Home Indústria Aeronáutica Nota da Dassault sobre decisão do F-X2

Nota da Dassault sobre decisão do F-X2

206
32

Rafale - foto F Robineau - Dassault

Por 15 anos, a Dassault Aviation e seus parceiros Snecma (Safran Group) e Thales, agrupados no GIE Rafale Internacional, promoveu no Brasil o Mirage 2000 na concorrência FX e o Rafale na FX2, entusiasmada com o desejo de cooperar no longo prazo com a indústria brasileira, especialmente com a Embraer. Transferências de tecnologias sem restrições e parcerias científicas, técnicas e industriais requisitadas pelo Brasil estavam entre os destaques da oferta do GIE Rafale International, com o apoio de autoridades francesas.

Lamentamos que a escolha tenha sido pelo Gripen, dotado de inúmeros equipamentos originais de terceiros, notadamente americanos. Ele não pertence à mesma categoria que o Rafale: monomotor e mais leve, o Gripen não é equivalente em termos de desempenho e, consequentemente, de preço. A lógica financeira não leva em conta a relação de custo-benefício favorável ao Rafale, ou o nível de tecnologia disponível.

FONTE / FOTO: Dassault (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em francês)

VEJA TAMBÉM:

32
Deixe um comentário

avatar
32 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
24 Comment authors
MarcosCorsario137IvanAntonio MAlmeida Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Galeão Cumbica
Visitante
Galeão Cumbica

Os franceses desceram das tamancas, nada respeitoso falar do Gripen desta forma.

Parecem minha sobrinha chorando, agora não quero mais!

sds
GC

Diegolatm
Visitante
Diegolatm

Porque o Francês adora cutucar as coisas quando perde algo em? Vai logo atacando o vencendor.Porque não fazem igual a Boing 100% cordial com a decisão.

Na verdade isso se chama: Medo da Falência, para a Dassault só resta implorar aos Indianos que continuem ou assinem logo esse contrato caso contrário o Rafale vai se chamar o INVENDÁVEL Rafale…

Até nunca mais Jaca!

_RJ_
Visitante
_RJ_

Tirando a paranóia sobre equipamentos americanos, todo o resto que foi escrito é verdade. Do namoro com a EMBRAER, do Rafale ser de uma categoria superior ao Gripen (inclusive no preço), de necessitar de menos aeronaves para o cumprimento da missão, o que acarreta em uma relação custo/benefício melhor para o Rafale.

Galeão Cumbica
Visitante
Galeão Cumbica

RJ,

por isso que a dassault tambem ganhou na Suiça!

sds
GC

Ozawa
Visitante
Member
Ozawa

Rapaz ! A Dassault Dasseul o nível !

Que falta de elegância. Que lamentasse sua perda é do jogo, mas atacar desse modo o vencedor !

O inconformismo é ínsito ao ser humano…, mas desprestigiar o vencedor com depreciações desse nível é mais que incoformismo, é espírito de emulação…

Que diferença da Boeing…

Galeão Cumbica
Visitante
Galeão Cumbica

Que eles continuem melhores, e que o melhor fique pros franceses!

GC

tiagobap
Visitante
tiagobap

Maus perderes, sem mais.

Vader
Visitante
Member

Classifico essa nota como simplesmente NOJENTA! Asquerosa! Uma nota que confirma que a Dassault é uma empresinha mequetrefe e de quinta categoria. Apenas isso. Ao invés de polidamente falar de sua proposta, passa aos ataques infantis e descabidos ao adversário vencedor, bem como investe na paranóia aintiamericanalha que pontuou seu lobby sujo ao longo de todo o certame. Ora, tenha vergonha na cara, Da. Dassault! Se enxergue oras. Mas se for incapaz disso, ao menos se espelhe na sua concorrente Boeing, igualmente perdedora, que emitiu nota muito mais elegante do que esse LIXO! DELENDA EST DASSAULT! Rezem para os hindús… Read more »

Iväny Junior
Visitante
Member
Iväny Junior

Ui.

Guizmo
Visitante
Member
Guizmo

Como diria Sandra Annenberg: “Que Deselegante”

Yluss
Visitante
Member
Yluss

Que lamentável ler uma nota dessas, especialmente se comparada a nota da Boeing, outra perdedora, fica muito feio registrar isso nem que fosse pra um amigo, muito mais feio e lamentável por ser uma nota oficial.

Vão com Deus! o/

juarezmartinez
Visitante
Member
juarezmartinez

Bando de sem vergonhas, patetas, ladrões, corruptors, safados, sujos..

Tô rindo a toa e como dizem aqueles membros da forunslãndia esquerdopata raivosa:

toma toma toma toma toma………

Jeuizzzzzzzzzzzzzzzzz e seu discípulo terráqueo, Gigi avisaram que vocês comunas infiéis e descrentes veriam a espada todo poderoso e sifu……

Grande abraço

Santana Denis
Visitante
Member
Santana Denis

Hum, vocês não viram nada, agora que os SUBMARINOS emperram. Uma pergunta, será que daqui uns 4 anos eles voltarão a fabricar Mirages? kkk… .

Iväny Junior
Visitante
Member
Iväny Junior

Os Gripens são “tão ruins” que existem oficiais da força aérea do Canadá que defendem sua aquisição ao invés do f-35. E falam sobre isso abertamente, exaltando as qualidades do sueco, bem como, exaltando que ele é bastante similar ao Typhoon, os quais, também consideram o melhor avião de caça do mundo e foi entravado na limitada transferencia de tecnologia e no preço. O Gripen derrotou Typhoon austríaco em exercícios europeus, coisa que o rafale jamais sonhou em fazer. Se estão revoltados porque molharam as mãos de alguns lobistas que prometeram mundos (e logo depois, colocaram nos fundos franceses) que… Read more »

Tadeu Mendes
Visitante
Member
Tadeu Mendes

A Dassault se ferrou…..I love it.

Alem de infantil, deselegante, invejosa, tambem e venenosa.

Comparar a Boeing com a Dassault…..???

A Boeing e uma empresa decente, nada mais nada menos que a maior empresa de defesa do mundo.

A Boeing produz em quantidade, produz com qualidade e com seriedade.

Nao venceu o melhor (Os Super Hornets), mas o pior tambem perdeu (Rafales).

Os franceses vao ter que se contentar com seu vinho e uma bisnaga de pao….porque a Dassault vai acabar falindo. .

.

rommelqe
Visitante
Member
rommelqe

Eles são assim mesmo. Infelizmente.
Essa nota ridícula faz jus ao tratamento que eles nos dispensaram. Fico pensando nas dezenas de anos perdidos pela FAB para tentar colocar, em vão, dentadura nos Mirage…
Cé la vie, monsier. CHUPÉ….

Colombelli
Visitante
Member
Colombelli

Acabaram falando de cabeça quente e falando o que não deviam. Erro crasso para uma empresa deste porte. Amadorismo.

Se continuarem com esta arrogância em breve quebram.

Agora eles podem ir se queixar pro lobbysta deles por aqui, o semianalfabeto e semi-idiota.

Iväny Junior
Visitante
Member
Iväny Junior

Caro Tadeu Mendes

Sobre uma das matérias que falei anteriormente, o Gripen NG está sendo defendido para substituir justamente o F/A-18 Super Hornet e o Legacy Hornet no Canadá. Portanto eu não entendo porque o Boeing é melhor que o Saab. O Gripen dispõe de uma pequena assinatura de radar, ótimos sistemas (o NG virá com radar SELEX AESA, compatível com os mísseis METEOR e todos os armamentos padrão OTAN), bem como, uma ótima performance.

Aqui segue o link.
http://blogs.ottawacitizen.com/2013/01/07/why-canada-should-buy-the-saab-jas39-gripen-e-next-generation-fighter/

Grifo
Visitante
Grifo

Senhores, uma pena que a elegãncia sempre demonstrada pelo Justin Case não seja compartilhada pela autores desta nota.

Daqui a pouco parte o Air France para Paris, au revoir Dassault e levem o Jobim com vocês.

Nick
Visitante
Member
Nick

O choro é livre. 🙂

[]’s

Mayuan
Visitante
Mayuan

Não se trata de uma questão de elegância e sim de defesa de seus produtos. Ao contrário do Gripen, que é e continuará sendo vendido, o único lugar onde o Rafale emplacou (se é que o contrato não será abatido antes de alçar vôo) é na Índia. Os franceses, assim como os americanos, estão de olho no futuro e na tentativa de defender seus produtos. Pena (pra eles) que não tenham a mesma competência dos americanos e que, por isso, tenham que apelar para denegrir o adversário na fútil tentativa de promover seu produto. Não é por acaso que a… Read more »

Santana Denis
Visitante
Member
Santana Denis

Não deixem de assistir esse vídeo, um simulador bem interessante. Dog Fight Gripen NG vs Rafale.

http://www.youtube.com/watch?v=LPjOPIUFeQk

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

E Le Jaca fez poof!!!

Pena que não foi bem em cima, da Embraer…

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Querem apostar ?

A ÍNDIA vai reavaliar as propostas reabrindo-as.

Eu tenho convicção que o Rafale não vai emplacar essa.

Colegas se isso acontecer o Hollande cai, da-lhe eleições antecipadas na França.

Mencionaram o PROSUB, vamos debater isso no Forum adequado, mas que já tá dando “problemis” tá ….

http://www.naval.com.br/blog/

Almeida
Visitante
Member
Almeida

Esta nota simplesmente demonstra o interesse da Dassault no Brasil: vender caças encalhados à preços altíssimos e mais nada. Não tem UMA frase reafirmando as parcerias que eles supostamente queriam fazer por aqui.

Diferentemente da Boeing, que mesmo perdendo, não desclassificou o concorrente e, PRINCIPALMENTE, a escolha da FAB. E além disso reafirmou todas suas parcerias logo após o anúncio.

Chora lobbysta! Chora enquanto parceiros de verdade escrevem o futuro!

Almeida
Visitante
Member
Almeida

“Ele não pertence à mesma categoria que o Rafale: monomotor e mais leve, o Gripen não é equivalente em termos de desempenho e, consequentemente, de preço.”

Realmente! Mesmo custando a metade para adquirir e operar, outra classe de preços e custos, o Gripen também está em outra categoria de performance: a dos caças que voam a mach 2 e super cruzeiro mach 1.1 com armamento ar-ar, coisa que o Rafale não faz!

CHORA DASSAULT!

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Ah ia me esquecendo, manifestei-me inúmeras vezes
contra esse vetor por todas as implicações amplamente descritas neste site por quase todos debatedores.
Além de serem arrogantes e mal educados, pois é na perda que se revela a elegância nos negócios e na vida.

Vão desenvolver MIRAGE G5 e mudem o eixo de sua postura ou vão ficar bem para trás, como já foi dito neste site vocês estão acostumados a “comprar contratos” e cobrar até pela arruela no pós venda.

A CAZARINA DOS HANGARES, NUNCA MAIS.

Antonio M
Visitante
Member
Antonio M

Por que nenhum francófilo, anti-tiosam e congêneres não aparecem para comentar e apoiar a nota da Dassault? Está difícil né?!?!?!

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Novamente uma grosseria oficial da Dassault. Com a Suíça foi assim, quando a Schweizer Luftwaffe escolheu o Gripen E, lembrando que esta foi cliente da Dassault, operando o Mirage III de 1964 a 2002. De certa forma se repete com a Força Aérea Brasileira, também cliente da Dassault, tendo operado Mirage IIIE e Mirage 2000. Esta atititude corporativa prejudica futuras questões comerciais, bem como a imagem da Dassault. Declarações visivelmente emocionais e até mesmo rancorosas denigrem o nome criado pelo gênio Marcel, aumentando as suspeitas sobre o equilíbrio da atual gestão da companhia. Em um momento como este, cabe ressaltar… Read more »

Corsario137
Visitante
Corsario137

Uma palavra define: ADEUS!

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Agora o GF e a Marinha vão sentir os amigos franceses. Vão ver a má vontade de algo que já não vinha bem, piorar!

Marcos
Visitante
Member
Marcos

O ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian, tentou minimizar a decepção com a vitória da Suécia na licitação internacional go governo brasileiro para a compra de 36 aviões de caça à Força Aérea Brasileira (FAB). Le Drian disse hoje que o Brasil não era o alvo prioritário e que a França espera conseguir vender os Rafale para a Índia e países do Golfo. A fabricante francesa Dassault sentiu o golpe na abertura do pregão da Bolsa de Valores de Paris, na manhã desta quinta-feira. As ações da empresa caíram 5% nas primeiras trocas do pregão. Na Suécia em compensação,… Read more »