quinta-feira, setembro 23, 2021

Gripen para o Brasil

Quem vai substituir o F-5 na Indonésia?

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Número de unidades deve ser suficiente para compor um esquadrão com cerca de 16 caças

 

F-5 indonesia - foto Northrop

O Ministério da Defesa da Indonésia anunciou o seu plano para substituir a frota de caças F-5E Tiger II por caças de última geração como o Sukhoi Su-35 russo. “Recebemos propostas de vários fabricantes de caças a jato para substituir o avião de caça F-5 Tiger II.

Estamos no processo de avaliação para ver qual é o caça que melhor atende às nossas necessidades, podendo ser aeronave da Rússia, dos EUA, ou de outros países”, disse o ministro da Defesa, Purnomo Yusgiantoro, na terça-feira (8/1).

Purnomo falou sobre o plano após a realização de uma reunião com o comandante militar indonésio, General Moeldoko e o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea da Indonésia, brigadeiro Ida Bagus Putu Dunia.

O ministro destacou que eles têm pelo menos 5 ou 6 opções de caças para substituir os veteranos F-5, em serviço há mais de três décadas.

Ele pediu para que os oficiais pesassem todas as opções disponíveis sobre qual caça atende às especificações para substituir o “Tiger”.

O ministro espera que os oficiais cheguem a uma decisão em breve, pois assim o plano de requisição pode ser incluído no Plano Estratégico II da Indonésia de 2015-2020.

“Espero que o caça a jato de última geração a ser escolhido seja capaz de transportar mísseis de longo alcance”, acrescentou Purnomo . Enquanto isso , o general Moeldoko comentou que a Força Aérea da Indonésia realizou um estudo com vários caças a jato, como o russo Sukhoi Su-35, os norte-americanos F-15 Eagle e F -16 Fighting Falcon, e o JAS 39 Gripen da sueca Saab.

“Ainda estamos avaliando as opções. Depende posição financeira do país”, afirmou Moeldoko. Ida observou que a Força Aérea da Indonésia está disposta a ter um esquadrão de 16 novos caças para substituir os veteranos F-5.

“Vamos seguir o Plano Estratégico. Vamos rever a decisão de acordo com o comando do Comandante Militar da Indonésia e do ministro da Defesa, considerando também as finanças do estado”, afirmou Ida.

FONTE: Antara News (tradução e edição do Poder Aéreo a partir do original em inglês)

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

14 Comments

Subscribe
Notify of
guest
14 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
andreas

Até onde eu sei, a Indonésia conta com F-5, F-16, SU-27, SU-30… Uma salada de não deixar a Índia pra trás… A posição dela na Ásia é bem complicada, por ela passa o que? Uns 90% do transporte marítimo entre os países da Ásia e Europa/África? Seria interessante eles começarem a procurar por uma racionalização e padronização de suas aeronaves, pois os custos logísticos disso não devem ser pequenos! E agora que o Gripen NG será o futuro caça de 3 países, sendo que em 2 deles irá substituir justamente o F-5, o Gripen surge como uma excelente opção, e… Read more »

Iväny Junior

Até bem pouco tempo atrás, pensaríamos com um misto de resignação e expectativa que as células da indonésia poderiam estar chegando pra nós. Agora a coisa é outra. Esperamos que os Gripen NG venham a ser nossa frota padronizada de caças.

Se a lógica da indonésia for custo benefício, provavelmente o Gripen vai ganhar mais um contrato.

Carlos Alberto Soares

“considerando também as finanças do estado”, afirmou Ida.”

“Se a lógica da indonésia for custo benefício, provavelmente o Gripen vai ganhar mais um contrato.”

Alguém sabe qual o grau de satisfação deles com os SU 27/30 e F 16?

Acho que a decisão vai ser por ai, ou dá algo que eles já tenham e estejam satisfeitos ou a salada aumenta, Gripen NG !

Alguém sabe qual o grau de satisfação deles com os SU 27/30 e F 16?

andreas

Reparei agora num detalhe: sua majestade dos hangares “Jaca I ” não está na relação das aeronaves estudadas…

andreas

É verdade Poggio!

Mas tanto o Brigadeiro Ida quanto o General Moeldoko falaram que depende da situação financeira do País… O que lembra da fala de uns tempos atrás do Celso Amorim dizendo que o lado financeiro na aquisição do FX-2 pesaria. E deu Gripen no Brasil.

Assim sendo, se isso for importante lá também, é provável que dê F-16 (pois eles já tem) ou Gripen, eu acho.

Almeida

A Indonésia sempre voou aeronaves ocidentais, especialmente da Inglaterra e EUA. Com o embargo depois da crise no Timor Leste, virou-se para a Rússia. Daí a salada que vocês estão vendo, que ainda conta com caças leves e treinadores Hawk.

Agora que o embargo é passado, aposto que voltarão para o apoio seguro do pós venda ocidental, que sempre prezaram.

Aposto no Gripen, ou então em alguma versão nova ou usada do F-16.

Carlos Alberto Soares


Almeida
8 de janeiro de 2014 at 20:54 #

Aposto no Gripen, ou então em alguma versão nova ou usada do F-16.”

Concordo, mas inverto os vetores nas chances. O Tio Sam vai querer a voltar “ficar numa boa” com os caras.

Vader

1. F-16;
2. Gripen.

Almeida

Lembrando que o Gripen possui diversos componentes norte americanos e ingleses. 😉

nunes neto

A lógica diz F-16!

André Sávio Craveiro Bueno

Se minha pesquisa está certa, a FA Indonésia possui 12 unidades de F-16 (8 “A” e 4 “B”). Como dito pelo Nunes Neto imediatamente acima, a lógica é comprar mais F-16 pelos motivos óbvios.

Agora, os A/B possuem muitas características que diferem dos E/F, bem mais recentes. Os motores são os mesmos, por exemplo? Radares certamente não. Enfim, adquirindo versões mais recentes, talvez a comunalidade não seja tão grande, mas deve compensar. Lembrando, ainda, que o treinamento também é fator de economia.

Mauricio R.

Conforme um dos links acima, a Indonésia estava interessada em adquirir uns 30 F-16 usados, os quais seriam suficientes p/ substituir tanto os F-5, bem como seus F-16 mais antigos.
Mas pelo visto, se a necessidade em substituir esses F-5 ainda existe, o negócio deve ter desandado.

DrCockroach

Embora p/ alguns, equivocadamente, as revelacoes de espionagem foram ato de vinganca p/ atingir as relacoes Brasil/EUA, eh bom lembrar que revelacoes sobre a acao da NSA jah foram feitas em diversos paises (mais por vir), de memoria: Brasil, Alemanha, Italia, Belgica, Espanha, Noruega, Franca, e, inclusive, Indonesia.

Na Indonesia a embaixada australiana (um dos 5 eyes) lah eh que fazia o trabalho da NSA, alegadamente invadindo as comunicacoes pessoais do Presidente da Indonesia que teria ficado furioso.

Se reacao dele foi apenas cena, ou pode afetar a aquisicao de equipamentos americanos lah, nao sei dizer.

[]s!

Últimas Notícias

IMAGENS: T-27M Tucano da FAB com nova pintura

A Força Aérea Brasileira divulgou imagens do T-27M Tucano modernizado com sua nova pintura. A escolha da identidade visual contou...
- Advertisement -
- Advertisement -