quarta-feira, abril 21, 2021

Gripen para o Brasil

KC-390 volta para casa

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Após retornar da Tailândia o KC-390 da Embraer (matrícula PT-ZNJ) seguiu para a Argélia (norte da África), onde pousou no dia 17 de julho (segunda-feira) pela manhã, vindo de Sharm el-Sheikh (Egito).

Segundo os dados apresentados pelo site flightradar, a aeronave executou um voo neste mesmo dia 17 nas proximidades da Base Aérea de Boufarik (cerca de 30 km a sudoeste da capital Argel) da Força Aérea Argelina. Embora os dados do flighradar não sejam muito precisos sobre este voo, tudo indica que deva ter sido um voo de demonstração para militares locais.

A Base Aérea de Boufarik hospeda a espinha dorsal da aviação de transporte da Força Aérea Argelina. Lá estão baseados o 2º Grupo de Transporte Tático e Logístico e o 7º Grupo de Transporte Tático e Reabastecimento em Voo. O primeiro possui quatro esquadrões, sendo três equipados com C-130H/L-100-30 e um com C-295. Já o outro grupo possui um esquadrão de jatos Ilyushin Il-76 e outro de Il-78 (versão mais atualizada do Il-76 e com maior capacidade de reabastecimento aéreo).

Detalhe da Base Aérea argelina de Boufarik. Observar os C-130 e os Il-76/78 estacionados. No alto à esquerda aparece um C-130 mais comprido e de pintura branca. Trata-se, muito provavelmente, de um L-100-30.

A passagem do KC-390 pela Argélia foi a última demonstração da aeronave em sua turnê mundial. Na manhã do dia 18 de julho a tripulação deu início ao seu retorno para o Brasil, passando por Cabo Verde (costa oeste da África) antes de pousar em Recife no cair da noite do mesmo dia.

No dia 19 o KC-390 pousou em São José dos Campos, seguindo para Gavião Peixoto ainda no mesmo dia. Terminava assim a mais longa turnê mundial de uma aeronave da Embraer,cuja história começou no início de junho.

 

 

- Advertisement -

6 Comments

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leandro Costa

Muito bom. Tenho bastante fé no KC-390. Acho uma aeronave fantástica que tem tudo para emplacar em forças aéreas ao redor do Mundo.

sergio ribamar ferreira

comecei a gostar deste avião de transporte. Torço para que dê certo. Tivermos 20 aviões para FAB a princípio e possa a Embraer vender em boas quantidades. Levanta e muito à alta estima.

joão argolo

28, não?

ederjoner

Se fala muito em 28 aeronaves, mas trata-se de 28 aeronaves de produção, sendo que no futuro os dois protótipos serão entregues a FAB, em condições normais de operação, sendo que se necessário, poderá ter alguns itens substituídos ou amplamente revisados, itens que são muito exigidos, como motores, trem de pouso, e outros, assim como receber as mudanças que venham a se mostrar necessárias durante o processo de testes e homologação…
Portanto, serão 30 KC-390 na FAB…

sergio ribamar ferreira

Obrigado a João argolo e ederjoner pelas explanações. Vamos torcer. Vai dar tudo certo. Levanta o moral de qualquer um que deseja ver sucessos.

Reportagens especiais

Na década de 80, o jato binacional AMX era destaque nas revistas aeronáuticas

O avião de ataque AMX, projeto ítalo-brasileiro produzido pelas empresas Aeritalia, Aermacchi e Embraer foi muito badalado pelas revistas...
- Advertisement -
- Advertisement -