Tu-22M3 no Irã - 1
Tu-22M3 desdobrados na Base Aérea de Hamadan no Irã, sendo preparados para os ataques aéreos aos terroristas do Estado Islâmico

Bombardeiros de longo alcance Tu-22M3 da Rússia realizaram seus primeiros ataques aéreos contra alvos terroristas na Síria operando a partir de uma base aérea iraniana. Moscou e Teerã assinaram um acordo militar permitindo que aviões russos operem no aeroporto de Hamadan, no oeste do Irã.

Os bombardeiros de longo alcance com carga completa de bombas decolaram do aeroporto de Hamadan para atacar o Estado Islâmico e instalações da Al-Nusra nas províncias de Aleppo, Deir-ez-Zor e Idlib.

Os ataques eliminaram cinco grandes depósitos de armas e instalações de treinamento na área, bem como três postos de comando e um grande número de terroristas, informou o Ministério da Defesa russo.

hamadan-locator-map

Os bombardeiros de longo alcance foram escoltados por caças Su-30SM e Su-35 que decolaram da base russa de Khmeimim, na Síria.

O número de aeronaves militares desdobradas em Hamadan não foi divulgado.

Por outro lado, foram divulgadas na Internet fotos de pelo menos três bombardeiros Tu-22M3 e jatos de transporte militar Il-76 no Irã.

O principal benefício para a Força Aérea Russa é uma redução drástica no tempo de voo ao atacar alvos terroristas na Síria.

Tu-22M3 no Irã - 2

Tu-22M3 no Irã - 3

Tu-22M3 no Irã - 4

FONTE: www.rt.com

Previous articleEUA injetam mais U$ 1 bi no programa JSF
Next articleCaças russos Su-34 baseados no Irã atacam o Estado Islâmico na Síria
Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
XFF

Rússia criando grande estratégia para oriente Médio…..

ScudB

Principal vantagem – aumento em vezes as toneladas de “presentes” carregados (bem próximo do limite de carga – 22t).
OBS : Estão falando dos 4+2 (Tu-22/Su-34)…
Um abraço!

mbp77

Fico aqui ruminando os pensamentos e chego a conclusão de que se até o Irã dos aiatolás é contra o EI, pode-se imaginar o nível de radicalismo destes últimos.
Em tempo, o Backfire impressiona, mas ainda prefiro o belíssimo Blackjack:
https://www.military-today.com/aircraft/tupolev_tu160_blackjack.jpg
Sds.

Fresney

Essas bombas parecem botijões de gás caindo do céu!!!!

bosco123

Fresney,
Os russos misteriosamente não utilizam bombas de baixo arrasto (é dito que elas existem na faixa de 500 e 1000 lb, mas se existem são de utilização raríssima).
Também esse anel como aerofólio dá o aspecto de “botijão de gás”.

Clésio Luiz

Dizem que são restos dos estoques da época da Guerra Fria, originalmente feitas para ser levadas por bombardeiros, daí o aspecto curto e gordinho, pois transportadas internamente não causam arrasto e são mais fáceis de carregar em volume.
.
Assim como os americanos, os russos tem no Su-25 uma plataforma mais do que adequada para atacar os alvos de guerrilha nesse conflito, mas escolhem fazer propaganda mandando aeronaves pesadas.

hobian kenobi

os russos só querem mostra foça de exibicionismo para vender suas armas, pra mim não deveria se meter na Síria, querem comprar nossas armas eu te vendo, não que comprar tambem não te vendo mais nada de armas, é simples assim

Leo

Bosco
Se você olhar os últimos vídeos dos TU-22M3
Atacando alvos na Síria pelo menos um deles estava carregado de bombas de baixo arrasto, eram do formato das bombas americanas, mais compridas… Acho que esses ataques russos com bombas burras como essas deve não sair muito caro pois combustível para os aviões eles tem de sobra e bombas burras tem estoque sobrando…
Belas imagens do cockpit do Su-30SM, fico reparando nos espelinhos, da pra ver o armamento carregado… Os russos estão pretendendo um novo ataque com mísseis de cruzeiro a partir do mar Cáspio segundo informações…

Madmax

Impressiona a resistência do E.I.

Depois de cuspir muito sangue, impressiona ainda terem disposição para lutar.

Começo a pensar que não serão derrotados.

bosco123

Leo,
Lançadas de bombardeiros dá até pra entender, mas em caças pra mim é um arrasto considerável. As bombas séria Mk-80 dos americanos têm um relação comprimento x diâmetro de 8 pra 1 e são aptas a serem levadas externamente por caças a jato e inclusive supersônicos, podendo até serem lançadas em velocidade supersônica.
Vou dar uma olhada na web pra ver se vejo esse vídeo que você mencionou e se reconheço algo que possa ser uma bomba de perfil mais aerodinâmico.
Um abraço.

WALDERSON

Off topic:
Peço perdão antecipado aos moderadores, mas cabe uma informação : o Tiago Braz, medalhista de ouro, é da FAB.

bosco123

Madmax,
Que serão derrotados no campo de batalha serão porque uma hora um país menos tolerante e menos politicamente correto (França? Rússia?) resolve jogar uma ou duas “Bombas” lá e acaba com a graça.
O problema é que só vai piorar a coisa toda no mundo todo em relação ao terrorismo, já que dará mais munição para o discurso vitimista dos radicais.
A solução final do problema aponta para uma guerra civilizatória que o Ocidente parece fingir acreditar não ser irremediável.

WALDERSON

Aliás, 8 das 20 medalhas foram conquistadas por atletas que entraram para as forças armadas, como uma medida para saírem da penúria e ter um mínimo de apoio.

Leo

Bosco
Segue o vídeo
https://www.youtube.com/shared?ci=24ozY3b_z6M
Aí tem uma cena mostrando de dentro da baia de armas bombas diferentes com formato cilíndrico, e compridas… Não sou especialista talvez elas também não sejam de baixo arrasto.

Jacinto Fernandes

Madmax, o EI está lutando contra os EUA, a Rússia, a França, o Reino Unido e, agora, começará a lutar contra a China, São as 5 potências do Conselho de Segurança da ONU. É de fato impressionante e acho que o combate ao EI explicita de foma muito clara a limitação que ataques aéreos têm. Não adianta ficar jogando bomba e destruindo tendas vazias no deserto: enquanto não botarem tropas terrestres o EI continuará a existir e a controlar territórios.

Nonato

Acredito que tem alguma falha grave nessa luta. Nos dois países onde atua os governos são contrários. Significa que há tanques e aviões atacando. Há vários grupos contra eles (curdos, Hezbollah, milícias iranianas..). Há várias potências jogando bombas. Como é que controlam territórios? Como conseguem armas e reforços? Por que a Rússia não bombardeiam logo todos os centros de treinamento, depósitos de armas? Acredito que deveriam usar mais drone e atacar a curta distância. Cada metralhadora montada em pickups Toyota, cada morteiro, cada fuzil. Atirou, o drone identificou, revidou. Olho.por olho. Essa tecnologia já existe. Falta a Rússia por em… Read more »

augusto

Jacinto Fernandes acho que a China não ein, eles só vão dar suporte e não enviar soldados

bosco123

Jacinto,
Mas não são as nações ocidentais ou a China ou a Rússia que devem colocar as botas lá.
São os próprios habitantes da região que não querem se sujeitar ao EI que devem fazer isso. Tivessem a mesma força de vontade pra combater o EI que têm para migrar para a Europa e lá exigirem que seus direitos e sua cultura sejam respeitadas, já teriam varrido o EI do mapa.

bosco123

Nonato, A coisa não é bem assim. Não é um país contra outros. É uma organização criminosa contra o mundo. É como se o PCC tivesse fundado um Estado independente numa cidade qualquer. Não tem como bombardear toda a favela porque 99% dos moradores seriam vítimas e não partícipes. Esse nível de resposta pronta que você sugeriu é muito difícil de ser implementada. Exigiria centenas de drones voando tempo integral sobre todo o território do EI e cada um precisaria ser controlado por um humano à distância. A maioria das missões de ataque dos drones é contra alvos pré-planejados. Claro… Read more »

ScudB

Amigo Bosco!
Uso de sistema de calculo “Gefest” (SVP-24-22) permite aplicação das bombas burras (como OFAB-250 , por exemplo) sem perda de precisão e com grande eficiência.. Ja os modelos com menor arrasto são tradicionalmente usados pelos SU-24 e SU-34 (FAB-500-62 ou BETAB-500). Mas também podem ser vistas nos Tu-22M3: img.vz.ru/upimg/649/649853.jpg (colocar http:// antes de link).
Um abraço!

bosco123

Scud,
Eu vi! Realmente!
Os russos devem estar gastando seu estoque de bombas de maior arrasto.
Um abraço!

Jacinto Fernandes

Bosco, sem dúvidas. O meu ponto é que o poder aéreo é muito útil e debilita o adversário, mas não é suficiente para ganhar uma guerra. Uma guerra ainda é vencida no chão.

Tadeu Mendes

Um perigo enorme o que está acontecendo na Siria.

Bombardeiros estrategicos russos, muito perto de Israel.

Qualquer erro de calculo geopolitico pode em uma questao de minutos, iniciar a 3GG. Mundial.

Jagderband#44

Não Tadeu. Israel e Russia estão em acordo e cientes da situação, desta vez.
Abraço.

Hawk

Uma vez li em um site militar não sei de que país (acho que era até da Rússia) dizendo que os americanos tinham se metido na Guerra do Vietnã para testar e vender armas.
Curiosamente desde que a Rússia vem fazendo algo parecido na Síria. Mostrando ao mundo antigas e novas armas.
Mas que esse Backfire é danado de bonito isso é! Parece um Su-22 enorme e ao mesmo tempo um “mini-Blackjack”.

Alexandre Galante

Atualizei o vídeo do post, assistam. Abs

Tadeu Mendes

Jagderband#44, A situaçao na Siria está complicada meu amigo. Os russos e a Siria, estao bombardeando os rebeldes e o EI ao mesmo tempo. Os terroristas do Hezbollah do Libano, e a guarda revolucionaria do Iran, estao lado a lado combatendo o EI em territorio sirio. Os Navy Seals e os Rangers tambem estao operando ao norte do Iraque (Specs Ops). Israel está em estado de alerta com deus Sufas (F-16) em constante CAP perto da fronteira com a Siria. Mesmo levando em conta que Netanhyau foi a Moscou para colocar as cartas na mesa, nada impede uma escalada acidental… Read more »

Leo

Tadeu Mendes
Abides russos já adentraram o espaço aéreo de Israel, e estes nada fizeram… Simplesmente pois Rússia e Israel já conversaram sobre isso, e já deixaram claro que são amigos, e que não há motivo para nenhum incidente.

augusto

Leo amigos e inimigos no oriente médio não é uma garantia, ate “ontem” o Edorgan era arque-inimigo da Russia agora estão namorando. Como disse o Tadeu o Netanhyau já colocou as cartas na mesa ! É sobre as invasões russas sobre o espaço aéreo de Israel foram pontuais e rápidas nem 2 minutos ficaram, já Israel bombardeou posições do HEZ na Siria antes e depois da Russia chegar

Wagner

Tadeu percebi essa sua neura em querer tratar a Rússia como inimiga de Israel, acredite, isso nao existe.

Cada um cuida de seus interesses, e nenhum tem interesse em entrar em guerra com o outro.

Essa sua visão de que os Backfire vao atacar Israel é absurda.

Tadeu Mendes

Wagner,

Eu gostadia de acreditar Jesse conto de fadas , mas os progroms da era Sovietuca, a perguição contra os Judeus na Russia, mais o aval militar, e até mesmo a participação de pilotos combate russos contra Israel em 1973, e depois em 1982, não me permite confiar nos russos.

Eu não disse que os Backfire iriam Atacand Israel. O que eu disse é que qualquer erro geopolitics poderia empurrar o mundo para uma nova guerra mundial.

bosco123

Bruno,
No Tu-22 eu não sei ao certo, mas no B-1B que tem também 4 tripulantes é assim: comandante, piloto, operador dos sistemas defensivos, operador dos sistemas ofensivos.
Nos bombardeiros americanos há espaço pra um tripulante dar uma esticada no corredor num colchãozinho. O Backfire é um bombardeiro médio e sua área de operação é só continental e tem missões mais curtas, mas pode ser que tenha espaço pra dar uma esticada também.

bosco123

Perdão Bruno. O que eu respondi não tem nada a ver com a sua pergunta. Falha minha!!!

Clésio Luiz

O Tu-22M não tem um corredor entre os pilotos. Pelo menos foi o que pude ver em fotos e em vídeo. Já o T-160 tem. Então se há área de descanso, é no Tu-160.