sábado, abril 10, 2021

Gripen para o Brasil

Falcões e Jaguares nos céus de Goiás

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

No dia 5 de setembro, na Base Aérea de Anápolis, a fim de realizar o treinamento do desfile aéreo em comemoração ao dia da Pátria, o CC (FN) Tonini, do Esquadrão VF-1 da Marinha do Brasil, realizou um vôo na aeronave MIRAGE 2000, com o Ten Cel Av Arnaldo, Comandante do 1º GDA (Grupo de Defesa Aérea), conhecido como “Jaguar”.
O CC(FN) Tonini teve a experiência ímpar de poder voar a aeronave recém chegada da FAB e efetivamente manobrá-la em vôo.
No dia 8 de setembro de 2008, o Ten Cel Av Arnaldo, Comandante do 1º GDA (Grupo de Defesa Aérea) e “Jaguar líder” realizou um vôo no Skyhawk N-1021 (foto abaixo), com o CC (FN) Tonini.
A aeronave decolou da Base Aérea de Anápolis com destino à área de treinamento de aeronaves de alta performance. O Cel Arnaldo teve a chance de voar o Skyhawk e ainda de realizar circuitos de treinamento de pouso a bordo de NAe, em terra.
Esse evento veio estreitar ainda mais os laços de camaradagem entre as duas Forças, em especial entre os Falcões e os Jaguares.

- Advertisement -

38 Comments

Subscribe
Notify of
guest
38 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
RL

Isso vale para a troca de experiências. Muito válido.
Uma pena que os meios que tanto um esquadrão quanto o outro operam, não condizem com nossa realidade apesar de serem excepcionais e formidáveis aparelhos.
O mais valioso que existe nesse intercâmbio, é realmente a troca de experiências, o profissionalismo e a pró-eficiência de nosso pessoal.
Porque de meios, sinceramente. Estamos ficando muito atrás.

Dia 09 esta chegando. Caso não aconteça, Continuo ratificando minha posição.
Abaixo assinado e vamos pra guerra contra a letargia do governo.

Abraços.

RL

Galante. Agora vou ser chato na questão de contribuição para a manutenção do site.

Envie ou disponibilize quando puder, os dados para depósito em conta.

Abraços, e parabéns pelas matérias.

Galante

RL, estou te enviando e-mail com os dados. Muito obrigado.

Direto do Céu Azul

Galante, liga para o Direto do Fundo do Mar 🙂

Almeida

Acho otima este tipo de relacao, que nossos pilotos, e demais combatentes, possam fazer isso com frequencia e em meios mais modernos!

Rodrigo B. Campos

Prezados(as),

alguém pode me dizer se foi ou não assinado o contrato de compra dos helicópteros de combate para a FAB?

Este assunto saiu da mídia.

Está decidido, de fato, que será o Mi-35?

E onde ficará? Em Porto Velho/RO?

Grato.

Rodrigo B. Campos

Igor

Serve a minha? =D

Emanuel

esses falcões são patéticos e envergonham a mim como Brasileiro, qualquer adolescente Finlândes ou Americano de 16 anos pode derrubar um destes com alguns tiros de suas armas legalizadas e liberadas.

Vassily Zaitsev

Emanuel,

realmente os Falcões estão uma decadência, mas é por falta de planejamento quanto à verbas. Deixe-os modernizados, com radar, eletrônica e transmissão/recepção de dados no estado da arte e verá se são patéticos. São excelentes aeronaves e duvido que envergonhem mais algum participante deste blog.

Emanuel

Não envergonham mais ninguém? a mim envergonha, mesmo com essa modernização a qual você citou, não seria pario para nenhum avião de qualquer país que se preucupe um pouco com sua Força Aérea e forças armadas.
Não tenho vergonha de ser brasileiro, tenho vergonha da incompetência e da negligência desses políticos ladrões.

CorsarioDF

Vassily, me desculpe mas eu tenho que concordar com Emanuel, o A-4 é uma boa aquisição para um museu (subsônico, pouca autonomia, pouco armamento, sem peças sobressalentes a não ser de sucatas, etc), ele serviu para um início da doutrina e treinamento dos seus primeiros pilotos, agora já acabou seu tempo, a não ser como treinador/conversor para MB e mais nada. Precisamos sim de um avião mais moderno e capaz, não acredito em grandes investimentos para a MB, como o Rafale, F/A-18 E/F, Su-35 ou Mig-35. Agora enquanto a um de bem menor preço (F/A-18 A/C/B/D usados modernizados ou talvez… Read more »

CorsarioDF

Só pra lembrar, quantos A-4 wstão operacionais hoje mesmo?
Eles não tem nem mais “motor”, é simplesmente triste mesmo.

Nelson Lima

Os a4 não são nada patéticos.Os países que desativam a4 o fazem com pena porque eles são velhos guerreiros,resistentes, mas, com muitas de suas peças já extintas no mercado.

KELP

belo e importante intercambio, da força aos falcões.

WTF

O Brasil ainda vai se endireitar, assim esperamos, porque a situação atual dos equipamentos é vergonhosa, não digo os militares, que são esforçados e disciplinados, cito como exemplo o Exército e o CIGS, material humano muito bom.

Gilberto

Emanuel,

Cocordo com sua indignação com relação aos meios a disposição de nossas FA, mas descer o sarrafo nos Falcões por conta disso é um exagero. Você acha que foram eles que escolheram isso?

Seria como se tua mulher sentisse vergonha de você por não dar para ela uma ferrari (apesar que a sogra pode pensar isso, aliás mesmo que desse ela ia pensar isso…).

Vamos bater, mas vamos bater em quem merece.

WTF

mas é justamente isso Mauro, as minhas críticas são com o descaso e negligência dos políticos em relação a FA e compra de equipamentos modernos, e não sobre a vontade da Marinha ou Exércio ou Força Aérea de terem equipamentos melhores, da competência do militar brasileiro, o material humano do Brasil é muito bom, são levados ao limite psciológico e físico com o objetivo de equiparar a situação precária de suprimentos e armamentos com um treinamento disciplinado e centrado, Realmente acredito muito nos militares do Brasil.

Beto

No meu ponto de vista como leitor, a MB já gastou muito com seus pilotos. Em média 1 milhão por cada piloto, e p/ completar as aeronaves não terem condições de vôo!! é um ABSURDO!!se fosse numa empresa privada teria rolado CABEÇAS!! mas esse de quem vive de passado é MUSEU.. Como leitor eu gostaria de dar a minha sugestão!! MB deveria ter negociado Lockheed Martin e EUA a comprar das 17 celulas A-4 da Nova Zelândia, com isso além de termos peças de reposição, teríamos os nossos pilotos bem treinados a curto prazo!!e enquanto não decidem a modernização 23… Read more »

joao

A atual situacao da MB e realmente muito triste. Um Nae sucata,oco e imovel,que melhor serviria como navio hospital. O pobre VF-1,so tem dois avioes da guerra do Vietnam,os A-4 operacionais,so que completamente desarmados. Estou de acordo com o amigo acima,estes aparelhos ja passaram ha muito tempo da sua vida util,e tentar alargar suas horas de voo,alem de caro,oferece um risco imenso aos pilotos. Realmente foi um negocio horrivel feito pela MB. O litoral brasileiro esta praticamente indefeso,e ainda ficam falando de defender a pre-sal. Eu pergunto;com o que? A medida de emergencia a ser tomada para pelo menos oferecer… Read more »

RL

Isso vale para a troca de experiências. Muito válido.
Uma pena que os meios que tanto um esquadrão quanto o outro operam, não condizem com nossa realidade apesar de serem excepcionais e formidáveis aparelhos.
O mais valioso que existe nesse intercâmbio, é realmente a troca de experiências, o profissionalismo e a pró-eficiência de nosso pessoal.
Porque de meios, sinceramente. Estamos ficando muito atrás.

Dia 09 esta chegando. Caso não aconteça, Continuo ratificando minha posição.
Abaixo assinado e vamos pra guerra contra a letargia do governo.

Abraços.

RL

Galante. Agora vou ser chato na questão de contribuição para a manutenção do site.

Envie ou disponibilize quando puder, os dados para depósito em conta.

Abraços, e parabéns pelas matérias.

Galante

RL, estou te enviando e-mail com os dados. Muito obrigado.

Direto do Céu Azul

Galante, liga para o Direto do Fundo do Mar 🙂

Almeida

Acho otima este tipo de relacao, que nossos pilotos, e demais combatentes, possam fazer isso com frequencia e em meios mais modernos!

Rodrigo B. Campos

Prezados(as),

alguém pode me dizer se foi ou não assinado o contrato de compra dos helicópteros de combate para a FAB?

Este assunto saiu da mídia.

Está decidido, de fato, que será o Mi-35?

E onde ficará? Em Porto Velho/RO?

Grato.

Rodrigo B. Campos

Igor

Serve a minha? =D

Emanuel

esses falcões são patéticos e envergonham a mim como Brasileiro, qualquer adolescente Finlândes ou Americano de 16 anos pode derrubar um destes com alguns tiros de suas armas legalizadas e liberadas.

Vassily Zaitsev

Emanuel,

realmente os Falcões estão uma decadência, mas é por falta de planejamento quanto à verbas. Deixe-os modernizados, com radar, eletrônica e transmissão/recepção de dados no estado da arte e verá se são patéticos. São excelentes aeronaves e duvido que envergonhem mais algum participante deste blog.

Emanuel

Não envergonham mais ninguém? a mim envergonha, mesmo com essa modernização a qual você citou, não seria pario para nenhum avião de qualquer país que se preucupe um pouco com sua Força Aérea e forças armadas.
Não tenho vergonha de ser brasileiro, tenho vergonha da incompetência e da negligência desses políticos ladrões.

CorsarioDF

Vassily, me desculpe mas eu tenho que concordar com Emanuel, o A-4 é uma boa aquisição para um museu (subsônico, pouca autonomia, pouco armamento, sem peças sobressalentes a não ser de sucatas, etc), ele serviu para um início da doutrina e treinamento dos seus primeiros pilotos, agora já acabou seu tempo, a não ser como treinador/conversor para MB e mais nada. Precisamos sim de um avião mais moderno e capaz, não acredito em grandes investimentos para a MB, como o Rafale, F/A-18 E/F, Su-35 ou Mig-35. Agora enquanto a um de bem menor preço (F/A-18 A/C/B/D usados modernizados ou talvez… Read more »

CorsarioDF

Só pra lembrar, quantos A-4 wstão operacionais hoje mesmo?
Eles não tem nem mais “motor”, é simplesmente triste mesmo.

Nelson Lima

Os a4 não são nada patéticos.Os países que desativam a4 o fazem com pena porque eles são velhos guerreiros,resistentes, mas, com muitas de suas peças já extintas no mercado.

KELP

belo e importante intercambio, da força aos falcões.

WTF

O Brasil ainda vai se endireitar, assim esperamos, porque a situação atual dos equipamentos é vergonhosa, não digo os militares, que são esforçados e disciplinados, cito como exemplo o Exército e o CIGS, material humano muito bom.

Gilberto

Emanuel,

Cocordo com sua indignação com relação aos meios a disposição de nossas FA, mas descer o sarrafo nos Falcões por conta disso é um exagero. Você acha que foram eles que escolheram isso?

Seria como se tua mulher sentisse vergonha de você por não dar para ela uma ferrari (apesar que a sogra pode pensar isso, aliás mesmo que desse ela ia pensar isso…).

Vamos bater, mas vamos bater em quem merece.

WTF

mas é justamente isso Mauro, as minhas críticas são com o descaso e negligência dos políticos em relação a FA e compra de equipamentos modernos, e não sobre a vontade da Marinha ou Exércio ou Força Aérea de terem equipamentos melhores, da competência do militar brasileiro, o material humano do Brasil é muito bom, são levados ao limite psciológico e físico com o objetivo de equiparar a situação precária de suprimentos e armamentos com um treinamento disciplinado e centrado, Realmente acredito muito nos militares do Brasil.

Beto

No meu ponto de vista como leitor, a MB já gastou muito com seus pilotos. Em média 1 milhão por cada piloto, e p/ completar as aeronaves não terem condições de vôo!! é um ABSURDO!!se fosse numa empresa privada teria rolado CABEÇAS!! mas esse de quem vive de passado é MUSEU.. Como leitor eu gostaria de dar a minha sugestão!! MB deveria ter negociado Lockheed Martin e EUA a comprar das 17 celulas A-4 da Nova Zelândia, com isso além de termos peças de reposição, teríamos os nossos pilotos bem treinados a curto prazo!!e enquanto não decidem a modernização 23… Read more »

joao

A atual situacao da MB e realmente muito triste. Um Nae sucata,oco e imovel,que melhor serviria como navio hospital. O pobre VF-1,so tem dois avioes da guerra do Vietnam,os A-4 operacionais,so que completamente desarmados. Estou de acordo com o amigo acima,estes aparelhos ja passaram ha muito tempo da sua vida util,e tentar alargar suas horas de voo,alem de caro,oferece um risco imenso aos pilotos. Realmente foi um negocio horrivel feito pela MB. O litoral brasileiro esta praticamente indefeso,e ainda ficam falando de defender a pre-sal. Eu pergunto;com o que? A medida de emergencia a ser tomada para pelo menos oferecer… Read more »

Combates Aéreos

BVR2/Sabre: exercício de guerra simulada inicia segunda fase

Diferentes cenários de guerra e novas aeronaves elevam o nível de complexidade na Operação BVR2/Sabre - O Exercício Operacional BVR2/Sabre, que...
- Advertisement -
- Advertisement -