terça-feira, setembro 28, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Há quatro anos o ex-presidente Lula escolhia o novo caça da FAB

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Em nota, Presidência da República confirmava seleção do Rafale em 7 de setembro de 2009 – relembre abaixo o texto que publicamos naquele dia

Barra de Cinco Pixels

montagem - Rafale sobre o Congresso

O presidente Luiz Inácio da Silva está neste momento (12h40 de 7 de setembro) no Palácio da Alvorada em reunião com o presidente francês Nicolas Sarkozy. A Presidência da República acaba de divulgar nota conjunta dos dois países confirmando que o Brasil vai comprar o caça Rafale.

Segundo nota divulgada há pouco, o país pretende adquirir 36 aeronaves: “levando em conta a amplitude das transferências de tecnologia propostas e das garantias oferecidas pela parte francesa, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou a decisão da parte brasileira de entrar em negociações com o GIE Rafale para a aquisição de 36 aviões de combate”.

A nota diz ainda que Sarkozy comunicou a intenção da França de adquirir uma dezena de unidades da futura aeronave de transporte militar KC-390 e manifestou a disposição dos industriais franceses de contribuir para o desenvolvimento do programa desta aeronave.

O anúncio significa que foi encerrado o processo de seleção feito pela Força Aérea Brasileira (FAB), o chamado programa F-X2. Perderam a disputa o caça sueco Gripen e o norte-americano F18.

FONTES: O Globo e UOL

Relembre também a repercussão do fato na mídia e aqui no blog, quatro anos atrás, clicando nos links abaixo.

  • VEJA TAMBÉM:
- Advertisement -

32 Comments

Subscribe
Notify of
guest
32 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nick

E eu acreditei….. 🙁

Me lembro, todo mundo comemorando o novo caça da FAB, apesar de não ser meu favorito, finalmente teríamos algo novo na Força.

Depois de 4 anos, só lamentos.

[]’s

Joner

É meus amigos, e hoje teríamos esses caças substituindo os M2000 de Anápolis, é um caça caro, nem de longe meu preferido, mas estaríamos muito bem com eles, (fora as despesas), se bem que com a noticia de que o Gripen voa a U$ 13.000 a hora, fica difícil contabilizar esses gastos, um Rafale no Brasil deveria custar quase U$ 40.000 a hora de voo.
Quem sabe o NG “pinte” por aqui!

luizblower

#sóquenão

Mauricio R.

A males que vem para o bem.
Le Jaca é uma encrenca voadora, incompleto, iríamos somente financiar suas diversas incapacidades e não lucraríamos nada com isso.
Assim antes melhor sem ele, do que com ele.
O resto é a essência do petralhismo bolivariano, que não difere em nada de antigos caudilhos latrino americanos.
Nem originais, esses caras sabem ser.

Gilberto Rezende

QUATRO ANOS PERDIDOS…

OBRIGADO Brigadeiro Juniti Saito…

A HISTÓRIA MILITAR vai julgá-lo por seus ATOS…

Hamadjr

É o acontecia quando o ex presidente ingeria bebida com grau etílico elevado, fazia m e falava m, e amigo Gilberto, a História Militar da FAB para a novela do FX, não terá como marco 2008 inicia-se bem antes.

Colombelli

Não entendi Gilberto porque imputas a responsabilidade da perda de tempo à FAB. O quadrilheiro àquela ocasião, de forma irresponsável e buscando somente holofores, como de resto sempre o fazia, agiu de forma atabalhoada quando sequer havia sido ainda feita a avaliação dos caças e fez um anuncio que visivelmente não poderia sustentar.

Se a alguem se deve a demora é a lula e dilma (por dez ) anos, e FHC pelo prazo anterior, não à FAB, a não ser que você ache que deveria ter acontecido a entubação à semalhança do que ocorreu com os EC 725.

Justin Case

Amigos, Entubação? Não imagino por que alguém na FAB iria ficar descontente em receber 36 Rafale e garantir a venda de uma dezena de KC-390 para um país de primeiro mundo. Quatro anos. O tampão se esvaiu, os outros aviões de quarenta anos já estão quatro anos mais obsoletos e ainda tem gente que acha que é melhor cancelar o programa F-X e comprar outros tampões (sucatas arenosas e carcomidas). Entusiastas de defesa! Nunca vi alguém do setor financeiro reclamar dos custos de uma decisão por qualquer F-X. Só vejo aqueles que deveriam estar preocupados com a missão de defesa… Read more »

Gilberto Rezende

Camarada a REALIDADE é que quem DECIDIA ou DECIDE o FX-2 é o Presidente da República em EXERCÍCIO assessorado por ministros e SERVIDORES PÚBLICOS. O processo FX-2 desde outubro de 2008 tem um short-list em que os servidores militares do Comando da Aeronáutica designados para esta função deram a conhecer que QUALQUER UMA das três aeronaves Gripen NG, F/A-18 E/F Super Hornet ou Dassalt Rafale CUMPREM os requisitos operativos do processo e do Comando da Aeronáutica. Assim cabe constitucionalmente a Presidência da República, ouvido o Conselho de Defesa, decidir qual das três opções será escolhida por critérios de política, estratégia… Read more »

Augusto

Justin Case disse: 7 de setembro de 2013 às 14:31 Parabéns pelas palavras, Justin. Foi bom ter lembrado que a França havia se comprometido a encomendar o KC-390 como off-set, em que pese o ministro da defesa francês tê-lo chamado de “carrinho de mão”, e a questionável necessidade que a França teria de obter essa aeronave, o fato é que a Embraer concretamente iria vender 10 desses aviões, produtos de altíssimo valor agregado, o que beneficiaria nosso país como um todo. Mas, passados 4 anos, estamos sem o extraordinário Rafale e o Brasil continua exportando minério de ferro e café…… Read more »

Penguin

Lula disse que o Brasil iria iniciar NEGOCIAÇÕES com o GIE para adquirir o Rafale.
CA disse que não sabia se a concorrência havia acabado ou não.
Está claríssimo no link do 1o video.
Essas negociações foram bem sucedidas?

Max

Gilberto, tenho uma duvida, se o Saito aprontou e melou o FX2, não caberia algum tipo de punição sendo que a decisão cabe unicamente ao presidente da republica?

HMS TIRELESS

Mais do mesmo meu amigos ou seja, cada vez que o desastre politico etílico faz aniversario a mesma pessoas, sedizente ex-militar e bacharel em Direito, vem aqui tentar defender o indefensável ou seja: que a decisão do Estadista de sindicato estava correta. Diante da insistência vamos aos fatos: O ex-presidente esta muito longe de ser um estadista. Em verdade e um caudilho. Como todos sabemos a historia latino-americana esta recheada dessas figuras. E uma das características de todo caudilho e achar que esta acima da Constituição e de dos diplomas legais. E foi nesse espirito que o iluminado de Garanhuns… Read more »

Antonio M

Inacreditável o que se pode dizer para defender o indefensável. LuLLa está para estadista como Stalin está para democrata.

Agora só falta dizer que Dilma apadrinhada por ele pois ela o enganou ……

HMS TIRELESS

Antonio M:
Militante de partido de esquerda e assim mesmo. Primeiro porque o partido em si se assemelha a uma seita. E como toda seita precisa venerar um profeta. O Iluminado de Garanhuns e o profeta dessa gente. Apenas isso explica a devoção histérica e a incapacidade de enxergar o obvio….

Max

Estou preocupado com ódio que o Gilberto destila contra a classe media burguesa urbana paulista,imagina se gente como ele ascende ao poder,
vou para o paredão só por parecer pertencer a essa classe sem sequer ter dirigido um carro em meus 50 anos de vida 🙂
Pode ser que feda o que foi construido pelas elites paulistas mas é para um “fedido” Albert Einstein e um Sírio Libanês que a cúpula bolivariana recorre quando precisa de cuidados médicos.

HMS TIRELESS

Tudo hipocrisia Max….

Joner

Na realidade, nossos governantes são um bando de frouxos, se o presidente é quem decide, e esse anunciou o vencedor, quem nesse país poderia força-lo a mudar de opinião?
Repito, o Rafale não é meu preferido, mas precisa ser muito idiota ou ter assessores piores ainda para dar uma noticia dessas em publico, sem realmente ter decidido!!!
A palavra do Lula vale o mesmo que “aquilo que vai com a descarga”!!!

ricardo_recife

O que fez o ex-presidente escolher o Rafale foi o estimulo etílico e a falta de compostura. Talvez existam outros estímulos pecuniários impublicáveis . O que acabou com a escolha foi o “Grande Líder Supremo de Todos os Povos” descobrir que a parceria estratégica real que a França tem é com o Tio Sam e não com um país Sul Americano que compra helicóptero a preço a caça.

Saito é um grande comandante, um profissional competente e exemplar.

“LuLLa está para estadista como Stalin está para democrata.“ Grande frase, parabéns Antonio M.

Abs,

Ricardo

Baschera

Se o Ten. Brigadeiro Saito tivesse “melado” a escolha do ex-Presidente, ele naturalmente teria sido “ejetado” do seu comando pela PresidentA, que ela própria diz ser a “continuação” do mandato do ex-Presidente. Quanto ao título de “estadista” há de varios tipos… lembrando que Hitler, Mao e Stalin também assim foram nominados. A verdade é que não sabemos verdadeiramente o que se passou…. e até ecredito que os ex-Presidente poderá, algum dia, nos esclarecer. Agora, chamar de estadista esta sebhora que está no poder hoje… é ser condecendente demais…. pois até agora só o que ví de seu governo foi o… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini

“Guilherme Poggio disse: 7 de setembro de 2013 às 18:05 A França até necessitaria de um transporte na classe de 15-20 toneladas como será o KC-390, uma vez que os seus C-160 estão velhos e cansados. Ela andou procurando por mais C-130 por volta de 2009, mas desistiu. Parece que agora o país está orientado apenas para a compra dos grandes A400M.” Poggio, De fato estão orientados apenas para os A400M, mas mesmo isso ganhou um prazo bem mais elástico. Além dos links que você colocou, agora há a questão da nova Lei de Programação Militar, limitando o orçamento, e… Read more »

ci_pin_ha

Gilberto
Você precisa pesquisar mais sobre o significado de estadista. Há uma contradição grave na sua afirmativa, como pode um homem que foi denominado estadista e uma pessoa que tinha visão de país, além da convicção de ter melhor escolha para a proteção do espaço aéreo, ser tão facilmente demovido de tal decisão. E ainda por um reles subordinado… Acorda cara, digo isso como alguém que já viveu nesse mundo da fantasia criado pelo PT.

Rafael M. F.

“Gilberto Rezende disse: 7 de setembro de 2013 às 14:39 Camarada a REALIDADE é que quem DECIDIA ou DECIDE o FX-2 é o Presidente da República em EXERCÍCIO assessorado por ministros e SERVIDORES PÚBLICOS. (…) Repito o que disse CENTENAS DE VEZES não INTERESSA se você (ou o Brigadeiro Saito) acha o Super Hornet ou o Gripen melhor que o Rafale… NÃO CABE A NENHUM DE VOCÊS A DECISÃO…” Gilberto, nesse caso, então era melhor não ter tido short-list, e nem relatório do COPAC… O que Lula fez foi tomar uma decisão baseada em critérios políticos – o país era… Read more »

Mauricio R.

“…iria vender 10 desses aviões, produtos de altíssimo valor agregado, o…”

Como se a FAB ou o Brasil mesmo, tivessem que se curvar aos interesses de uma empresa privada.
Além do que mais da metade da aeronave, em valor ou em partes e peças, nem “nacional” é.

“…que beneficiaria nosso país como um todo.”

nossa, de maneira alguma, os beneficiados seriam somente a Embraer, seus parceiros, ah e claro; os acionistas.

Augusto

Mauricio R. disse: 8 de setembro de 2013 às 12:24 1. Nem a FAB nem o Brasil estariam se curvando a interesse de uma empresa privada. O off-set tem de ser observado pelo vencedor do FX-2, então é melhor que o seja por meio da importação de um produto importante na pauta de exportação do que por commodities. 2. A Embraer agrega sistemas (nacionais e internacionais) na aeronave e gera um produto de valor muito superior à soma individual de cada um desses sistemas. 3. Sim, beneficia a Embraer, além de seus parceiros, acionistas e, direta e indiretamente, diversos trabalhadores… Read more »

Antonio M

Estranho essa galera …….criticam governos por “deixarem” a ENGESA ter ido à falência e ao mesmo tempo criticam governo que faz a privatização da EMBRAER que estava a caminho da bancarrota e que graças a esse processo pode se salvar e ainda se tornar uma grande empresa, multinacional até.

Saab, Thales, Rolls Royce, Eads, Dassault (hmmm, Dassault se encaixa nesse “modelo” estatal-privado não?!?!?) e tantas também participam ativamente do mercado militar precisam dar lucro , pagar impostos e distribuir rendimentos a acionistas.

Flávio Vilaça

todo comuna, por ser incompetente, sempre joga a culpa em alguém. Agora quer dizer que a culpa é do Saito? Mais não é ele quem manda e nem é ele quem assina. Mas mesmo assim, quer dizer então que o bêbado e a “economista” não compraram por causa do Saito…Vá ser hipócrita assim na china vá. E aproveite pra postar isso no face dos “yanke”. Tem cara que vive num mundo de fantasia, só pode. Ou é muito mal caráter, ou simplesmente leva um por fora. E sobre o estadista, vá estudar cidadão, pois se não for mal caratismo é… Read more »

Mauricio R.

1. A eventual aquisição de aeronaves KC-390 e/ou T-29, não constam do RfP da FAB, que norteia o F-X 2.

2. E dai???

3. Não, os benefícios se restringem somente ao grupo de empresas Embraer e seus parceiros diretos e indiretos, a indústria aeroespacial brasileira em geral, não ganha nada c/ isso.

Corsario137

Lembrando sempre que:

1. Os impostos arrecadados com os negócios da Embraer vão para o Tesouro Nacional brasileiro.

2. O maior acionista da Embraer é o próprio Governo Federal através da Previ e do BNDESPAR. Ou seja, grande parte dos lucros é reinjetada novamente no caixa do Tesouro Nacional brasileiro.

3. A Embraer, através de seus contratos, mantém ativa e cada vez mais pulsante toda uma cadeia logística composta por pequenas e medias empresas, sendo uma fundamental fomentadora da industria aeroespacial brasileira.

Fighting Falcon

Era para estar recebendo os primeiros.
Talvez tenha sido uma boa esperar, parece não ser a melhor opção para nós.
Um caça caro de manter (numeros divulgados), não condizente com nossa realidade.
Se tornaria um mico em nossos hangares.
Só não pode é escolher ele agora, aí vai tudo por agua abaixo rsrs.

Últimas Notícias

Zhuhai Airshow 2021: Apresentação do caça stealth Chengdu J-20

Pela primeira vez, o caça J-20 da Força Aérea do Exército de Libertação Popular da China (PLAAF) equipado com...
- Advertisement -
- Advertisement -