Home Conflitos em andamento Caças russos Su-34 baseados no Irã atacam o Estado Islâmico na Síria

Caças russos Su-34 baseados no Irã atacam o Estado Islâmico na Síria

7236
123

Su-34 ataca o ISIS na Síria

Palmyra, Síria – Ontem, o Ministério da Defesa russo anunciou a chegada de vários aviões de combate Su-34 à base aérea iraniana de Hamadan para serem usados no leste da Síria.

Os Su-34 da Força Aérea da Rússia começaram a sua campanha de bombardeio em larga escala sobre o vasto deserto da Síria nesta quarta-feira, visando o Estado Islâmico do Iraque e al-Sham (ISIS) nas províncias de Homs e Deir ez-Zor.

Entre os muitos alvos para a Força Aérea da Rússia estavam os campos de gás Arak controlados pelo ISIS que estão situados ao nordeste de Palmyra (Tadmur).

Palmyra Syria Map

Além dos ataques aéreos sobre o campo de Palmyra, os russos atingiram um acampamento islâmico de treinamento na província de Deir ez-Zor, matando um grande número de terroristas no processo.

Enquanto a Força Aérea Russa martela o ISIS no leste da Síria, o Exército Árabe Sírio (SAA) e seus aliados iraquianos estão se preparando para uma ofensiva em larga escala para levantar o longo cerco de 17 meses na província de Deir ez-Zor.

Nenhuma data foi anunciada para esta ofensiva do exército árabe-sírio; No entanto, espera-se que comece em breve.

123
Deixe um comentário

avatar
123 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
47 Comment authors
JuarezTakamatsutimuskukiiDaniel RamalhoVader Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Fabio Mayer
Visitante
Fabio Mayer

A Rússia está fazendo o trabalho sujo que o ocidente não consegue fazer. Aliás, o ocidente fala muito em democracia, direitos humanos, refugiados e justiça, mas pouco faz para livrar a Síria do EI e recuperar a estabilidade política e econômica do país. Pergunto: a Rússia tem sido alvo constante de terrorismo? Respondo: sim, mas muito longe do que fazem na França, porque sabem que, se aprontarem na terra de Putin, a resposta é imediata e desproporcional. O ocidente tolerou a ditadura de Hafez Assad por décadas, quando seu filho assumiu, resolveu exigir democracia e o resultado foi a destruição… Read more »

Papan
Visitante
Papan

Esse SU 34 é uma fortaleza voadora, isso que é um caça bombardeiro de verdade. Impressionante o tamanho da carga bélica por ele transportada.

Papan
Visitante
Papan

Concordo com você Fábio Mayer!

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Os russos que estão certo, pois a rota da seda já tem dono: República Popular da China e a Rússia tá fazendo o trabalho de polícia que os EUA não estão fazendo!

Jagderband#44
Visitante

Impressionante a foto. Qual a payload desse Su 34?

Rui Chapeu
Visitante
Rui Chapeu

Fábio Mayer:
Primeiro vc defende democracia depois ataca a mesma??
Outra, o que diabos os países ocidentais tem haver com países quebrados em guerra civis? Isso é responsabilidade deles? Aonde? Aonde tem alguma lei que fala que eles tem que sair por ai limpando caca dos outros?
Depois ainda vc fala “ocidente tolerou a ditadura de Hafez Assad por décadas”, só que quem tem base lá desde que esse cara era vivo é a Rússia!!!!
Pare né! Vai ler um pouco antes de passar vergonha.

bosco123
Visitante

Fabio, Falta um pouco de coerência no seu ponto de vista. De um lado critica o Ocidente que fala muito em democracia, justiça e direitos humanos e de outro exalta a violência russa. Afinal, você quer um Ocidente violento ou não? E outra, antes de falar mal do Ocidente fale um pouco sobre os “MILHÕES” de “refugiados” que estão sendo absorvidos pelos países europeus. Fossem tão ruins não deixavam ninguém entrar e os que lá estivessem estavam em campos de concentração. Mas não, são aceitos, tolerados e recebem direitos que inexistem nos seus países de origem. E não satisfeitos, ainda… Read more »

PRAEFECTUS
Visitante

A permissão por parte do Irã para que os russos utilizem suas bases aéreas é um movimento sem precedentes que ressalta o aprofundamento da cooperação entre duas nações fortemente engajadas na guerra civil síria. . O apoio do Irã fortalece a posição da Rússia no Oriente Médio e alarga campanha de bombardeio de Moscou na Síria, reforçando o governo do presidente Bashar Assad à frente de uma nova rodada de negociações de paz das Nações Unidas que se espera ocorrer nas próximas semanas. . O uso por parte da Rússia de uma base iraniana representa um ponto de viragem nas… Read more »

Rui Chapeu
Visitante
Rui Chapeu

Pergunta:
Pq os tão pacíficos, humanitários e justos paises árabes não ficaram com a horda de “refugiados” já que quase todos são muçulmanos e falam a mesma lingua??

edimur
Visitante
edimur

Fabio faço minha suas palavras.

bosco123
Visitante

Essas são bombas de 100 kg (OFAB-100). O total de toda essa “carga” é de 3,4 t. Qualquer caça bombardeiro da OTAN pode levá-la.
Geralmente a OTAN tem preferido a utilização de armas guiadas e leva em geral 4 bombas.

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

A Russia nao está na Siria por causa do ISIS.

A Russia está la para salvar o regime tiranico do Assad de cair nas maos dos rebeldes.

E isso vai acabar mal. Iran e Russia de um lado, e Israel do outro.

Hawk
Visitante

Não dá pra ser tão inocente nessa questão do ISIS. Muitos radicais (principalmente a esquerda mundial) apoiam por baixo esses malucos desde que eles façam o que eles querem. Enquanto isso o ISIS só tem um objetivo: “não há outro Deus a não ser Alá; Maomé é o Profeta de Alá” (inscrição na bandeira deles). Estão alimentando um monstro que poderá devorar toda nossa forma de cultura. Sim os Russo merecem o reconhecimento pelo combate mas isso vai ter um preço, ninguém investe tanto numa campanha de graça. Não digo que eles “irão mandar” sozinhos por lá mas que tem… Read more »

Roberto F Santana
Visitante
Member
Roberto F Santana

Perfeito comentário Fábio Mayer.
Muito bom.

Bardini
Visitante

Na Rússia não deve ter muita oposição ou crítica aos efeitos colaterais de se fazer um “tapetão” desses.

Clésio Luiz
Visitante

“Qualquer” também não né Bosco. Os MER também tem seu peso e eu não vejo um Mirage 2000D, F-16 ou AMX tendo espaço disponível para levar essas 36 bombas. São 6 MER, então acho que o F-15E e o F-18E não teriam problema, o Typhoon eu tenho minhas dúvidas. Até mesmo o Tornado e o Rafale não me parece poderem levar mais de 4 e 5 MER, respectivamente.

augusto
Visitante
augusto

O ministro das finanças Russas já disse que o dindin acabou pra 2017, deve ser por isso que a Russia voltou a bombardear massivamente na Síria, precisão de um final rápido. Pros EUA isso pode ser uma coisa boa se souberem fazer uma boa estrategia para manter esses grupos anti-assad em pé ate o dinheiro russo se esgotar. Uma ponte aérea massiva como feita em Berlim é uma ótima opção. O problema é o Obama que não faz nada só liga pra mudanças climáticas kkkk agora perto das eleições então mas difícil ainda fazerem alguma coisa !

Reinaldo Deprera
Visitante
Reinaldo Deprera

Fabio Mayer 17 de agosto de 2016 at 12:55 A Síria só está em guerra civil porque a intimidação moral do discurso anti ocidental, que coloca nossos valores contra nós mesmo, dissuadiram os EUA de fazerem o serviço completo no Oriente Médio. Tivessem dado uma forcinha através das redes sociais e o povo Sírio teria retirado o Assad do poder sem dar nem tempo do tal do EL criar uma bandeira. Portanto, a culpa é daqueles mesmos que sempre criticavam os EUA pelos mesmos motivos de sempre. Todos mentirosos, a começar por aquela piada: os EUA invadiram o Iraque por… Read more »

Heyarth
Visitante
Heyarth

Aqui podemos ver os armamentos que essa aeronave é capaz de carregar
comment image

Reinaldo Deprera
Visitante
Reinaldo Deprera

Tadeu Mendes 17 de agosto de 2016 at 14:19
Provavelmente. E a IDF ad eternum fazendo o mesmo logo ali depois daquelas colinas.

Save Ferris!

Nilton Reis
Visitante

Entendo que a Rússia não está lá pelo ISIS. A Rússia é aliada histórica da Síria. O objetivo é defender Assad dentro de um certo “limite financeiro”. Ao contrário dos EUA, a ação russa é legítima, porque, ao contrário dos EUA, a Rússia conta com o pedido e consentimento formal do Estado Sírio para intervir no conflito (desconheço alguma ação estadunidense com tal prerrogativa… Vietnam do Sul, será? E depois?) Bombardear o ISIS é apenas uma forma, mal sucedida, de legitimar o apoio militar. Precisava? Acredito que não, mas os EUA e a Europa birraram por isso, a mídia comprou… Read more »

augusto
Visitante
augusto

Sobre a cooperação Teeran e Moscou fecharam um acordo triplo entre a Russia, Azerbaijão e o Ira e ainda na visita do Edorgan a Russia o putin ofereceu que seus gasodutos passassem pela Turquia ou seja os principais pais exportadores de gás para UE estão de coloio para fazer um grande HUB energético ou seja pela primeira vez na historia Democracias ocidentais iram depender de ditaduras anti-ocidente.

bosco123
Visitante

Clésio,
Hoje com exceção do B-52 não se utiliza na OTAN lançadores múltiplos para mais de 3 unidades (salvo a de 4 para a SDB). Foi-se o tempo do MER com 6 unidades.
Mas eu me referi à capacidade de carga, que é de cerca de 3,4 t.
Na OTAN num caso de se utilizar tantas bombas burras de alta fragmentação de 100 kg para saturar uma área de fragmentos dariam preferência a umas poucas bombas “cluster” , se bem que também estão em franco desuso no âmbito da OTAN.

Reinaldo Deprera
Visitante
Reinaldo Deprera

Observando o perfil de queda desses tijolos em vídeo, imagino que o CEP da família FAB deva ser algo em torno de 1 légua – considerando 12 mil pés (que deve ser a altura mínima usada pelo Su-34 para empregar a FAB-100 no vídeo)

Eu tenho uma curiosidade técnica. Qual artefato é mais preciso, as bombas barril da força aérea Síria ou a família FAB russa?

😳 Save Ferris!

Papan
Visitante
Papan

O Problema não é só levar essa quantidade de bombas e sim ter autonomia para isso! Os caças Russos são espetaculares quando se fala em autonomia.

Clésio Luiz
Visitante

Bosco, imaginei que fosse essa sua intenção. Mas em termos de volume os caças leves não tem como competir com um da classe do F-15E ou Su-34. Um exemplo “Ocidental” seria essa carga aqui: http://www.aereo.jor.br/2011/12/21/quantas-sdb-o-f-15-pode-levar/
Que nem todo caça tem espaço para levar.

Roberto F Santana
Visitante
Member
Roberto F Santana

Eu só não o entendi uma coisa nessa notícia, é o seguinte:”matando um grande número de terroristas no processo.”. Quem foi que contou esse número?

Carlos Crispim
Visitante
Carlos Crispim

Toda vez que a Rússia faz um ataquezinho a galera fica exultante e comemora como se a Rússia quisesse acabar com o EI. A Rússia NÃO quer atacar o EI e sim os rebeldes que querem tirar o Assad do poder, no mais é tudo teatrinho. A Rússia ataca e depois cai fora, como fez todas as vezes, a verdade é uma só: Quem está HÁ ANOS sem parar bombardeando o EI é a coalizão liderada pelos EUA, agora contando um apoio maior da França por que sofreu recentes atentados, o resto é fanfarronice russa, eles jogam umas bombinhas e… Read more »

Antonio Palhares
Visitante
Antonio Palhares

Tem uns comentários que são bisonhos. Onde está a relação de causa e efeito da situação?Como tudo isto começou? Porque existem tantos refugiados? Existem terroristas moderados? Existe a possibilidade de implantar no oriente médio uma democracia nos padrões ocidentais?Tirando Israel, qual país da região é democrata? Toda ação não provoca uma reação? O detalhe são as linhas e entrelinhas.

Ricardo
Visitante
Ricardo

Israel deve estar de cabelo em pé!

Fabio Mayer
Visitante
Fabio Mayer

Eu não falei mal da democracia, eu disse que o ocidente não entende que certos países, como a Síria, não vão virar democracias na marra, e a Síria é um bom exemplo. Eles não sabem, não tem o costume disso, trata-se de um processo complicadíssimo que leva décadas até se chegar a um estado de direito. A questão é simples: martelando o conceito de democracia e eleições, o ocidente levou ao poder os hoje líderes do Taleban, do Al Qaeda e do EI ao poder de alguma forma, e eles tão logo assumiram o poder, se revelaram. A Rússia (e… Read more »

Jacinto Fernandes
Visitante
Jacinto Fernandes

Olha, há alguma coisa muito errada em relação a esta notícia. A distância entre a Latakia, onde os russos têm uma base aérea na Síria a Deir ez Zur é de uns 400km; a distância de Hamedan até o mesmo local é de quase 800km. Porque atacar de Hamedan a 800km de distância se pode atacar a partir da Latakia a 400km?

Roberto F Santana
Visitante
Member
Roberto F Santana

Aqui uma boa maneira de combater o Estado Islamico:
Bonita essa cena dos tanques avancando em meio a cidade destruida e ao som de tiros. A guerra tem sua beleza,
.
https://www.youtube.com/watch?v=-bsDP5DznDQ

Tomcat3.7
Visitante

Fabio Mayer, fostes pontual em seus dois comentários os quais assino embaixo, parabéns!!!

Leo
Visitante
Leo

Jacinto
A base russa na Síria não comporta os Tu-22M3, e é mais fácil abastecer de suprimentos a base no Iran… Fora que é outra base, e quanto mais bases em régios diferentes maior a vantagem…

Alexandre Galante
Visitante
Member

Jacinto, a base de Khmeimim em Latakia esteve sob ataque de foguetes, não tem tanta segurança, e parece não suportar a operação de bombardeiros.

Leo
Visitante
Leo

Alexandre Galante
Você poderia fixar este vídeo em alguma dessas postagens sobre as ações russas na Síria, ou fazer ostra postagens. É o vidro do ministério da defesa russo em comemoração do aniversário das forças aeroespaciais russas, mostrando imagens inéditas do Pak-Fa e outras aeronaves, inclusive as embarcadas no porta aviões que vai ainda este ano para a Síria atacar o EI.
https://www.youtube.com/shared?ci=_P_5FtbhYtw
Grato

bosco123
Visitante

Clésio,
Com certeza!
As bombas Mk-81 de 114 kg são só utilizadas combinadas com o kit Paveway. As bombas SDBs não se prestam à saturação (carpet bombing).
As bombas BAT-120 não são mais utilizadas e tinham paraquedas para prover o alto arrasto e o ataque nivelado a baixa altitude. Pesavam menos de 50 kg e um Jaguar podia levar ate´54.
Ou seja, com a retirada dos A-6 e dos F-111 a OTAN não tem mais como fazer esse tipo de ataque de saturação com tantas bombas burras lançadas de grande altitude, salvo com as Mk-82 lançadas dos bombardeiros.
https://i99.photobucket.com/albums/l319/roadwarriormfp/F-111CFullload48mk82.jpg

Madmax
Visitante
Madmax

A verdade é uma só.
O Ocidente deveria deixar de jogar bomba na Síria.
Investir a grana para atender os refugiados.os russos idem.

Heyarth
Visitante
Heyarth

Não sei se entendi o seu raciocínio, então quer dizer que atender refugiados resolveria o problema? Atacar o efeito resolve? Não seria melhor atacar a causa do problema? Essa guerra ainda vai durar um bocado…

Cláudio
Visitante
Cláudio

Alguns não entende que a democracia (governo do povo) é uma conquista longa e muito séria. “Há democrácias que não são realmente democracias”. No mundo Islâmico, maiorias e minorias divergem a todo momento. Não somente no Oriente Médio, o Continente Áfricano também sofre com golpes, ditaduras e fundamentalismo. Quando falamos em “Democracia”, primeiramente, precisamos entender as bases culturais e as instituições de um país. A Rússia, herdeira do potencial bélico da União Soviética, depois de duas décadas, esta sendo protagonista das decisões mundiais e, vem logrando excito em suas empreitadas. Foi publicado recentemente, um estudo, de uma revista especializada em… Read more »

Clésio Luiz
Visitante

Já tinha esquecido dessa série BAP-120/BAT-120. Um kit de guiagem semelhante aos usados em foguetes e se teria um enorme volume de fogo para aeronaves leves fazendo CAS.

Manuel Souza
Visitante
Manuel Souza

Acho que todas as pessoas daqui já viram esse vídeo https://www.youtube.com/watch?v=sCDRWEpz5d8. As coisas que estão acontecendo agora foram meticulosamente planejadas depois do 11/09. Eu fico embasbacado como tem pessoas que ficam defendendo a Rússia ou os EUA. O que move o mundo é interesse. E normalmente esse interesse é dinheiro. Todos sabemos pq há uma guerra na Síria e antes teve na Líbia. Todos sabemos. Não finjam que não sabem, por mais óbvio que seja. Os EUA ou a Rússia estão errados? Não. A China agora está querendo participar tb. Ela está errada? Não. Pra uma potência é ótimo ter… Read more »

Jacinto Fernandes
Visitante
Jacinto Fernandes

Leo – esta notícias não se refere ao Tu-22M3; ela se refere ao Su-34, que já opera na Latakia desde setembro do ano passado. Então, a questão não pode ser a adequação da base. A questão logística pode ser, embora seja estranho.

Jacinto Fernandes
Visitante
Jacinto Fernandes

Galante – obrigado. Parece fazer mais sentido, mas eu realmente não sabia que a base esteve sob ataque recentemente…

junior
Visitante

Essas bombas que a Rússia utiliza não tem precisão nenhuma vão matar muitos civis, aliás já matam mas a Rússia consegue fazer bem o trabalho de tirar o dela da reta.

_RR_
Visitante
_RR_

Nilton Reis ( 17 de agosto de 2016 at 15:24 ),
.
“Bombardear o ISIS é apenas uma forma, mal sucedida, de legitimar o apoio militar…” “…foi a forma de legitimar o apoio perante a tão suscetível opinião pública ocidental…”
.
No que dependesse dos governos americanos e europeus, já teriam invadido a Síria a tempos… E não o fizeram justamente por conta dos humores dos povos em seus países… Anos de combates no Afeganistão e Iraque simplesmente torraram a paciência do Ocidente…

WFonseca
Visitante
WFonseca

Olá Manuel – 17:50 – Vou lembra-lo de alguns financiamentos não lucrativos: 11,9 bilhões dólares via BNDES para Honduras, Angola, Cuba, Equador, Venezuela, República Dominicana – incluindo juros de 2,83% a.a (abaixo do custo do dinheiro), contratos secretos, prazos de 25 anos e insuficiência de garantias – Receio que não teremos lucro financiando a linha 4 do Metrô de Caracas, Porto de Mariel, ou a reforma do Aeroporto em Havana. Nenhum país tem o poder de levar democracia a outro, democracia é uma forma de pensamento, não dá para exportar isso, vide Iraque. E claro que os países visam interesses… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Amigos, . Aeronaves partindo do Irã pode ter mais que os motivos táticos e estratégicos de praxe. . Operar aeronaves da Síria pode ter se revelado deveras perigoso ( e não estou falando do caso do Su-24 )… . Grupos rebeldes extremamente furtivos podem passar despercebidos e atacar as instalações sírias, colocando em risco aeronaves no solo. Aliás, já há fontes que atestam ataques dessa natureza. . http://www.dw.com/pt/estado-isl%C3%A2mico-teria-destru%C3%ADdo-helic%C3%B3pteros-russos-na-s%C3%ADria/a-19280917 . Convém também lembrar uma ação similar ocorrida contra forças americanas no Afeganistão em 2012 ( ataque ao Camp Bastion ), na qual seis aeronaves Harrier foram destruídas no solo. . Há… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Fábio Mayer ( 17 de agosto de 2016 at 16:06 ); . “…e o EI só diminuiu de tamanho desde que a Rússia entrou na parada…” . Ou simplesmente o grupo foi empurrado para o submundo, fragmentando-se em diversas outras facções… Em essência, o que os russos estão fazendo na Síria é muito similar ao que os americanos e europeus estão fazendo ( e fizeram na Líbia ). . Sem botas no chão, não haverá assistência que valha e dificilmente algo será realmente conquistado… O exército sírio, embora profissional, foi reduzido a uma fração do que realmente era, e será… Read more »