Home Aviação de Ataque FAB recebe último caça F-5M modernizado

FAB recebe último caça F-5M modernizado

2810
41

FAB 4810 será alocado o Esquadrão Pampa (1º/14º GAV), situado na Ala 3, em Canoas (RS)

Na tarde desta quarta-feira (14), uma comitiva do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) da Força Aérea Brasileira (FAB) se deslocou para Gavião Peixoto (SP) para receber a última aeronave de caça F-5M modernizada pela Embraer. O FAB 4810 será alocado no Esquadrão Pampa (1º/14º GAV), situado na Ala 3, em Canoas (RS).

Participaram do evento o Diretor-Geral do DCTA, Major-Brigadeiro do Ar Hudson Costa Potiguara, o Vice-Diretor do DCTA, Major-Brigadeiro do Ar Ricardo José Freire de Campos, o Presidente da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC), Major-Brigadeiro do Ar Valter Borges Malta, além de outras autoridades da FAB.

Para o recebimento da aeronave, foram realizados voos com pilotos e engenheiros de ensaio do Instituto de Pesquisas e Ensaios em Voo (IPEV) e certificados os instrumentos por técnicos do Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI), ambos ligados ao DCTA, completando a entrega de 49 aeronaves modernizadas deste modelo de caça.

O Vice-Presidente de Contratos da EMBRAER Defesa & Segurança, Márcio Monteiro, abriu a cerimônia de entrega e ressaltou a importância que esse programa gerou, afirmando que o desenvolvimento de softwares embarcados e a engenharia envolvida neste processo ampliaram os conhecimentos da empresa.

A modernização dos caças F-5M foi iniciada em 2005 e ao longo deste período proporcionou uma evolução tecnológica significativa à defesa aérea brasileira, com a implementação de novos armamentos e da introdução doutrinária do combate BVR (sigla em ingês para Além do Alcance Visual).

“Estamos encerrando um ciclo muito bem concluído pela EMBRAER, com tudo aquilo que nosso Comando de Preparo deseja. Estão de parabéns EMBRAER, o COMGAP, o COMPREP, o COMAE e o próprio DCTA pelo esforço para a operacionalidade deste vetor”, ressaltou o Diretor-Geral do DCTA, Major-Brigadeiro Potiguara. Também foram apresentadas à comitiva, composta por Oficiais dos Institutos do DCTA responsáveis pelo processo de modernização do F-5M, a linha de produção da aeronave KC-390 Millennium e o quarto cargueiro de série, prestes a ser entregue à Força Aérea.

F-39E Gripen

Na ocasião, a comitiva também foi apresentada ao novo caça multimissão F-39E Gripen, que chegou recentemente da Suécia e fez seu primeiro voo no Brasil no dia 24 de setembro. O Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen (GDDN, do inglês, Gripen Design and Development Network) e o Centro de Ensaios em Voo do Gripen (GFTC, do inglês Gripen Flight Test Centre) realizaram a apresentação.

A aeronave está realizando uma série de ensaios no interior paulista e deverá fazer sua apresentação oficial em Brasília no próximo dia 23 de outubro, data que é comemorado o Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira.

O Brasil encomendou da empresa Saab 36 caças de última geração, no chamado programa FX-2, cuja principal característica é a transferência tecnológica ao parque industrial brasileiro. Baseada neste aspecto, o projeto inclui o Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen e o Centro de Ensaios em Voo do Gripen.

Nestes locais são reunidos os engenheiros suecos com os brasileiros para, juntos, desenvolverem soluções que a nova plataforma de armas exigirá na sua implantação. De acordo com Marcus Wandt, piloto de testes da Saab, todas as avaliações são necessárias para que a aeronave cumpra sua capacidade plena e possa atender aos requisitos do sistema.

FONTE: Força Aérea Brasileira / FOTOS: Embraer

Subscribe
Notify of
guest
41 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz
Clésio Luiz
11 dias atrás

Eita, será que vão empregar o padrão de camuflagem do F-2000 no F-39E/F?

Matheus
Matheus
Reply to  Clésio Luiz
11 dias atrás

A camuflagem mais bonita que já existiu na FAB.

Bille
Bille
Reply to  Matheus
10 dias atrás

Anota aí: se nada mudar, vai ser o padrão F5.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  Bille
10 dias atrás

E eu sinceramente espero que seja. Não porque ache que seria o melhor, mas para ter o prazer de ver o choro generalizado que vai ser, especialmente da turminha que acha que aeronave militar tem que ser/estar bonitinha para virar papel de parede de celular 🙂

Flanker
Flanker
Reply to  Clésio Luiz
10 dias atrás

Exatamente! Assino embaixo de tudo que você escreveu!!

Camargoer
Camargoer
Reply to  Bille
10 dias atrás

Olá Billie. Já fiz essa piada antes, mas vale a pena repetir. A camuflagem do F5M foi inspirada em um desenho do pica-pau da década de 40.

picapau-piloto.jpg
Matheus
Matheus
Reply to  Bille
10 dias atrás

Mas já mudou

Last edited 10 dias atrás by Matheus
Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Matheus
10 dias atrás

2!

Camargoer
Camargoer
11 dias atrás

Olá Colegas. O envio da equipe técnica foi uma necessidade óbvia, mas em tempos de pandemia e recursos escassos, as autoridades bem que poderiam dar o exemplo e usar videoconferência. O pessoal parece que não aprende.

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Camargoer
11 dias atrás

E por acaso como se confere tudo por vídeo conferência???

Camargoer
Camargoer
Reply to  Fernando EMB
10 dias atrás

Caro Fernando. Foi exatamente o que eu escrevi. A equipe técnica se justifica pois é uma necessidade óbvia. As autoridades como o diretor do DCTA, informado no texto. O custo do deslocamento das autoridades é marginal em relação ás despesas anuais da FAB, mas seria uma questão de estabelecer uma imagem de maior austeridade com os gastos neste período. Não acha?

Frederick
Frederick
Reply to  Camargoer
10 dias atrás

Ficou cristalino, desde o primeiro comentário, que se referia à solenidade.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Frederick
10 dias atrás

Olá Fred. Exato. Meu comentário era sobre o deslocamento de autoridades da FAB para a solenidade. Neste momento, é o mais adequado, mesmo considerando a importância do evento. Ás vezes eu escrevo uma coisa pensando em outra. O Fernando é um grande colega que respeito muito e sempre muito prestativo.

Frederick
Frederick
10 dias atrás

O padrão de camuflagem da FAB é mais que cores e contrastes. Trata-se de um ineditismo e exclusividade que raramente se vê em forças aéreas. Não é raro observar aeronaves pintadas com padrões da Força Aérea de países militarmente mais influentes. Seja ocidental ou oriental. Isso denota uma faceta mais auxiliar, secundária e de reserva que propriamente de uma força aérea aliada e autônoma. A da FAB traz consigo o cinza da superioridade aérea misturado ao verde que representa nossa maior e mais estratégica área geográfica. Isso é personalidade. Não se confunde uma aeronave da Força Aérea Brasileira com a… Read more »

grippen.jpg
Last edited 10 dias atrás by Frederick
Maurício Veiga
Reply to  Frederick
10 dias atrás

Não existe camuflagem ideal para a FAB pois a mesma sobrevoa cinco biomas distintos ao longo de todo território nacional, a padronização ainda que não seja perfeita tem efeito benéfico na logística e custo operacional referente a manutenção das pinturas, particularmente gosto do padrão atual…

fresney
fresney
10 dias atrás

Alem de caber 2, qual outras diferenças do mono p/ o biposto?

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  fresney
10 dias atrás

Se tomarmos por base os modelos B/D, será uns 90cm mais comprido que o monoposto, além de pesar um pouco mais. Talvez perca o canhão também, que aliás, não é incomum.

Armando Eisele
Armando Eisele
10 dias atrás

E os AMX ? Precisamos deles prontos também. O mundo está. cada dia mais instável Venezuela ao Norte e ao Sul, ameaça soberania nacional. Os tempos de paz acabaram e não estamos preparados em qualidade e quantidade. Ao menos em quantidade. O tempos de paz estão no passado. Só cego não percebe o rumo que o mundo e A. LATINA está tomando.

Funcionário da Petrobras
Funcionário da Petrobras
Reply to  Armando Eisele
10 dias atrás

Venezuela, ameaça para o Brasil?
Não aguentam um mês de guerra, com meia dúzia de aeronaves nossas.
Aquele país está um caos..

Frederick
Frederick
Reply to  Funcionário da Petrobras
9 dias atrás

É mais estranho.

Além disso, está insinuando que a Argentina, por ter lá um governo de plantão que o governo de plantão daqui não gosta, é uma ameaça à soberania nacional.

🙄

João Rodrigues Dos Santos
João Rodrigues Dos Santos
Reply to  Funcionário da Petrobras
6 dias atrás

Não é uma ameaça apenas para o Brasil mas sim para AL toda!
A Venezuela, devido ao governo da párea, Genocida e psicopata Nícolas Maduro, está promovendo não só o desastre ambiental, mas social, politico e militar na região!
Agora, lá dentro daquele antro de ditadura narco socialista, tem de tudo!!
Desde tropas Cubanas, Russas, Chinesas, Mercenários do Grupo Vagner, da Guarda Revolucionário do Irá, até Terroristas do Resbolah, Fatah e Isis…

Isso não é fake, isso é real!

Que o Brasil se cuide…

Last edited 6 dias atrás by João Rodrigues Dos Santos
Marcos Cooper
Marcos Cooper
Reply to  Armando Eisele
9 dias atrás

Coisa que definitivamente me irrita:essa paranóia de guerra com a Venezuela.
O povo insiste.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Marcos Cooper
9 dias atrás

Olá Marcos. Pois é. Há dois anos venho criticando a postura beligerante do governo brasileiro em relação á Venezuela (e á Argentina também). Os inimigos dos Brasil estão longe da América Latina.

Marcos Cooper
Marcos Cooper
Reply to  Camargoer
9 dias atrás

Pois é Camargoer,as pessoas entram nessa onda sem fundamentar seus comentários em ações ou fatos concretos que validem essa possibilidade. Em termos bem claros,existe algum fundamento nessa paranóia? A Venezuela já intimidou o Brasil? Já falou em guerra abertamente contra nós?

Camargoer
Camargoer
Reply to  Marcos Cooper
9 dias atrás

Olá Marcos. Acho que a Venezuela não tem motivos para agredir o Brasil. Primeiro as fronteiras estão definidas, segundo ela daria motivo para uma intervenção internacional. Terceiro, qualquer guerra consumiria tantos recursos que levaria o governo ao colapso, quarto, uma guerra de agressão contra o Brasil dificilmente tocaria o sentimento nacionalista do povo venezuelano. Por fim, sem um objetivo claro e justificado, seria virtualmente impossível para a Venezuela vencer uma guerra contra o Brasil. A Venezuela teme sim uma intervenção estrangeira. Só um governo lunático pode querer entrar em guerra contra a Venezuela para derrubar Maduro e dar posse a… Read more »

Marcos Cooper
Marcos Cooper
Reply to  Camargoer
9 dias atrás

Obrigado Camargoer! Isso que eu queria que o povo entendesse.
Comentário lúcido e direto.
Obrigado.

João Rodrigues Dos Santos
João Rodrigues Dos Santos
Reply to  Camargoer
8 dias atrás

Apesar das diferenças ideológicas que tenho com vc e, com as suas narrativas sem noção insistentemente postadas aqui, nessa postagem sua tenho que concordar, seria uma loucura sem fim entrar em guerra com a Venezuela para derrubar um governo do psicopata e genocida Maduro… Apesar de está se recuperando economicamente, ainda estamos no fio da navalha… Então, em nada ajudaria a economia e a sociedade brasileira nesse momento, iniciar qualquer conflito. Quanto a Guaidó e Nicolás Maduro, nenhum dos dois tem legitimidade alguma… Se um não recebeu votos, o outro fraudou as eleições. Fraude já reconhecida pela OEA e denunciada… Read more »

Last edited 8 dias atrás by João Rodrigues Dos Santos
Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
10 dias atrás

Potiguara foi escolhido semana passada para a promoção a Tenente Brigadeiro (4 estrelas). É piloto de F-5, foi do Grupo de Caça.

Funcionário da Petrobras
Funcionário da Petrobras
9 dias atrás

Sábado (17/10/2020) por volta das 11h. passou um F-5M em cima de casa (próximo a Santana), para pouso em GRU na cabeceira 09 (oeste).
Alguém saberia me dizer se o destino deste caça será o PAMA-SP, revisão nível parque?

Last edited 9 dias atrás by Funcionário da Petrobras
Wilson Lobe Junior
Wilson Lobe Junior
9 dias atrás

Questões aos mais bem informados. Quais mísseis que o F-5M tem efetivamente à disposição no paiol da FAB? Temos realmente a dobradinha Python-4 e Derby? Em quantidade significativa ou só para “formação de doutrina”? Qual o link de dados que o F-5M usa?

Flanker
Flanker
Reply to  Wilson Lobe Junior
9 dias atrás

Mísseis: MAA-1 Piranha – foram homologados, adquiridos e vários lançados em exercício de lançamento real alguns poucos anos atrás. Não sei o status atual. Python 3 – homologados e colocados em operação ainda nos tempos pré-modernização dos F-5. Quando a versão modernizada dos F-5 entrou em operação, esse míssil fazia parte de seu arsenal. Foram lançados vários em vários exercícios de tiro míssil. Não sei o status atual. Python 4 – míssil WVR operacional dos F-5M. Uns 2 ou 3 anos atrás falou -se que a FAB teria adquirido o Python 5. Não sei até onde isso é real. Derby… Read more »

Wilson Lobe Junior
Wilson Lobe Junior
Reply to  Flanker
8 dias atrás

Obrigado. É ótimo conversar com quem entende.

willhorv
willhorv
9 dias atrás

Bom….chega ao fim mais uma etapa destes guerreiros, e a medida que vão chegando os Gripens, também vão dando baixa os que se encontram no planalto. Aliás, a única explicação para que eles fiquem lá é porque estão equidistantes do Norte ao Sul, facilitando seu desdobramento, uma vez que defender os poderes executivo, legislativo e judiciário é o Ó, pois eles se matam sozinhos e a cada eleição. Portanto, não vejo a hora de novos pedidos dos Gripens serem contemplados, a fim de suprir a baixa destes guerreiros (F5BR) lotados no RS, RJ e AM. Por isso penso que, o… Read more »

Rodrigo
Rodrigo
9 dias atrás

15 anos para modernizar 48 aeronaves.
…Meu Deus.

Flanker
Flanker
Reply to  Rodrigo
9 dias atrás

Não entro no mérito da velocidade do programa. Entretanto, foram modernizados 49 e não 48. Foram 43 F-5EM e 6 F-5FM (4806, 07, 08, 10, 11 e 12).

Luiz Floriano Alves
Reply to  Flanker
9 dias atrás

A continuar essa politica vamos modernizar os Meteor 8. Colocar radar AESA, HUD, integrar missil BVR,colocar motor GE 404 etc………

João Rodrigues Dos Santos
João Rodrigues Dos Santos
Reply to  Luiz Floriano Alves
8 dias atrás

???

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Rodrigo
8 dias atrás

Há males que vem para bem. Essa demora na modernização nos deixou com células modernizadas relativamente pouco voadas, que ainda poderão operar junto com os Gripen durante mais alguns anos enquanto novos lotes possam ser adquiridos e acrescidos ao inventário.

Jaguar Amarelo
Jaguar Amarelo
8 dias atrás

Iran news…rsrsrs

Flight_Falcon
Flight_Falcon
7 dias atrás

Hoje ela (F-39) passou várias vezes aqui nos céus de Brasília, fazendo o ensaio para ser apresentada dia 23.

tassios
tassios
1 dia atrás

Esse fez parte do lote comprado dos Jordanianos?