domingo, maio 9, 2021

Gripen para o Brasil

Super Tucanos são oficialmente recebidos pela FAN de Angola

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A-29 Super Tucano da Força Aérea Nacional de Angola - 3

Angolavinheta-clipping-aereoLuanda – A Força Aérea Nacional (FAN) recebeu as três primeiras aeronaves EMB-314 Super Tucano, de ataque leve e treinamento avançado, que incorpora os últimos avanços em aviónicos e em armamentos, fabricadas pela empresa brasileira Embraer, no âmbito da reestruturação das Forças Armadas Angolanas (FAA).

O acto oficial de recepção que decorreu hoje, sexta-feira, na capital do país, foi presidido pelo chefe de Estado Maior General das FAA, general Geraldo Sachipengo Nunda, na presença do ministro conselheiro da embaixada do Brasil em Angola, Luís Ivaldo, bem como de generais, oficiais, sargentos e praças dos ramos.

Na ocasião, Geraldo Sachipengo Nunda referiu que o tipo de aeronaves têm capacidade de apoio táctico e de treino inicial para pilotos de caça, preenchendo o espaço onde as FAA precisam de um avião de ataque, com autonomia e raio de acção capaz de operar em qualquer condição meteorológica a partir de pistas curtas e desprovidas de grandes infra-estruturas.

“Depois da recepção dos CESSNA, no princípio do presente ano, no Lobito, este acto é mais um passo do processo ambicioso para equipar a Força Aérea, de capacidade de formação e de versalidade operacional, em cumprimento da directiva do Comandante-em Chefe, José Eduardo dos Santos, para a reedificação das FAA”, sublinhou.

Referiu neste contexto, que a aquisição das aeronaves Super Tucano mobilizou muitos recursos financeiros e, neste sentido, exortou à chefia da Força Aérea Nacional a cuidar das referidas aeronaves com tolerância zero.

“Mobilizaremos os recursos financeiros para que o ramo faça a manutenção oportuna das aeronaves e a proficiência dos pilotos e do pessoal de apoio.

Por outro lado, agradeceu ao governo do Brasil e a empresa Embraer, por ter proporcionado essa valiosa oportunidade às FAA de tomarem contacto com uma tecnologia de ponta, no quadro da cooperação militar existente.

FONTE: Angola Press

- Advertisement -

7 Comments

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Baschera

“….essa valiosa oportunidade às FAA de tomarem contacto com uma tecnologia de ponta….”

Será que os Su-30MK2 de Angola não tem esta nominada tecnologia de ponta ??

Quem le a matéria e entende do assunto tem esta leitura…. de que estas aeronaves da EMB são as primeiras em Angola que permitem um contato com tal tecnologia (de ponta).

Sds.

nunes neto

Baschera, claro que tem, isso é rasgação de seda em um ato oficial de recebimento de equipamento, normal, uma puxadinha de saco normal 😉

Corsario137

Bachera e Nunes,

Os Su-27 de Angola não estão operacionais faz tempo.
E não é só falta de manutenção, é de recursos humanos também.
A imensa maioria dos pilotos já se retirou do serviço depois da guerra e Angola não tem formado pilotos em número suficiente para substituí-los.

A Força Aérea de lá tá mais parecida com a daqui, bom transporte geral, excelente VIP, Super Pumas…

Caça que é bom…….. o mais utilizados serão esses ALX, pode contar.

Joner

É o caminho que estão traçando para a FAB, voar ST no lugar de caças de alto desempenho, é notadamente um bom avião, mas “cada macaco no seu galho!”.

Lyw

Corsario137 disse:
12 de julho de 2013 às 22:14

Exatamente… Angola não possui SU-30MK2. Ela possui SU-27 velhos que não voam mais a um bom tempo!

Justin Case

Amigos,

Acho que esses Sukhoi são os mesmos que foram oferecidos ao Brasil no final dos anos 90, após a emissão do primeiro RFI do F-X.
Como sempre, esses refugos sempre aparecem quando alguém se assusta com o preço de caças decentes.
Em Angola, dizem que operavam quase como um esquadrão russo deslocado (inclusive pilotos). Será que alguém vai oferecer isso para nós também? Assim não precisaríamos sequer formar pilotos de caça…: 🙄
Obs.: não estou propondo isso! 😡
Tampax nunca mais!
Abraços e bom domingo,

Justin

Baschera

Calma pessoal….. eu confundi os Su-30 de Uganda com os Su-27 de Angola…. rssss ! Os Su-27 de Angola são um assunto um pouco controverso. Dependendo da fonte consultada, diz-se que receberam a muito tempo (ainda na época da guerra civil) em meados do ano 2000. Dependendo da fonte, poderiam ter recebido oito unidades de Su-27UB, oriundos não da Rússia, mas da Bielorússia. A wikipedia menciona apenas seis unidades (5 Su-27S e 1 Su-27UB). Interessante mencionar que em fóruns portugueses, fala-se muito que os verdadeiros pilotos seriam ora russos, ora bielorrusos e mesmo mercenários sul-africanos. É incerto o número operacional… Read more »

Reportagens especiais

Poder Aéreo visita o ‘The National WWII Museum’ em New Orleans

Nova Orleans, cidade no estado americano de Lousiana, foi o lar do historiador e autor Stephen Ambrose, que escreveu...
- Advertisement -
- Advertisement -