sábado, maio 28, 2022

Gripen para o Brasil

RAF na Líbia: vão-se os Typhoons, ficam os Tornados

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Em pronunciamento divulgado na última sexta-feira no site da RAF (Força Aérea Real Britânica), o secretário de defesa do Reino Unido, Dr Liam Fox, mostrou-se satisfeito com o anúncio da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) de que a missão sobre a Líbia foi estendida por mais 90 dias.

Em seu pronunciamento de quinta-feira (22 de setembro), comentando o prolongamento da missão divulgado no dia 21 de setembro pela OTAN, o secretário anunciou que os caças Typhoon deverão voltar em breve para o Reino Unido, deixando a missão a cargo dos caças-bombardeiros Tornado:

“O Reino Unido manteve-se na linha de frente da campanha desde seu início e, como o Primeiro Ministro deixou claro, o Reino Unido vai manter seu compromisso o quanto for necessário. Nosso apoio ao povo da Líbia, nesse momento crítico, é firme, e a missão da OTAN de proteger civis deve continuar até que isso não seja mais necessário.”

“Por isso decidimos manter 16 aeronaves Tornado em operações para manter a taxa requerida de surtidas de caças-bombardeiros velozes, e pretendemos manter dois helicópteros de ataque no teatro (de operações) por quanto tempo for preciso. Os bons progressos conseguidos até o momento permitirão trazer de volta para casa quatro caças Typhoon e três helicópteros de ataque no curto prazo, sem afetar nossa capacidade de cumprir a Resolução 1973 do Conselho de Segurança das Nações Unidas.”

“Desde o início das operações militares, em março, os ataques da RAF e do Corpo Aéreo do Exército danificaram ou destruíram mais de 970 alvos do regime deposto, e que ameaçavam a população líbia.”

Sobre operações recentes, o Major General Nick Pope acrescentou que, nas primeiras horas da manhã de quarta-feira, “uma patrulha de reconhecimento armado de caças Tornado e Typhhon foi designada pela OTAN para atacar duas instalações de comando e controle identificadas em Sirte. Os aviões utilizaram bombas Paveway guiadas a laser e GPS, com peso de 1.000 libras (454kg) e 500 libras (227kg) para atacar os dois alvos, com sucesso.”

FONTE / FOTOS: RAF (Força Aérea Real Britânica) e MoD UK (Ministério da Defesa do Reino Unido)

NOTA DO EDITOR:

A revista Forças de Defesa 2 traz a matéria “Eurocanards sobre a Líbia: bases pra que te quero” comparando o desempenho demonstrado pelos  três “eurocanards” ao longo dos primeiros meses do conflito, chegando às vésperas da queda do regime de Kadhafi. Se você ainda não adquiriu seu exemplar, siga as instruções a seguir. Se já adquiriu, aproveite para rever os “posts” dos links ao final, que trazem mais fotos e complementam a matéria da revista.

Para adquirir o seu exemplar, basta clicar num dos botões abaixo. Use o PagSeguro para gerar um boleto pagável em qualquer banco e o PayPal para pagar com cartão de crédito.

Para dúvidas sobre outras formas de pagamento e demais informações, envie um e-mail para revista@fordefesa.com.br.

Ao comprar a revista, o leitor torna-se assinante dos sites das Forças de Defesa, podendo postar comentários após o seu cadastramento.


 

 

 

VEJA TAMBÉM:

 

- Advertisement -

2 Comments

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
tplayer

É, a RAF está querendo economizar alguns euros.

Quanto a revista, estou louco para ler a matéria, mas essa greve dos correios está me impedindo. ¬¬

Marcelo

Estão levando os Typhoons embora, pois eles estavam lá mais para ação de marketing, uma vez que não estavam fazendo a iluminação de alvos, os Torandos estavam fazendo. Sendo assim, é melhor ficar com os tornados, que fazem o serviço completo. Segue um link muito interessante sobre a contribuição dos países na campanha aérea, até a data de 22 de agosto, a contribuilção da Inglaterra é menor que a da Dinamarca (10% vs 11%) ! A França liderou esta campanha aérea (33%):
http://www.acus.org/natosource/national-composition-nato-strike-sorties-libya

Últimas Notícias

Ucrânia diz ter derrubado mais um caça Su-35 da Rússia sobre a região de Kherson

“Hoje, 27 de maio, por volta das 14h00, um caça MiG-29 da Força Aérea das Forças Armadas da Ucrânia...
- Advertisement -
- Advertisement -