sábado, maio 15, 2021

Gripen para o Brasil

F-X2: caças suecos são melhor opção para o Brasil, afirma senador Agripino

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Gripen NG Demo decolando de Malmen - 4

vinheta-clipping-aereoApós visita à Suécia na semana passada para conhecer o caça Gripen NG, da empresa Saab, um dos concorrentes que tentam fechar um contrato com o governo brasileiro com o objetivo de reequipar as Forças Armadas, o senador José Agripino (DEM-RN) disse nesta sexta-feira (13) que aquele país está mais apto que os Estados Unidos e a França para atender a demanda brasileira pela compra de 36 caças.

O parlamentar viajou ao país escandinavo a convite do governo sueco em uma comitiva formada por parlamentares integrantes das Comissões de Relações Exteriores da Câmara e do Senado. O grupo vai elaborar um relatório que será enviado à presidente Dilma Rousseff, a quem caberá a decisão final sobre a compra.

Para Agripino, o avião sueco é o ideal para a realidade brasileira em razão de seu custo mais baixo em comparação com os concorrentes F-18 Super Hornet, fabricado pela norte-americana Boeing, e o Rafale, da francesa Dassault.

– O custo de operação do Grippen (sic) é mais ou menos um terço do custo de operação de um Rafale e de um F-18. O Brasil é um país pacifista. O que precisa é ter aviões supersônicos para se estabelecer no plano internacional como um país que dispõe de mecanismos de defesa – avaliou o parlamentar.

Gripen NG Demo decolando de Malmen - 7 - foto A Galante - Poder Aéreo

Além disso, o senador destacou a garantia dada pela Saab de participação da indústria nacional no processo de desenvolvimento tecnológico.

– A sensação que trago é de que a operação com o Gripen deve ser vista com lente de aumento tendo em vista o interesse imediato e o interesse permanente que o Brasil pode retirar de uma compra que resultará de uma parceria para a indústria aeronáutica – defendeu.

Também viajaram para a Suécia os senadores Eunício Oliveira (PMDB-CE), Ricardo Ferraço (PMDB-ES) e os deputados Nelson Pelegrino (PT-BA), Leonardo Gadelha (PSC-PB) e Carlos Zarattini (PT-SP).

FONTE: Agência Senado

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

25 Comments

Subscribe
Notify of
guest
25 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nautilus

Certíssimo o senador! 🙂

costamarques

Cansei dessa novela, por mim podem escolher até aviões chineses, desde que escolham algo!!! a vantagem do Gripen é que podemos comprar uma quantidade maior! bom se bem que acredito eu eles não compraram mais que 36!

Mauricio R.

O senador, que nem da base alugada é, disse somente o óbvio ululante; nada de novo portanto.
Mas Nunão gostei da ideia, pois finalmente a aviação de caça teria realmente uma data sua p/ comemorar.
É que o 23/10 soa mto estranho, nossa aviação de caça foi a Itália, não abateu alemão algum e fica comemorando o que na verdade foi uma grande missão de interdição!!!
The Mud Movers Day!!!

Rafael M. F.

Mauricio R. disse: 14 de setembro de 2013 às 12:22 É que o 23/10 soa mto estranho, nossa aviação de caça foi a Itália, não abateu alemão algum… Na verdade, oficialmente abateram duas aeronaves tedescas. Mas tratava-se de um TO onde os aliados já gozavam de supremacia aérea total, então os encontros com a aviação de caça alemã – a essa altura muito ocupada em dar combate às ondas de B-17 e Lancaster – eram raros. …e fica comemorando o que na verdade foi uma grande missão de interdição!!! De fato, o 1ºGAC foi responsável por 5% das missões atribuídas… Read more »

Marcos

Não tenho números em mãos para contestar qualquer coisa.

Marcos

A única coisa que questiono na FAB é que ela não tenha trazido os três concorrentes para testá-los em ambiente úmido e quente da Amazônia.

Mayuan

Que eu saiba a razão dessa ser a data da caça brasileira não tem nenhuma relação com número de abates até porquê o avião recebido não era o ideal pra função. O Jug se defendia num dogfight mas claramente não tinha as características de um Mustang ou de um BF-109. Ele brilhava mesmo era no que usávamos. De resto, posso estar errado mas esse bendito FX não marca a primeira vez em que a FAB fica nessa lenga lenga pra recebimento de vetores e acaba recebendo vetores inferiores ao que desejava. Que eu saiba, o Gloster Meteor não era superior… Read more »

Joker

Senhores esse mesmo Senador foi tirar satisfação com a DIREX da CRUZEX 2004 porque as aeronaves incomodavam o sono do mesmo em seu flat na capital potiguar.

O mesmo foi recebido com pompas pois a direção do exercício pensou que o mesmo tinha ido prestigiar o exercício internacional, mas levou um esporro do mesmo e tiveram que ficar caladinhos e pedir desculpas.

eder albino

Fugindo um pouco da realidade orçamentária do MD brasileiro…
Declara a SAAB vencedora do F-X2, com a compra de 36 Gripen.
E compra 24 Advenced SH de prateleira pra ontem!
Mas como não sou eu que decido…
Ah! Esse papo de não tem dinheiro, é pura conversa pra “boi dormir”.

thomas_dw

a vitoria do Gripen na concorrência ocorreu a coisa de semanas atrás , muito pouco provável que não ocorra, pois sempre pode ocorrer a doação de 36 unidades do F/A-18E/F pelos EUA ao Brasil.

Justin Case

Amigos, boa tarde. Inicialmente, acho perfeitamente normal que alguém que seja apresentado a uma oferta se entusiasme com a mesma. Certamente somente os pontos positivos foram apresentados. O mesmo aconteceria se o Senador tivesse ido somente aos Estados Unidos ou somente à França. Há algumas condições essenciais para uma avaliação válida: 1. Ter algum conhecimento da necessidade ou dos requisitos do Projeto; 2. Ter boa noção sobre o assunto tratado, ao menos aquela mínima necessária para ter uma postura crítica em relação ao que lhe é apresentado; e 3. Conhecer igualmente as propostas dos outros ofertantes. Se essa Comissão tiver… Read more »

Justin Case

Nunão,

Pelo que li, a Comissão que também iria passar na França nesses dias seria a da Câmara dos Deputados. Acho que a do Senado iria ver, por ora, apenas a proposta da SAA|B/Suécia.
Mas não tenho certeza.
Seria bom que ambas as Comissões se inteirassem de tudo, pois é possível que sejam consultadas no futuro (pelo menos para a aprovação de financiamento, se houver).
Abraço,

Justin

Corsario137

Começou a piruada.
Concordo com o Justin, se tivessem levado o senador a China ele voltaria dizendo que avião bom é o JF-10.
Sou Gripeiro mesmo, defendo essa compra e ficaria felicíssimo se isso ocorresse mas verdade seja dita, o Agripino entrou de vaca de presépio.

Corsario137

No entanto não corrijo meu discurso: Super Hornet, vencedor do FX2……… se sair 😉

Nick

O senador disse o óbvio.

Gripen E/F é a melhor proposta apesar de ter envelhecido um pouco(vale para as outras duas propostas).

O importante é decidir de uma vez por todas.

[]’s

solskhaer

Senhores(as) civis ou militares.
Vocês confiariam ou apoiariam nossos “ilustres” parlamentares no caso dessa decisão se ela fosse soberana e não apenas da Presidente????

Baptista Jr

Apesar de achar qualquer ajuda em prol da decisão louvável e responsável, temo que no #Brasil presidencialista a opinião de congressistas não tenha o peso necessário. Gostaria, até, que fosse diferente.

Oganza

Não estou duvidando das intenções muito menos da inteligência dessas comissões que viajam/passeiam para conhecer e ver em loco as propostas dos concorrentes do FX-2, mas acredito que 99% de nossos parlamentares, ministros e o executivo, ao menos ainda, NÃO ENTENDEM NADA do assunto Defesa, que dirá de Tecnologia de Defesa. Na boa, pelos discursos que vejo em entrevistas e matérias desses indivíduos, eles não sabem a diferença entre turbojato e turbofan, delta com e sem cauda, com e sem canard, BVR e WVR, etc… Esse povo poderia convidar os colaboradores e editores da Trilogia a dar um seminário para… Read more »

Fighting Falcon

Excelente escolha,
Vão assinar?
Quanto a distribuição devem deixar 9 caças em quatro esquadrões e só.
O resto completa com F-5M que ainda poderão voar, A-1M e ST.

Reportagens especiais

Infográfico: Caças a jato da Europa Ocidental – 1944 a 2003

A ameaça da União Soviética obrigou as nações da Europa Ocidental a desenvolverem continuamente seus aviões de combate No infográfico...
- Advertisement -
- Advertisement -