Home Espaço Centro de Lançamento de Alcântara realiza operação com foguete de treinamento

Centro de Lançamento de Alcântara realiza operação com foguete de treinamento

120
6

O Centro de Lançamento de Alcântara realiza até o dia 30 de setembro, a Operação Fogtrein II – 2010, em continuidade ao programa de lançamentos de foguetes de treinamento previstos para este ano. A operação será composta por dois lançamentos: um Foguete de Treinamento Básico (FTB), no dia 20 de setembro (previsão), e um Foguete de Treinamento Intermediário (FTI), no próximo dia 28 (previsão).

O FTB é o primeiro veículo desenvolvido pelo Projeto FOGTREIN, do Comando da Aeronáutica (COMAER) em conjunto com a AVIBRAS, que tem como objetivo colocar no mercado mundial um foguete de baixo custo, utilizado para treinamento operacional. O foguete suborbital, em fase de certificação, atinge seu apogeu a 30.000 metros de altitude, com altíssimo nível de estabilidade de vôo e de transmissão de dados.

Como segunda etapa da operação, será lançado um FTI. Foguete intermediário da família FOGTREIN, o FTI realizou seu primeiro vôo no dia 3 de agosto deste ano, no CLA. Seu próximo vôo será realizado ainda nesta operação, para testar os aperfeiçoamentos realizados em sua estrutura aerodinâmica, a fim de que, após sua certificação, seja comercializado. Vários são os diferenciais deste engenho suborbital, pois é dotado de instrumentos de vôo de última geração, com total interatividade com o seu sistema de comando em terra. Com capacidade de transportar até 30kg de carga útil e de baixo custo operacional, o FTI dará oportunidade às universidades e centros de pesquisa de realizar experimentos com maior freqüência e precisão de dados.

Os lançamentos de FTB e FTI, ocorridos neste ano, têm como objetivo a manutenção do treinamento dos profissionais do Centro de Lançamento de Alcântara. Este tipo de exercício eleva o nível operacional do CLA e mantém constante o exercício de suas atividades-fim: preparação, lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais.

FONTE: FAB – CLA

6 COMMENTS

  1. Na verdade um foguete é um míssil, o que difere um do outro é a missão, o equipamento e a CARGA.
    Talvez seja esta a carta na manga do Jobim com relação ao Atlântico sul.
    O míssil, o sistema guia e a CARGA.
    Boa sorte Brasil.

  2. Com o ritmo de lançamentos que serão feitos de Alcântara e a sofisticação deste “míssil”, realmente a OTAN deve estar morrendo de medo.

    Imagino o terror.

    A carga dele vai ser um alto falante, com a gravação do NJ “mandando” o comando aliado sair do Atlântico Sul…

    Ops..

    Comado Aliado…

    O Brasil frequentemente não treina com a OTAN e utiliza procedimentos padrão da OTAN, mesmo sem fazer parte dela ?
    ——————————————-

    Não viaja cara!

    Tem uns 100 bilhões de anos que a Avibrás está desenvolvendo o tal Matador e até hoje nada.

    Você do nada e imediatamente vão conseguir construir um míssil balístico com capacidade de acertar um alvo em movimento no oceano ?

  3. Indo meio fora de tópico…
    Será que o fato da OTAN querer se “expandir” para o Atlântico Sul não seria algo pra futuramente, impedir, de alguma forma, o lançamento do nosso foguete?
    Pois se a gente “entrar” nesse mercado de enviar satélites, o EUA perde uma parte da clientela, não ?

  4. Olha quando algum foguete Brasileiro chegar ao espaço, meus netos estarão indo para lá de avião.
    É uma lastima o que estão fazendo com o nosso programa espacial.

  5. Espero que ____________ tenha fé neste projeto de suma importância para a nação. Um mercado de bilhões além de ser uma fronteira inexplorada por nós.

    A tecnologia é velha, só falta investimento firme.

    COMENTÁRIO EDITADO – VER REGRAS SOBRE PROPAGANDA POLÍTICA

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here