sábado, outubro 16, 2021

Gripen para o Brasil

Japan Airlines adicionará até 27 E-Jets à sua frota

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

E-170 e E-190 nas cores da J-AIR da JAL - imagem Embraer

Em nota divulgada nesta quinta-feira, 28 de agosto, a Embraer S.A. informou sobre a assinatura de contrato com a Japan Airlines (JAL) para um pedido firme de 15 E-Jets, compreendendo os modelos E170 e E190, além de doze aeronaves adicionais da família de E-Jets. O valor do pedido firme é de USD 677 milhões, com base no preço de lista de 2014. A encomenda será incluída na carteira de pedidos firmes (backlog) da Embraer do terceiro trimestre de 2014. Todas as aeronaves serão operadas pela J-Air, subsidiária integral da Japan Airlines que tem sua sede no aeroporto de Itami, em Osaka. Este pedido se soma aos 15 jatos E170 que a companhia aérea voa atualmente. As entregas dos novos E-Jets estão previstas para começar em 2015.

“Estamos operando nossos E-Jets por cinco anos e os aviões atingiram uma excelente taxa de disponibilidade, de 99,7%. São eficientes e têm apresentado um desempenho excepcional”, disse Yoshiharu Ueki, Diretor-Presidente da Japan Airlines. “Ter a combinação do E170 e do E190 na nossa frota nos dará grande flexibilidade, permitindo-nos adequar a capacidade à demanda tanto nas atuais rotas da nossa rede quanto nas futuras. Nossos passageiros ficaram impressionados com o espaço e o conforto a bordo do E170. Eles valorizam o fato de que não há nenhum assento do meio.”E-170 nas cores da J-AIR da JAL - imagem Embraer
“Este pedido adicional da Japan Airlines é uma afirmação do valor agregado que os E-Jets têm trazido às operações desta empresa aérea ao longo dos anos – permitindo à companhia o crescimento da sua rede doméstica de uma forma sustentável”, disse Paulo Cesar Silva, Presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial. “Os E-Jets têm um histórico global comprovado e esperamos confiantes pela estreia operacional do E190 no Japão. É uma reafirmação do conceito de família ver o E190 complementando a frota de E170 também no Japão, aprimorando as operações da J-Air e proporcionando uma experiência sem igual a todos os seus passageiros em toda sua rede. A companhia aérea também se beneficiará do elevado nível de comunalidade entre os dois tipos de E-Jets.”A J-Air opera atualmente 176 voos diários em toda a sua rede, que alcança 21 cidades incluindo Osaka-Itami, Sapporo, Sendai, Kagoshima, Miyazaki e Fukuoka.

E-190 nas cores da J-AIR da JAL - recorte imagem Embraer

Sobre a Japan Airlines (JAL)

A JAL, Japan Airlines Co., Ltd. (www.jal.com), por meio de suas seis subsidiárias, voa atualmente 15 jatos E170 em rotas domésticas, operando a partir de quatro aeroportos centrais. A reestruturação recente, implementada devido à disparada dos custos de combustível, está fortalecendo e reorientando as operações do Grupo no Japão e em toda a Ásia.

DIVULGAÇÃO / IMAGEM: Embraer

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

22 Comments

Subscribe
Notify of
guest
22 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Fernando

Excelente…

“Estamos operando nossos E-Jets por cinco anos e os aviões atingiram uma excelente taxa de disponibilidade, de 99,7%. São eficientes e têm apresentado um desempenho excepcional”, disse Yoshiharu Ueki, Diretor-Presidente da Japan Airlines.

Marcos

Interessante é que as empresas não estão esperando pelos E2, estão partindo direto pelos E-Jets.

Enquanto isso, os E2 que ainda sequer voaram, já tem pedidos firmes de 250 unidades. Se colocarem ai as opções…

rommelqe

Parabéns à Embraer. Pelo menos no Japão eles reconhecem excelência em seus produtos, o que é uma quase unanimidade aqui na trilogia…..

Mauricio R.

Então a notícia tb menciona a intenção, de adquirirem 32 MRJ.

“Japan Airlines (JAL) has placed a firm order for 15 Embraer E-Jets, while also inking a letter of intent with Mitsubishi Aircraft for 32 MRJ regional jets.”

(http://www.flightglobal.com/news/articles/JAL-orders-15-E-Jets-signs-LOI-for-32-MRJs-403100/)

Luiz Fernando

E exatamente por isso esta encomenda dos Ejets é ainda mais significativa. Já era pedra cantada no mercado que por pressão do gov japonês, iriam mudar sua frota inteiramente para os MRJ. Mesmo assim adquiriram mais Ejets, inclusive de um modelo que ainda não operavam, o E190.
E como era esperado, firmaram carta de intenção do Mrj.
É interessante notar que empresas que optaram por encomendas ou invenções dois MRJ, recentemente fecharam contratos com a Embraer para Ejets E2.

Phacsantos

Mauricio R.
29 de agosto de 2014 at 2:39

Ai socorro! Me ajuda que fiquei confuso agora:
Quando são intenções de compra de avião da Embraer então não vale nada!
Quando é de concorrente vale?

Está dando tilt no meu cérebro..seu raciocínio é muito perspicaz pra mim!

Carlos

“Phacsantos
29 de agosto de 2014 at 9:04 #”

“A culpa é dos franceses” !

Carlos

Aliás, ótimo para Embraer e para o Brasil.

Felizmente a produção na área de aviação no Brazil está na contra-mão de muito setores que estão sendo sucateados.

Os “do contra” precisam entender uma coisa:

A trajetória de sucesso da Embraer é irreversível.

Rinaldo Nery

Achei a aeronave muito boa. A operação com HUD é fantástica. Para esse nosso Plano de Aviação Regional cai como uma luva.

Mauricio R.

“Os “do contra” precisam entender uma coisa:”

O estado de direito democrático, me permite ser “do contra”, agora se vc não aceita, então o errado é vc.

Luiz Fernando

Claro que tem o direito de ser do contra… Mas poderia ao menos ser menos “patológico”. A coisa a lógica é assim: Se aparece uma notícia de um tal fabricante “X”: 1- Se for negativa – ampliar, desmoralizar… 2- Se for positiva – procurar algum aspecto negativo e divulgar, ampliar, … 3- Se for inegavelmente positiva, sem nada de negativo… então procurar outra notícia que seja negativa. Exemplos: xxx assinou carta de intenção… – “mas não são encomendas”. xxx assinou contrato de x aviões… – “mas tb fez carta de intenções do concorrente”. xxx venda de xx aviões para yyy… Read more »

Carlos

“Nossa isso é bizarro.”

É e muito !

Carlos

Fora o fato que o cara ai me editou.

A frase completa é:

“Os “do contra” precisam entender uma coisa:

A trajetória de sucesso da Embraer é irreversível.”

Editando leva a um raciocínio, completa a outro.

Típico de _______________

COMENTÁRIO EDITADO
NÃO ROTULE OS DEMAIS COMENTARISTAS PARA NÃO SER ROTULADO. MANTENHA O RESPEITO.

Carlos

Cel. aviador, piloto, piloto de caça, instrutor etc ….

“Rinaldo Nery
30 de agosto de 2014 at 20:41 #

Achei a aeronave muito boa. A operação com HUD é fantástica. Para esse nosso Plano de Aviação Regional cai como uma luva.”

Fico com opinião de primeira, expert no assunto.

O estado de direito democrático, me permite.

Mauricio R.

“Mas poderia ao menos ser menos “patológico”.”

Vc não é nada nem ninguém, p/ censurar quem escreve neste espaço!!!

“Fora o fato que o cara ai me editou.”

A frase citada não foi editada em momento algum.
Assim o __________ é vc, o ____________ que está querendo se passar por vítima.
Cuide do que vc escreve, que do que eu escrevo, cuido eu.

COMENTÁRIO EDITADO
SENHORES, MANTENHAM A CABEÇA FRIA. O COMENTÁRIO OFENSIVO ACABA DE SER VISTO E EDITADO. EVITEM DEVOLVER OFENSAS PARA QUE ESSAS PICUINHAS PESSOAIS NÃO VIREM UMA BOLA DE NEVE.

Rinaldo Nery

Corrigindo uma informação: apesar de ter sido estagiário do JOKER em 87 não concluí o curso.
Sou líder de Esquadrão da Aviação de Ataque, Piloto Instrutor de Reconhecimento e de Controle e Alarme em Vôo.

Luiz Fernando

Parabéns a Embraer, orgulho desta nação. Por ser uma empresa séria, bem administrada, competente e que busca se aprimorar constantemente. Uma empresa que faz a diferença na comunidade onde está inserida. Que toca projetos sociais que são exemplos de resultados e de gestão. Uma empresa ousada e inovadora. Que busca o aprendizado constante e que busca o crescimento e o desenvolvimento tecnológico. Uma empresa que já por vários anos recebe prêmios por estar entre as melhores empresas para se trabalhar. Uma empresa que é referência, aqui e no exterior, de boas práticas de gestão e admirada (as vezes mais lá… Read more »

Mauricio Silva

“Não é qualquer Maurício que argumentos infantis que vão mudar minha visão…”

Pô, eu não tenho nada haver com o “peixe”… :-))))
Brincadeirinha, brincadeirinha só para “aliviar a tensão”.
Boa segundona para todos!
SDS.

Luiz Fernando

Pô Maurício… desculpa aí cara…
Boa segundona.

Phacsantos
Carlos

“Rinaldo Nery
31 de agosto de 2014 at 20:12 #

Corrigindo uma informação: apesar de ter sido estagiário do JOKER em 87 não concluí o curso.
Sou líder de Esquadrão da Aviação de Ataque, Piloto Instrutor de Reconhecimento e de Controle e Alarme em Vôo.”

Uma vez Rei, sempre Majestade.

Saudações

Últimas Notícias

ESPECIAL: A Força Aérea Sueca durante a Guerra Fria

A Força Aérea Sueca (Svenska flygvapnet ou somente flygvapnet) foi criada em 1º de julho de 1926, quando as...
- Advertisement -
- Advertisement -