terça-feira, janeiro 18, 2022

Gripen para o Brasil

Força Aérea Filipina recebe os dois primeiros helicópteros de ataque turcos T129 ATAK

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Após uma série de atrasos, um funcionário da Turkish Aerospace Inc. (TAI) confirmou que o primeiro lote de seis helicópteros T129B que o governo adquiriu da Turquia finalmente chegaria às Filipinas.

Temel Kotil, gerente geral da TAI, disse que os primeiros dois T129Bs seriam entregues no sábado (8).

O primeiro lote deveria ser entregue em dezembro. Arsenio Andolong, porta-voz do Departamento de Defesa Nacional (DND), disse anteriormente que as próximas duas unidades seriam entregues em 2023 e as duas últimas em 2024.

Uma vez comissionados, os helicópteros serão designados para a 15ª Ala de Ataque da Força Aérea Filipina.

Em julho de 2020, o DND assinou um contrato para a aquisição de seis helicópteros T129B da TAI por P13,7 bilhões, por meio de um acordo de governo a governo com o ministério da defesa turco.

O T129B é um derivado turco do AgustaWestland A129 Mangusta de design italiano, mas equipado com sistemas e armas desenvolvidos pela Turquia.

FONTE: Inquirer.net

- Advertisement -

13 Comments

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
karl Bonfim

Ai sim hein!
E a novela do helicóptero de combate do Exército Brasileiro?
Quando vamos ver os novos capítulos?
Qual será o final dessa novela?

Welington S.

Em uma entrevista que o Comandante da Aviação do Exército deu, ele deixou claro que é desejo do EB adquirir futuramente helicópteros de ataque. Porém, estão seguindo uma linha. Helicópteros de transporte, drones, drones de ataque (na questão dos drones é citado os NAURU) e futuramente helicópteros de ataque. No Road Show que a Turquia esteve com este helicóptero no Brasil, é fato de que os militares gostaram bastante do T129 ATAK. Bom, resta saber se será este helicóptero a ser empregado pelo EB. Eu não sei quais outros helicópteros de ataque possa entrar em uma concorrência futuramente. Quem souber,… Read more »

Willber Rodrigues

O que não falta no EB são coisas muito mais importantes pra serem feitas, tipo a aquisição de uma AA de médio alcance decente ou a “Nova Couraça”, antes de rasgar bilhões ( bilhões esses que o EB não tem ) pra comprar heli de ataque puro-sangue…

Foxtrot

Dinheiro tem, mas é pessimamente gasto.
Gastam com picanha, cerveja etc etc, mas nunca onde precisa.
O que o EB precisa realmente é de gestores mais sérios e comprometidos com o EB !

Sensato

Cara, sério que seus argumentos são esses? Argumentos pregados pela mídia porca, esquerdista e absolutamente leiga em assuntos de defesa que temos? Sério que vc acha que se o Exército deixar a tropa passando fome ou comendo somente arroz e feijão o ano inteiro teríamos recursos sobrando para comprar armamentos de ponta? Pergunto se vc deixa de tomar cerveja nas datas comemorativas para poder comprar uma Ferrari… Com estes comentários você fica aparentando ser somente mais um ignorante em administração pública, sem a menor noção do quanto as regras são rígidas, “engessadas” para se destinar cada centavo do orçamento (e… Read more »

Heinz Guderian

30 desses e o Brasil estaria bem servido no tocante a esse ramo da aviação de combate.
Se falou muito nesse helicóptero, veio até para o Brasil, mas até hoje nada de novo no front. O pior é que nem pegam uns cobras de segunda mão dos States, mais uma grave lacuna no EB, fora a defesa AA, um MBT mais moderno e obuses mais modernos tbm, aposentando de vez os antigos M114.

Adriano Madureira

se for para ter helicópteros de ataque no EB, que sejam novos, se o T-129 ATAK for o preferido da organização mas infelizmente se no momento não há viabilidade financeira para adquirir, melhor esperar tais condições aparecerem do que comprar maquinário usado e de idade. Mas em minha opinião, sou favorável a aquisição de aeronaves militarizadas ao invés de um “guerreiro puro sangue”. Uma aeronave que possa ser útil não só em tempos de guerra mas em tempos de paz, que possa além de sua função primária, deslocar militares, transportando civis em evacuação em tragédias, que possa ser usado no… Read more »

Heinz Guderian

Não faz muito sentido a aquisição desses helicópteros que você citou, se for seguir essa linha de raciocínio, eu iria de Black Hawk armado.

black.jpg
Jadson S. Cabral

Fica-se difícil definir uma prioridade quando falta-se de tudo. Temos que fazer tudo praticamente ao mesmo tempo

Bruno Vinícius

Espero que quando o EB decida comprar um helicóptero de ataque escolha um navalizado, para permitir que operem no Atlântico em operações conjuntas com os Fuzileiros.

MMerlin

Comunalidade de equipamentos nas FA? Só por imposição via MD.

Foxtrot

Seria uma boa opção para o EB/ FAB/ CFN, dentre as opções Z-10, MI-28, AW-129, Hoivalk Sul Africano.
Uma compra conjunta do MD seria mais que providencial, cabendo as FAAs nacionais o desenvolvimento de sistemas de armas nacional (ou nacionalização) para os equipamentos.

Rinaldo Nery

A FAB não precisa disso.

Últimas Notícias

Chile quer comprar aeronaves britânicas E-3D Sentry ‘AWACS’ aposentadas

Uma fonte disse ao UK Defense Journal que o Chile está procurando comprar “mais de uma” aeronave E-3D aposentada...
- Advertisement -
- Advertisement -