Aviões de ataque Sukhoi Su-25 na Síria

Mais de 70 terroristas foram mortos, de acordo com o Ministério da Defesa russo

MOSCOU, 4 de setembro / TASS /. Mais de 80 surtidas foram realizadas por aviões de combate russos para apoiar a ofensiva das tropas do governo sírio em direção à cidade de Deir ez-Zor, informou o Ministério da Defesa da Rússia em comunicado na segunda-feira, acrescentando que mais de 70 terroristas haviam sido mortos.

“A fim de fornecer apoio aéreo à ofensiva das tropas governamentais em direção a Deir ez-Zor, os aviões de guerra russos realizaram mais de 80 surtidas. Os ataques aéreos destruíram dois tanques, três blindados transportadores de infantaria e mais de dez veículos todo terreno equipados com armas pesadas. As perdas entre terroristas totalizaram mais de 70 homens “, diz o comunicado.

O Ministério da Defesa russo acrescentou que as tropas do governo sírio, apoiadas pela Força Aeroespacial Russa, continuaram a ofensiva em direção à cidade de Deir ez-Zor.
“No leste da Síria, as tropas do governo apoiadas pela Força Aeroespacial Russa continuam a ofensiva em direção à cidade de Deir ez-Zor”. “As tropas sírias sob o comando do general Suheil al-Hassan, ativo na parte norte da província de Raqqa, avançaram oito quilômetros nas últimas 24 horas, capturando dois pontos estratégicos”, diz o documento.

De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, as tropas sírias que avançam da direção da cidade de Al-Sukhnah levaram os terroristas do grupo terrorista Estado islâmico de suas posições ao longo da rodovia que conecta Palmyra e Deir ez-Zor.

O Ministério da Defesa russo sublinhou que a derrota do Estado islâmico na área de Deir ez-Zor e o fim do cerco da cidade seriam um golpe estratégico ao grupo terrorista.

Jatos russos Su-25 e Su-24 alinhados na base de Khmeimeem em Latakia, na Síria

Ofensiva de Deir ez-Zor
Enquanto isso, a Agência de Notícias árabes sírias (SANA) informou que a Força Aérea Síria lançou um ataque aéreo em uma sede terrorista localizada no distrito de Howeika, na parte ocidental de Deir ez-Zor. Como resultado, nove comandantes de campo foram mortos.

Testemunhas oculares dizem que as posições defensivas dos militantes nos arredores da cidade foram destruídas. Na frente ocidental, as forças governamentais e as unidades da milícia dispõem de mais dez quilômetros para se juntarem às tropas sitiadas na base da 137ª brigada mecanizada. No sul, as tropas estão atacando os assentamentos de Al-Shula e Kabajib.

O governador provincial Mohammed Ibrahim Samra disse à agência de notícias SANA que as forças do governo sírio chegariam a Deir ez-Zor dentro de algumas horas.

FONTE: TASS

62 COMMENTS

  1. Inclusive o Klen-PS está sendo substituido pelo Solt 25.
    “Important part of upgrading Su-25 to Su-25SM3 will be replacing the old Klen-PS laser targeting device with new SOLT-25 device with laser, TV and thermal imager for all day operation in searching, identifying and engaging targets. There is no need for any modifications in Su-25 as SOLT-25 is the same size as Klen-PS and have the same fixing points. State tests of SOLT-25 will go in this autumn and this complex is also placed in Yak-130 prototype in MAKS-2015.” Russian Defence
    . http://www.russiandefence.com/wp-content/uploads/2017/05/Su25SM3_InfoGraphic.jpg

  2. Pelo jeito, os terroristas assassinos cortadores de cabeça, destruidores de patrimonio histórico e cultural da humanidade estão recebendo as passagens e carimbando os passaportes para o inferno.

  3. Eu me pergunto qual seria a posição dos russos com relação a um eventual substituto para o Su-25. Parte da USAF que se livrar o mais rápido possível do A-10, já outra deseja continuar com aeronave dedicadas à atividade de apoio as tropas no solo.

  4. Clésio Luiz 6 de setembro de 2017 at 14:52
    Pra termos alguma ideia a respeito precisaríamos de informações sobre o custo de operação do Su-25 Frogfoot, né, Clésio? No caso da USAF, aqueles que preferem ver a baixa do ‘Warthog’ é porque consideram seu custo proibitivo e injustificado no cenário atual (e assim liberando orçamento para a ‘Orquinha’ F-35); mas que o A-10 tem qualidades excepcionais para o que foi projetado, ninguém nega!

  5. Parabens ao Exército Sírio pela retomada de uma de suas mais importantes cidades para sua economia.

    Agora é só limpar os cortadores de cabeça “moderados” em Idlib que o país finalmente possa voltar a ter paz.

  6. Em se tratando do Oriente Médio, uma noticia que mostra o sinal dos tempos em que o país vive e sua relevância no cenário político internacional, o Primeiro Ministro israelense Benjamin Netanyahu irá visitar a América Latina e não virá ao Brasil, passará apenas por a Argentina, Colômbia e México…

  7. Meus caros,
    .
    o regime já praticamente conquistou tudo em Deir ez-Zor, inclusive às tropas sitiadas na base da 137ª brigada mecanizada já foi alcançada por forças do exército. Agora em se tratando de Oriente Médio e sistemas sofisticados de combate, um Of tópic mas nem tanto…Israel revela futuras armas.
    .
    Ontem terça-feira a Administração de Desenvolvimento de Armas de Israel revelou os novos armamentos que está testando, incluindo um incrível tanque híbrido e uma frota de veículos autônomos.
    .
    O departamento de desenvolvimento de armas do Ministério da Defesa israelense apresentou nove peças de tecnologia, incluindo dois submarinos não tripulados e um tanque poderoso, que devem entrar no serviço das IDF nos próximos anos.
    .
    Algumas dessas tecnologias já estão em estágios avançados de desenvolvimento e foram apresentadas ao militares para considerações, enquanto outras ainda estão em fase de planejamento e precisarão de anos antes de serem preparadas para o combate. Nenhuma das tecnologias apresentadas pelo ministério ainda foi declarada operacional pela IDF.
    .
    Este departamento “tenta prever como será o futuro campo de batalha, em termos de ameaças e tecnologias.”
    .
    Uma das peças de tecnologia mais importantes apresentadas nesta terça-feira foi o veículo blindado Carmel, que está pronto para substituir o atual tanque Merkava do exército, em uso há cerca de 40 anos.
    .
    E ao contrário do Merkava, que exige uma equipe de quatro pessoas, o Carmel só precisa de dois soldados para operá-lo.
    .
    O novo tanque, que contará com um motor elétrico a gás híbrido, alimentado por um banco de baterias, está sendo desenvolvido pela Administração de Desenvolvimento de Armas e pela Administração Merkava do ministério, juntamente com várias empresas de defesa.
    .
    De acordo com o ministério, o Carmel será “leve, pequeno, rápido, mortal, resistente, fácil de operar e comparativamente barato.”
    .
    A Administração do Desenvolvimento de Armas também revelou dois submarinos não tripulados, um deles grande e o outro pequeno.
    .
    O submersível maior, conhecido como Caesaron, pode ser equipado com uma variedade de sensores e cargas úteis. É projetado especificamente para coleta de informações, disse o ministério.
    .
    Além do maior Caesaron, o ministério também revelou um pequeno submarino ainda sem nome que atualmente está sendo desenvolvido com a ajuda da Universidade Bar Ilan.

    O pequeno drone submersível tem como objetivo “procurar e mapear missões”, informou o ministério.

    “Custa um terço da quantidade de submarinos similares no mundo e supera-os na sua capacidade de flutuar e mover-se em todas as direções”, acrescentou o ministério israelita.
    .
    Acompanhe abaixo alguns vídeos com essas novidades….
    .
    Grato.
    .
    -Tanque Carmel
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=aG_iyU5Xbns
    .
    -Caesaron submarino não tripulado
    .
    https://www.youtube.com/watch?time_continue=6&v=QOZ_DGgUsy0
    .
    -Drone submarino
    .
    https://www.youtube.com/watch?time_continue=5&v=6JpDlNf70DM
    .
    -O drone de transporte Yasuron
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=RXCPQPQtnN0
    .
    -O incrível sistema de mira SMASH
    .
    https://www.youtube.com/watch?time_continue=32&v=oDG0vzDqu6Q
    .

  8. PRAEFECTUS 6 de setembro de 2017 at 16:22

    Saudades da diplomacia dos atabaques do trio Lula – MAG – Celso “Megalonanico” Amorim, aquela que fingia falar grosso com os EUA e falava fino com a Bolívia, que intermediava acordos nucleares fajutos com loucos fascistas apenas para passar vergonha no CS da ONU e que posicionou-se ao lado do Hamas ao convocar o embaixador brasileiro em Telavive?

  9. Uma curiosidade que eu queria compartilhar, fazendo uma pesquisa sobre quando se mudou de “Roger” para “Romeu” o “R” na fonia descobri que:
    Para quem acha que conhece sobre abreviaturas e códigos usados em comunicação via rádio e telégrafo aqui neste PDF está o trabalho mais completo que existe a disposição dos curiosos, os nomes usados para as letras estão a partir da pg 144.
    Vou postar só os principais, pois no passado cada empresa de telégrafo criava o seu código, isso dificultava o funcionário de procurar emprego na concorrencia, além de cada país usar o seu.
    O “R” ja foi:
    Rebecca antes de 1913 USA
    Robert 1908 Royal Navy
    Rush 1913 US Navy
    Richard 1913 até 1993 Alemanha
    Rivoli 1927 Convenção Internacional Telegráfica
    Roma 1932 Itália
    ROGER 1922 US Navy, em 1941 adotado como padrão militar americano.
    Radio 1943 UK telégrafo
    ROMEU 1955 EUA/UK e Austria
    Romeu 1956 toda OTAN, mas trocaram o Nectar por November, este padrão vinga até hoje.
    .
    O Brasil oficialmente em 2001 no Gov. FHC fez umas alterações no código internacional no Brasil para facilitar a utilização pelo povão, estas alterações valem também para as Forças Armadas.
    Alpha por Alfa
    Foxtrot por Foca
    Juliett por Juliete
    Golf por Golfe
    Uniform por Uniforme
    X-ray por Xingu
    Zulu por Zebra, pode ser ainda utilizado o Zulu.
    . http://www.qsl.net/wd8das/RadioCodes.pdf

  10. 80 surtidas, 70 inimigos mortos… Quanto “custou” cada morte? Os alvos eram tão valiosos assim?
    .
    Pode até ser que uma boa parte delas tenha sido contra estruturas e isso por si só já justificaria o investimento, mas do jeito que a reportagem escreve, nos conduz a uma conclusão de que não valeram tanto a pena assim…
    .
    Sei que o raciocínio não deveria ser esse, mas gerou dúvida sobre a eficácia…
    .
    Sds.

  11. A imprensa explica pouco a situação na Síria
    Afinal de contas, qual a situação atual?
    Quem manda em quê?
    Só que a Rússia entrou já faz quase dois anos..
    80 sortidas em um dia.
    Umas 20 mil sortidas ao todo..
    Talvez 100 mil. ..
    O que está faltando para concluir o serviço?
    Onde estão os terroristas?
    Sem falar na coalizão americana que diz ter matado mais uns 10 mil terroristas.
    Afinal de contas, onde estão, de onde vêm, para onde vão?
    Dentro da Síria é o governo, Rússia, Irã, Hezbollah…
    São os curdos..
    O que falta para acabar com o EI?

  12. Boa Nonato,
    Precisamos realmente do globo reporter para responder esta… Quem são, onde vivem, o que fazem, como se reproduzem…
    Creio que a Síria tenha saído das manchetes após a tomada de Alepo pois os demais territórios rebeldes são considerados irrelevantes.

    Ademais, as batalhas de Alepo e Mosul mostraram o quanto o apoio aéreo é importante, não importa se é de precisão ou convencional, as vitórias no solo com os contingentes disponíveis só foi possível por meio das missões de ataque bem realizadas. Do contrário teríamos o cenário de II GM onde eram necessárias várias divisões para capturar uma cidade sitiada…

  13. Outra coisa interessante, dentre as aeronaves de caça/ataque russas, a única que aparece com tanques subalares é o su25. Nunca vi fotos do su34 com tanques externos (Su-22 com ventral) e o mesmo posso dizer quanto ao mig29 e variantes e su27 e variantes (su-35). Apesar de feio pelo número de cabides deve levar muito armamento…

  14. Jorge, antes mesmo da tomada de algumas dessas cidades na Síria e no Iraque, o mapa que aparece em alguns sites são confusos acerca de quem domina que região.
    E como você falou, se os principais redutos foram tomados, o EI se acabou?
    Caso contrário, eles dominam algum território?
    Por que não é logo aniquilado?
    Lembro que durante vários meses os EUA os combateram e nada.
    De repente a Rússia bombardeia uns 50 caminhões transportando petróleo.
    Ou seja, é brincadeira?
    Combate mas deixa passar comboios levando petróleo “roubado”?
    O que falta para o governo sírio, a Rússia, os curdos, os EUA acabarem com o EI na condição de grupo terrorista com domínios territoriais, recebendo suprimento de armas e munição?
    Para que 80 sortidas?
    Não há sortidas de vigilância em todas as áreas com a presença do EI?
    Por que os caças não vão já com um alvo definido?
    Sinto a falta na trilogia da discussão de estratégias militares.
    Isso que questionei.
    Domínio territorial, estratégias e ações de retomadas, a influência da existência de vastos territórios, a existência de infiltração entre os civis.
    É não temos a chamada consciência situacional.
    Só alguns militares que vez por outra discutem que peça de artilharia tal é melhor, que batalhões x ou y tem z carros de combate.
    Muito se fala da idade de equipamentos, da necessidade de modernização.
    Mas nada do dia a dia dos marinheiros.
    Das estratégias de combate, etc.
    A Síria deveria ser uma aula, um curso de guerra.
    Mas o que é discutido aqui?
    Pelo menos é a minha opinião.
    Do feijão com arroz para o caviar…

  15. Dominam faixas esparsas (ou dominavam).
    É isso que eu queria saber.
    O que falta?
    Por que não passam o rodo logo?
    Como é esse eventual domínio territorial remanescente?
    Estão infiltrados entre os civis?
    Ou, como no caso tratado na matéria, dispõem de blindados, etc?
    Por que não destroem logo todos esses veículos militares?
    Ou não sabem onde estão?
    Terroristas brotam iguais ervas do campo?

  16. Primeira vez que comento, olhe este site https://syria.liveuamap.com/ ,ele mostra o mapa da Síria com a situação atual e vai sendo atualizado de acordo com os eventos em tempo real. Não sei se pode linkar outros sites por aqui ou se já postaram este, de qualquer modo se não for permitido peço desculpas antecipadamente.

  17. Amigo Nonato!
    A falta generalizada da informação objetiva , bem analisada e amplamente discutida em relação dos conflitos nos últimos 50 anos é algo comum e obvio pois envolve a política e , consequentemente , ideologia. Estou vendo este processo desde inicio das 80s e raramente vi uma “luz” nas discussões na forma como você esta descrevendo : presença de informação e analítica sincronizadas e neutras. Ha 5 anos que estou acompanhando a guerra na Síria e , mesmo com certo envolvimento pessoal (devido amigos , parentes ,afiliados) . a sensação de vácuo e distorção informativos é bem grande. E menos ainda existem chances de achar informação consolidada sobre questões das táticas , logística , política étnica , etc..
    Melhores (IMHO) recursos informativos pró-governo :
    – twitter.com/petolucem (mapas com maior índice da objetividade que conheço entre as fontes abertas)
    – twitter.com/watanisy
    – twitter.com/mig29_
    OBS : Dificilmente vem algum tipo de mentira sensacionalista mas é sempre bom conferir 🙂 .
    Agora sobre últimos acontecimentos (Deir ez-Zor).
    Estava na duvida e procurava (faz tempo) a resposta : se exercito sírio vai atravessar o Eufrates. Ja que existe um campo de petróleo riquíssimo por la e os curdos (apoiados pelos coalas) vão “rasgar as calças” (largar tomada de Raqqah) so para impedir a travessia dos Tigres e 5a brigada.
    E hoje finalmente a duvida acabou :
    https://i.imgur.com/wzSYUvm.jpg
    https://i.redd.it/mt09xlwr4gkz.jpg
    Agora tenho uma ooooutra duvida . Quando??? 🙂
    Um grande abraço!

  18. A Síria foi acusada ontem de usar armas quimicas, e hoje a Síria acusou Israel de atacar uma base aérea Síria, o observatório de direitos humanos disse que tinha armas químicas nessa base e o Hezbollah operava nela ! O impressionante foi o silêncio dos EUA

  19. ScudB.
    Gostei do seu comentário.
    Você parece comungar das minhas dúvidas e “preocupações”.
    Não temos “consciência situacional”.
    É o problema não é a falta de informações isentas.
    Mas a falta de algum site que mastigue as informações disponíveis.
    Gostei do seu empenho. Falou até sobre cruzar o Rio Eufrates…
    E aí? Os curdos não vão deixar?

  20. Nonato 6 de setembro de 2017 at 21:56 ,

    Nonato, EUA/OTAN estão há 16 anos combatendo no Afeganistão e não houve ganho, só perdas. Porque será?

  21. August

    “”””””Armas Qúimicas””””””, quem nem as “”””””Armas de Destruição em Massa””””” de Saddam.

  22. Amigo Nonato!
    Não sei com certeza.Mas tenho observado seguintes momentos :
    – os curdos são impotentes sem coalas
    – tem muitos inimigos
    – não tem politica unificada
    – estão fazendo dos tribos árabes locais os reféns da situação raptando jovens para servir forçadamente gerando uma resistência interna nos território ocupados
    – não possuem armamento pesado nem a qualificação para opera-lo
    – nem os yankees estão deixando os curdos aparecer nos reuniões em Astana
    – e menos ainda tem algum tipo de apoio da oposição síria
    Bom. A minha previsão é 2-3 semanas para os Tigres atravessar o rio. Lembrando que hoje saiu a noticia que a Rússia , Jordânia e USA acertaram as questões sobre os pontos da fronteira (https://www.almasdarnews.com/article/breaking-us-backed-militants-surrender-south-syria-except-tanf-base/).Lembrando da agonia de DAESH em Akerbat. E vendo gaguejamento dos yankees sobre “retirada” dos comandantes de DAESH (https://special-ops.org/news/world/us-choppers-allegedly-evacuated-20-isis-commanders-deir-ez-zor/) imagino que os curdos vão ter que fazer algo estupidamente heroico para frear a travessia do exercito sírio.Vejo assim..
    Um grande abraço!

  23. O Su-25 é uma aeronave formidável. Inferior ao A-10, não leva radar a bordo, mas é pau pra toda obra. Faz ataque, CAS e o que for preciso numa versatilidade impressionante.

  24. TheoGatos eu fiquei pensando na mesma coisa. Muita bala para pouco corpo.

    Ok, talvez o objetivo seja retomar território mas a impressão que dá é que fugiu gente suficiente do Daesh para lutar em outro dia.

  25. Renato b. E Theogato, agora após um tempo, passou pela minha cabeça que o bombardeiro pode ter sido contra depósito de armas ou centros de comandos, ou seja, alvos valiosos com pouca gente. Mas aí também me veio na cabeça que se fosse contra esses alvos a propaganda russa certamente anunciaria

  26. Israel bombardeou uma Base do Exército Sírio, sendo que essa região está “protegida” pelo S400;
    USA bombardeou base aérea síria protegida por S300 e pantsir;
    Ditador coreano ameaçou bombardear base americana em Guam, ao sul do Japão, os bestas (americanos, coreanos do sul e japoneses) mandaram seus destróieres e baterias Thaads e Patriots ao sul e o “espertinho do olho puxado” mandou míssil balístico pelo norte do japão.

    Pergunto: É impressão só minha ou esses sistemas anti-aéreos não valem nada?

  27. Parabéns aos Sírios pela retomada da cidade Deir Ezor.
    Para o desespero dos Amis e seus terroristas cortadores de cabeça e vendedores de escravas….heheheh……..

    Viva ao Urso……

  28. Nonato, para passar o rodo como você comenta seria necessário a quebra da moral, pois do contrário as defesas terão que ser quebradas a cada camada. Apesar disso a quebra do sítio a cidade de Deir-ez Zor foi um avanço rápido e contínuo por uma vasta região.
    .
    Temos que considerar que o exército sírio tem falta de homens e a frente de batalha é ainda bastante ampla (apesar de ter diminuído enormemente).
    .
    ScudB relacionou as melhores fontes de informações sobre a guerra. Estes possuem contatos em alto nível nas FFAA sírias e deixam escapar algumas coisas interessantes, como concentração de tropas por exemplo. como o próprio ScudB comenta, todavia, tem que se guardar algum ‘pé atrás’ com as informações de qualquer maneira.
    .
    Eu acrescentaria a imprensa online da Fars News (iraniana), Al Masdar News (síria) e Southfront (russo?) para informações de batalhas. A Fars esconde as derrotas, mas é boa para informar os locais de combate.
    .
    Na imprensa ocidental quase não tem nada sobre batalhas. Só acompanho a ISW (institute for the study of war).

  29. Eu não acho que uma pilha de corpos maior seria o que justificaria qualquer ataque. A vida humana, apesar de ter um valor financeiro atribuído a ela em muitas análises (vivemos isso no nosso dia a dia), não deveria ter preço.
    .
    O meu comentário foi que da maneira como foi escrito, parece que um preço lhe foi atribuído (já que foi o benefício do custo das operações) e esse preço não parece ter sido tão barato… A lógica foi que uma vida tirada por um tiro ou por uma bomba lançada de um avião a jato tem custos diferentes.
    .
    Claro que outros alvos estratégicos devem ter sido acertados e claro também que se os alvos foram lideranças o impacto dentro da cadeia de comando e, logo, na estrutura do inimigo como um todo, aumentam significativamente o benéfico do custo de cada surtida. Não desprezo tampouco o fato de termos um inimigo a menos atrás das linhas. De qualquer maneira, como comentado, se fossem alvos estratégicos estruturais veríamos isso como propaganda também e não foi o caso.
    .
    Sds

  30. Meu caro HMS TIRELESS 6 de setembro de 2017 at 17:26,
    .
    não perca seu tempo. Colega se tem algo que não discuto ou me importo é com ideologia, tampouco política. Amigo, hoje mais do que nunca sou apolítico e anti-ideologias. Digo a você, que a preocupação que tenho na minha vida hoje, é a particularidade daquilo que se encontra em correspondência (de acordo) com o que é justo; grosso modo entender e/ou de julgar aquilo que é correto. Ponto!
    .
    Um conselho, deveria se preocupar com isso também meu caro, se achegue a Deus…
    .
    Abraço!

  31. ScudB. 7/9/2017- 20:42. Parabens .
    Pela qualidade dos pontos de vista baseados em pesquisas sem as deletérias “torcidas” que tanto distorcem os debates e prejudicam a informação.

  32. Meus caros,
    .
    as informações de que disponho é que o ISIS explodiu quase todos os hospitais da cidade de Deir ez-Zor, além de instituições educacionais.
    .
    Outra informação é que aviões israelenses lançaram ataques sobre fábricas de explosivos, perto da aldeia de Masyaf na provincia de Hama, sob o controle de forças do governo. No momento, o governo israelense não comentou sobre a situação.
    .
    Outrossim, confirmando que tomou parte nos ataques aéreos maciços a Deir ez-Zor, a fragata russa “Almirante Essen” que lançou mísseis “Caliber” a partir do Mar Mediterrâneo.
    .
    No entanto, embora o desbloqueio de Deir ez-Zor é uma vitória significativa para as forças do governo sírio, ainda há na província e entorno da cidade forças significativas do Estado islâmico.
    .
    Há relatos de que tropas israelenses entraram no território da província de Quneitra na aldeia de Bir Ajam.
    .
    A chamada coalizão liderada pelos EUA começaram a realizar missões de combate em apoio ao ataque dos curdos na direção de Deir ez-Zor, efetuaram também um bombardeio na província de Hasaka, além de enviarem um comboio de veículos militares perto da cidade de Al-Shaddad.
    .
    É relatado também que tropas russas em 40 caminhões trouxeram aos moradores da cidade de Deir ez-Zor pacotes de alimentos e medicamentos. Lembrem-se que em três anos, a SAA há lançado com helicópteros de carga conjuntos com ajuda humanitária. Uma informação importante, há um esforço dirigido a capital provincial de equipamento militar, bem como barcos e pontes flutuantes para atravessar o rio Eufrates. Se o SAA atravessar o rio Eufrates, eles vão, assim, ser capaz de cortar a linha principal de fornecimento do ISIS, bem como bloquear o caminho dos curdos e dos EUA em direção a Deir ez-Zor…
    .
    Grato

  33. Meus caros,
    .
    entendamos um pouco mais sobre o que ocorre neste decisivo momento na Síria.
    .
    É fato que a vitória alcançada até aqui pelo regime sírio na província de Deir ez-Zor é algo de grande significado. A bem da verdade ainda há forças substanciais do “Estado islâmico” em suas emediações.
    .
    Ao longo dos últimos meses na região foram enviados destacamentos grupos de todas as partes da Síria é não só, mas também do vizinha Iraque . Assim, os terroristas do “Estado islâmico” estão pronto para uma resistência feroz. Os militantes estão indo jogar todas as forças para defender seu reduto principal, que, aliás, é para eles uma espécie de capital econômico, afinal nos arredores de Deir ez-Zor, na Síria encontra-se as maiores reservas de petróleo do país.
    .
    Quais são as futuras tarefas prioritárias das tropas sírias e da Federação Russa no quadro da operação para libertar a província? A tomada final de Deir ez-Zor irá significar a total derrota do ISIS, e a conclusão final das forças russas na campanha militar síria?
    .
    Ao que parece o alvo prioritario neste momento das forças aliadas ao regime sírio será colocar em total funcionamento a base aérea militar ao sul de Deir ez-Zor, que está sob o cerco desde dezembro passado. Obviamente depois que tropas do governo limpar de terroristas os bairros dentro da cidade.

    A força militar síria terá que fazer esforços consideráveis, a fim de limpar completamente os bairros residencial no entorno da base. Isto implica uma grave batalhas de rua. Além das tarefas imediatas também incluem a eliminação de grupos militantes, que está localizado ao sul do Eufrates entre Resafoy e Deir ez-Zorom. O seu centro(a cidade Maadai-Jadi). Este contingente do ISIS será completamente destruído pelas tropas de Assad se estes forem capazes de assumir completamente o controle do sul do rio a leste da Raqqa .
    .
    Não é tarefa facil. Nesta área estão localizados pelo menos dois grandes postos avançado da organização terrorista(a cidade de Al-Mayadin e Abu Kemal).
    .
    Em seguida, será preciso desenvolver a operação no sentido de Al-Mayadina e Abu Kemal, que está localizado na fronteira sírio-iraquiana. Isto irá eliminar a possibilidade da transferência de militantes do Iraque para a Síria e vice-versa.
    .
    Para atingir estes objetivos as forças aliadas ao regime vão levar um longo tempo.
    A dificuldades a serem enfrentadas ficam patentes ao se observar como os militantes até recentemente não desistiram de uma resistência obstinada.
    .
    Após a principal tarefa das forças russas neste teatro de operaçõesa(a vitória sobre o terrorismo) ser realizada, o lado russo vai se concentrar no processo de resolução política e a organização de negociações de paz entre as partes envolvidas na crise síria.

    Será sentar a mesa e negociar com os patrocinadores da oposição armada(com os Estados Unidos , Arábia Saudita e Turquia) o destino dos enclaves da oposição. A segunda grande questão que vai exigir decisões relacionadas, é claro, será a questão dos curdos…
    .
    Outro fator importante que não podemos deixar de mencionar é a questão toda do ponto de vista israelense. Os israelenses repetidamente demonstram sua insastifação sobre o fato de que o fortalecimento do Irã (aliado sírio) na região é uma ameaça contra Israel…
    .
    Vejamos Israel teme que, em vez de diferentes grupos terroristas e armas na região, com uma suposta vitória do regime sírio surja a partir daí alguma enorme organização terrorista xiita. Israel não disse abertamente sobre alguém em questão, mas obviamente está se referindo ao “Hezbollah”.
    .
    Sobre o último ataque israelense o mais antigo jornal diário israelita “Haaretz” informou que a Força Aérea de Israel atingiu em ataques aéreos instalações de pesquisa na cidade de Masyaf (Hama), local que supostamente é utilizado para desenvolver armas biológicas e químicas.
    .
    É importante lembrar um assunto incomodo para Israel que é a questão sobre o Golan, os israelenses, naturalmente, ainda esperam que o assunto da guerra civil Síria ainda há ser resolvido, seja resolvido, não através de negociações no pé que se desenham hoje…
    .
    Muito menos ter como interlocutor Bashar Al Saad…
    .
    Grato

  34. Nós ficamos aqui, idealizando tantas coisas, sobre compra disso ou daquilo. O que seria ideal pro Brasil. Mas os Sírios e todas as guerras nos ensinam que: se luta com o que se tem. Da melhor forma que se pode.

  35. parabéns ao grande general issam zaharedinne conhecido como the druze beast apesar de odiar tudo q é contra israel tem q se reconhecer um herói e lenda viva q resistiu bravamente e diariamente aos ataques do isis

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here