quinta-feira, outubro 28, 2021

Gripen para o Brasil

Caças Hornet e Super Hornet australianos ‘atacam’ base da RAAF

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

caças F-18 Hornet e pilotos da RAAF de volta à base de Williamtown após curso de instrutores de caça - foto MD Australia

‘Ataques’ foram, na verdade, celebrações do término do curso de seis meses de instrutores de caça, que incluiu participação no exercício Aces North

Após completarem curso de seis meses de formação de instrutores de combate em caças (Fighter Combat Instructor – FCI) entre 14 de janeiro e 28 de junho, pilotos australianos de jatos F/A-18 Hornet e Super Hornet comemoraram com estilo: realizaram na volta desse desdobramento um ataque simulado à Base Aérea de Williamtown, da RAAF (Força Aérea Real Australiana).

caça F-18 Super Hornet ataca base de Williamtown após curso de instrutores de caça - foto 2 MD Australia

caças F-18 Hornet e Super Hornet atacam base de Williamtown após curso de instrutores de caça - foto MD Australia

Foi o chamado “dawn strike”, realizado ao clarear do dia, incluindo não só aeronaves baseadas em Williamtown, como as estacionadas em Amberley, que lá parariam apenas como escala.

Nas suas passagens baixas em alta velocidade, os caças formavam as tradicionais nuvens de condensação à sua volta enquanto, no solo, familiares e amigos “atacados” pelos pilotos aguardavam a volta dos pilotos aos seus lares.

caças F-18 Hornet e Super Hornet atacam base de Williamtown após curso de instrutores de caça - foto 2 MD Australia

caças F-18 Hornet e seus pilotos de volta a Williamtown após curso de instrutores de caça - foto MD Australia

caça F-18 Super Hornet pousa em Williamtown após curso de instrutores de caça - foto MD Australia

O curso FCI deste ano, que envolveu não só pilotos dos dois modelos de caças mas também oficiais de sistemas de armas do Super Hornet, culminou com o exercício “Aces North”, realizado recentemente no Território Norte da Austrália. Para saber mais sobre o exercício e outros assuntos relacionados aos caças Hornet e Super Hornet da RAAF, clique nos links abaixo.

FONTE / FOTOS: Ministério da Defesa da Austrália (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

5 Comments

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader

Nossa, quanto “vaporzinho”, rsrsrs…

Senhores, faltou dizer que as tais nuvens de condensação são geradas pelo Cone de Mach, que ocorre quando a aeronave se aproxima de velocidades transônicas.

Algo que supostamente não poderia acontecer com o Super Hornet para uns e outros cidadãos por aí que dizem que tal aeronave seria incapaz de vôo supersônico.

O detalhe: como demonstra a segunda foto, isso acontece com a aeronave (número 205) portando três tanques, dois subalares e um ventral.

Sds.

Carcará 01

Sonho meu, ah sonho meu…. Ver o cocar da FAB numa coisa linda dessas… Mas quem mandou ter nascido num pais de ladrões e corruptos que nem o Brasil… Fica só no sonho mesmo…

Baschera

Começo a achar que meus antepassados deveriam era ter ficado na Itália mesmo….. mas não… foram iludidos com a cantilena “do país do futuro”…. que vive do passado…e mesmo o povo indo as ruas….. fica tudo no mesmo lugar.

O problema deste pais é que não morre ninguém desta corja….

Sds.

Carcará 01

Baschera, e os meus na Inglaterra…

Olha, Deus me livre morrer alguem dessa camarilha, principalmente o 9 dedos… Conhecendo o “modus operandi” dessa gentalha, iria virar Mártir rapidinho!!! Vide o safado do chaves…

Augusto

Que belas imagens!

Últimas Notícias

Embraer recebe prêmio de empresa mais inovadora do Brasil

São José dos Campos, 28 de outubro de 2021 - A Embraer foi a campeã da 7ª edição do...
- Advertisement -
- Advertisement -