Home Força Aérea Brasileira EXOP Tínia reúne mais de 35 aeronaves e 400 militares no RS

EXOP Tínia reúne mais de 35 aeronaves e 400 militares no RS

2805
32

Treinamento acontece até o dia 27 de novembro nas Alas 3 e 4

Mais de 35 aeronaves e cerca de 400 militares do efetivo de Unidades da Força Aérea Brasileira (FAB), distribuídas por todo o País, estão envolvidos no EXOP Tínia, que acontece de 5 a 27 de novembro no Rio Grande do Sul.

O Comando de Preparo (COMPREP) está à frente da atividade, que segue a proposta de adequar os treinamentos nacionais ao perfil encontrado no cenário internacional.

Este treinamento é fundamental para garantir a continuidade da capacitação operacional dos militares da Instituição e a pronta-resposta para emprego em diversas missões que são executadas pela Força. A manutenção da qualificação e capacitação operacional garantem que os militares estejam preparados para atuar em missões diversas.

Para garantir a segurança dos participantes e da população local, foi elaborado um plano de biossegurança com base nos protocolos estabelecidos pelas autoridades de saúde para o enfrentamento à COVID-19.

FONTE: Força Aérea Brasileira

Subscribe
Notify of
guest
32 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Claudio
Claudio
18 dias atrás

Na base aérea em Santa Maria tem duas pistas , na pista secundária Perto da final da 02 de sentido norte-sul tem umas instalações camufladas , alguém saberia oque é?

Flanker
Flanker
Reply to  Claudio
18 dias atrás

Próximo à cabeceira 02 da pista secundária estão as instalações do esquadrão Hórus (1⁰/12⁰ GAV), sendo que se destaca o seu hangar, construído há bem poucos anos. As ARP do esq Hórus usam mais a pista secundária para suas operações.

Marcelo Tatsch
Marcelo Tatsch
Reply to  Claudio
18 dias atrás

Na 18 é o Hangar novo do esquadrão Horus (dos Vants). Lá na 02 do outro lado não é um paiol? Além disso, inauguraram a extensão que liga todo o pátio operacional militar com o pátio do aeroporto. Obra do Governo Federal para a ampliação do aeroporto receber aeronaves maiores comerciais e para as aeronaves de transporte da FAB, etc.

Flanker
Flanker
Reply to  Marcelo Tatsch
18 dias atrás

Os E-99 já estão utilizando essa parte nova do pátio, agora no EXOP Tínia. Faço uma retificação: no meu post anterior, onde escrevi cabeceira 02, leia-se cabeceira 18.

Vitor
Vitor
18 dias atrás

Senti falta do VF-1 participando a partir de Santa Maria junto com os A-1 e A-29.

Mayuan
Mayuan
Reply to  Vitor
16 dias atrás

Não senti não. Sinto falta dos A4 no Musal que é onde deveriam estar.

Wilson Lobe Junior
Wilson Lobe Junior
18 dias atrás

Vida longa aos F-5, pois o Gripen, com motor americano, acaba de subir no telhado…

Last edited 18 dias atrás by Wilson Lobe Junior
Luiz Floriano Alves
Reply to  Wilson Lobe Junior
18 dias atrás

Bem que a FAB poderia contar com um esquadrão de Gripen. Ainda bão recebeu, e não se completaram as integrações. Até quando….Catilina???

Mayuan
Mayuan
Reply to  Luiz Floriano Alves
16 dias atrás

Até as datas estabelecidas nos cronogramas amplamente divulgados aqui mesmo.

Renato Carvalho
Reply to  Wilson Lobe Junior
18 dias atrás

Sem problemas, passa um cheque pro Putin e logo chegam 36 Su35s novinhos em folha

Last edited 18 dias atrás by Renato Carvalho
Mayuan
Mayuan
Reply to  Renato Carvalho
16 dias atrás

Aham 2. Senta lá com o Wilson pra esperar e assim não ficam sozinhos.

pampapoker
pampapoker
Reply to  Wilson Lobe Junior
17 dias atrás

E o F5 tem motor da x-wing

Mayuan
Mayuan
Reply to  Wilson Lobe Junior
16 dias atrás

Aham. Senta lá e espera.

Fernando EMB
Fernando EMB
18 dias atrás

Acho que foi o primeiro exercício com a participação do KC390… Ou não?
Ou já teve participação mas manobras realizadas na Amazônia?

Flanker
Flanker
Reply to  Fernando EMB
18 dias atrás

Como assim, Roberto? Não entendi o que vc quis dizer…..

Last edited 18 dias atrás by Flanker
Flanker
Flanker
Reply to  Flanker
17 dias atrás

Pois eu tb vi no vídeo o valor de cada um dos tanques internos ser de 463 litros. Estranho, pq já li em mais de um ligar que a capacidade padrão de combustível dele é de 23,4 toneladas, mas podendo alcançar 35 toneladas com tanques internos. Acho que deve ter algum erro….talvez cada tanque leva 4630 litros, ao invés de 463….e tenha sido um erro de digitação, sei lá…..

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Flanker
17 dias atrás

Então vou esclarecer… De uma maneira muito simples… O vídeo está errado.

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Fernando EMB
17 dias atrás

Roberto. Só lamento. Não preciso provar que trabalho lá. Vários aqui do Fórum sabem que trabalho. Sim, temos em contrato cláusulas de confidencialidade. E não só com a empresa como também com o ministério da defesa. Você fez uma afirmação, eu truquei dizendo que estava incorreta, querendo demostrar uma clara vantagem de capacidade do C-130 onde ela não existe. Deixei claro que acredita quem quiser. Mas se quer encerrar qualquer discussão. Ótimo. Não preciso provar nada a ninguém. Mas não quer acreditar .. direito seu. Vamos para o lado de lógica e bom senso. Pelas imagens da para se ter… Read more »

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Fernando EMB
17 dias atrás

“sorvete”…. Você digita aeronave e o corretor muda para sorvete… Que droga!!!

Fernando
Fernando
Reply to  Fernando EMB
17 dias atrás

Roberto, Não precisa se desculpar… todos nós nos exaltamos um pouco. Aceito as suas desculpas e também as peço. Digo que o vídeo está errado pois colocou uma informação que está tecnicamente correta, porém que deixa uma clara margem a “dupla interpretação”… Se tivessem colocado “internal tanks over Standard 463L size pallets”, não haveria confusão… mas colocaram só 1,2 or 3 463L (deixando margem a interpretar 463L como so fosse o volume. https://amsafebridport.com/cargo/military-pallet-nets/?gclid=CjwKCAiA17P9BRB2EiwAMvwNyHrkKa5DReePPFXzz5ImRggvXBSqal1NXqbh7U2lZp8JJrYtsHctVRoC8YAQAvD_BwE Aqui fala do tal pallet. Todo um mau entendido causado por uma informação técnica correta colocada de forma equivocada. Roberto, vc usou uma lógica correta, mas como… Read more »

Mayuan
Mayuan
Reply to  Fernando
16 dias atrás

Não há nada de vexatório em admitir enganos cometidos de boa fé. É, muito pelo contrário, prova de caráter idôneo.

Fernando
Fernando
Reply to  Mayuan
16 dias atrás

Exato…

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  Flanker
17 dias atrás

Roberto, aos 2:21min do referido vídeo, está escrito “1, 2 or 3 (463L Palletized) fuel tanks.”

463L não é a capacidade dos tanques, mas o formato dos pallets em que eles estão fixados.

https://en.wikipedia.org/wiki/463L_master_pallet

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Fernando EMB
18 dias atrás

Vai pensando assim…

Se fosse um pouquinho mais observador não falaria besteira.

Flanker
Flanker
18 dias atrás

Desde a escolta do primeiro voo do F-39 no Brasil, percebi a pintura azul, com dois filetes amarelos, na deriva de vários F-5M. Esses exemplares são do 1⁰ GAVCa? Lembra a Blue Ribbon, recebida pela unidade após a 2a GM. As células do Pampa tem as cinco estrelas do Cruzeiro do Sul na deriva, enquanto as células do GDA tem um jaguar estilizado. Se essas com marcação azul forem do Grupo de Caça, fica faltando apenas o Pacau voltar a utilizar seus naipes de cartas na deriva para identificar suas aeronaves, tradição abandonada com a desativação dos AT-26.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Flanker
18 dias atrás
Flanker
Flanker
Reply to  Maurício.
18 dias atrás

Bah!! Acertei!! Hehehe….é a Blue Ribbon, mesmo!! Valeu, Maurício. Abraço.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Flanker
16 dias atrás

Só para clarificar o que o Flanker quis dizer, caso alguém não saiba, a ‘Blue Ribbon’ significa a ‘Presidential Unit Citation.’ É, para as unidades dos EUA, como se fosse o equivalente à Medalha de Honra conferida à indivíduos que se destacaram em combate, só que obviamente para unidades inteiras. Um exemplo que todo mundo pode ver foi em uma cena, acho que no final do terceiro episódio de Band of Brothers, em que essa condecoração, utilizada por todos os membros da unidade (101 Airborne, que ganhou a condecoração após o Dia-D) é o foco de uma das cenas. O… Read more »

Flight_Falcon
Flight_Falcon
18 dias atrás

Parabéns ao Soldado Wilhan, Fotografo pelas imagens.
Excelentes

Flanker
Flanker
18 dias atrás

Olá, Roberto. No livro do Rudinei Cunha e do Leandro Casella, sobre a história do esquadrão Pampa, acho que tem uma citação sobre isso. Agora estou em viagem, mas quando voltar para casa, vou dar uma procurada no livro. Se tiver lá, eu coloco aqui.

Paulo V S Maffi
Paulo V S Maffi
18 dias atrás

Pergunto:
– Teria a FAB medo ou pavor de fotografar ou filmar uma pós-combustão do F-5?! Porque, tá louco… Difícil ver material publicado com esse enfoque.

Luís Inácio da Silva
Luís Inácio da Silva
17 dias atrás

Muito bom

Last edited 17 dias atrás by Luís Inácio da Silva