Home Noticiário Internacional Saab oferece ‘100% de transferência de tecnologia’ em oferta do Gripen à...

Saab oferece ‘100% de transferência de tecnologia’ em oferta do Gripen à Indonésia

403
11

Gripen E - imagem Saab

Segundo nota do site Jane’s divulgada em 17 de setembro, a empresa sueca Saab está oferecendo “100% de transferência de tecnologia” em sua oferta para fornecer caças JAS 39 Gripen à Força Aérea da Indonésia (Tentara Nasional Indonesia Angkatan Udara – TNI-AU). A informação foi dada ao site por um executivo da empresa.

A TNI-AU pode estar considerando a compra do Gripen sueco, entre outros caças que incluem o F/A-18 Super Hornet da americana Boeing e o Su-35 da russa Sukhoi, para substituir sua envelhecida frota de jatos americanos Northrop F-5E Tiger II, antes do final da década.

O programa visa a aquisição de 16 aeronaves, a um custo estimado de mais de 1 bilhão de dólares. Em conversa com o site Jane’s em 15 de setembro, o chefe de marketing e vendas da Saab para a Ásia e o Pacífico, Kaj Rosander, disse que a empresa teve “diversas discussões” com a TNI-AU e o governo da Indonésia, na qual a Saab  “dividiu informações sobre as capacidades”  do Gripen E, modelo monoposto do JAS 39 Gripen NG.

Gripen NG Demo - vista do ventre mostrando carenagens nas raizes das asas para trem de pouso- foto Saab

FONTE: Jane’s (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

IMAGENS: Saab (em caráter meramente ilustrativo)

COLABOROU: Sandro

VEJA TAMBÉM:

11 COMMENTS

  1. Pô camarada, veja se muda o blue ray!!!

    Nem o radar e menos ainda a turbina, são produtos da Saab, tá cansado de saber.
    Agora a geometria da aeronave ou seus processos produtivos, esses sim são passíveis de transferência.

  2. Pois é Maurício! Mas quando se fala que a empresa tal vai transferir 100% da tecnologia de um produto, no caso, de um avião de caça, passa-se a impressão que tudo entra no pacote, desde o motor,passando pelo radar e chegando até o ______________ da cabine.
    No nosso caso o que será transferido?
    Um caça é formado pelo airframe, pelo motor e pela aviônica. A responsabilidade do fabricante é só o airframe e a integração do “resto”, mas ele devia deixar isso bem claro quando divulga que vai transferir 100% da tecnologia do caça.

    COMENTÁRIO LIBERADO DO ANTISPAM APÓS RETIRADA DE EXPRESSÃO DE BAIXO CALÃO QUE O FEZ FICAR RETIDO

  3. O Gripen poderia substituir tanto aos F-5 no curto prazo, como aos F-16 a longo prazo.
    Se acontecer, a Tailândia não ficará nada feliz da vida.

    • cristiano.gr,

      As versões A, B, C e D do Gripen têm uma versão do motor F404 da General Electric, com aprimoramentos suecos, fabricada sob licença pela Volvo sueca.

      As versões E e F (NG) terão o motor F414, de maior potência (já em voo no demonstrador), a ser fornecido diretamente pela GE americana.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here