Home Noticiário Internacional Forças Aéreas e Espaciais da Rússia estão recebendo 1.000 novos aviões e...

Forças Aéreas e Espaciais da Rússia estão recebendo 1.000 novos aviões e helicópteros até 2020

2646
230

blackjack9

O comandante das Forças Aéreas e Espaciais russas, General Viktor Bonkarev, afirmou nesta quarta-feira (12) que estas unidades terão recebido, aproximadamente, 1.000 novos aviões e helicópteros até 2020.

ClippingNEWS-PADe acordo com o programa de rearmamento da Rússia, avaliado em US$ 325 bilhões, aeronaves de quarta geração estão sendo substituídas por novos modelos, aumentando até 2020 a quantidade de equipamento militar atualizado para 70%. Além disso, a produção do bombardeiro estratégico Tu-160 será renovada, com as novas versões modernizadas programadas para entrar em serviço em 2021.

“De 1992 a 2012, a Força Aérea recebeu praticamente nada, exceto para algumas unidades de equipamentos e nada muito moderno. A partir de 2012, nós recebemos mais de 300 aviões e helicópteros e, em 2020, esse número estará perto de 1.000 novos aviões e helicópteros, além dos aviões e helicópteros modernizados”, disse Bondarev durante uma entrevista ao vivo no canal de TV Rossiya-24.

O comandante acrescentou que as Forças Aéreas e Espaciais esperam receber o primeiro bombardeiro estratégico supersônico Tu-160 Blackjack modernizado em 2021. O avião tem asas de varredura variável e foi projetado para atingir alvos em todo o mundo com armas nucleares e convencionais.
Em 2013, o Ministério da Defesa russo assinou um contrato com a companhia Kazan Tupolev Aviões, responsável pelo projeto, no valor de 3,4 bilhões de rublos, aproximadamente US$ 66 milhões, para atualizar três bombardeiros Tu-160.

FONTE: Sputniknews

Subscribe
Notify of
guest
230 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wolfgangus Mozart
Wolfgangus Mozart
5 anos atrás

Estão certos. Quem vindica espaço na geopolítica não vive de bravatas ou devaneios bolivarianos. Age.

Pangloss
5 anos atrás

US$ 66 milhões para atualizar três Tu-160?

Não está barato demais, não? Sobretudo se considerada a defasagem tecnológica do modelo?

Acho que vai dar só para colocar insul-film nos vidros, trocar as calotas e atualizar o kit muitimídia.

tija
tija
5 anos atrás

la´não é como aqui que tudo custa o triplo, por causa da burocracia e das propinas da ma gestão

Galeao Cumbica
Galeao Cumbica
5 anos atrás
Eziquiel
Eziquiel
5 anos atrás

A economia russa não está com essa bola toda, não. Putin sabe sonhar, mas parece saber fazer propaganda também.

Wolfgangus Mozart
Wolfgangus Mozart
5 anos atrás

Tija,

Lá é muito pior do que o Brasil. Com o esfacelamento da URSS, a máfia tomou conta do país. A corrupção é galopante, só que a mídia local é silenciada pelo governo czarista de Putin. Daí a falsa impressão…

Ricardo
Ricardo
5 anos atrás

Falar é fácil, fazer é que são elas. Com a baixa do preço do petróleo vai ser muito difícil comprar esses mil aviões e helicópteros.

Leonardo
Leonardo
5 anos atrás

Concordo com colegas acima,
Russia com uma das piores crises do mundo perdendo somente da Venezuela e ganhando somente do Brasil. Está acabando o dinheiro no caixa.
Ou eles estão gastando todo dinheiro do governo na área militar, e outras áreas, estão abandonadas, como saúde, educação, estrutura.
Seu principal produto baril de petróleo à 42 dolares, ano passado era 130 doláres, fez sua economia patinar.
Sds

vmax
vmax
5 anos atrás

Galeao Cumbica 14 de agosto de 2015 at 18:49 #

off

http://airway.uol.com.br/russia-vai-apresentar-caca-secreto-neste-mes/

Também vi a notícia.

_RR_
_RR_
5 anos atrás

Pangloss ( 14 de agosto de 2015 at 18:42 ). O Tu-160, se atualizado, ainda será um meio tão capaz quanto o B-1 americano… O custo também depende do que será atualizado… Com 22 milhões de dólares da pra fazer alguma coisa sim… Fazendo uma conta com o “achômetro”, ao menos novos sistemas de cockpit isso aí cobre… Se não me engano, e só pra se ter uma comparação, a ultima grande atualização para o B-1 Lancer custou cerca de US$ 16 milhões para cada aparelho, e incluiu novos sistemas de cockpit, novo link de dados e outras modificações menores.… Read more »

Diego
Diego
5 anos atrás

Não sou pró-Russo, más os caras sabem o que querem e atingem seus objetivos é fato!! Aproximadamente 1000 NOVAS aeronaves em 5 anos… defesa não é brincadeira e quem tem as maiores jazidas de ouro do mundo e petroleo/gás em abundancia não pode vacilar.

Acho que para o nosso Brasil cabe uma ou duas duzias do Tu-160! Sonhar ainda é de graça.

Um abraço.

Theo Gatos
Theo Gatos
5 anos atrás

Galeao Cumbica 14 de agosto de 2015 at 18:49 #

Comentário em cima do Off…

A notícia começa assim…

“O governo da Rússia está prestes a revelar um segredo que vem guardando há quase 30 anos”

Hmmm tecnologia dos anos 80… Pronto, vão divulgar que eles acabaram de criar um CD pra concorrer com a versão ocidental… rsrsrsrs

Brincadeirinha exército vermelho digital… Brincadeirinha…

Sds.

Diney
Diney
5 anos atrás

nada que um bulava e topor resouva, para quem é inti Russo, e exclusivo o ss 18 para os YANKES, carregando nada + nada – Q o Tsar, não resolva

Edimur
Edimur
5 anos atrás

Rússia pior que Brasil kkkkk lá Spetsnaz vai para eu e mata vagabundo máfia nos EUA também diferença e ter saco rocho pra descer o Pau em vagabundo coisa que aqui não tem, vide o governo de são Paulo refém da bandidagem isso aqui já está tudo dominado e o EB dorme em berço esplêndido pq não quer mais o B.O

Marcelo-SP
Marcelo-SP
5 anos atrás

Putin flexiona os músculos em um modelo que segue a mesma direção daquele que esfacelou a URSS. O objetivo é manter a imagem de poder para o público interno. A diferença à guerra fria é que a idéia de medir forças com os EUA é só propaganda, hoje. A preocupação do czar de papel hoje é rivalizar com a China, como desafiante aos americanos. Sabe que não dá nem para sonhar em fazer frente nas forças convencionais. O medo dele é perder, aos olhos dos russos, o posto de potência rival para a China. Que diga-se, de fato, em termos… Read more »

Fernando
5 anos atrás

“Russia com uma das piores crises do mundo”
Acho que o Banco Mundial discorda de você!
Pois esta instituição prevê que a economia russa terá contração de 2,7% neste ano, antes de crescer 0,7% no próximo ano e 2,5% em 2017.

Fernando
5 anos atrás

Espero que o Brasil não fique apenas com 36 gripens, quem comprem mais uns 100!

Toleman Alan Picoli
Toleman Alan Picoli
5 anos atrás

O milagre da multiplicação de fundos, como disse o Vader!
Tu-160 pro Brasil, Tsar Bomb caindo nos EUA…
É por isso que não levo a sério os anti-ocidentais!

Vitor
Vitor
5 anos atrás

Vale lembrar,que esses caças e todos os equipamentos militares são construidos por funcionários públicos,se pisar na bola o fim dele é caçando rena na Sibéria,pensam que é igual aqui,que só serve para constar na folha de pagamento do estado.

Rafa
Rafa
5 anos atrás

Caro Diego, colocação estrategica a sua em mencionar que
as Maiores jazidas de OURO do mundo estão no territorio
Russo!!
Alguém aqui ainda vai dizer que eles estão quebrados??

Os pró-TioSam tem que parar de ufanismo e começar a estudar!

Um abraço.

Carlos Crispim
Carlos Crispim
5 anos atrás

Não existe milagre, nem tranquiques, nem cambalachos do governo, simplesmente é o que falaram lá em cima, que tem cadeira cativa no CS da ONU, quem realmente age, quem não quer dialogar com terroristas, faz o dever de casa, a Rússia está em crise, sim, mas toda europa também, só que eles lá não brincam, eles tem várias Petrobrás, só que o roubo vai para as forças armadas, diferente daqui, se no Brasil tudo o que a Petrobrás rouba da gente fosse para as força armadas teríamos uns 10 Nimitz e mais de 1000 caças F18, F16… O problema é… Read more »

leigo
leigo
5 anos atrás

Mas quando se diz que uma modernização custa por exemplo 10 milhões. O que isso sugnifica? Para onde vai o dinheiro? Quanto custa um radar novo? Um software? Quanto custa um iphone? Para fabricar na china talvez custe um dólar. Ou vinte. Mas vendem por 500 dólares. Então se não vai comprar do exterior nem de empresa privada acho que o custo é mínimo.

Lewandowski
Lewandowski
5 anos atrás

Sou fã do Tu-160 e gostaria muito que novas aeronaves fossem fabricadas, assim como o An-124.

Com relação ao Mim, eu adoraria ver essa aeronave em voo. Pra quem gosta, não interessa se é russo, europeu, ou americano. Quanto mais, melhor.

Sobre as 1000 aeronaves, não acredito muito, mas o que os russos estão fazendo pra modernizar suas forças, é de espantar. Só em Su-30, Su-34, Su-35 e T-50, coloca os russos somente atrás dos EUA… Parabéns…

joao.filho
joao.filho
5 anos atrás

Meu Deus!!! Russia defasada, império do mal, seus aviões não prestam, pior que Brasil, dominada pela máfia, passando fome, etc, e etc. Aqui no blog estão viciados na propaganda americana, mesmo. Não tem jeito mesmo.

amanda
amanda
5 anos atrás

Enquanto os americanos transformam os quarteis em bordeis com a legalizacao do casamento gay e aceitando ate transexuais, os russos nao cedem a este tipo de pressao e levam a serio a defesa do pais, e ja chamam os EUA de grande babilonia.
https://www.youtube.com/watch?v=VAem1amt9Tw

Marcelo-SP
Marcelo-SP
5 anos atrás

Fernando, esses números dão um crescimento médio de menos de 0,15% ao ano até o final de 2017… É bem ruim.

Tomcat
Tomcat
5 anos atrás

Eu fui o único que reparou? O que são os dispositivos, com formato aparentemente triangular, que estão levantados nas extremidades das luvas das asas? Aparentam ser freios aerodinâmicos, mas com um formato incomum. É isso mesmo?

joao.filho
joao.filho
5 anos atrás

Inédito!!!
acaba de sair a noticia!!!
O Pentagono esta prestes a aprovar o serviço militar aberto, e sem preconceito para travestis que queiram mudar de sexo! Vão até pagar a conta, ao redor de US$30000 por “soldado”. É so conferir… Rsrsrs

http://www.cnn.com/2015/08/14/health/transgender-troops-care-costs/index.html

Lewandowski
Lewandowski
5 anos atrás

João.filho

Os caras estão fabricando novas aeronaves, tanques, submarinos, helicópteros, mísseis e estão quebrados, é mentira, propaganda… Hehehehe… Não sou defensor ferrenho russo, mas tem-se que respeitar o que cada um faz. Se não é europeu, norte americano ou judeu, não presta ou é mentira… Depois os alienados são os outros…

joao.filho
joao.filho
5 anos atrás

Hehe! Realmente, Lewandowski. Por essas bandas só existem avanços tecnologicos e sistemas de armas imbativeis se forem da Nato, judeu ou americano. E depois ficam reclamando da “propaganda” russa. Deveriamos é estar aprendendo daqueles que projetam e montam, tanques, subs, caças, sistemas anti-aéreos de qualidade, em números descomunais. Mas ficamos contentes debochando deles, e modernizando M-113 pela milésima vez, voando F-5 e sonhando com 3 dúzias de Grippens daqui a dez anos.

Lewandowski
Lewandowski
5 anos atrás

Tomcat

Não são freios aerodinâmicos. Não sou especialista, mas quando as asas são engraçadas ao máximo, para que isso aconteça, as partes das asas mais próximas da fuselagem são erguidas dessa forma. Talvez tenham a mesma função das do tomcat com enflexamento máximo e grandes velocidades. Nos Tu-160, isso sempre existiu.

Lewandowski
Lewandowski
5 anos atrás

João.filho

Verdade. BraZilZilZil! Voo F-5, mas crítico os russos com T-50 porque não gosto deles… Hehehehe.. É tetra!!!

Fernando
5 anos atrás

“Enquanto os americanos transformam os quarteis em bordeis”
Nossa! Mas ai pegou pesado!!

Bosco
Bosco
5 anos atrás

O politicamente correto que teve origem na URSS é só pra exportação.
Contaminou o Ocidente mas eles mesmos não adotam.

Rommelqe
Rommelqe
5 anos atrás

Tomcat, tb fiquei intrigado! Como as asas estão parcialmente “fechadas” a velocidade, no instante da foto, deveria ser relativamente alta; olhando na asa direita, dá a impressão que esses “dispositivos” teriam articulações (eixo paralelo ao bordo de entrada) e posicionaveis (em velocidades mais baixas e com as asas totalmente estendidas) como uma extensão da carenagem, permitindo dar continuidade ao perfil e talvez auxiliar a travar a asa principalmente no pouso ou na decolagem. De qq forma, justamente em velocidades altas eles acarretam um arrasto aerodinâmico elevado. Daí poderiam ser usados como elementos de controle auxiliar. Isso mas não faz muito… Read more »

Toleman Alan Picoli
Toleman Alan Picoli
5 anos atrás

Ofensas a homossexuais, “pró-tio sam devem estudar”, “viciados na propaganda americana”, “depois os alienados são outros”.
Em outras palavras, ou acha que o Putin é o cara e o T-50 é a X-Wing (prefiro a Tie Interceptor do império do mal, ou seja sou pró-imperialistas malvados ocidentais), ou é um alienado que cai na mídia sionista americana.

Toleman Alan Picoli
Toleman Alan Picoli
5 anos atrás

– Putin é um democrata que caçou a mafia, democratizou o país e fez a economia russa decolar como nunca, e a intimidação aos opositores é golpe da mídia opressora ocidental. – A Rússia só invadiu a Ucrânia para proteger a democracia contra os golpistas fascistas patrocinados pela CIA. – Homossexualismo é sinal de que os EUA é a Babilônia dos dias de hoje, está até na Bíblia. – O que é o F-35 perto do T-50? O T-50 é novo, uma máquina jamais igualada, coisa linda, invencível, RCS maior é só detalhe… – S-400 é invencível. Aviãozinho de bilhões… Read more »

Rommelqe
Rommelqe
5 anos atrás

Caro Lewandovsky, so li seu comentario depois que postei o meu. Concordo, não devem ser freios aerodinâmicos. Como bombardeio que é, não deveria ter muita”agilidade” em voo, alem doque são superfícies com areas muito discretas. Soluções mais convencionais (como os freios centrais atras das carlingas do piloto nos Flankers ) parecem ser mais indicadas como superfícies de frenagem ou algo parecido. E por que posicionadas proximas às articulações das asas? Parece fazer mais sentido quando vinculadas a alguma função no mecanismo relativo à variação na geometria de asas. Em faixas de velocidades transonicas essas superfícies podem resolver, talvez, algum choque… Read more »

Delfim
Delfim
5 anos atrás

OFF TOPIC mas nem tanto ; Rússia vai apresentar publicamente o MiG 1.44 !

http://airway.uol.com.br/russia-vai-apresentar-caca-secreto-neste-mes/

Que parece ser o “pai” do J-20, parece.

Rommelqe
Rommelqe
5 anos atrás

Sem querer me alongar, mas quando se estabelece um regime de pulsações induzidas (no campo de pressões) ao longo da aresta de saida, ha uma aplicação de momentos torsionais em torno do eixo das asas. Esses momentos pulsantes podem até levar ao stol, mas, alêm disso, certamente resultam em “dores de cabeça” para os projetistas do mecanismo. Não é a toa que geometrias variaveis são evitadas em aeronaves de alto desempenho; depois dos Tomcat, mig 25, e outros ninguem mais se atreveu a repetir o conceito ( nada contra o amigo forista com codinome homonimo, “Tomcat”). Essas tais superficies podem… Read more »

Tomcat
Tomcat
5 anos atrás

Rommelque e Lewandowski, encontrei isso:

“There is an unusual moveable surface at the rear of the wing near the wing joint, which folds flat when the wings are extended to cover the “gap” between the rear wing glove and swing wing, while being pivoted vertically to act as a “wing fence” of sorts when the wings are fully swept”

http://www.airvectors.net/avtu160.html

Tomcat
Tomcat
5 anos atrás

Each outer wing is straight-tapered from root to tip, with full-span four- section hydraulically driven slotted leading-edge flaps (essentially slats) and full-span four-section double- slotted trailing-edge flaps. Outboard of the trailing-edge flaps, but stopping 3.5m (11ft 6in) short of the wingtip, are powered ailerons. These are all- speed primary roll-control surfaces, but backed by spoilers and tailerons. With flaps extended, they droop 20 deg. After prolonged research the decision was taken to retain the optimum engine installation, leaving nowhere for the wing trailing edge to penetrate at 65 deg sweep. The prob­lem was solved by making the inboard trailing edge… Read more »

Clésio Luiz
Clésio Luiz
5 anos atrás

Rommelqe O MiG-25 não é GV. Depois do F-14 Tomcat vieram ainda o Tornado, B-1A e Tu-160, todas aeronaves de classe mach 2. No fim, nem foi o peso que condenou a geometria variável, mas os custos operacionais. Vale observar que o MiG-23 pesava tanto quanto um F-18A e o F-14 pesa o mesmo que um Su-33. o Mig-23 sempre foi tido como de manutenção mais difícil que o seu predecessor, daí ter sido abandonado rapidamente pelos operadores europeus, mas o MiG-21 ficou. Já o F-14 custava 65.000 dólares por hora de voo em 2005, quando estava prestes a se… Read more »

Andrei
Andrei
5 anos atrás

su-24 tem geometria variável se eu não me engano…

Oganza
Oganza
5 anos atrás

EDITORES.

Um breve off topic.

Por falar em modernizações e opções para o futuro…

http://www.thinkdefence.co.uk/2015/08/the-f35b-is-worth-it-but/

É uma interessante visão de um “especialista” inglês sobre o F-35… é de 4 dias atrás.

Ps.: Tenhamos em mente que os britânicos não tem mais nenhuma opção viável a mesa sobre o assunto… já o USMC e USN de certa forma e por alguns pontos de vista tem.

A leitura é muito interessante.

Grande Abraço.

Farroupilha
Farroupilha
5 anos atrás

Como aparecem comentaristas que entram nos tópicos para mencionar exclusivamente outros assuntos. Deveriam mandar um e-mail para o administrador com suas sugestões. Não é mesmo?!! Enfim… Alguns poucos milhões, ou algumas centenas de milhares de dólares, numa reforma de avião com muitos anos, já dá para fazer coisas importantes, por exemplo: a troca da fiação e cabos elétricos, cujo material isolante se degrada naturalmente, quanto mais quando submetido a constantes variações de temperatura. Ou, troca de sistemas de produção e gerenciamento de energia, que estão bem mais econômicos e eficientes atualmente, como exemplo: lâmpadas LED e baterias de lítio. Etc.… Read more »

Farroupilha
Farroupilha
5 anos atrás

Ayrton Senna

leigo
leigo
5 anos atrás

Quem vai modernizar os aviões? Que custos estão incluídos? Por que um avião novo tem que custar 50, 100, 200 milhões de dólares? Acredito que a maior parte é o lucro das empresas envolvidas. Por exemplo, a embraer fabrica um avião. Boa parte dos custos são com as turbinas (30%) avionicos etc que vão engordar os lucros das empresas fornecedoras. Quanto custa a confecção da carcaça de um avião? Pegar metal e molda-lo? Acredito que é minimo. E se for na china mais barato ainda. Engraçado que o Brasil exporta minério de ferro para a china eles fabricam o aço… Read more »

Lucas rezende
Lucas rezende
5 anos atrás

Bravata , pessoas do portal, primeiro antes de pensar em forcas armadas de primeiro mundo devemos ter uma economia de primeiro mundo.Nao adianta ficarmos com essa ilusao. E so olhar o caso da russia , caminha pra ser a menor economia do grupos BRIC(sem africa do sul), e o brasil junto com ela , tem tudo pra ser um pequeno frente as economia da india e da china.

No final das contas e sempre economia que diz o que um pais vai ser…..

Rommelqe
Rommelqe
5 anos atrás

Prezado Tomcat: ótima referencia. Esclarece muito bem o conceito. Obrigado!
Clesio: é verdade, o mig é outro… .
A solução adotada no TU-160 foi bastante engenhosa e estranha. Deve ser um pesadelo do pessoal de manutenção, mas é um avião espetacular, hein? O B-1 e o B-2 tambem são. O Lancer é de GV ? Como esse detalhe teria sido tratado nos outros dotados de GV? Se bem me lembro o Vigilante foi o primeiro operacional.