Home Operações Aéreas Ataque aéreo francês destrói veículo suicida do Estado Islâmico

Ataque aéreo francês destrói veículo suicida do Estado Islâmico

441
3

Operação Chammal - Mirage 2000D - foto via Min Def França

Na última quinta-feira, 12 de março, o Ministério da Defesa da França divulgou nota sobre as atividades da semana da chamada “Operação Chammal”, que é a parte francesa do apoio aéreo realizado por vários países ao Iraque, em sua luta contra os combatentes do Estado Islâmico (EI, também conhecido como Daech). Segundo a nota, ao longo da semana foram realizadas 57 missões aéreas sobre o Iraque, cendo que seis delas resultaram em ataques nas regiões de  Fallujah, Kirkouk e Mossoul.

Um desses ataques, em especial, permitiu a destruição de um “veículo suicida”. No caso, tratava-se de um caminhão blindado repleto de explosivos, estacionado numa rota em que se pretendia fazê-lo explodir quando da passagem de forças de segurança iraquianas, conforme foi divulgado na nota do ministério.

Operação Chammal - Mirage 2000D e bomba guiada - foto via Min Def França

Atualmente, a Operação Chammal mobiliza 3.000 militares franceses, e desde 19 de setembro atende a uma demanda do governo iraquiano. O dispositivo compreende hoje doze aviões de caça da Força Aérea Francesa (seis Rafale que operam a partir dos Emirados Árabes Unidos e seis Mirage 2000D que operam a partir da Jordânia), um avião de reabastecimento em voo C-135FR e um avião de patrulha marítima Atlantique 2, da Marinha Francesa. Também desta última fazem parte o grupo aeronaval embarcado no porta-aviões francês Charles de Gaulle, composto principalmente por 12 caças Rafale M (Marine – versão naval) e 9 jatos Super Etendard Modernisée, assim como um avião de alerta aéreo avançado E2C Hawkeye.

Operação Chammal - Mirage 2000D e pod - foto via Min Def França

FONTE / FOTOS: Ministério da Defesa da França (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em francês)

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
KojakFernando "Nunão" De MartiniEdgar Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Edgar
Admin
Member

Por acaso ainda são os Mirages que seguram o piano do ataque aéreo do Exército do Ar? Caso sim, qual seria a razão mais lógica: custos, confiabilidade ou doutrina?

Kojak
Visitante
Member
Kojak

Super Etendard Modernisée

Gostaria que atuassem e postassem imagens estáticas e em operação plena.

Esse Senhor merece essa homenagem.

E ai Ministério da Defesa da França ?