Home Aviação Comercial 767 vai a 1000

767 vai a 1000

257
7

Boeing anuncia o início da montagem da 1000ª aeronave do tipo, que também serve de plataforma para o NewGen Tanker.

Na última terça-feira, 7 de setembro, a Boeing informou que foi iniciada a montagem do 1.000º Boeing 767, em sua fábrica em Everett, no estado de Washington. O primeiro trabalho envolveu a longarina da asa do avião.

O 767, que é um avião comercial da categoria dois corredores, entrou em serviço há quase 30 anos, e hoje faz parte da frota de mais de 90 operadores, com despachabilidade diária próxima a 99%, segundo a empresa. A família 767 atende ao mercado de aeronaves comerciais entre 200 e 300 lugares, com três modelos para passageiros (767-200ER, 767-300ER e 767-400ER), além de uma versão de carga “medium-widebody” baseada no 767-300ER.

A versão da 1.000ª aeronave é a 767-300ER (extended range – alcance estendido) para passageiros, e ela deverá ser entregue em fevereiro de 2011 para a ANA (All Nippon Airways), que encomendou seu primeiro 767 em 1979 e já recebeu 89 deles até hoje.

No informe, a empresa também destacou que o 767 é usado como plataforma para o Boeing NewGen Tanker, que compete no programa KC-X da USAF (Força Aérea dos EUA). O anúncio do vencedor do contrato está agendado para meados de novembro deste ano.

FONTE / FOTO: Boeing

VEJA TAMBÉM:

7
Deixe um comentário

avatar
6 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
Daniel RosaRodrigoMauricio R.AlexJacubão Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcelo Tadeu
Visitante
Marcelo Tadeu

SUPER OFF-TOP -Me desculpem pessoal, é que os blogs NAVAL e FORÇA TERRESTRE não estão ativados ou na minha empresa não consigo acessá-los mas é que estou vendo na minha frente (trabalho de frente para o 1º Distrito Naval no RJ) o HMS OCEAN, Porta-Helicópteros da Marinha Real, fundeado na Baía da Guanabara,

Desculpe-me, isto é assunto naval, mas estou meio descontrolado!!!!

Jacubão
Visitante

E tem gente falando que não vale apena adquirir o 767 por que não fabrica mais, tem um montão no deserto e blá, blá…

Alex
Visitante
Alex

1000, não é todo dia que uma aeronave consegue essa façanha.

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Melhor do que eu pensava, então.

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Jacubão disse:
9 de setembro de 2010 às 22:22

O 767 é a segunda opção, caso falte a grana para o A330.

Ainda tem a terceira…

Mas esta é barra pesada demais…

Daniel Rosa
Visitante
Daniel Rosa

Incontestavelmente um bom avião. Mas continuo apostando no A-330, pelo menos para um eventual KC-X.
Acho que o 330 tem chances de igualar em numeros o avião da Boeing. Se não conseguir, pelo menos o sucesso já está garantido.