Home Estratégia Novas ideias para a Força Aérea Brasileira

Novas ideias para a Força Aérea Brasileira

2037
183

F-5M-A-1-e-A-29-2

Diante da crise política e econômica no Brasil e as perspectivas sombrias para os próximos anos em termos de orçamento, a Força Aérea Brasileira tem muitos problemas para resolver: modernização dos F-5 ex-Jordânia, modernização dos AMX, modernização dos C-95, Programa KC-390, Programa Gripen NG-BR, Progframa KC-X2 (KC-767), Programa HX-BR etc

São muitos programas e pouco dinheiro. Algumas coisas devem continuar, outras não. O que deve continuar e o que pode ser cortado para direcionar os recursos para outros programas? Com a palavra, os comentaristas do Poder Aéreo. Colabore com sua opinião, pois o que você escrever pode ser lido por decisores do Ministério da Defesa e da Força Aérea Brasileira.

183
Deixe um comentário

avatar
183 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
115 Comment authors
Roberto DiasSabbagTiago SilvaJustin CaseOganza Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
André Gomide
Visitante
André Gomide

Vou ser bem direto.

O problema está no sistema de pensões dos Militares. Todo servidor público teve alterado o seu, pq os militares são intocáveis?

Não há investimento em equipamentos, pois o orçamento das três forças é sugado por má gestão de pessoal.

Oficiais em demasia…profissionais de menos.

FERNANDO
Visitante
FERNANDO

Na minha modesta opinão e por ordem de prioridade:
1. KC-390
2. GRIPEN NG
3. KC-X2 (KC-767)
4. HX-BR

Para o sacrificio:
1. F-5 (ex-Jordania)
2. AMX
3. C-95

Cleudimar Zucchetti
Visitante
Cleudimar Zucchetti

A soberania de um país passa obrigatoriamente pelo seu poder aéreo, eu investiria em defesa rápida e de longo alcance (gripen), modernizaria o AMX e A29 deixando a modernização do F5 para um segundo momento. Dar plenas condições de operacionalidade com equipamento de ponta ao 1 GDA é fundamental, isso gera respeito para quem nos olha la de fora e fortalece ainda mais nossa soberania, o F5 funcionaria bem com caça de apoio afinal já era assim com o Mirage 2000n não muda nada com o plano de defesa basta polo em prática

Bravoone
Visitante
Bravoone

A FAB já é uma Força Aérea debilitada numericamente e tecnologicamente se levarmos em conta a grandiosidade de suas responsabilidades, aceitar que a mesma alcance um estado ainda pior é impensável para alguém lúcido.

Carcará 01
Visitante
Carcará 01

O forista acima tem toda razão!! Quando diminuir a despesa com pessoal, sobra grana. Óbvio que o orçamento para a FAB sempre foi curto, isso o GF tem toda culpa, mas que se pode cortar ai, pode. O negócio é se querem fazer ou não…

Bem, quanto aos projetos, eliminaria praticamente todos, sobrando apenas:

KC-390
Gripen
KC-767

O resto pode esperar e/ou não tem tanta urgencia ou amarração com contratos. Agora, isso é uma OPINIAO minha, não sei o quanto de grana a FAB tem pra esse tipo de gasto esse ano…

Daniel
Visitante

Os únicos programas que devem ser cancelados seriam a modernização dos F5-ex Jordânia e também dos AMX. Os outros não devem parar!

Delmo Almeida
Visitante
Delmo Almeida

Caros, A FAB eu acredito que toma decisões e conduz seus projetos muito melhor que a MB. Tenta ser um pouco mais precisa ao escolher seus parceiros nacionais padronizar no que for possível o uso dos seus parcos recursos. Dito isso, antecipo que não vejo tantas coisas para mudar e minhas sugestões estão mais em manter algumas ênfases, a grande melhora seria com o aumento das verbas, o que é justamente o problema. O problema na MB é muito mais na gestão das ideias e recursos que na FAB, eles estão errantes na tomada de decisões. Vamos aos pontos que… Read more »

Márcio Cesar
Visitante
Márcio Cesar

Não dá para ter tantos projetos. Não temos dinheiro e pessoal para tantas empreitadas. Escolher no máximo 2 projetos e abandonar o resto. Por exemplo, focar:
– KC-390
– Grippen

Rogerio
Visitante
Rogerio

Entendo que não podemos ficar sem os programas gripes, KC 390 e AMX.

Argolo
Visitante
Argolo

Estou estreando nos comentários aqui e apesar do pouco entendimento na área de pessoal das forças sempre ouvi o comentário de que pilotos de caças ganham menos que assessor de elevador do senado. Em todo caso, creio que a conta deles é a que menos pesa, já que todo o país está sofrendo com a crise e não apenas elas. Abrçs

Ferreras
Visitante
Ferreras

A publicação “Mudar ou Lapidar” do comandante Saito é uma excelente base para discussão/aplicação.

http://www.aereo.jor.br/2014/01/25/mudar-ou-lapidar/

Arnaldo Rocha
Visitante
Arnaldo Rocha

Reforma dos F5 ex-Jordânia devem proceguir, necessitamos deles e a reforma é de baixo custo. Devemos inclusive comprar aqueles cento e poucos F5 que a Arábia Saudita colocou a venda, reformar os sessenta melhores e o restante servir de fonte de peças, como já disse, a reforma é barata, mantemos a Embraer ocupada e teremos caças para conversão a baixo custo. Reforma dos AMX nao faz sentido, pois teremos os Gripen NG. O KC-390 é essencial, não deve ser atrasado em hipótese alguma. C95, já deveriam estar aposentados. HX-BR começamos, agora devemos cumprir. KCX(767), essencial, não deve ser mais atrasado.… Read more »

Vinícius
Visitante
Vinícius

Desativa Afonsos, Florianópolis, Canoas e Fortaleza. Desativa o 3/8 (já tem helis na BAENSPA). Coloca o MUSAL no PAMA-SP. Junta todo COMGAP (Dirmab, PAMA, PAMB, CELOG) em Anápolis. Manda o DECEA para São José dos Campos. Exige o repasse do programa de foguetes para AEB, ficando só com as pesquisa em inercial e velocidade supersônica por parte dos institutos DCTA, Além disso, para ter coerência ou facilitar o entendimento da FAB pelos leigos: – Leva os esquadrões de BAFL e BACO para BASM. – A BAFZ já está sem aviões e estão querendo transformar em HUB da TAM. – Junta… Read more »

Ferreras
Visitante
Ferreras

Trechos do “Mudar ou Lapidar” ” Retirar o Esquadrão Rumba da Base Aérea de Fortaleza (BAFZ) para Natal foi interpretado por vezes como uma grande lástima, pelos mais diversos motivos, muitos desprovidos de informações precisas. Contudo, quando analisamos claramente os fatores envolvidos, vemos que esta foi uma decisão não apenas lógica, mas tão necessária que até lamentamos não ter sido tomada anteriormente. …. Surpreende, contudo, a reação. A mudança do Rumba para Natal movimentou pouco mais de cem militares de um efetivo de mais de mil que ainda atuam na BAFZ, onde permanece a manutenção dos Bandeirantes. Mas a simples… Read more »

Delmo Almeida
Visitante
Delmo Almeida

Me prendi ao nível material, mas concordo com as demais colocações que dizem respeito aos quadros das forças. Reforma da previdência, para ser calculada não mais como orçamento da defesa. E outra: por que tantos oficias-generais??? Generais não lutam!!! Todos os milicos aqui partem do pressuposto que vão se tornar oficiais-generais, mas isso não torna uma força eficiente! Eles precisam ter iguais condições de chegarem às patentes mais altas, mas as promoções devem servir para atender às necessidades das forças, não aos anseios das pessoas.

Marcelo
Visitante
Marcelo

Vinícius 4 de agosto de 2015 at 15:56 #

Gostei de colocar o MUSAL no PAMA-SP !

Vinícius
Visitante
Vinícius

Faltou dizer:

– vende H-34, VU-55 e VC-1.
– desativa ou vende VU-9;
– desativa H-1H;

– contrata alguma empresa para fornecer horas de voo do C-95, C-97 e C-99, para acabar logo com essas aeronaves até 2020, deixando o C-99 como fonte de peças de reposição; enquanto ele operar, ver se é realmente imprescindível ter um esquadrão como esse na BAGL, podendo juntá-los ao VC-99 lá da BABR;

– prossegue com KC-390 e F-39E/F;
– cancela o H-36, A-1M e C-95M;
– leva em ritmo lento o F-5EM, E-99M, H-36A, KC-767 e P-95M.

Pedro
Visitante
Pedro

Pessoal boa tarde
Realmente o cenário não é bom. Pergunto . O kc 390 não poderia ser usado como avião tanque ? Precisamos mesmo destes três 767s ? Falo isso pq lendo outros post aqui no site um dos comentários era q os kc130s não era apropriado para fazer revo por causa da sua velocidade muito baixa em relação aos caças , mas o kc 390 voa bem mais rápido do que os Hércules , então não daria pra fazer revo com os 390???
Abraço

Tiago Jeronimo Lopes
Visitante
Tiago Jeronimo Lopes

A solução pro nosso povo eu vou dar.
Negócio bom assim ninguém nunca viu,
Tá tudo pronto aqui é só vir pegar:
A solução é alugar o Brasil!

Sonhador
Visitante
Sonhador

Sempre fui um sonhador e um dos meus maiores sonhos é ver o “nosso Brasil” com suas Forças Armadas bem equipadas (muitos e modernos) e bem treinadas, portanto, um Brasil “forte e poderoso”. Diante desse miserê financeiro que vive o Brasil e numa escala maior a FAB, MB e EB, creio que o patriotismo responbsável dos nossos generais, com nossas forças de defesa. bem exercido; sem apenas balançar a cabeça concordando ou discordando dos comandantes de oportunidades, que de nada sabem, mas fazem acontecer. Na FAB, deve ser mantidos 1- Programa KC-390,, 2 – Programa Gripen NG-BR, 3 – Progframa… Read more »

Nadim Chaachaa
Visitante
Nadim Chaachaa

Srs., Porque o MUSAL no PAMA-SP?! O MUSAL é carioca. Querem racionalizar e diminuir custos? Que se faça uma parceria com bancos, empresas de aviação, o que for, para que possam através da Lei Rouanet não só manter mas também construir uma nova estrutura mais próxima e de mais fácil acesso. Uma cidade como o Rio com tamanha vocação turística não pode manter escondido acervo tão rico. Não sei se a Barra da Tijuca ainda teria espaço para acomodar essa idéia… Idéia louca…desativar o Santos-Dumont e transformar aquela área no MUSAL. Aproveitaria aquela área como um parque aeronáutico com a… Read more »

Marcelo Pamplona
Visitante
Member
Marcelo Pamplona

Além das excelentes contribuições já postadas acima pelos colegas, gostaria de ofertar algumas mais: – Limitar o GTE às aeronaves de uso presidencial. Se qualquer outra figura política quiser ir viajar para suas bases eleitorais (a serviço ou não), que o faça em vôo comercial. A FAB não é companhia aérea, não é esta a sua função; – Manter os programas do KC-390, Gripen (insistir, persistir e não desisitir de mais dois lotes adicionais) com seus sistemas de armamentos e o KC-767, o resto deve ser limado (qualquer contribuinte com o mínimo de percepção do quadro não está afim de… Read more »

Vladmir Avellar
Visitante

No meu entendimento, a análise se resume no seguinte:
A) Gripen NG + armamentos: prioridade total, pois são caças interceptadores e multifunções de alta importância;
B) Tiger F5M: já há um razoável número de caças modernizados, portanto protelaríamos a modernização dos restantes;
C) AMX-M: são mais novos que os F5. E, inicialmente, poderíamos investir na modernização da metade da frota, pelo menos;
D) KC767: esquecer por uns tempos;
E) KC-390: são de prioridade total, pela sua modernidade e versatilidade, podendo cumprir as tarefas de reabastecimento REVO também;
F) HX-BR: seria ótimo tê-los! Mas, deveríamos protelar também.

Nadim Chaachaa
Visitante
Nadim Chaachaa

Desculpem,
Só complementando, a idéia é sim privatizar o MUSAL.
Aquele acervo não é da FAB, é da Nação, comprado com os impostos pagos pelo povo. A FAB não pode continuar escondendo aquele acervo simplesmente por ciumes.
A falta de recursos vai acabar atingindo, se é que já não está, o MUSAL e, Deus me livre mas nesse país já não duvido de nada, acabaremos vendo o MUSAL ter o mesmo destino que o museu de Bebedouro.

Cordialmente,

Nadim Chaachaa.

Celso
Visitante

Naquilo q me concerne ou seja, algum conhecimento sobre o funcionamento da FAB, so vou por lenha na fogueira……..Leiam atentamente o que comentou o prezado Ferreras……..O assunto para ser bem debatido c sugestoes comeca bem pelo inicio e ali no comentario estao as bases para o inicio de algumas sugestoes e tem tudo a ver com GESTAO. Sds

Celso
Visitante

So mais uma coisa…..como todo orgao publico ou das FAs, muitas siglas, muito cacique, muito desperdicio na administracao , muito projeto e pouco resultado e nada termina ao tempo certo (mais aditivos e prejuizos)…..enfim, parece q ninguem esta pisando em terra firme…c raras excecoes estao voando mesmo (desculpe o trocadilho rsrs).

CESAR
Visitante
CESAR

Deveram manter todos os programas militar pois o BRSASIL e um pais muito RICO em arrecadação , os impostos Brasileiros são um dos mais altos , dinheiro tem mais infelizmente muito mal aplicado e por culpada corrupção e por não chegar ao seu destino , ENQUANTO TIVER ESSA CORRUPÇÃO não adianta fazer cortes pois sempre vai esse gargalo(desvio de verba). O que adianta fazer corte hoje pois amanha (digo em um futuro próximo) vai ter que voltar a fazer outro corte ,se o BRASIL não resolver essa CORRUPÇÃO, vai continuar e acada vez mais vai piorar e sucatear as FORÇAS… Read more »

Victor Moraes
Visitante
Victor Moraes

Vergonha? As forças deveria criar um “fundo dos patriotas” para pessoas que desejassem dar dinheiro para as forças, deixar herança para as forças, ou até mesmo, como voluntários para serviços para as forças. Alguém poderia dizer que isto é vergonhoso, mas mais vergonhoso é não ter dinheiro para alimentar soldados ou para comprar munição para fazer treinamento. Um dinheiro que poderá ser administrado por civis ou por militares da reserva. E, politicamente, pode ser usado para pressionar o governo a fazer investimentos, uma vez que será um desgaste político para o governo ( seja qual for o presidente) ter as… Read more »

Celso
Visitante

Nadin….com todo respeito …a FAB nao tem bairrismo e todo o acervo la existente ate hoje, foi conquistado c o suor de todos os brasileiros….portanto , nao importa onde ou pra onde possa ir, o q importa eh q todos nos possamos visita-lo e aprecia-lo. Infelizmene hoje o campo dos afonsos nao tem mais estrutura adequada, quer para o acervo, quer para visitas , quer por falta de infraestrutura (self service, cafe, ou o quer q seja), o aceeso eh complicado e o horario eh de doer……..Enfim, ate nisso falta profissionalismo a FAB para obter algum ganho de imagem e… Read more »

Celso
Visitante

Nadin….OK..eh isso mesmo….acabei de ler seu ultimo comentario…rsrsrs vc foi mais rapido no gatilho..rsrsrs privatizar o acervo do Musal….otima ideia…mas quem vai ou viria a assumir isso hoje….TAM,TAM,TAM….rsrsrsrsr…se vc ja vistou o museu asas de um sonho aqui em Sao Carlos, percebeu a estrutura criada e q ainda pode ser ampliada…tem tudo o q no afonsos nao tem….eh incrivel e imperdivel para quem gosta de aviacao….. Sds

Elden
Visitante
Elden

Todos esses programas são muito importantes, e creio que não deveriam ser cancelados, e ainda são muito poucos para satisfazer as necessidades básicas da força. Creio que a nossa nação está vulnerável tanto por ameaças externas quanto internas, e é inadmissível que um pais como o Brasil acredite que nada poderá acontecer em um futuro próximo ou não. (não dá para confiar em ninguém) tudo pode mudar de uma hora para outra, a história da humanidade nos adverte sobre isso com muitos exemplos. Ninguém é o dono da verdade e do poder, mas posso afirmar que um pais prevenido vale… Read more »

DANIEL FILHO
Visitante
DANIEL FILHO

Desativaria as seguintes bases: BACO: Centralizaria a caça, ataque, ETA e 5/8 em um só local (BASM) livre de aeroporto comercial. BAFL: fim BARF: desativaria, transferindo para a BAAN o 1º/6º Gav, ficando lado a lado do 2º/6º Gav sendo esta unidade de progressão operacional. BAGL: liberava o aeroporto e mandaria tudo para BAAF, reduzindo custos fixos de manutenção de base e tirando do Centro da cidade (mais próximo) a operação de base lá, possibilizando aumento do Aeroporto do GAleao se for o caso. 1º/1º GT para BAAF. GTT para Anapólis (Operações especiais do Exército está em Goiânia), bem como… Read more »

Nadim Chaachaa
Visitante
Nadim Chaachaa

Olá sr. Celso, Concordo com tudo que o sr. disse a respeito do MUSAL mas também já li que estão desenvolvendo um projeto para um museu em São Paulo e que parte do acervo desse museu sairia do museu da…da…TAM,TAM,TAM…TAM…que viria a fechar. Logo, parece que o museu asas de um sonho vai virar lembrança… Agora seja franco sr. Celso, sabendo disso o sr. não sente um friozinho no estômago da mesma forma que eu quando vejo que tem pessoas dando idéia de levar o MUSAL para São Paulo…? A verdade é que pobre é o povo que tem de… Read more »

Giovanni
Visitante
Giovanni

Não sou militar (e nunca fui, mas queria ter sido), sou apenas um leitor do site e que já sonhou em ingressar, talvez até pilotar um caça. Acho que o que escreverei nem deve ter tanta função (até mesmo pela carga de conhecimento), mas tentarei postar aqui o que creio ser um meio termo entre Forças Armadas e civis. KC-390 e Gripen-NG devem continuar com seus investimentos (gostaria até que fossem ampliados). F-5 e AMX já são caças que penam em desempenho, frente aos grandes. Chile possui F16, Bolivia/Venezuela (se não me engano) possuem Sukhois e Migs mais avançados que… Read more »

Daniel
Visitante
Daniel

Reforma urgente do sistema de pensão militar, maior comedor de verbas da pasta. Enquanto 80% do orçamento servir apenas para bancar salários, nada mudará ou sairá do lugar.

Predator
Visitante
Predator

Orçamento…Orçamento…Orçamento… e mais Orçamento…

E que a Aeronáutica priorize a Defesa do Espaço Aéreo e o Resgate de pessoas.

Transporte pode ficar com o Exército e o mar é para os marinheiros.

E claro que não esquecer do Programa de Mísseis.

Bille
Visitante
Bille

Privatiza.

Com o custo da máquina e a realocação impossível, privatiza. Nem uma linha CAN tem previsibilidade, aciona-se avião pra qualquer coisa sem aviso, rasga-se madrugada com avião em pane sem necessidade.

Privatiza, vão demitir uns 40%, pagar salário pela especialização e não pelo posto, aí vai funcionar.

Nadim Chaachaa
Visitante
Nadim Chaachaa

Prezados,

KC-390 (prioridade)
Gripen NG-BR (prioridade)
Não dar continuidade a modernização de qualquer F-5
Modernizar apenas os AMX treinadores que passariam a atuar como LIFTS, sendo as células restantes usadas como peças de reposição
Cancelar a modernização de C-95
Postergar sem previsão a compra dos KC767. O revo seria mantido pelos atuais KC130 e futuramente pelos KC390.
O transporte de tropas para as forças da ONU e Presidencial, contratação de aeronaves junto a empresas privadas.
HX-BR, infelizmente manter, em ritmo lento se possível.

Cordialmente,

Nadim.

Alex
Visitante
Alex

Continuar:
KC390
Gripen NG
Modernizar os F5

Nadim Chaachaa
Visitante
Nadim Chaachaa

Desculpem,

GTE apenas para o transporte Presidencial mas, é claro, aí estamos falando de outro país…

Cordialmente,

Nadim.

Vinícius
Visitante
Vinícius

Caro, Nadim Chaachaa Concordo em gênero, grau e número com a ida do MUSAL para o Santos Dumond. O problema, a meu ver, é conseguir suficiente apoio político para isso. Ficaria o máximo o Museu Naval e o MUSAL próximos. Estranho é essa ideia não ter sido levantada no projeto de revitalização da área central do Rio. Tiraram até a horrorosa Perimetral; Já a ideia de São Paulo (Marte) que aventei é na verdade uma especulação feita pelo autor da reportagem sobre o Campo de Marte para a Revista ASAS. De resto, só quero reiterar meu pavor ao preço pago… Read more »

Baxky
Visitante
Baxky

Com certeza deve-se priorizar o projeto do KC-390. Depois modernizar as aeronaves F-5 e AMX, depois; GRIPEN NG
KC-X2, HX-BR.

Sacco, Ricardo
Visitante
Sacco, Ricardo

Se formos sinceros e pensarmos nas ações que as forças armadas já realizam no país hoje e não na possibilidade incerta de um conflito armado, que se encontra cada vez mais distante de ocorrer, o programa de compra dos EC725 é prioritário e deveria mesmo ser adiantado em detrimento da modernização dos A1 ou dos F5M/jordanianos, por exemplo. É conjectura, pois, afinal, a origem do dinheiro de um é distinta da do outro. Outro projeto que se coaduna com a premissa de atuação acima é a do KC390. Aliás, nesse sentido, fiquei surpreso que algum projeto de atualização dos C95… Read more »

Juarez
Visitante
Juarez

O Câncer da FAB é o mesmo da MB, só não está em estado tão terminal quanto o dos marineiros: Açoes: Qual é a missão? De que meios necessitamos pra cumpri-la? Quais os recursos necessários para adquirir manter e operar tais meios.? De onde sairão estes recursos? Ações imediatas, independente das definições acima: Fechar as seguintes OMs: BACO BAFL BAST BAAF BAGL BAFZ BARF BAGR Tornar as base aéreas de Salvador e de Belém parceiras de operação com a Marinha. Extinguir os seguintes esquadrões: Todos os ETAS. 1º GTT 1º do 2º GT 2º do 8º 1º do 8º 1º… Read more »

Romulo A.
Visitante
Romulo A.

Gostaria de deixar apenas uma questão que deveria ser discutida entre todos os brasileiros, e também por nos que somos observadores e críticos das ações do governo. Gente não sou nenhum especialista sou um mero observador,mas nos os brasileiros temos orgulho de dizer que somos uma das . Enações mais ricas a sudo globo ,sabemos no entanto que estamos entre os países que mais arrecadam impostos no mundo, ou seja é o Brasil crescendo as custas do suor do seu povo e não graças a indústria ou graças a agricultura movimentando a maquina econômica nacional Então partindo desse seguinte principio… Read more »

Juarez
Visitante
Juarez

Errata: Aonde se lê BAGR, leia-se BAGL.

Grande abraço

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Claro que um museu de aeronaves é interessante, mas não deve ser prioridade da FAB, que deveria vender as aeronaves ou montar uma fundação com elas, para tirar esse gasto do seu orçamento. Deveria transferir o PAMA-SP para algum lugar com o custo de vida mais baixo e mais longe do litoral e alienar suas instalações para a iniciativa privada, reforçando seu caixa. É simplesmente ridículo o PAMA-SP não tem nem pista suficiente para o pouso de aeronaves. E deveria fazer o mesmo com a base de Santos, Florianópolis e Canoas. Certamente há interessados nesses locais, talvez à exceção de… Read more »

Romulo A.
Visitante
Romulo A.

Desculpem os erros na digitação mas estou digitando de um celular e deu bug na correção na hora de enviar a postagem.

Arion
Visitante
Arion

Boa noite amigos
Se querem Forças Armadas somente para desfile que fique assim mesmo mas agora se quiserem uma Força Armada digna de um país do tamanho do nosso mãos a obra.
Precisamos de todos os projetos aqui propostos sem nenhum corte na nossa Força Aérea.
Se tem algum corte a se fazer na Força Aérea Brasileira que seja no G T E pois e o único esquadrão que não tem miséria, não tem falta de combustíveis, não tem restrições de voo, não tem hora e nem local.
Ou somos uma força Aérea ou somos uma companhia aérea. Ai vai a dica
Abraço a todos.

nadison
Visitante
nadison

isso nao er justo pq a robaleira vem de la do governo oq as forcas armadas a FAB tem a ver
quanto q foi roubado la da Petrobras aquilo la dava pra compra uns 200 gripe nosso governo er uma vergonha uma coisa q vai nos servi para nossa defesa isso mostra o quanto q eles se preocupa com agente e o povo ta aceitando isso
so contra esses cortes pra mim deveria investir mais