sexta-feira, janeiro 21, 2022

Gripen para o Brasil

Alemanha solicita informações sobre caças da Boeing

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

F-15 Eagle

BERLIM — A Alemanha solicitou aos militares dos Estados Unidos dados reservados de dois aviões de combate da Boeing, já que procura substituir os antigos aviões de combate Tornado até 2025, dando um impulso à empresa norte-americana travada em uma disputa comercial com o Canadá e Grã-Bretanha.

Uma carta enviada pela divisão de planejamento do Ministério da Defesa da Alemanha, lida pela Reuters, diz que identifica os caças F-15 e F/A-18E/F da Boeing como potenciais candidatos para substituir os jatos Tornado, que entraram em serviço em 1981.

Espera-se que um briefing reservado aconteça em meados de novembro, na sequência de um briefing similar fornecido por autoridades norte-americanas sobre o avião de combate F-35 da Lockheed Martin em julho.

O ministério disse que também está buscando informações do gigante aeroespacial europeu Airbus, que fabrica o Eurofighter Typhoon junto com o BAE Systems da Grã-Bretanha e Leonardo da Itália.

O desenvolvimento é um impulso para a Boeing em um momento em que está sob fogo do Canadá e Grã-Bretanha, depois que sua queixa levou os Estados Unidos a impor um imposto preliminar de 220% sobre os jatos CSeries construídos pela Bombardier.

A Boeing disse que estava trabalhando com o governo dos EUA para fornecer a informação que a Alemanha havia solicitado.

FONTE: Reuters

- Advertisement -

49 Comments

Subscribe
Notify of
guest
49 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
igortepe

Será que o F35 vai ser a opção?

Gunter Vand

F35 acho que seria para substituir os Typhoon, para substituir o Tornado tem que ser um caça pesado, bimotor e com grande capacidade de ataque, F15 na cabeça!

Karl Bonfim

A Alemanha de Boeing!?
Por que não o F-35?
Um pais tão rico e poderoso!

Nunão

Karl, já pediram informações sobre o F-35, está no texto, e também em matéria anterior:
http://www.aereo.jor.br/2017/05/17/alemanha-pede-dados-confidenciais-aos-estados-unidos-sobre-o-caca-f-35-da-lockheed/
.
Se estão pedindo informações de outros jatos agora é porque querem comparar pra decidir.

Top Gun Sea

Depois dos lendarios Tomcat da Air Force, os Tornados também de asas de geometria variáveis retráteis são os caças mais excêntricos e imponentes desta geração.

https://youtu.be/Btods7Wc3XM

André Luiz.'.

Essas notícias do F-15 ainda ‘concorrendo’ com modelos mais novos, me lembra aquele filme do Clint Eastwood, “Cowboys do Espaço” … 😉

Leandro Costa

Er… os Tomcat eram da USN, não da USAF. A menos que esteja se referindo à IIAF/IRIAF, claro.

Leandro Costa

Mas confesso que seria interessante ver um F-15E nas cores da Luftwaffe. E como o Mundo dá voltas.
.
Lembro-me de quando o F-15, ainda novidade, foi oferecido à França:
https://oi41.tinypic.com/2vv3wc6.jpg

Nonato

A Alemanha também não está muito fã de Trump.
Mas como também está revoltada com a Inglaterra, quem sabe solicitou essas informações justamente agora, justamente à Boeing, quando já tinha solicitado antes à LM…
Pode ser provocação.
Tipo, se vocês pressionarem a Boeing, ela não sofrerá muito…
A Boeing não depende de vocês, hermanos…
Ou bruder, sei lá como se fala…

Nonato

Alguém poderia fazer um comparativo entre as capacidades e características do tornado, typhoon e f15 e f18?

Paulo Jorge

O candidato mais forte é o F-35.
A Inglaterra e a Itália já estão trabalhando na dupla dele com o EF 2000.
A menção a Boeing é estratégia para abocanhar descontos junto a LM.

Sds

Plinio Junior

Nem F-15E, nem F/18E/F, os Alemães produzem o Typhoon que é um vetor equivalente a ambos e diga-se de passagem no escopo inicial, estava previsto o Typhoon substituir os Tornados…se mudarem os planos para F-35 faz sentido…fora isto…não vejo lógica alguma.

Marcos

O EF2000 não é uma aeronave multi missão???

Juliano Bitencourt

Germânicos de F-15E batem de frente com russos de Su-35. Titãs dos ares.

Leandro Costa

Ok… se não fosse pelos F-15 e F/A-18E/F… qual outra opção teriam se já prospectaram o F-35? Além do F-16, a resposta é: Nenhuma. Então duvido que tenha sido uma manobra para irritar a Inglaterra. Isso simplesmente não condiz com o comportamento alemão. Não vamos interpretar demais as coisas. Algumas coisas fazem sentido, outras não. Se a Alemanha julgar que pode muito bem se virar sem os altos custos do F-35 usando ou o F-15 ou o F/A-18, ela vai fazer isso.

camargoer

Olá Colegas. As vezes, a verdade é a mais simples. A Alemanha está inciando seus estudos para substituir seus tornado. Pelo tipo de missão que cumprem, os candidatos seriam o F35, o F18, o F15, o Typhoon e até o Rafale. Uma pena que o Gripen não seja considerado….

EduardoSP

Acho que vão de F-35 ou F-18. Qual o sentido de substituir um avião que entrou em serviço em 1981 por outro que entrou em serviço em 1976 (F-15) ou em 1978 (F-16)? O F-18 é uma opção. A versão E/F entrou em serviço em 1999 e substituiu não só o F-14 mas também o Grumman A-6 Intruder. O F-35, embora vendido como caça, é na verdade um caça-bombardeiro, e imagino que deverá ter um desempenho adequado nessa função. Para uma entrega que começará em 2025, parece ser a única opção que dará aos alemães um aparelho com perspectiva de… Read more »

Gustavo

A Alemanha não vai de F-35 pois querem algo para agora, o F-35 mal sai do hangar, é caro e tem todos os defeitos que alguns se negam em ver.
A Alemanha em julho deste ano assinou com a França o esforço conjunto para um novo caça Europeu, na sigla FCAS, que será stealth e etc. Acredito que tenha sido inclusive noticiado aqui no aereo.
Palpite é de que vão de F-18 SH E/F e Growler já que é para substituir bem o tornado.

LucianoSR71

A Força Aérea e o governo alemão querem se estar respaldados por um estudo sério p/ justificar sua futura decisão, seja ela política ( Typhoon ), financeira ( F-15 ou F-18 ) ou mais avançada tecnologicamente ( F-35 ).

Ivan BC

Sejamos sinceiros, a Alemanha só está comprando (certamente vai comprar) por pressão do Trump, pois é ridículo a participação da Alemanha em termos de gastos militares. Trump está certo, é preciso empenho de todos os parceiros da OTAN. Além da questão OTAN, também há um desequilíbrio gigante na balança comercial e Trump joga isso a seu favor e do país. Trocando de assunto, é inacreditável como o Obama era um Presidente ruim, jamais se preocupou com a balança comercial dos EUA, ou seja, nunca esteve preocupado com a geração de empregos e desenvolvimento interno dos EUA em detrimento de grupos… Read more »

Antonio de Sampaio

Estranho agora pouco, um Gulfstream G550 decolou de Guarulhos, depois observei que ficou dando voltas sobre o mar na região de Santos, e neste exato momento acabou de pousar em Congonhas.
Algum problema logo depois da decolagem, gastou combustível e voltou.
_______________
A Alemanha deve estar buscando um avião mais barato de operar, já deve ter percebido que o F-35 tem um custo exorbitante e proibitivo. Tanto o F-15 e F18 são bons…

Marcos

Sampaio:
Se houvesse problema com um 550, a alternativa seria Campinas, depois Guarulhos.

Augusto

Antes de opinar seria bom saber quais as intenções da força aérea Alemanha, seria só fazer volume e continuar com um considerável número de caças ? Seria substituir o tornado por um equivalente? Seria adicionar uma capacidade de ataque que a luftwaffe hj não tem ? Pra cada cenário tem um avião diferente. Gripen ou f-18 ou rafale/f-15k ou uma modernização do tornado/f-35 respectivamente.

Rinaldo Nery

Antonio, foi um simples translado de GRU pra CGH. Provavelmente por necessidades da imigração.

Juarez

A resposta é óbvia:

A Luftwaffe está atrás de uma caça multi role médio que cumpra a missão, que esteja plenamente operacional, que não tenha trezentas duas mil panes para resolver, que tenha uma hora de voo que não acabe com o orçamento de custeio daquela força. finalmente o Alemães estão de saco cheio das merd…. feitas pelas indústrias bambi e no final ainda ter que pagar a conta, como no caso mais recente dos Tiger inoperáveis, dos NH 90, dos A 400, em fim por ai vai.
Eles precisam voar, treinar e combater, com Typhoon está difícil.

G abraço

Antonio de Sampaio

Rinaldo Nery 2 de outubro de 2017 at 21:29 Ficou dando voltas sobre o mar, sem necessidade pois o tempo está normal, sem chuva nem nada, característica de quem está gastando combustível. (ou teria sido congestionamento? não me pareceu) Já vi voos de translado, eles voam direto de um a outro aeroporto, não vão para alto mar ficar dando voltas. Outra hipótese menos provável, é que tenham voltado para apanhar alguém..(estilo filho do pixuleco) Olha que coisa estranha, fui ver se o achava de novo, copiei e gravei a URL, mas quando colo na barra do navegador, só aparece os… Read more »

Wellington Góes

Se eu fosse do governo alemão, olharia com mais atenção no Gripen E/F. Se eles querem diminuir seus custos operacionais, já tendo um enorme compromisso com o projeto paneuropeu Typhoon, optaria por algo mais em conta, mas com uma razoável tecnologia embarcada, construindo assim uma equação Hi-Low mix interessante.
.
Isto, também, fortaleceria sua posição de compromisso com os países vizinhos e parceiros no continente, no caso com a Suécia e outros, como a Itália e Reino Unido, igualmente parceiros no Typhoon.
.
É o que eu penso.
.
Até mais!!! 😉

igortepe

Gunter Vand, então o Eurofighter Typhoon vai ser descontinuado na força área alemã?
Já deu a sua contribuição?
Não seria melhor substituir os Tornados com mais Eurofighter Typhoon?

Rinaldo Nery

Também não entendi qual a deficiência do Typhoon para o cumprimento da missão do Tornado, exceto seu custo operacional elevado.

Bavaria Lion

Concorrência simples. Dá Typhoon ou F-15SE.
Depois vem o caça de 5ª geração.

Nonato

Sou simpático ao F15. Se fosse uma versão bem moderna, talvez silent Eagle, melhor.
Mas os custos não são tão elevados quanto os do typhoon?
Essa nova versão para levar 16 mísseis deixa o avião bem armado.
Mais tempo no ar, mais bala na agulha.
Trocando os revólveres de seis tiros pelos rifles com 16 balas…
Como no velho oeste. Rs.

Felipe

Essa demanda de informaçoes é para uma eventual licitaçao em meados de 2018. Ainda nao eh licitacao, ou seja, a Luftwaffe nao esta escolhendo entre F-15E, F-35 ou F/A-18. Na minha opiniao, o que estao fazendo, na verdade, é um levantamento sobre capacidades pois, acredito eu, a Alemanha e a França com esse negocio de BREXIT, precisam fortalecer os laços da UE e a quarta opçao do pacote é um caça de proxima geracao da Airbus. Recentemente, em vies de Brexit, a Merkel e o Macron se reuniram com o intuito de alinhar e fortalecer a cooperacao militar entre França… Read more »

Fred

E se o Typhoon tem alguma limitação para cumprir as missões do Tornado? Como penetração em alta velocidade à baixa altitude para reconhecimento ou para ataque. Principalmente se estiver com carga total de armamento. Talvez os alemães não queiram abrir mão dessa capacidade. Sinceramente, eu apostaria no F18 nesse caso, ou no F15. Ambos são bimotores, podem ter 2 acentos, carregam muita carga para ataque ao solo, são velozes e testados em combate. E mais baratos que o F35.

Top Gun Sea

Acho que não é momento para o F35. O consórcio FCAs entre a Alemanha e França para o caça Stealth está em folow up avançado de viabilidade. Estes irão substituir os Typhoons. Não faz muito sentido tanto o F15 como F16 são plataformas antigas próximas do Tornado embora, ambas com up grades rescentes. Para o Rafale também não dá, pois seu custo de hora/ vôo é tão caro quanto o Typhoons, seria trocar 6 por meia dúzia. Uma opção mais coerente seria a Alemanha e Panavia ativar a linha do Tornado e construír células novas na sua última versão com… Read more »

HMS TIRELESS

Está na cara que os alemães querem comparar todos as opções do mercado para decidir qual vale a pena. Se os capacidades do F-35 justificam a aquisição do mesmo e se a Luftwaffe pode ter seus requisitos atendidos com um dos dois aviões da Boeing.

HMS TIRELESS

Gustavo 2 de outubro de 2017 at 20:46

Aquele comentário com o selo “Plano Barril” de qualidade! Como de costume a mesma velha falação do F-35 que vem sendo constantemente desmontada como bem demonstram as recentes participações do aparelho no Red Flag e o deslocamento de aparelhos dos Marines para a península coreana. No mais o que leva você a achar que França e Alemanha, que nunca fabricaram um caça de 5ª Geração, logo de cara vão projetar e construir um aparelho superior ao F-35?

Bavaria Lion

O Typhoon cumpre a missão do Tornado, faz infiltração a baixa altitude e tudo mais, em muitas coisas até superior por causa dos sensores. Agora o Tornado IDS é um avião dedicado a ataque ao solo e tem mudanças aerodinâmicas em relação ao F3, que era de superioridade aérea. Ele tem uma velocidade inferior de stall, bem como, manobra melhor a baixas altitudes e velocidades, o que não é demérito para o Typhoon, uma vez que é multimissão com a primeira premissa ar-ar. Sim, é caro, e tá pesando pra todas as forças aéreas manter a rotina de 200 horas… Read more »

Rafael Oliveira

O governo que contratar a Airbus para projetar uma aeronave de 5ª geração tem que ser muito incompetente ou corrupto ou os dois. Uma empresa que tem dificuldade em projetar helicópteros e aviões de transporte jamais conseguirá fabricar algo similar ao F-35 que não custe o dobro do preço e tenha o triplo de problemas.
.
No mais, a Luftwaffe não está satisfeita com o Typhoon, pois está estudando a compra de aeronaves “similares” da Boeing.

dumberdog

Qualquer um dos dois é um excelente avião de combate com sobejas provas dadas em conflitos por esse mundo fora, o F15E Strike Eagle é só o unico avião invicto em combate aéreo e no ataque ao solo é de uma eficácia aterradora, além da sua imponência e elegância; o F/A18EF Super Hornet forma a espinha dorsal das esquadrilhas embarcadas da US Navy e é de uma versatilidade incrível ao ponto de ter sido o eleito para substituir o lendário F14 Tomcat. A Luftwaffe ficaria muito bem servida em qualquer dos casos.

Bavaria Lion

Rafael

Eles não estão contentes com os custos. Operação do bicho faz sucesso em todo canto. É a aeronave mais mortal de sua geração.

https://hushkit.net/2017/05/16/the-top-fighter-aircraft-of-2017-bvr-combat/

hushkit.net/2014/01/09/the-top-ten-dog-fighters-of-2013-wvr-fighter-assessment/

Saudações.

Juliano Bitencourt

Se a Alemanha for de F-15E, a Europa terá Typhoon, Rafale, F-15E, Gripen E, de 4 e 4,5 G. Além de F-35 nas bordas (Inglaterra, Holanda, maybe Belgica, Itália). E no centro o possível 5G franco-germânico. Nada desprezível para contrapor os russos.

Carlos Alberto Soares

Juarez 2 de outubro de 2017 at 22:30
Onde assino ?
______________________________

Vai dar Âmis.
Os chucrutes já se tocaram que joggar todas as fichhas em produção na Europa é uma “furada”.
Tem que manter aviões testados em combate e full, dai Âmis.
Mais, comprando dos Âmis será o fim do Tufão na Alemanha,
para tristeza do Bavaria Lion (rs).

Soldat

Acho que a Alemanha deveria criar seus próprios Caças tipo Messerschmitt Me 209 avançado ano 2020 mas infelizmente…..não pode os Amis , a Coroa a Mulherzinha da França e seu verdadeiro dono que esta bem longe la pelas terras da areia não deixam……snif..snif…

Pangloss

RIP Typhoon.

Rafael Oliveira

Bavaria,
Também acho que o motivo sejam os custos do Typhoon, o que não deixa de ser um problema grave.
Abraço!

Bavaria Lion

Rafael

Dada a última venda de F-15 pra Arábia Saudita, não dá pra imaginar que o Eagle tenha uma operação “mais barata”. Na realidade, as contas de pão deram bem mais caras tanto de venda quanto de hora de vôo.

Saudações.

Wellington Góes

Os Eagles são ainda mais caros do que o Typhoon, então se a Luftwaffe está procurando um substituto aos Tornados, mas por um custo menor e por isto não está insistindo tanto assim com o próprio Typhoon, a única justificativa de ter pedido informações do F-15E e F/A-18E/F (que não é nada barato também) é querer estabelecer parâmetros técnicos e operacionais do que quer na nova aeronave. O mesmo raciocínio vale no pedido de informações que fizeram à Lockheed com o seu F-35. . Se os alemães querem achar um substituto, mas não querem pagar os valores envolvidos nos caças… Read more »

Bavaria Lion

Caros

É um jogo de cena…
Vai analisar os RFI, vai voar em todos, e depois vai anunciar que o Typhoon foi o vencedor.
Com o Typhoon vencedor, vende mais algumas unidades no Oriente Médio. Simples.

teropode

SOLDAT ,kkkk, que isso ? Então podem faazer F200 mas não podem fazer algo mais avançado ,kkkk, sinto te dizer mais depois das atrocidades e orgias feitas com pessoas inocentes enter 1914 e 1945 , tiveram oque mereceu , e de quebra perderam todos os GENES guerreiros,sobrou bambis , são otimos engenheiros ,sim , mas para por ai , o espito de combate se foi junto com os jovens queimados por russos ,ingleses e dos AMIS , talves com a importação de extrangeiros a alemanha venha ter no futuro varões que respiram combate !

Últimas Notícias

Argentina também negocia a compra de caças F-16 da Dinamarca

Segundo o site argentino Pucara.org, as Forças Aéreas da Argentina e da Colômbia estão analisando ofertas para aeronaves Lockheed...
- Advertisement -
- Advertisement -