segunda-feira, setembro 27, 2021

Gripen para o Brasil

VÍDEO: Reabastecedor Y-20U da China avistado voando com caça

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Surgiram imagens do novo avião-tanque Xian Y-20U da China acompanhado de um caça chinês.

O curto vídeo mostra o que parece ser um Y-20U com um caça Shenyang J-11 ou J-16 logo atrás de sua asa esquerda. A variante Y-20U se distingue por pods de reabastecimento sob as asas localizados entre as pontas das asas do jato e os motores externos.

O vídeo apareceu originalmente na mídia social chinesa e foi postado pelo observador de defesa Deino Rupprecht em sua página Modern Chinese Warplanes no Facebook.

Embora Pequim tenha dado uma exposição considerável ao seu transporte estratégico Y-20A – no qual a variante de reabastecimento é baseada – pouco se sabe sobre o Y-20U. Especula-se que um ou dois exemplares já tenham entrado em serviço na Força Aérea do Exército de Libertação Popular (PLAAF).

A capacidade de reabastecimento ar-ar é vista como um ponto fraco da PLAAF, que opera apenas 24 Harbin H-6Us e um trio de Ilyushin Il-78s na missão de avião-tanque.

A capacidade de tanque aprimorada aumentaria muito a eficácia de novos tipos, como o H-6N – a primeira variante de bombardeiro H-6 com uma sonda de reabastecimento – e o bombardeiro Xian H-20 em desenvolvimento. Além disso, os caças chineses estão equipados com sondas de reabastecimento ar-ar.

Uma área de interesse mais urgente em relação à família Y-20 é seu motor. Os exemplares existentes do Y-20 são movidos por quatro Soloviev D-30KP-2s, mas a China está trabalhando em um motor “high bypass” mais eficiente, o Shenyang WS-20.

Imagens granuladas de protótipos Y-20 supostamente equipados com o WS-20 aparecem de vez em quando, mas é difícil verificar se são genuínas.

Além do Y-20U, Pequim está desenvolvendo uma variante de alerta aéreo antecipado e controle provisoriamente designada como KJ-3000.

FONTE: FlightGlobal

- Advertisement -

12 Comments

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Heinz Guderian

Pássaro bonito, algumas coisas me lembraram o KC.

karl Bonfim

É, mas esses motores “fininhos” , sei não hein!
Amin no le gusto!!!

Jadson Cabral

motores com baixa razão de by-pass, mais antigos e bem menos eficientes que o motores gigantescos que vemos hoje.

Adriano Madureira

Bela aeronave ! Parabéns aos chineses…

Zeus

Mais uma lacuna que vão preenchendo com desenvolvimento de equipamento próprio de alto nível.

Quando conseguirem substituir estes esbeltos motores Soloviev, que devem beber um bocado, por projetos próprios mais modernos com high bypass, terão conquistado um grande marco tecnológico em sua indústria aeronáutica e um nível independência estrategicamente inquestionável.

karl Bonfim

“projetos próprios”
Acho que não hein!
Provavelmente deve ser mais uma cópia, para que perder tempo e gastar uma grana desenvolvendo um motor novo, se eles podem espionar e obter um projeto já pronto e confiável?

Antoniokings

De cópia em cópia estão dominando o Mundo.

Carlos

Grama do vizinho Kings!

João Augusto

Em primeiro lugar, o projeto é dos Chineses, mesmo que se valham de motores de outros países. Ou o KC-390 não é um projeto brasileiro?
Em segundo lugar, desde quando copiar uma turbina de outro país é algo fácil? Mérito dos caras também.

Zeus

Como já foi apontado diversas vezes por outros comentaristas, se copiar motores fosse tão fácil, eles já estariam dotando a tempos as suas aeronaves com cópias confiáveis de turbofans da RR, GE, Safran. E as cópias começaram lá atrás com os EUA, Rússia, UK e França COPIANDO a tecnologia dos nazis, e após isto, ESPIONANDO a tudo e a todos! Roubando informações de onde puderam e puderem, pois ainda o fazem! Eles estão trabalhando duro a tempos para desenvolver seus motores. Podem até adotar algumas soluções já empregadas por outros, como todos os fabricantes ocidentais sempre fizeram, mas certamente estão… Read more »

André Macedo

O programa de foguetes americano e russo nasceu de cópias nazistas do V-2 e outras tecnologias, ninguém realmente ligava para o potencial da artilharia de foguetes e tecnologias relacionadas, então nada sobre isso foi incluído no Tratado de Versalhes, sem restrições os alemães descobriram o real potencial dessa área.
E você precisa estudar mais, retirando a ironia, sua pergunta está certíssima: Pra quê?

Nilton L Junior

Quantos seriam preciso pra suprir esse necessidade?

Últimas Notícias

TV Brasil compra direitos da série ‘Águias de Fogo’ de 1968, que fazia homenagem à FAB

Segundo o site O Antagonista, a emissora pública TV Brasil comprou por R$ 40 mil os direitos de “Águias...
- Advertisement -
- Advertisement -