quinta-feira, setembro 23, 2021

Gripen para o Brasil

Grécia compra mais seis caças Rafale da Dassault Aviation

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A França confirmou no domingo que a Grécia concordou em comprar mais seis de seus jatos Rafale, elevando para 24 o número de caças franceses vendidos a Atenas por bilhões de euros

“Excelente notícia: a Grécia acaba de anunciar sua intenção de adquirir seis Rafales adicionais. Juntos, estamos trabalhando para construir a verdadeira autonomia europeia”, tuitou a ministra da Defesa francesa, Florence Parly.

A Grécia foi o primeiro país europeu a comprar os jatos de combate da Dassault Aviation.

Em janeiro, Atenas fez um pedido de 18 aviões, 12 deles usados, em um acordo de 2,5 bilhões de euros que visa fortalecer as defesas da Grécia diante das crescentes tensões com a vizinha Turquia.

No sábado, o primeiro-ministro grego Kyriakos Mitsotakis revelou planos para adquirir mais seis Rafales.

“Anunciei a compra de 18 Rafale. Em breve serão 24”, disse ele durante a Feira Internacional de Thessaloniki, acrescentando que a primeira aeronave, um modelo de segunda mão da própria força aérea francesa, estaria voando com as cores da Grécia “antes do final do o ano”.

A França tem lutado para encontrar compradores para seus aviões de combate entre seus vizinhos da UE.

Em maio, a Croácia tornou-se apenas o segundo país europeu a comprar Rafales, optando por 12 aeronaves usadas anteriormente.

Qatar, Egito e Índia são os maiores clientes do Rafale da Dassault.

FONTE: AFP

- Advertisement -

41 Comments

Subscribe
Notify of
guest
41 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
pupu

ate onde o sultão irá para recriar seu sonho de império otomano? terá coragem de criar crise na região para refazer o tratado de águas territoriais da onu ?

gordo

Não que não seja desejável ter grandes extensões de terras ou mares, mas necessariamente isso não significa se tornar um império ou potência. Exemplos disso temos aqui mesmo na América Latina. Hoje ser alguém grande passa bem mais por dominar as ondas eletromagnéticas a partir da quântica e explorar o universo de possibilidades que isso oferece do que ser dono de grandes áreas. Quando você tem excelência em tecnologia territórios vem quase que de graça para servir aos interesses da nação, vide nossas grandes sesmarias dedicadas ao plantio de soja e outras monoculturas.

Heinz Guderian

O que um inimigo armado até os dentes, não faz ein.
Bela aquisição dos gregos.

JBS

Ainda bem que não temos nenhum inimigo destes a vista

angelo

A França tem lutado para encontrar compradores para seus aviões de combate entre seus vizinhos da UE=> porque não compram? qualidade, preço? Obg

Hcosta

Nem toda a gente tem dinheiro para um caça bimotor 4,5. E acho que o Rafale é mais caro que um F35, pelo menos na compra.
E ainda tem o F16 que continua a ser uma opção viável e muito mais barata.

Pedro Bó

Alemanha, Itália, RU e Espanha estão comprometidos com o Typhoon; Bélgica, Holanda, Dinamarca e Noruega são parceiros do programa do F-35; Suécia tem o Gripen; Áustria tem uma força aérea minúscula e reclama dos custos de operação dos Typhoon e os países do Leste Europeu investem bem pouco em defesa e vão de soluções baratas como o Gripen e o F-16. Além da Grécia, o Rafale só tem possibilidades de mercado na Finlândia com o seu F-X e eventualmente em Portugal.

André Ruffino

Obrigado pela análise/resumo, Pedro!
Eu só acrescento, por minha conta e risco, que Finlândia praticamente vai de Gripen, e Portugal costuma ficar com os F-16 mesmo.
O Rafale tem mais chances em renovações de contrato, pois TODOS que o adquiriram estão muito satisfeitos e querem mais.
Valeuu!!

Pedro Sousa

A Croácia adquiriu 12 Rafales semi-novos. Será o 2o operador europeu após a Grécia.

rui mendes

Bélgica não é um país sócio , mas comprou o F35, e à países com typhoon e Sócios do programa F35, como Itália e UK, e por fim, à países do leste Europeu, com F16 BK52+ e F35, como a Polónia, já os mais pequenos vão de Grippen C e D, outros de F16 BK70/72, mas estão a investir nas suas forças armadas, basta ver a Hungria.

Wellington R. Soares

Presente dos Gregos para os Turcos rsrr..
Que caça lindo !

Gabriel BR

Show

Phenix

Design francês o mais bonito do mundo.

Teropode

Ele não voa , ele desfila ,ele top é capa de revista (e papel de parede de muito marmanjo ). O bicho é sexy !

Franklin Apaza

Tudo indica que os Turcos serão forçados a comprar os Su-57 russos..

Last edited 10 dias atrás by Franklin Apaza
José

Não da pra duvidar de mais nada
Eles estão ficando sem opções
Mas tem a China também

Carlos Campos

não acredito, pois eles estão tentando manter a Lira turca de forma descente, se mostrarem fraqueza vão levar uma surra de especuladores tipo Soros, além de que tem vários projetos em andamento, o que já puxa dinheiro, como por exemplo o caça 5G do país, e tá tentando se agarrar na Influência do UK para o resto da Europa ficar no lugar, além de que, desafiaram os russos ao encorajarem o Azerbaijão a Atacar a Armênia, eles ainda tem milhares de iraquianos, iranianos, sírios e outros dentro do país que podem expulsar e mandar para o colo dos países ricos… Read more »

Salomon

Em pouco tempo alguém irá escrever que o Brasil também deveria comprar alguns. Ou deveria ter comprado.

Nilton L Junior

O Rafale é um excelente produto, sem dúvida, ainda mais para o governo Frances quando vende, agora o fato concreto é será realmente um bom negócio para a Grécia?? o Gripem quem sabe poderia superar essa lacuna de fortalecimento da Força Aérea Grega e com possibilidade de custo menor e aviônica atualizada.

Carlos Campos

a questão seria a Suécia colocaria sua marinha no Mediterrâneo em uma zona quente, com risco de serem alvos dos Turcos? e o que poderia encadear uma guerra com a Turquia, eu acho que não, o que os Gregos estão comprando é apoio Francês e tá sendo bem caro.

Nilton L Junior

A Suécia não tem pendenga com a Turquia e além do mais estão em outra parte do continente, não tem nenhuma relação de comércio exterior com a Turquia, pelo menos até 2014, poderia vender seus caças mesmo com choro dos Turcos.

Nonato

Não é essa a questão.
A Suécia não tem cacife nem interesse para peitar a Turquia em troca de vender alguns poucos caças.

Adriano Madureira

Pagando caro,mas para os franceses, no fim pode valer a pena…
comment image

comment image

https://country.eiu.com/asset_images/76461991.gif
comment image

Nonato

Não é caro ter apoio.
Compra o caça e de brinde vem apoio, o que não é fácil de se conseguir…
Apoio não tem preço.
Pior é ser derrotado.

Carlos Campos

éeeee, lembrar que uma semanas atrás um navio Turco se não me engano iluminou com seu radar um navio Francês.

Teropode

A Grécia precisa de um vetor top de linha , adicionar Gripen é mais do mesmo pois bastaria adquirir o bloco 72 do Viper , eles querem os próximos degraus ….

Luís Henrique

Poderia explicar melhor qual é esse próximo degrau que o Rafale oferece e que o F-16 block 72 e o Gripen E não oferecem?
Que eu saiba são 3 caças de 4,5 geração. Com pequenas vantagens ou desvantagens entre eles.

Vendéen

Bonjour le Brésil,

Os gregos com esta escolha (+6) pensam que podem refletir seriamente sobre o turbulento vizinho turco, apesar de um equilíbrio de poder muito desfavorável.
Os turcos têm muito mais aviões entre outros meios militares. Em suma, eles têm a quantidade em todos os lugares (cerca de 250 F-16 e cerca de quarenta F-4Phantom).
Os gregos querem uma aeronave multifuncional muito eficiente para tentar compensar a escassez.

Também com 24 Rafale presentes em sua força aérea e com pilotos bem treinados, podem os gregos cobrir a imensa área nacional (um país com uma geografia difícil) para defender?

Nonato

Avião não se preocupa com geografia…

Vendéen

Bonjour Nonato, Claro que um avião não tem essa faculdade humana lol Mas com 24 aviões “considerados superiores e pilotados por homens por ordem dos seus superiores hierárquicos” temos que defender um pequeno país que pela sua configuração geográfica ingrata (muitas ilhas) é na realidade muito vasto (Trácia Oriental a Chipre). Isso com um exército pelo menos 3 vezes menor. Além disso, idem com sua reserva demográfica. Para mim e se infelizmente houver um conflito armado entre estes 2 países estes 24 Rafale configurando uma certa vantagem tecnológica não farão necessariamente a diferença. Além disso, como sou um pouco utópico… Read more »

rui mendes

Vê quantos F16 a Grécia têm, depois têm Mirage 2000-5 e agora Rafale, mas os F16 gregos são muitos também e modelos mais modernos.
No exército as forças se equivalem, na marinha a Grécia têm menos quantidade, daí estar também a comprar meios.
A Grécia também tem ajudas da UE, pois faz parte dela.

Carlos Campos

lembrar que os Turcos prenderam dezenas de pilotos, sendo assim a material humano da Grécia tá melhor no momento.

José

Se um Mirage 2000 já abateu um F-16 turco imagina o que um Rafale, que é muito superior, pode fazer?

Luís Henrique

O Rafale é um ótimo caça, pode fazer muito, mas não muda o desequilíbrio militar entre os dois países. A Turquia leva vantagem em quase todos os quesitos.
A Turquia tem uma frota de cerca de 250 F-16 e sistemas antiaéreos S-400. 18 ou 24 Rafale não garantirão a superioridade aérea para os gregos, mas com certeza ajudarão.

Phenix

Mas a Grécia não possui apenas os 24 Rafales. Ainda tem F16 e Mirage 2000.

Luís Henrique

Sim, dos Mirage 2000 os 16 da versão EGM serão vendidos para a França em 2023 como parte do acordo dos Rafale. Portanto, ficarão “somente” os 24 Mirage 2000-5 Mk2. Portanto a frota de 40 Mirage 2000 será reduzida para 24 daqui 2 anos. Os F-16 são 154 no total, sendo que 84 estão sendo modernizados para a variante V Viper. A Grécia possui uma ótima frota de caças e com os 24 Rafale ficarão melhores ainda. Após as entregas serão 24 Rafale + 24 Mirage 2000-5 + 154 F-16 (sendo 84 Viper) e + 18 F-4. Total de 220… Read more »

rui mendes

A Grécia também tem mais de 150 F16 e muitos são BK 52+ modernizados, têm Mirage 2000-5 com mísseis de cruzeiro Scalp-eg com alcance de quase 500km, têm exército com Leopardo 2 A6, Panzer 2000, M270 mrls, têm T-80, têm S300, Patriots, Tor M1, têm AH-64D Apache, têm S70, NH-90, têm submarinos U214 e U209.

Last edited 9 dias atrás by rui mendes
Luís Henrique

A Turquia possui 82 milhões de habitantes contra 10 milhões de gregos. O número de jovens que atingem idade militar por ano na Turquia é de cerca de 1,4 mi e na Grécia somente 100 mil. 14x mais na Turquia. Nas forças armadas são 355 mil homens x 200 mil na Grécia. O PIB turco é 3 à 4 x maior em dólares americanos e em PPP é quase 8x maior. O orçamento militar é quase 4x maior, quase U$ 18 bi na Turquia e pouco mais de U$ 5 bi na Grécia. Apesar de possuir uma bela frota de… Read more »

FABIO MAX MARSCHNER MAYER

A questão não é ter meios para uma guerra aberta, a questão é apenas dissuasão. E nisso, os gregos tem capacidade.

Carlos Campos

rapaz sei não hein, é mais potente, leva mais armas leva o Meteor, tem um suíte de guerra eletrônica superior aos do F16, é um baita caça frente aos F16 da Turquia.

João da Lua

Pergunta de leigo. Essa sonda de abastecimento fica sempre levantada? E se é o caso isso atrapalha com a aerodinâmica?

Últimas Notícias

Eve, da Embraer, e Bristow firmam parceria para desenvolver operações de UAM com pedido de até 100 eVTOLs

Melbourne, Flórida, 23 de setembro de 2021 – A Eve Urban Air Mobility, uma empresa da Embraer, e a...
- Advertisement -
- Advertisement -