Home Aviação de Ataque Caças stealth J-20 da China realizam primeiro treinamento de combate sobre o...

Caças stealth J-20 da China realizam primeiro treinamento de combate sobre o mar

5878
49
AEL Sistemas
Caça stealth J-20 produzido pela Chengdu Aerospace Corporation

PEQUIM – Os caças furtivos J-20 da China começaram seu primeiro treinamento de combate sobre o oceano, confirmou um porta-voz no dia 9 de maio.

“Ajudará a Força Aérea a cumprir melhor seu sagrado dever de salvaguardar a soberania, segurança e integridade territorial da China”, disse Shen Jinke, porta-voz da Força Aérea do Exército de Libertação Popular da China (PLAAF).

O J-20 é o avião de caça de médio porte e longo alcance de quarta geração (equivalente à quinta geração no Ocidente) da China e foi comissionado para o serviço de combate da PLAAF no início deste ano.

Shen disse que, desde o seu comissionamento, o J-20 havia participado do treinamento de guerra aérea com caças J-16, J-10C e outros, aumentando a capacidade de combate da Força Aérea.

Nos últimos anos, a PLAAF vem desenvolvendo uma série de novos equipamentos militares de alta tecnologia sob uma estratégia para reforçar a guerra aérea e espacial, o ataque e a defesa.

FONTE: Xinhuanet

49 COMMENTS

    • Eu não vejo cópia alguma entre o caça russo e o americano. Os ângulos e posições das superfícies de controle da cauda são bem diferentes, os ângulos de enflechamento das asas nos bordos de ataque e de fuga, assim como das extensões dos bordos de ataque também são diferentes, envergadura, posição do possível centro de sustentação da asa em relação ao comprimento, o distanciamento dos motores e um monte de detalhes. Eu vejo mais diferenças do que semelhanças!

      • Também não vejo cópia alguma, semelhança pode até ser mas ai é outra coisa.

        Uma coisa importante a se destacar é que um determinado problema normalmente vai levar a soluções muito parecidas embora não necessariamente iguais.

        As leis da física são as mesmas não e não se importam muito com a nacionalidade do engenheiro que as tenta dominar.

  1. Eu acho que a China está usando o sistema americano de produção de caça dos anos 50-60.

    Fazem os primeiros, vão testando e nos próximos lotes, eles consertam o que deu errado e incluem melhorias. Ai esses primeiros lotes ficam para treinamento e reposição de peças.

    Diferente do sistema que os americanos estão fazendo, pq aprenderam com o F-104 que esse modelo não atendia mais eles.

    Acredito ser por esse motivo que o J-20 já voa em combates simulados.

    • O F-35 mostra que os americanos não mudaram muito, continuam a fabricar, e o pior, vender, para depois irem sanando os defeitos.

      • Eu pessoalmente acho que regrediram Walfrido. A mentalidade do protótipo = primeiro de série foi um enorme fracasso no F-100 e os outros membros da família Century tiveram custosos programas de retrofit para por as coisas em ordem.

        Já os Teen series usaram o tradicional programa protótipo > pré-serie > serie que funcionou bem, não fossem os problemas com os motores P&W nos anos 70.

        O F-35 voltou à loucura que foi o F-100 e o resultado está aí.

    • Pode até ser, mas uma coisa tem que tirar o chapéu para eles, eles vão tentando até chegar a um objetivo, coisa que precisamos ter em nossa mentalidade no Brasil, em tudo, não é só na parte militar.

  2. Talvez tenha me exoressado mal. Conceitos muito parecidos, é óbvio que a Russia não iria copiar 100% o F-22. Mas vejo muitas semelhanças mesmo sendo diferentes

    • Características stealth realmente tem um maneira de tornar aeronaves e até navios relativamente parecidos. Mas cada um encontrando as soluções de sua própria maneira.

      No caso dos canards, acredito que seja porque as superfícies de sustentação e controle na aeronave chinesa são menores, talvez precisando dos canards para compensar isso. Mas como não sou engenheiro aeronáutico, esse é apenas o meu pitaco.

  3. Rapaz se esse J20 é de médio porte, quais são os de grande porte ? Desses caças de 5º geração, de longe ele é parece ser o maior disparado!!

  4. E ao que parece, a China deve anunciar um bombardeiro stealth. Vi um post de um evento aeronáutico com uma imagem de uma estrutura coberta que anunciava esse avião. Aguardemos.

    • Calma Marcus.
      .
      Pode demorar um pouquinho mais do que se pensa.
      .
      Seja lá como for, a aeronave furtiva (stealth) será sempre detectada depois e mais próxima que uma não furtiva.
      Elas não são ‘invisíveis’, são apenas ‘discretas’.
      .
      Abç.

    • Ao contrário do B-2 (encara o calor de Guam), F-22 e F-35 (encaram o calor de Okinawa e do Havaí, além dos desertos do O.M e das nevascas do Alasca) e Su-57 (encarou o deserto sírio) o istelfi xing-ling precisa ser mantido em hangares com ar-condicionado.

  5. Acredito que a ‘inspiração’ para o design do Chengdu J-20 veio do projeto soviético – depois russo – MiG-1.44, um demonstrador de tecnologia dentro do Mikoyan Project 1.44, que seria uma resposta ao norte americano Advanced Tactical Fighter (ATF), que por sua vez deu origem ao YF-23 e YF-22, que resultaram no F-22 Raptor.
    .
    Claro que J-20 e MiG-1.44 não são iguais.
    Mas a ‘inspiração’ está lá… ora se está!
    Houve um interessante debate no AEREO:
    http://www.aereo.jor.br/2016/11/02/mig-1-44-e-o-pai-do-j-20-2/
    .
    O J-20 também usa várias soluções de forma do F-22 e F-35, mas isso é absolutamente normal. Previsível.
    .
    Entretanto temos a tendência a comparar diretamente o chinês contra o russo, bem como ambos contra os americanos.
    Entendo que devemos pensar nesses vetores como armas furtivas para atingir a infraestrutura aérea, naval ou terrestre do inimigo. A capacidade dos caças de 5ª geração chineses e russos deve ser medida pelo estrago que fariam contra aeronaves AWACS, JStars e REVO dos ocidentais; assim como os americanos devem ser medidos pelo sucesso que teriam contra as IADS (Integrated Air Defense System) russas, chinesas ou patrocinadas por essas.
    .
    O combate ar-ar existirá, mas a interação de meios será muito maior na busca da superioridade aérea.
    .
    Saudações,
    Ivan, o Antigo.

    • Ivan
      Você com seu conhecimento poderia explanar sua opinião a respeito do Su-57 e o J-20 , qual o senhor acha que é melhor em relação a aerodinâmica , motores e sensores e também capacidade de se manter “invisível” aos radares com as informações disponíveis ate o momento.
      Vlw

  6. Quanto ao colega que falou que F22 e SU 50 são parecidos (conceito), sem fazer análise técnica, apenas visualmente, acho que são bem diferentes.
    Claro que por ser stealth, há mais semelhanças entre eles do que entre o SU 57 e um F16.

  7. Esse J-20 é um monstro, imagino a dificuldade desse caça para fazer manobras, vai ter que contar com sistema de detecção de primeira e mísseis de longuíssimo alcance precisos, coisas que acho que o chinos não possuem, ou será trucidado num combate, esse caça é horrível, faz até o Typhoon parecer uma boa idéia.

    • Vilões e Bandidos, Esquerda e Direita… Esqueça isso…
      O Mundo não é assim maniqueísta, cada um dos grandes atores tem seus interesses e agirão com mais ou menos força, diplomacia, pressão econômica para atingi-los.

    • Com essa o nosso querido companheiro Ivanmc se superou. rsrss
      De todas as russices esquerdistas que já ouvi essa talvez tenha sido a mais “sem noção”. rsrsss
      E olha que eu vejo a TV Senado e TV Câmara todo santo dia.

      • Na verdade isso é um trauma das meninices dos EUA que custaram a vida de algumas milhares de pessoas, podemos citar as supostas armas químicas no Iraque, a intervenção na Líbia (que hoje esta dividida entre tribos de clãs) e o apoio a grupos terroristas na Síria.
        Logico tem toda uma teoria de conspiração etc

        A Russia por exemplo na Síria tem um único interesse de impedir o curso de gasodutos para a Europa vindo do Oriente Médio.

        Veja como os Europeus foram sedentos atacar a Síria nessa ultima vez, e com o Iraque com as supostas armas químicas em 2003 eles titubearam.

        Nesse bolo não tem nenhum fascista, mas também não tem nenhum santo, a unica intervenção que os EUA acertaram foi no Afeganistão, as outras foi por interesse e a Russia idem.

        Isso para não citar que o próprio Bin Laden era o principal intermediário entre a CIA e os mujahedins afegãos no fornecimento de misseis Stinger.

        Que sera que aconteceu em 11/09 ?

        A cobra picou o dono ?

        Se for pensar em todas as possibilidades ficaremos malucos.

        Isso fora os ETS, rrs

        Abraço

      • Bosco depois dos capacetes brancos França, Grã-bretanha e OTAN fizeram eu acho que o Ivanmc tem razão. Vai que os EUA queiram tomar o nosso pais na marra também.

      • E olha que eu vejo a TV Senado e TV Câmara todo santo dia.
        — por dever de ofício, ou or puro masoquismo?! 😉

    • Algumas pessoas sonham com a volta do império comunista.
      Só assim haverá felicidade no mundo.
      Trump precisa agir rápido antes que seja tarde…

    • Os fascistas atuais são justamente os Russos, ou você acha que eles ainda são comumistas? É melhor ler essas coisas do que ser cego …

      • Pessoal, não sou dono da página, mas assuntos políticos são apenas na página do FORTE. Aqui são assuntos técnicos…

  8. Pergunta aos entusiastas que conhecem mais que eu:
    Até que ponto o desenvolvimento deste caça chinês foi enormemente favorecido pelo roubo de um enorme volume de informações do caça F-35, isso foi noticiado a alguns anos atrás.
    Minha pergunta se deve ao grande salto dado pela China no desenvolvimento deste avião, sabemos que os motores ainda estão uma geração atrás dos motores americanos e agora dos russos, nada sabemos sobre aviônica e a eletrônica do mesmo, mas é provável que a China tenha avançado muito nisso, pois a política de Estado da China é o roubo e apropriação sistemática de tecnologia ocidental.
    Os russos lançaram seu caça de quinta geração antes dos chineses, mas foram os chineses que passaram a frente já colocando o seu caça em atividade.
    Parece que eles queimaram muitas etapas nesse processo, tudo levando a crer que já pegaram muita coisa pronta.

  9. A China ainda tem aquele outro stelht de tamanho menor e aparentemente mais ágil. Será que presta. Outro negócio é essa história de stelht não vai durar muito, logo virão novos radares de detecção aí pra ser invisível só quando inventarem uma camuflagem klingon romulano. É o princípio de quem cria o rato também cria a ratoeira!

  10. Desculpe – me, mas as semelhanças sao muito restritas (quase que so “ avião dotado de asa”…).
    Como ja ate observei por aqui, entendo que somando as pouquissimas informaçoes às quais temos acesso o J20 tem missoes voltadas para ataques navais a grande distancia do litoral e o F22 (na minha opinião outra classe de avião e hoje ainda totalmente imbativel) destina-se a uma penca de outro teatros operacionais. Por exemplo, o j20 tem um RCS traseiro pior do que aviões de 3* geração, mas voando sobre o mar, a poucos metros de altitude, parece que, mesmo com carnards, deve ter um RCS relativamente baixo. Por que carnards? Pode ter certeza que nao estao ali para melhorar a manobrabilidade em dog fight…. acho que a ideia é melhorar a estabilidade em pousos e decolagens com pesos muito diferentes, etc. Ja o F22 conta com empuxo vetorado …..

  11. E de repente a China aparece nao com 1 mas sim com 2 caças furtivos do nada.

    Das duas uma, ou a China roubou valiosos dados secretos dos projetos americanos ou esses avioes estao bem longe de serem furtivos ou terem tecnologia de ponta.

    Mas como o regime chines é extremamente fechado so saberemos qual o potencial do aviao qndo o mesmo for usado em combate.

    • Mas não foi “do nada”. Os chineses estão persistindo no desenvolvimento de caças há muitos anos, primeiro foi com versões de aeronaves que já eram consideradas ultrapassadas, depois com desenvolvimentos próprios mais simples, seguidos de outros mais complexos, algumas cópias de aviões modernos no meio do caminho, e hoje têm capacidade de produzir caças competitivos com os de países considerados líderes nesse setor. O caminho que percorreram levou décadas.

      • Nunao…
        Concordo que o desenvolvimento deles na area ja vem de algum tempo pois sei q os chineses sao mestres em se adaptar e tbm em engenharia reversa, o que me deIxa em duvida é a capacidade. O SU eles copiaram, mas será que esses futuros caças furtivos chineses serao tao bons qnto o F-22?

  12. Não é só sobre o tema, só gostaria de pedir ao Poder Aereo para trazer uma atualização sobre a situação do A1 da FAB, se eles continuam a modernização.

  13. Caramba, esse J-20 é muito bonito, porém tenho a impressão de que ele deve ter uma aerodinâmica difícil, mas é muito bonito. Já o Su-57 seria muito melhor se tivesse um bom revestimento RAM e superfícies tão refinadas quanto o F-35.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here