Home Noticiário Internacional Rafale na Índia: detalhes financeiros do contrato estão sendo resolvidos

Rafale na Índia: detalhes financeiros do contrato estão sendo resolvidos

101
5

Rafale - foto 4 Galante - Poder Aéreo

Funcionário do Ministério das Relações Exteriores da Índia, que deu a informação à IANS, não comentou se contrato será assinado na visita do presidente francês ao país, em 14 de fevereiro

Segundo nota da Indo Asian News Service (IANS) publicada nesta segunda-feira, 4 de fevereiro, estão sendo resolvidos os detalhes financeiros para o contrato de 10 bilhões de dólares do Rafale para a Índia, dentro do programa MMRCA (avião de combate multitarefa de porte médio). A nota ressaltou que isso está sendo feito em antecipação à visita do presidente francês François Hollande à Índia, programada para a próxima semana.

Funcionário do Ministério das Relações Exteriores da Índia disse à IANS:  “Os detalhes de financiamento do contrato estão sendo resolvidos. Há muitos aspectos técnicos no acordo, que estão sendo resolvidos pelo Ministério da Defesa.” A fonte, porém, não quis dizer se o contrato será assinado em 14 de fevereiro, o dia dos compromissos oficiais do presidente francês François Hollande à Índia, que chegará no dia 13.

A companhia francesa Dassault Aviation foi selecionada no ano passado para fornecer os caças de nova geração à Força Aérea Indiana, após ser declarada como ofertante de menor valor, batendo o Eurofighter da EADS.  Dezoito dos 126 caças Rafale serão fornecidos diretamente pela Dassault, enquanto a Hindustan Aeronatics Limited (HAL) deverá fabricar sob licença os 108 restantes, em suas instalações em Bangalore.

A nota também faz referência a discussões comerciais na área nuclear, que é a construção de dois reatores franceses de 10 bilhões de dólares em Jaitapur, que enfrentam protestos locais. Um acordo entre os países foi assinado em 2010 e a estatal francesa Areva discute a importação de reatores com a Nuclear Power Corporation Ltd. da Índia.

Hollande deverá visitar a Índia com sua companheira Valerie Trierweiler, uma jornalista. Ela será tratada com o protocolo de primeira-dama, segundo o funcionário do ministério. Quando o ex-presidente Sarkozy e Carla Bruni foram à Índia em 2010, a visita foi na condição de cônjuges. Sobre o assunto, o funcionário disse que “o governo da Índia nunca questionou com quem um dignatário está acompanhado. Poderia ser sua esposa, filha, ou mesmo várias esposas.”

FONTE: Indo Asian News Service, via Yahoo (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

VEJA TAMBÉM:

5
Deixe um comentário

avatar
5 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
IvanCorsarioDFasbuenoPaulo Josécristiano.gr Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
cristiano.gr
Visitante
cristiano.gr

Em país sério é assim. O Brasil começou o processo de compra de caças bem antes e a Índia vai estar voando com seus caças bem antes de o Brasil assinar algum contrato. Imaginem o atraso de nosso país em todas as outras áreas sendo que as coisas geralmente andam nos passos do FX-2. Principalmente porque é o único país do mundo com calendário efetivo de 10 meses. Um país onde espera-se pelas tragédias para se tomar as providências e a fiscalização é bem temporária e, quando não, é puramente arrecadatória, a exemplo do Inmetro que estorque o comércio e… Read more »

Paulo José
Visitante
Paulo José

Cristiano, é a pura verdade!O problema maior, é a população, além dos políticos, que não estão nem ligando, se nossas forças armadas estão bem ou não!Somente quando acontece algo, como a ocupação da Petrobras, é que ouvimos críticas!Já ouvi um amigo meu, dizendo que caso acontecesse algo, era somente aquardar os americanos para sermos salvos.
É uma pena……

asbueno
Visitante
Member
asbueno

Neste país o que é seriamente tratado pelos políticos são os interesses pessoais, partidários e de terceiros que os apoiam.

Já passou da hora da sociedade se movimentar seriamente em relação a isto, de agir com firmeza e persistência.

CorsarioDF
Visitante
CorsarioDF

Por isso que a capital é em Brasília e não no RJ, SP, BH.

Pois aqui no DF a população parece estar anestesiada, quando há manifestação são apenas alguns gatos pingados e nada além disso…

Só para citar um exemplo: a manifestação dos motoboys em SP na última sexta, o que aconteceu? O Denatran retrocedeu na exigência…

Queria ver uns 10 mil manifestantes fazendo barulho na frente da casa de cada político que fizesse “M”, se eles iriam ou não renunciar ao mandato…

Mas em última análise a culpa é do povo, pois foi ele quem colocou os políticos lá…

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Corsário, Mas estes mesmos políticos recebem seus votos no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife ou Quixeramobim. Somos nós que os elegemos, somos nós os responsáveis. Meu deputado no mês passado votou uma matéria de forma divergente ao que penso ser melhor. Uma matéria entre tantas. Já acendeu a luz de alerta, se pisar na bola de novo não tem mais meu voto e quantos mais puder tirar dele. Caso contrário continuará a ser meu representante. Tem um político na minha cidade que é amigo da família, já bebemos juntos em mais de uma oportunidade e é razoavelmente… Read more »