm um veto à exportação porque a TAI produz os motores LHTEC CTS800-4N do helicóptero sob licença.

47 COMMENTS

  1. Infelizmente a vida é assim, manda quem pode, obedece quem tem juízo. Os turcos antes dessa crise, já falavam que isso poderia acontecer, provavelmente eles vão levar adiante aquele acordo com a fabrica de motores ucranianos (motor sich), mas vai demorar muito até esse acordo dar resultados na pratica, até lá ou obedece ou vai levar prejuízo

  2. Erdoğan estava cutucando onça com vara curta! Agora deu no que deu. E vai perder mais ainda. A Turquia tem uma grande indústria bélica, mais dependente de material americano. Vamos agora para a fazer das manobras politicas.

  3. Coisa normal, a EMBRAER não pode ficar vendendo Super Tucanos para quem quiser.

    Franceses, Ingleses, Alemães, Russos e Chineses (para não ficar se alongando) usam a mesma prática para os seus produtos.

    Alguém acredita que a Helibras poderia vender os seus helicopteros para qualquer Pais sem a aprovação da “casa matriz” ou dos fabricantes de componentes estratégicos?

  4. Por isso a independência é CRUCIAL! Depender dos outros países para ter algo, é isso ai: ou fazem o que eles querem ou não faz nada!

  5. Pois é : Isto demonstra na prática até onde o país que comprou ToT em seus programas de Defesa pode ir.

    Pode-se, por exemplo, construir um avião inteiro, mas se tiver um parafuso que seja de propriedade intelectual de algum país, por contrato, este pode embargar a venda.

    • Que briga? São os EUA que apoiaram terroristas que agem contra a Turquia. Os eua tem muito mais a perder do que os turcos. Nessa “briguinha” quem sai prejudicado são os EUA.

          • E a Turquia perderia muito, a economia deles simplesmente despencaria e viraria uma síria e irã da vida. Todo país aliado da Rússia nunca consegue ir para frente, mesmo tendo petróleo, isso acontece porque não tem muita vantagem em ter a Rússia como principal parceiro econômico devido a economia deles não ser grande coisa e ter um mercado consumidor bem pobre e pequeno comparado aos EUA e Europa.

        • Como não apoiam terroristas curdos? Tanto apoiam que dão apoio aéreo e em terra, sem falar das toneladas de equipamento que recebem, equipamento esse que inclusive está sendo vendido no mercado negro.
          Agora, você apoia que se financie terroristas? Olha lá hein, foi assim que a al Qaeda e o Isis apareceram. O pior é fazer isso para gerar mais guerra e mais morte de inocentes, e isso pra quê?

        • “mas deveria”

          Aí depois esse cidadão vem reclamar do Irã armar o Hezbollah e o Hamas. Hipocrisia reina… Mas também o cara defende Israel à torto e a direito, o país que inventou o terrorismo, só podia esperar coisas assim…

          • Israel …, o país que inventou o terrorismo …
            boa …. kkk…
            Menachem Begin foi um famoso terrorista no mandato britânico.
            Mas não foram eles que criaram. Menos…menos …

  6. Victor, nessas brigas não existem vencedores, existem “concessões”, um joga para obter concessões do outro e vice-versa, política internacional é assim, um país faz uma coisa sabendo que está errado na esperança de negociar outra coisa que estava empacada há muito tempo sem solução, assim caminha o mundo.

  7. lendo os comentários a gente tem certeza, brasileiro tem MUITO complexo de vira lata. MUITO. Por isso esse país vai ser sempre a eterna promessa e nunca vai chegar a lugar nenhum.

    • Isso não tem nada que ver com complexo de vira lata, é a mais pura e simples realidade de momento, da para contar nos dedos de uma mão os países que tem a capacidade de bater de frente com os EUA

      • até o Brasil pode causar um estrago nos EUA, basta vender todos os titulos do tesouro americano e se livrar das reservas de dolares para causar uma crise americana.

    • Brasileiro gosta de lamber bota pros EUA e esquece do próprio país.
      Sabe qual é o problema do Brasil ? A elite entreguista que vende o país a preço de banana, enriquece nas costas da população e depois vão morar em orlando.
      A elite estraga o Brasil desde os tempos de colonia.

  8. Jr.
    Você está falando em que sentido bater de frente com os EUA?

    Autonomia e independencia tecnológica? Eu diria que no setor aeronáutico somente a França e Russia.

  9. Erdogangster está aprontando demais! Precisava ser podado…

    Ah! Antes que algum sabichão diga que “é só trocar por motores russos ou chineses” cumpre lembrar que isso levará à uma completa reengenharia e recertificação do aparelho, o que pode se tornar economicamente inviável.

  10. Isso é apenas política internacional. É assim com qualquer país.
    Apenas para mostrar como a coisa é complexa, o Paquistão é aliado dos EUA e certamente não ficará satisfeito com o embargo, e isso terá de ser considerado nas negociações.

  11. “O Pasquistão não é aliado dos EUA. Nem amigo.”

    Na prática não ,mas no que foi praticado nos últimos anos é amigo sim ,bom pelo menos os EUA pensava que era(Obama),a ajuda americana a três anos atrás era de U$1 bi de dólares para o Paquistão, Trump entrou ,baixou para em torno de 700 milhões ,e no próximo ano fiscal americano ,está ajuda será de apenas 150 milhões .. logo logo vai zerar , isso foi o principal motivo da Índia ter se aproximado dos EUA…>parar de financiar o Paquistão.
    Se esta venda Turca não rolar ,Chineses estão felizes…. Independência militar só dois Países EUA e Rússia ,China em terceiro ,mas está vive de cópias…

        • Exatamente como os russos e americanos fizeram após roubarem toda a tecnologia alemã. O Japão também baseou sua tecnologia em copias durante décadas. A tecnologia chinesa é muito avançada, negar isso chega a ser patético.

        • Os melhores cérebros e braços do mundo trabalham nos EUA trazendo o melhor de seus países.

          E nem precisa roubar nada.

          basta pagar salários bons e inundar seu setor privado e público com pesquisas.

          Só em starups de tecnologia eles investem uns 40 bilhões de dólares por ano. O que nosso país leva uns 20 anos em toda nossa produção científica.

          Porque aqui o pessoal acha besteira investir em ciência.

  12. Quer independência militar?

    Produza seus próprios armamentos, com seus próprios sensores, com sua própria tecnologia e até mesmo com seus próprios motores.

    Se não, acontece isso aí…

  13. Ae depois dizem que os EUA não produzem mais nada e tudo está na China rsrs… os caras tem um poder de veto que ninguém no mundo tem, nem a China com todo o seu crescimento econômico. Os americanos são a ÚNICA superpotência no mundo, pois o domínio de propriedade intelectual deles está a anos luz na frente dos chineses, é isso que dá cutucar a onça com vara curta.

  14. Prezados, em especial o ” Tireless”. lembra m da cantilhena Rafalico Francélica de que a época do FX 2, caso adquiríssemos o Rafale, teríamos um independência” nunca antes vista na face da terra” e olha que o Rafale tem uma penca de itens by American.
    Bem, o tempo vem e mostra novamente ser senhor de todas as verdades.

    • Um país que paga 800 milhões por ano em auxílio moradia a juiz (que já tem mais salário alto e um montão de benefícios) e acha besteira educação superior e básica, quer mesmo falar em independência tecnológica?

      A China forma por ano mais doutor em engenharia que o Brasil forma em 20. os EUA então… nem se fale…

  15. Seria curioso ver a reação dos EUA se a Turquia pedisse para sair da OTAN e entrasse na órbita russa. Mais curioso ainda, seria ver a Turquia abrir as portas e deixas milhões de imigrantes chegar à Europa Ocidental. Quem brinca com fogo, cedo ou tarde se queima.

    • A Turquia tem uma situação bem peculiar. ela é ‘odiada’ por praticamente todos os seus vizinhos, mesmo alguns muçulmanos.

      É secularizada demais para os mais extremistas, ditatorial demais para EUA e europeus, massacrou sem dó uns vizinhos como Armênia, tem conflitos de interesse com Irã e Rússia, tem muitos opositores internamente, rola estresse com a Grécia, querem pegar uma fatia da riqueza do bloco europeu…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here