sexta-feira, janeiro 21, 2022

Gripen para o Brasil

JF-17 para Myanmar?

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

JF-17 - foto Força Aérea Paquistanesa

Informação sobre contrato foi dada por fontes paquistanesas, mas ainda não foi reportada uma confirmação de Myanmar sobre a compra

Segundo notícia publicada no site Want China Times de Taiwan (do grupo China Times News), Myanmar assinou com o Paquistão um contrato para a compra de caças JF-17 Thunder. A informação é creditada a fontes do Ministério da Defesa do Paquistão e a reportagem da semana passada da TV paquistanesa Capital.

A reportagem da TV Capital chegou, segundo o Want China Times, a mencionar interesse de Myanmar em estabelecer uma linha de montagem do caça, com a assistência do Paquistão e daChina (países que desenvolveram conjuntamente a aeronave).

Porém,  o Want China Times informou que a compra ainda não foi confirmada por autoridades de Myanmar. O Paquistão tem feito grandes esforços para vender o caça para Myanmar e outros países como Nigéria, Bangladesh e Tajiquistão, embora nenhum deles tenha tomado uma decisão até o momento.

FOTO (em caráter meramente ilustrativo): Força Aérea Paquistanesa

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

4 Comments

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Blackhawk

Não creio nisso, há poucas semanas atrás li em algum lugar que os dois países (China e Myanmar) têm uma certa rusga por causa de um conflito em uma zona fronteiriça, frequentemente alvo de bombardeios por parte de Myanmar..
Aos entendidos em geopolítica, essa informação procede?

Marcelo

Blackhawk 27 de março de 2015 at 13:41 #

sim, também li sobre isso. Inclusive a China deslocou caças F-7 (Mig-21) para a fronteira com Myanmar…se eles comprarem FC-17 vão ter que deslocar J-10s…

Claudio Moreno

Me parece senhores que o problema com Myanmar era sobre grupos separatistas que fizeram fogos contra solo chinês.

A China disse na oportunidade que teria condições de defesnder a estabilidade da fronteira. O problema não é entre China e o governo central de Myanmar.

Mas falando sobre o FC-17/FJ-17, o caça parece que vai ser a contra partida do F-5 para quem tem limitação orçamentaria.

Espero ansioso que os argentinos o comprem para vermos de perto seu potencial sem a cortina de fumaça chinesa…

CM

Mauricio R.

Últimas Notícias

Argentina também negocia a compra de caças F-16 da Dinamarca

Segundo o site argentino Pucara.org, as Forças Aéreas da Argentina e da Colômbia estão analisando ofertas para aeronaves Lockheed...
- Advertisement -
- Advertisement -