Venda de caças Gripen para a Ucrânia começa a ganhar apoio no parlamento sueco

O governo da Suécia deve permitir a venda de caças suecos SAAB JAS 39 Gripen para a Ucrânia, na qual o lado ucraniano está interessado.

A informação foi dada por Magnus Jakobsson, membro do Parlamento sueco (Riksdag), representante do Partido Democrata Cristão, que faz parte da coligação, que falou com Guildhall , informa o Ukrinform.

“Quanto à ajuda militar em geral, minha posição é que sempre defendo que a Suécia deve estar pronta para vender armas. Em particular, sei que o lado ucraniano está interessado na aeronave sueca JAS 39 Gripen (SAAB), e digo que temos que tornar isso possível. Temos uma lei na Suécia que diz que não podemos vender equipamento militar a um país em guerra, mas como já estamos a dar equipamento à Ucrânia, é claro que devemos ter a possibilidade de vender também”, diz o legislador.

“Portanto, devemos aumentar as forças armadas e a ajuda em geral e também sou a favor da venda do SAAB JAS 39 Gripen”, enfatizou o legislador.

Como o Ukrinform relatou anteriormente, o ministro das Relações Exteriores da Suécia, Tobias Billström, está em Kyiv nesta segunda-feira ao lado de colegas de outros países do norte da Europa e do Báltico, em uma demonstração de apoio contínuo à Ucrânia.

Os principais diplomatas assinaram uma declaração conjunta sobre mais assistência à nação devastada pela guerra, condenando a agressão russa.

Tobias Billström disse que a Suécia está fornecendo à Ucrânia o maior pacote de assistência que o país já ofereceu até agora, que inclui sistemas de defesa aérea, munições, veículos, equipamentos de inverno e uniformes, entre outros itens, além de 270 milhões de euros.

Este é um pacote “inovador”, diz o ministro.

FONTE: Ukinform

Subscribe
Notify of
guest

50 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Atirador 33

Seria um excelente meio de dissuasão para a Ucrânia.
Ajudaria a manter a integridade territorial da Ucrânia no pós conflito.

Red Pill - 红色药丸

Os 80% que restaram

Atirador 33

Seja o percentual que for, se vc consegue ver alguma vantagem da Rússia para conquistar os 20% a que vc se refere, fico surpeso, pq eu só consigo ver prejuizos para os ex soviéticos.
Abs

Marcos R

Suecos não são bobos, é a vitrine do momento para expor equipamento militar.

Underground

Pergunta: o que de seu arsenal o Brasil poderia oferecer à Ucrânia?
Leopard + Astros?
AMX + F-5?

Filipe Prestes

Nada, porque não temos responsabilidade nenhuma com isso e nem temos que nos meter nesse balaio de gato. Gestos diplomáticos como acolhida á refugiados e pressão na ONU por uma saída negociada da guerra é tudo que eles podem e devem esperar de nós. Além de que não temos assim um arsenal com excedentes como para dar á Ucrânia aquilo que já temos de menos por aqui, pelo contrário aliás.

RSmith

Nada! o Brasil, melhor o povo brasileiro, não deve ser sacrificado ainda mais para financiar uma guerra na Europa! sem falar nas implicações geopolíticas que seria desastrosa para o Brasil.

Santamariense

Do seu arsenal, em uso nas FFAA, nada. O que temos é em quantidades que servem apenas para suprir nossas próprias necessidades ou em quantidades abaixo das mínimas para nós mesmos. Inclusive, todos os exemplos que você citou se encaixam perfeitamente no que coloquei.

RPiletti

Nada.

sergio

Cara, talvez os astros sejam interessantes já que tem um poder de saturação maior, principalmente com as ogivas de fragmentação, o guarani tb seria uma boa para eles por ser anfíbio e mais moderno do que tudo que eles tem la, bombas de fragmentação, nos produzimos e vendemos aos montes essas bombas, e nossa tecnologia nestas bombas e interessante tb poderíamos mandar para eles tb, os leopard poderíamos mandar alguns mais vai depender de quanto nos temos operacionais, AMX e F-5 duvido que serviriam pra alguma coisa la.

Red Pill - 红色药丸

Diante de tantas especulaçòes da imprensa especializada Oteurabuseuarrombado talvez poderia fornecer meios administrativos com vistas a fazer tomar medidas mais concretas no sentido de se viabilizar um entendimento.

Last edited 2 meses atrás by Red Pill - 红色药丸
Adriano madureira

Amigo, não precisamos ou devemos oferecer nada aos Ucranianos, que como podemos ver, estão bem amparados…

Quem pariu a guerra foram eles, os europeus que a embalem!

Nós devemos defender nossos interesses e deixar tal conflito nas mãos dos EUROBAMBIS, temos coisas mais importantes para fazer aqui, cuidar dos assuntos do nosso país,seus problemas e soluções, se for para suprir as forças armadas de algum país, que seja a nossa

Renato B.

Depende de quanto pagariam.

Henrique

Nada… o Brasil apoia a Rússia no conflito

Gabriel

O melhor que o Brasil pode fazer é continuar neutro em conflitos assim como Switzerland foi neutra ao longo da história.

Rodrigo

o que temos de sobra é recruta, quando começarem a reconstruir o pais podemos oferecer gente para pintar meio fio de rua e passa cal em arvore

William Duarte

Depende qual lado o Brasil vai entrar na gerra: Se for para ajudar a Ucrânia basta mandar para a Russia os nossos políticos (todos com uma ou outra exceção) e o STF eles vão ficar ferrados em menos de 5 meses. Se for para ajudar a Russia: Idem basta mudar o destino do avião. Espero não ser censurado ou preso por terrorismo neste irônico comentário Nuvens densas e carregadas que não é chuva estão céus do Brasil

Bruno Vinícius

Isso seria extremamente interessante para ambos os lados. As vendas ajudariam a Suécia a substituir os Gripens C/D pelos E/F e dariam um aumento enorme de capacidade para a força aérea da Ucrânia.

Heinz

Espero que isso de fato se concretize, é o que venho batendo na tecla, a Ucrânia precisa de caças com mísseis de longo alcance ar-terra e BVR, o gripen podendo operar em rodovias vai ser essencial, gostaria de vê-lo em combate num ambiente em que os russos detêm larga vantagem.
Provavelmente seriam das versões c/d, já é um grande avanço.

Filipe Prestes

Demoraram demais para isso e caso se concrerize vai demorar ainda mais para que qualquer piloto ucraniano esteja apto a voar um C/D

Teropode

Entrega pra quando ? Serão os exemplares húngaros ou Sul-africano s?

Eduardo Angelo Pasin

Vamos ver se o gripen realmente é um matador de sukhois.

Underground

Parabéns aos suecos.

Alfredo

A Força Aérea ucraniana foi limada da face da Terra em poucos dias .
Depois, apenas alguns voos esporádicos.
Agora, nem isso.
A Suécia quer entregar o quê?
20, 30 aviões.
Isso para enfrentar o inimigo que tem milhares de aeronaves, os sistemas anti-aéreos mais modernos do Mundo e ainda a possibilidade de bombardear as bases ucranianas quando bem entender.
Isso está parecendo a oportunidade de ganhar um trocado vendendo corda para enforcado.

George

Não viaja Kings. Faz dez meses que a Rússia não consegue acabar com meia dúzia de bases aéreas da Ucrânia. Preferem jogar os mísseis na população civil do que destruir os locais de onde a força aérea da Ucrânia decola.

Imagina dor de cabeça para o Putin com um caça que decola de rodovias.

soldado imperial

Perfeito! resumiu bem

Felipe

Fonte “The Telegraph e Hoje no Mundo Ucraniano”

Plínio Jr

Vc vem dizendo isto desde 24 de fevereiro e ainda vemos jatos Ucranianos em ação… Que coisa não ?

Indiferente qual seja a quantidade, conseguindo impor baixas e atingindo alvos russos já é o bastante…

O tempo vai passando para quem disse que a Ucrânia cairia em poucos dias …

Adriano Madureira

“Venda de caças Gripen para a Ucrânia começa a ganhar apoio no parlamento sueco”

Claro que são a favor, indiferente de quem pague, seja estes Washington, Londres ou até mesmo Estocolmo, tal ato humanitário será muito bem visto pela Saab defence…

Last edited 2 meses atrás by Adriano Madureira
Jefferson Henrique

A pergunta se esse negócio se efetivar é: quais Gripens?

Saldanha da Gama

IDEM

Antonio Neto

Que bom. Agora só precisa ganhar força no parlamento alemão e no Congresso americano.

Fabio Araujo

Se acontecer deverá ser da versão C/D que já é bem superior em tecnologia a qualquer coisa que os ucranianos possuam e do mesmo nível da maioria do material usado pela Rússia!

Filipe Prestes

Se quiserem o E/F teriam que entrar na fila e tempo não é algo que os ucranianos possuem.

Régis

Finalmente o governo sueco parece ter entendido que vendas militares vão além de simples questões comerciais e necessitam de apoio político para funcionar corretamente!

Tomara que se concretize a venda.

pedro fullback

Absolutamente todos ganham!

1.A diplomacia da Suécia ganha, já que a diplomacia sueca é muito aquém em comparação aos franceses, americanos e da inglaterra ( ambos são rivais da Suécia para a venda de caças). E com isso, a Suécia garante que em caso de conflito do um possível operador de Gripen, a Suécia irá dar assistência.

2.A Força Aérea Sueca vai pedir no Congresso sueco mais dinheiro para comprar Gripen E, já que eles vão precisar repor os caças vendidos.

3.A SAAB ganha, já que vai receber mais encomendas e ainda vai ter o seu produto utilizado em guerra.

GodDrax

Espero que proposta ganhe força e seja efetivada, estou curioso para ver as capacidades do Gripen nesta guerra.

Emmanuel

Um caça verdadeiramente preparado para a tarefa que vai ser cumprida, a de esmagar a força aérea russa. Se acontecer a venda, acabou a brincadeira de Putin sobre a Ucrânia.
Pode negativar.
Tô nem aí pra fã boy.

RPiletti

Como farão isto?
O Gripen é um item de um complexo de defesa. Operando na Suécia é uma coisa, na Ucrânia ele não terá todo o conjunto sueco.

Luiz

Parece aqueles analistas da GloboNews analisando o cenário econômico do país em 2018.

Matheus

Dada a Urgência, seriam os Gripen C/D MS20, correto?
Acho dificil eles receberam Gripen E quando os Suecos ainda estão em produção.

Filipe Prestes

Seriam os C/D que a real força aérea sueca dispõe hoje para ceder. Assim de simples. Se serão standard MS-20, somente se os suecos puderem abrir mão deles em detrimento de sua própria necessidade. Quanto ao E, ucranianos teriam que entrar na fila do backlog da SAAB mas não há tempo pra isso. Precisam para ontem.

737-800RJ

Mesmo que sejam os Gripen C/D, e provavelmente serão, o jogador de xadrez 9D deverá colocar o que tem de mais moderno à disposição pra rivalizar.
Ele não vai querer ver ver aeronaves russas caindo semanalmente.
Bola dentro da Suécia!

JollyRoger

Pra mim a grande questao nao é o modelo, e sim como sera operado e a quantidade. Espero estar errado, mas nao creio que sera adiquirido mais que um esquadrao num primeiro momento, apesar de acreditar que a Ucrania tenha pessoal para capacitaçao no vetor. Agora sobre o uso… Superioridade aerea? No front, com a força aerea russia em maior numero e a defesa anti-aerea muito presente seria muito arriscado. Ele nao é feito para missoes CAS Interceptar misseis de cruzeiro na segurança acho mais provavel, apesar de ser inevitavel missoes mais “ofensivas” Fico curioso pra ver o Gripen +… Read more »

Mirão

“C’om swedies, fight my enemies for me”

-Washington depois de obliterar as chances do Gripen no mercado de armas.

Não tem problema se a tecnologia e a credibilidade ser manchada em um autentico cemitério de armamentos se o portador destas ser só um pau mandado seu não é mesmo?

Nemo

Explique melhor Dona Suécia! Provavelmente serão vendidas as versões C/D da Força Aérea Sueca que seriam substituídas pelas E/F. Como isso impactara o fornecimento das nossas? A usaria as novas para substituir as doadas? Teria seus meios reduzidos? Não estou gostando da conversa, não.

soldado imperial

Espero que a Suécia dê aviões e armas modernas, além é claro de treinamento. Se não for pra fazer direito melhor nem dar ou vender! Por que falo isso? Simples, o gripen vai pra guerra e além de não derrubar nada, começa cair igual jaca podre! Ou seja, vai queimar o filme do Gripen

Diego Tarses Cardoso

Vende, nós apoiamos, inclusive faremos algumas das partes do avião 🙂

Marcelo M

Ja foi discutido aqui. As chances dessas aeronaves serem entregues e se tornarem operacionais em curto prazo são mínimas. E o pior: qualquer pressa da Ucrania nesse sentido pode diminuir sua eficácia no campo de batalha e comprometer a imagem dos produtos de exportação importantes da Suécia.

Renato B.

Se isso acontecer devemos olhar com cuidado para o tempo que vai levar entre recebimento e uso.