sábado, maio 15, 2021

Gripen para o Brasil

Compra de aviões de combate opõe militares ao Palácio do Planalto

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

- Advertisement -

73 Comments

Subscribe
Notify of
guest
73 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ZE

A FAB tem a obrigação, não só institucional, mas principalmente moral de defender o que achar melhor para a força.

Só ela sabe quanto custa a operação dos vetores.

Só ela sabe se poderá arcar com os custos dos mesmos.

Só ela sabe se poderá otimizar ou não os equipamentos comprados.

E, finalmente…

SÓ ELA É QUEM IRÁ OPERAR OS CAÇAS DURANTE 30-40 ANOS, E MAIS NINGUÉM!!!

[]S

Billy

Besteira! Até parece que o Sr presimente tem poder e competência para escolher o vetor da defesa aérea nacional baseado na vontade própria e de seus bajuladores contrariando a opinião profissional da FAB. Vamos bancar o escargot dos franceses com os bilhões suados dos trabalhadores nacionais. O pior caça pelo maior preço. A propina vai ser também exorbitante. CPI já. lula é um burro que acha que o dinheiro dos Brasileiros é capim.Feliz 2010.

Roberto PB

CIÊNCIA MODERNA:

1. Se mexer, pertence à Biologia.
2. Se feder, pertence à Química.
3. Se não funciona, pertence à Física.
4. Se ninguém entende, é Matemática.
5. Se não faz sentido, é Economia ou Psicologia.
6. Se mexer, feder, não funcionar, ninguém entender e não fizer sentido, é POLÍTICA.

Felipe Cps

Achei interessantíssimo o comentário do Alexandre Garcia no Bom dia Brasil de 06/01/10: “NEM OS PRESIDENTES MILITARES JAMAIS CONTRARIARAM UMA PREFERÊNCIA TÉCNICA DAS FORÇAS ARMADAS”. Sugiro ao Aéreo recuperar o comentário (se possível), porque foi muito pertinente e esclarecedor. Entre outras coisas, AG afirma que a fala de Lula no 7 de setembro se referia a negociações com a Dassault, e não a aquisição. E que o relatório da FAB não foi para contrariar o governo, mas apenas uma decisão técnica; que há de se separar a crise militar do relatório da FAB, que já estava pronto desde dezembro. E… Read more »

A-Bomb

Alguem quer bater uma aposta como vai ficar para o Próximo governo?

ferreiraely@ig.com.br

concordos com os amigos o sr LULA e nosso presidente não e rei

tomara que a O.A.B. ou a FIESP ou ate os militares façâo pressão ..

Paulo

Uma decisão desta importância, estar somente nas mãos de um apedeuta, só no Brasil mesmo.

Patriota

O presidente é o chefe supremo das forças armadas, Jobim pertence ao partido que alem de ter mais parlamentares no congresso praticamente sustenta dos os outros partidos ou seja é quase impossivel fazer frente a algo que tenha o apoio do PMDB .

A FAB pode até fazer birra mas se o governo quiser Rafale vai
ser Rafale, Se houver insubordinação vai todo mundo em cana e o Saito vai ver o sol nascer quadrado.

A-Bomb

Patriota em 06 jan, 2010 às 9:56

Mas e custo políticos nas eleições?
Voce esta levando em conta isso também?

Lembre-se Dilma não vai bem.
E isso é um prato cheio para a oposição.

Na minha opinião isso vai ser levado em conta.
Acho mais fácil eles mandarem o Abacaxi para o próximo governo para não arcar com os custos políticos em um ano eleitoral.

JC

A palavra final eh do presidente: “garfon…traiz a saideira…”

Soldier

Cheio de PITONIZAS…

th98

ue compra o gripen e se for pra agradar manda sair uma duzia de rafales pra fab, acho que eles vão gostar

Ronaldo

Sem duvida que agrada a ideia de um novo AMX para a Embraer e a FAB, e se o AMX antigo custava o preço de 2 F-16, o AMX sueco, vai custar o preço de 2 F-35.

Wilson Giordani de Souza

Felipe Cps em 06 jan, 2010 às 9:36

Que piada. Como é que alguém saberia de algum desacordo entre o Governo MILITAR e a FAB na época da Ditadura? A FAB vasaria um relatório para a “imprensa livre” da época?

[]s

Antonio M

“… Se houver insubordinação vai todo mundo em cana e o Saito vai ver o sol nascer quadrado….”

Essa eu qeuro ver.

LuLLa já fez lambança no episódio da greve de controladores de voô, pensando que poderia tratar do problema como se ainda fosse do sindicato e passando na frente do comando imediato de Saito.

E como acabou a estória? LuLLa não cumpriu o que prometeu ao rebelados, que foram ou estão sendo processados dentro da norma militar.

Quero ver se LuLLA aguenta o desgaste de uma demissão conjunta de Jobem e dos comandantes militares ainda mais em ano eleitoral.

Dinho

A solução é bem simples para a FAB!

Compra os Rafale para a Marinha, que dará conta de mantê-los.

Para a FAB acho que a melhor opção seja os Super Tucanos, que são baratos, fabricados no Brasil, domínio da tecnologia, e terão a mesma utilidade dos importados!

El  Carajlo

Roberto PB em 06 jan, 2010 às 9:28

CIÊNCIA MODERNA:
1. Se mexer, pertence à Biologia.
2. Se feder, pertence à Química.
3. Se não funciona, pertence à Física.
4. Se ninguém entende, é Matemática.
5. Se não faz sentido, é Economia ou Psicologia.
6. Se mexer, feder, não funcionar, ninguém entender e não fizer sentido, é POLÍTICA.

[2]

Quero saber onde voce viu isso, ja não aguento tanto FX, quero um site de humor.

Deio

Para quem defende a compra a todo custo, LITERALMENTE, de uma aeronave cara, por ser, supostamente, muito mais capaz do que outra e que o GF e a FAB se virem e revirem para resolver esta situação, vai abaixo um link sobre a possiblidade de cancelamento do A400m http://www.portalcr.com.br/noticias/aviacao-militar/2987-airbus-ameaca-cancelar-programa-a400m-se-governos-nao-ajudarem Governos devem prestar contas ao seu contribuinte ou taxpayers em inglês. O Rafale já teve reduzida, segundo informações, a quantidade inicial de aeronaves a serem adquiridas. Os EUA estão cortando a produção do F22. O consórcio do Typhoon também reduziu o montante inicial a ser adquirido. Tudo isso por conta de… Read more »

Felipe Cps

Wilson Giordani de Souza em 06 jan, 2010 às 10:21:

Giorda, não sei, foram palavras dele. Mas não era incomum que o alto-comando das FFAAs ou o EMFA tivessem discordâncias com o Planalto não, inclusive em termos de aquisições de equipamento, coisa que se sabe hoje – porque a imprensa naquela época de pouco ou nada ficava sabendo. As visões eram diferentes, e as intenções também.

Abs.

Felipe Cps

Caraca, olhem isso, rsrs:

“A solução é bem simples para a FAB! Compra os Rafale para a Marinha, que dará conta de mantê-los. Para a FAB acho que a melhor opção seja os Super Tucanos, que são baratos, fabricados no Brasil, domínio da tecnologia, e terão a mesma utilidade dos importados!”

Que genial essa idéia! 🙂

Sem comentários, rsrsrs…

Antonio M

E AMX e Embraer precisam ser vistos de outra forma. Eram outros tempos. Acredito que faltou mkt melhor para a aeronave e a pequena produção encareceu o produto final. Não é possível comparar com o F16 não pela questão de desempenho mas, pela nº de aeronaves produzidas, não há comparação em termos de formação de prelo/ponto de equilíbrio. E o AMX também foi prejudicado pelo fim da Guerra Fria, onde não encontrou mercado pois haviam A4 e outros oferecidos a preço de ocasião por causa da quantidade de aeronaves colocadas para fora de suas forças em vários países. Mas pelo… Read more »

ZE

“Deio em 06 jan, 2010 às 10:25 3. Possibilidade e custos de um upgrade dentro de 15 anos;” Caro Deio, segundo o roadmap da Dassault/Forças Armadas Francesas, o Rafale deverá sofrer um midlife upgrade em 2020. Pela proposta francesa, o último Rafale a ser entregue ao Brasil, estará saindo da linha de montagem em 2017. A razão de ser de um midlife upgrade é atualizar sistemas já obsoletos. Portanto, se queremos ter um caça de ponta em 2020, teremos que atualizar seus sistemas logo após a compra dos vetores gauleses. Assim teremos: O primeiro dos 36 caças sendo entregue em… Read more »

Felipe Cps

Esse negócio de comentário aberto pode até ser mais legal, mas acho que o Aéreo tb tinha q estipular um mecanismo de censura para certos comentários sem-noção…

Ou então fechar mesmo, até porque é mais justo com os assinantes.

Sds.

Alexandre Galante

CPS, os comentários voltarão a ser fechados. Reabrimos temporariamente como amostra grátis.

Wilson Giordani de Souza

Felipe Cps em 06 jan, 2010 às 10:27

A FAB, baseada em critérios que ela mesma já divulgou, elaborou um relatório em que o Gripen NG ficou melhor posicionado entre os três concorrentes.

O Governo Federal expressou preferência pelo Rafale tendo em vista um “acordo estratégico” com a França.

A questão é: o Governo Federal deve ater-se somente ao relatório da FAB ou deve levar em conta o “acordo estratégico” mais amplo com a França? (cada um tem sua opinião aqui)

O comentário do sapiente não acrescenta nada de útil a discussão.

[]s

Giordani

O importante agora é fechar o contrato e garantir a compra, senão vai ficar para o próximo presidente decidir e a Força vai penar mais e mais para a alegria do seu hugo chaves e asseclas…MAS OS MELHORES E PRINCIPAIS CAÇAS SÃO BIMOTORES…alguns dirão que o F-35 é mono, mas ele é um complemento na estratégia dos EUA…e a Rússia não faz mais nenhum monomotor, por que se fosse bom, haveriam Flanker´s monomotor por aí…pensem nisso, o J-39 é para a realidade suéca…a Africa do sul vai sentir o peso de uma má decisão. Dos três, o F-18 seria a… Read more »

JC

O CPS, seu capitalista direitista burgues!!
E nos, do MSA (movimento dos sem assinatura), como ficamos???????

Felipe Cps

Wilson Giordani de Souza em 06 jan, 2010 às 10:36: Giorda, que “acordo estratégico”? Cadê ele? O que ele promete? Já foi assinado pela Mulla? Já saiu no Diário Oficial? O Congresso Nacional já aprovou? O que nos dará? Brasil e França vão unir suas FFAAs numa nova “OTAS” para prover defesa ao hemisfério sul? França vai transferir tecno de artefatos nucleares? O que diz o tal acordo? NUM TEM ACORDO NENHUM PARCEIRO! O que tem é o Brasil comprando tecnologia francesa de segunda categoria (subs e helis), e pagando MUUUUUITO caro por esta. O resto entra pra conta da… Read more »

Felipe Cps

JC: amigo, se dependesse de mim vc “ganhava” seis meses de assinatura da Trilogia, rsrsrs 🙂

Abraço bro.

El  Carajlo

ferreiraely@ig.com.br em 06 jan, 2010 às 9:38

Concordo, mas há um erro. É fogo contra fogo. Não podemos confrontar os militares contra o governo, isso não existe e país nenhum, so em ditadura. So a politica e os órgãos políticos são quem tem que penar os Lula e o Jobim. Se não os militares ficaram “queimandos na fita”.

Não so confronta politica com militares e nem com civis.

Sopa

Antes 36 Gripen NG BR voando do que 36 Rafale´s no chão, prefiro o RAFALE mas conhecendo o Brasil é melhor o Gripen.

Sds.

kari0ca

Deixo algumas perguntas:

-Se a escolha é do governo, e este governo vai sair do poder no ano que vem, qual será o governo que vai ter que fazer o orçamento para as forças armadas? esse governo vai pagar pela opção do governo anterior?
-Qual é o lucro de ter um acordo estratégico com a frança se os aviões comprados mal vão poder voar, devido os custos operacionais?

Wilson Giordani de Souza

Felipe Cps em 06 jan, 2010 às 11:01

UuAhahahaha… Felipe, meus comentários nesse post não endossam nenhum argumento – nem pró-Rafale nem pró-Gripen… só listei os argumentos “padrão” para deixar claro o que, para mim, deveria ser o foco da discussão… 🙂

O que fiz foi uma crítica ao comentário inútil do sapiente do Bom Dia Bombril… quer dizer, Bom Dia Brasil…

[]s

Harry

Caro Felipe Caps Pode a Marinha (se a mesma for favoravel ) junto com o governo decidir adquirir dentro do lote de 36 caças 12 Rafales navalizados para a Marinha se a mesma for favoravel, E ai ficaria a Aeronautica isolada, contra governo, Jobim e MB???? Outra, voce sabe que A Aeronautica fez o papel dela, e diga-se com mérito, mas não tem gabarito para uma análise estratégico e geopolitico já que necessita de acordo e acerto entre a nivel de presidentes e Ministros de Estados. Talves o erro do Presidente esteja em não ter incluido Saito neste nível de… Read more »

El  Carajlo

ferreiraely@ig.com.br em 06 jan, 2010 às 9:38

Desculpe, não sou contra o que você diz, sou completamente a favor, mas se acontecer, não seria uma coisa boa. A unica coisa que falta para afundar o Brasil é u conflito entre militares e politcos, as consequência iriam ser incalculaveis, a ponto de desestabilizar o poder político e militar, principalmente o militar, a ponto de imperdir qualquer vanço nesse meio. Sobraria até para a Embraer.

abraços

El  Carajlo

kari0ca em 06 jan, 2010 às 11:08

Esse é o problema!
é a diferença entre projeto do governo e do estado.

Esse é o governo (LUla)
Esse é o estado (Brasil)

O FX sempre foi um projeto de governo, nunca de estado. De estado foram so a Embraer, e veja só, uma das maiores fabricantes de aeronaves.

Se o lado do Estado fosse levado a serio, com certeza ja teríamos caças novos no FX1 nos anos 90.

Lacerdinha

Pra que se exaltar, se estressar, ofender A B C , se no final das contas quem decide não somos nós.
Infelizmente certas opiniões provocam muito mais que as próprias ofertas dos fabricantes.
Que venha o que pudermos comprar e manter.
E que a educação se mantenha por aqui.

Gunsalmo

Não sou contra a aliança estratégica com a França, mas será que não poderiam ter feito uma aliança em que ambos os países levassem vantagem? Por enquanto só estamos levando bola nas costas: nos subs (mais caros que os alemães), nos helis (obsoletos e sem TT no contrato) e agora nos caças da FAB. Até agora a única vantagem da tal aliança seria a promessa de ajuda na construção do sub nuclear. Realmente é uma ajuda que ninguem mais até agora prometeu, mas que pode se mostrar inútil se os contingenciamentos da marinha continuarem. Quando lançaram a END com essa… Read more »

JC

“Esse é o governo (LUla)
Esse é o estado (Brasil)

O FX sempre foi um projeto de governo, nunca de estado. ”

FALOU TUDO!

Wolfpack

Com esta última estupidez da FAB, em se deixar vazar o relatório secreto sigiloso onde se espera constar informação sensíveis aos três competidores que seja anulado a concorrência. Ele dará um cala boca geral na FAB por falta de profissionalismo e pronto. Sai sem nenhum prejuízo político. Quem perde? Quem perdeu com este vazamento do relatório, somente a FAB que continuará a operar os F5EM e Mirage 2000 por muito mais tempo, pois sabemos que em um futuro Governo Tucano, este assunto não terá relevância nenhuma. Abs Galante, não fecha não, mas se fechar espero que meu login ainda esteja… Read more »

Pensador

Depois desta bordoada que a FAB deu na FRANÇA quero ver quem vai comprar RAFALE o mundo todo esta assistindo de camarote podem encerrar a linha de montagem ,rafaleco já era.A FRANÇA é um pais sério?Abaixar o preço agora que se fuderam? Que coisa mais vergonhosa ,estão parecendo vendedor de rede.Rediculos e mal intencionados.Fico preocupado com o tal SUB ATOMICO,Sera que não vem com defeito de fabricação?

Felipe Cps

Pensador: eu tb acho que agora o Rafaleco se fu de vez… 🙂

Uma pena, era uma ótima aeronave, rsrs.

El  Carajlo

Esse relatório vazou propositadamente, pode ter sido pela própria FAB, uma vez que jogada de lado como um brinquedo velho, se vingou vazando a noticia a fim de gerar conflitos e intrigas.

A FAB é assim, ou ela está dentro do jogo, ou ninguém joga.

Wilson Giordani de Souza

Opinião de um leigo que parece ter feito o tema de casa antes de se pronunciar: =========================================================== Estive fazendo uma reflexão sobre esta polêmica sobre a escolha dos caças que o Brasil irá comprar e acho que é preciso fixar alguns pontos para que não nos percamos em questões periféricas ou em discussões estéreis. caçasVamos comprar 36 caças. Com que finalidade? Aumentar nossa capacidade de defesa? Sim, claro. A posse de uma unidade moderna de caças pelo Brasil não apenas mantém o equilíbrio – que exige nossa liderança continental – como manterá a nossa capacidade dissuasória contra qualquer aventura militar… Read more »

El  Carajlo

Cade o Thierry???

Essa ele tem que ler.
A Dassault errou ao negociar com o governo de sarkozy, agora todo mundo vai querer pexinchar o preço do Rafale (igual o Brasil fez). A Dassalt terá vender baratinho como ofereceu ao Brasil, ou os outros países vão ficar enchendo a paciência para abaixar o preço.

Dassalt ja estava ruim, agora o Brasil realmente acelerou a falência dela.

Brasil sil sil sil sil sil sil sil (com mais eco de que nunca 🙂 )

Harry

Caro Wolfpack

Quem está guardando suas esperança na Opsosiçao e na Eleição que está próxima esta com uma esperança vazia.

Eu ainda acho que com o Rafale há como garantia de TTT e cadeira de CS ” O FIO DE BIGODE DOS GAULESES”.

Pode ter certeza que deverá vir declaração de Sarko, ou da Aeronautica os dois maiores interressados para reverter a situação a favor do Rafale

Abs

Gunsalmo

Essa tão propalada TTI do Rafale me parece uma tremenda enganação. Inicialmente o governo usava essa desculpa pra justificar a preferência pelo caça francês, mas depois que saiu a notícia que o relatório da FAB aponta o Gripen como atendendo melhor a TT, o governo passou a usar o argumento da “aliança estratégica”. Não acredito nessa tal TT irrestrita que o Sarkozy vem falando. Se você olhar o que ele tem dito na imprensa francesa, vai ver que o que ele diz lá é bem diferente do que ele fala pra imprensa daqui.

Wolfpack

Harry, eu acho que o negócio desandou, chegou em um nível que a imprensa sensacionalista adora, e o CQC vai adorar isso ai… A FAB com está reportagem frisando que o a opção é pelo mais barato dá demonstração ao Mundo todo, Bolivarianos, Franceses, Russos, Americanos, Mexicanos, Chilenos, Argentinos, que não apresenta condições de se manter com vetores mais modernos da atualidade. Isso estratégicamente é muito ruim, mas que distribui fotos de F5EM com AIM9B por ai. Demonstra mesmo que temos uma Força Aérea do mesmo nível de republiquetas de Bananas. Uma pena. Será cancelado, pois o Lula não vai… Read more »

buldog

vejo com grande temeridade essa briga entre as forças armadas e o governo;porque na verdade quem perde é o Brasil em sua defesa nacional, numa época em que o terrorismo no mundo é uma ameaça silenciosa, a Colombia coloca um problema a nossas portas e Hugo Chaves a todo instante diz várias bravatas contra vários países, mas que de uma hora pra outra um país pode levar isso a sério, sem falar as instenções brasileiras de ser um país de expressão(sem poder dissuasório não adianta de nada!!!!). Venho aqui fazer uma sugestão pra esse impasse: por que o governo não… Read more »

Davi

A Dassault informou na época que o Sarkozy, promete náo é de competencia dela pois ela é um empresa privada e ele não pode decidir pela empresa e nem o que ela vai vender ou transferir. Então acho que se a escolha for o Rafale podemos esta comprando gato por lebre pois eles também não esao dispostos a transferir a melhor tecnologia que estão nos Rafales Franceses. E isso creio que FAB levou isso tudo em consideração. Lembro na epoca da guerra das Malvinas que o francês entregaram o código do missel exocet para os ingleses que e isso acabou… Read more »

Roberto PB

El Carajlo em 06 jan, 2010 às 10:24 Pois é el Carijo ! Sou leitor assíduo por muito tempo deste espaço e jamais tive a pretensão de me intrometer nos comentários , bons ou ruins dos participantres . Porém a paciênca das pessoas começa a se esgotar quando as idéias deixam de fazer sentido tornando-se contraditórias ou inconclusivas . O texto mencinado recebi hoje cedo , de um colega engenheiro e o meu comentário só foi postado , pois leio as matérias e os comentários para aprender sobre os meios militares. Não me interessam as fantasias políticas , pois sites… Read more »

Reportagens especiais

John Boyd, o piloto de caça que mudou a arte do combate aéreo

A foto acima mostra os dois caças que foram projetados segundo as ideias de um piloto chamado John Boyd....
- Advertisement -
- Advertisement -