Home Aviação de Transporte Holanda opta por substituição antecipada do C-130H Hercules em vez de atualização

Holanda opta por substituição antecipada do C-130H Hercules em vez de atualização

6726
222

A defesa holandesa substituirá as atuais quatro aeronaves de transporte C-130H Hercules antes do previsto. O projeto agora está sendo implementado entre 2021 e 2028, com os primeiros aviões chegando em 2026. A secretária de Estado, Barbara Visser, escreveu isso à Câmara no dia 12 de outubro.

As aeronaves atuais foram adquiridas em 1992 (duas novas) e em 2005 (duas usadas). O mais antigo é de 1978. Sua expectativa de vida normal de 30 anos expirou. Como resultado, a prontidão da aeronave agora também é insuficiente.

Este fato, combinado com o número limitado de aeronaves, garante que a disponibilidade fique aquém das necessidades da Defesa. Se uma das aeronaves falhar, a capacidade já limitada ficará imediatamente sob pressão. Portanto, a execução simultânea de tarefas agora é limitada.

Substituição direta mais barata

A defesa chegou à conclusão de que a manutenção planejada não proporciona a melhoria necessária na implantação. A modernização da frota atual reduziria ainda mais a disponibilidade nos próximos quatro anos.

A sua substituição é financeiramente mais benéfica e melhora a empregabilidade. É por isso que o programa de manutenção previamente definido não é mais realizado, e a aeronave atual será substituída imediatamente.

Requisitos para novas aeronaves

A nova aeronave deve poder ser usada em todo o mundo, mesmo em condições difíceis. A substituta deve, portanto, ser capaz de pousar em pistas curtas e não pavimentadas. A aeronave pode transportar feridos (gravemente) e fornecer cuidados médicos de alta qualidade durante o transporte.

A defesa precisa de pelo menos 2.400 horas de voo por ano. Uma aeronave deve ser capaz de transportar vários tipos de equipamentos (incluindo munições e veículos) ou um mínimo de 60 pára-quedistas. Isso significa que uma distância de 2.000 milhas náuticas pode ser percorrida. A aeronave será dotada de equipamento de autoproteção e facilidades de comunicação e informação para participação em operações baseadas em informação.

Custo

Os custos variam entre € 250 milhões e € 1 bilhão. Os chamados dispositivos de prateleira são comprados para isso. São aeronaves existentes que já foram comprovadas. Nas fases de acompanhamento, será examinado como a indústria holandesa pode ser envolvida.

FONTE: Ministério da Defesa Holandês

Subscribe
Notify of
guest
222 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Uma boa oportunidade para o KC-390! Vão continuar com 4 ou vão aumentar a quantidade?

Karl Bonfim
Karl Bonfim
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Uma excelente oportunidade!!

Camargoer
Camargoer
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Olá Fabio. Concordo. O KC390 está em operação na FAB e já foi vendido para Portugal. Perceba que até a Holandra faz questão de envolver a suas indústria local mesmo que seja para a aquisição de cerca de 04 unidades. Isso mostra que a simples compra de prateleira não atende países industrializados, como Holanda, ou Brasil e Chile.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Ou Portugal @_@, no caso, haja em vista o facto de que foi esse um dos principais factores a beneficiar o modelo escolhido.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Peter nine nine
1 mês atrás

Olá P99. De fato, você tem razão. Bem colocado.

Wellington Góes
Wellington Góes
Reply to  Peter nine nine
1 mês atrás

E aproveitando a oportunidade, seria por demais profícua a intervenção do governo português, para ajudar na oferta ao parceiro de OTAN…

Datafire
Datafire
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Seria uma excelente oportunidade, mas infelizmente, e dada a urgência da aquisição, parece-me que vai ser mais uma possível venda perdida.

Se Portugal já voasse um KC390 com Link16 padrão NATO, acredito que as relações privilegiadas entre as Forças Armadas holandesas e as portuguesas, tivesse influência.

Assim, penso que será mais uma vitória de secretaria para o C130J.

joao pedro
joao pedro
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

É nóis mano. KC-390 neles, uns 8 tá bom.

Funcionário dos Correios
Funcionário dos Correios
1 mês atrás

Uma excelente oportunidade para a Embraer!!!!!

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
Reply to  Funcionário dos Correios
1 mês atrás

Dificilmente, ja que a holanda esta entre os paises que querem boicotar o Brasil por causa das queimadas e desmatamentos da Amazonia.

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Entusiasta Militar
1 mês atrás

Na Amazônia e no Pantanal é queimada. Na Flórida e na Austrália é incêndio.

OSEIAS
OSEIAS
1 mês atrás

Acredito que a Embraer já esteja no circuito, assim como as outras concorrentes. Mas fica ai a oportunidade de correr atrás dessa oportunidade e Portugal ajudar nessa decisão, pois também se beneficiariam com as vendas. E envolver a industrial local holandesa seria um ganho, pois poderíamos ainda mais distribuir os custos de produção de alguma coisa, sem falar que mais um membro OTAN seria operador. Força Embraer.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  OSEIAS
1 mês atrás

Sim, Portugal poderia “usar” os seus “contactos”, ainda “quentes” das cooperações e procedimentos em comum (modernizaçoes de fragatas M, programa MLU em comum dos F16, etc). Mas o A400 terá igual peso numa eventual decisão holandesa. Próximo de Bruxelas, rodeado por participantes do projecto… Etc… Para não falar que também é um baita de avião com as suas atraentes particularidades.

Mayuan
Mayuan
Reply to  Peter nine nine
1 mês atrás

De fato um grande avião mas com os custos que isso também implica, especialmente em uma força enxuta como a Holandesa…
Vejo os Millenium ou Hércules novos como opções mais prováveis.

Charles
Charles
1 mês atrás

Foi nesse exato contexto que a Embraer digamos assim “se meteu”…estudou muito bem o mercado quando do início do projeto, ou bem antes dele…notícias assim vão começar a surgir. Vejo o exemplo do Super Tucano…tudo na avião leva tempo, por mais que queremos que as coisas aconteçam, entre assinar contrato e começar a fabricar e entregar..vide o gripen e tantos outros

Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

Pode ser uma oportunidade para a EMBRAER

MFB
MFB
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Não, não será;

Welington S.
Welington S.
1 mês atrás

Será que a Embraer já está mexendo os pauzinhos? Torço pra que sim.

Wellington Góes
Wellington Góes
Reply to  Welington S.
1 mês atrás

Acredito que sim… O negócio é saber se o está fazendo direito… Como Holanda é um membro OTAN, o governo português deveria estar envolvido nisso em conjunto… Se a Embraer ganha, a OGMA também…

RENAN
RENAN
1 mês atrás

Bora kc fazer história.
Espero que seja avaliado e esteja entre as duas primeiras opções.
Vamos ver se a Embraer consegue fazer um lobby para a venda

Wagner
Wagner
1 mês atrás

Não vai rolar o KC nessa. Aliás, não vai rolar em lugar nenhum e isso não tem nada a ver com a qualidade do projeto. Claro, espero que eu esteja errado e que o aparelho seja um sucesso.

Last edited 1 mês atrás by Wagner
Camargoer
Camargoer
Reply to  Wagner
1 mês atrás

Olá Wagner. Pois é. Amanhã teremos 50% de chance de chover. Ou não.

Wagner
Wagner
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

E se não chover, pode ser que saia Sol. Ou não.

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Claro que vc pode estar errado e ser o contrário do que vc acha

Camargoer
Camargoer
Reply to  Caio Cipriano
1 mês atrás

Olá Caio. Lembrei de uma frase do Teobaldo em “Grandes Sertões. Veredas”. “Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa”.

João Rodrigues Dos Santos
João Rodrigues Dos Santos
Reply to  Wagner
1 mês atrás

Amigão, vc é da galera anti horário?
Pq, putz meu…Fala sério!

Wagner
Wagner
Reply to  João Rodrigues Dos Santos
1 mês atrás

A dicotomia simplista empobrece a discussão ao relativizar os danos causados, as falhas e erros inerentes a toda e qualquer teoria sócio econômica. Procuro, portanto, ser realista e me atentar à imensa complexidade da vida real, sem acreditar em soluções milagrosas de qualquer espectro político. Acredito na democracia e no mercado o mais livre possível dentro de determinadas circunstâncias, não negando entretanto o papel do estado como fiel da balança. E isso quer dizer, meu caro, que discurso para mim nao importa e sim as ações. Não sou pelego de político nenhum, nao me importa a bandeira que esteja usando.… Read more »

miguel Felicio
miguel Felicio
Reply to  Wagner
1 mês atrás

Voce é o Cara; o cara para não se discutir, quer ser contra e não tem como………voce tinha vontade de ser Contrarregra, ou Contra Almirante, tocar Contra Baixo,………

Wagner
Wagner
Reply to  miguel Felicio
1 mês atrás

Ao invés de usar a falácia do argumentum ad hominen, tente dialogar usando fatos! Garanto que se você apresentar dados concretos que sirvam de base solida para ideias elegantes e lógicas, terei o maior prazer em mudar de opinião! Abraços.

Tomcat4,2
Tomcat4,2
1 mês atrás

Oportunidade magnífica pra Embraer e o KC-390 !!!

Luiz Henrique
Luiz Henrique
1 mês atrás

A julgar pela nossa atual política externa, vai ser difícil emplacar negócios de alto nível como esse.
Devem ir de C130J.

Jack
Jack
Reply to  Luiz Henrique
1 mês atrás

Sempre tem que ter alguém para reclamar, mesmo em frente de uma bela oportunidade…Você preferia os ” Cumpanheiros”?

Luiz Henrique
Luiz Henrique
Reply to  Jack
1 mês atrás

Você é mais um que possui o chamado “escopo limitado de análise” eu explico: São aquelas pessoas que acreditam que qualquer um que faça uma crítica, análise ou emita uma opinião que vá contra algum aspecto do governo vigente se torna automaticamente um amante das administrações passadas, isso leva o nível do debate lá no chão. Mas tocando no assunto, eu sempre achei que seria difícil ter uma política externa tão ruim quanto aos governos anteriores, mas eu me enganei. Hoje o país está completamente isolado no cenário internacional, o que na minha opinião vai dificultar a venda do Kc-390,… Read more »

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Luiz Henrique
1 mês atrás

Argumentos corretos e validos, pois a UE está cobrando um posicionamento mais firme de nosso governo em relação a pauta ambiental. Isso pode pesar na decisão.

Camargoer
Camargoer
Reply to  OSEIAS
1 mês atrás

Olá Oseias. Eu e outros colegas temos apontado este desde que o novo governo assumiu. Há o problema ambiental, há os discursos mal elaborados em Davos e na ONU, o apoio ás propostas contrárias aos direitos humanos em diversos organismos internacionais, o calote na OMS, os atritos inúteis com a França e a Alemanha…

Alex Rocha
Alex Rocha
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Camargoer, sempre admirei seus comentários, mas neste não estou de acordo com vc. O nosso país é soberano por si só, e não não devemos explicações do que nós fazemos ou deixamos de fazer com nosso território a ninguém. Cada um no seu devido quadrado. Estes países fizeram o que quiseram com seus territórios e agora vêm dar uma de santo em cima do Brasil nos colocando como bode expiatório. Se temos atritos não foi porque nós procuramos, estes países que vêm apontando uma agenda que nem eles mesmos seguem e querem nos diminuir. Não sou de acordo para abaixar… Read more »

João Fernando
João Fernando
Reply to  Alex Rocha
1 mês atrás

E quem vai pagar essa conta cara pálida? A China comunista? Tem que respeitar o eleitor verde da Europa sim senão quiser ficar fora do jogo

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  João Fernando
1 mês atrás

João, minha filha mora na Europa e sabe o que ela diz: “Pai, eu nunca vi tanto consumo de drogas aberto, nos bares e ruas como aqui! Europeu João, só quer saber de fumar maconha e se meter na Floresta dos outros, já que eles destruiram as deles!

rui mendes
rui mendes
Reply to  Marcelo Andrade
1 mês atrás

Análise profunda e muito pormenorizada, do senhor, só não percebo, sendo os Europeus tudo?? isso, como a UE consegue ser a 3 potência mundial, e no passado já longínquo, a Europa foi a grande senhora e dona do mundo.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Alex Rocha
1 mês atrás

Olá Alex. Acho normal que a gente concorde com algumas coisas e discorde de outras. Os debates nos quais eu aprendi mais foram com colegas que tinham opiniões diferentes da minhas. Discordar é fundamental. Acho que concordamos no essencial, que é a necessidade de uma política externa independente e soberana. A minha maior crítica ao Itamaraty foi abrir mão da soberania e da defesa dos interesses nacionais pelo alinhamento incondicional com os EUA. O fato de outros países terem destruído a maior parte de suas florestas e áreas selvagens não tira a razão deles quando criticam o Brasil por fazer… Read more »

Alex Rocha
Alex Rocha
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Entendo seu ponto de vista Camargoer. Porém ressalto que vemos que muito do que está sendo posto em cima do país não condiz com a realidade. O Brasil aumentou sua área de produção sem precisar desmatar. As queimadas no Brasil ao contrário do que muitos dizem foi bem menor do que em anos anteriores e isto não é divulgado. O Brasil ao contrário do que muitos dizem é um país que em sua maioria têm contribuído com o meio ambiente, o governo têm fiscalizado isso e não é de agora, falo isso por que esta é minha realidade e moro… Read more »

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Alex Rocha
1 mês atrás

Caro Alex, concordo com sua indignação frente as cobranças externas sobre nossa soberania, afinal quem são eles para nos julgar? Mas fato é que temos sim baixar a cabeça. Não somos potencia militar para peitar essas nações. Se sabemos que querem nos pegar, não podemos cair no jogo deles. Nesse momento temos que buscar aliados e não inimigos. Mas a situação ambiental é seria sim, e o governo federal incentivou os desmatamentos não só na Amazônia legal, mas isso acontece na mata atlântica, no cerrado que é um imenso guarda chuvas e que abastece nossos aquíferos e outros biomas. Se… Read more »

Salim
Salim
Reply to  OSEIAS
1 mês atrás

Oséias, ninguém condenou Brasil a nada e so colocar projeto de lei e mudar, reclamar dos outros e fácil, porém pode ser mudado e so mostrar a população está necessidade. O Brasil na epoca desta lei estava desacreditado como hoje estamos. Estes acordos foram para abrandar nosso descrédito, visto que crescemos bastante decorrente destas decisões, ai veio nine f ingers e fez esta lambança que vamos demorar pra resolver e pelo visto não será nesta administração pífia que estamos verificando.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Salim
1 mês atrás

Caro Salim. O governo do Lula acabou há uma década. Achar que os problemas atuais foram todos causados durante seu governo sem considerar o que aconteceu nos últimos 10 anos não faz sentido algum. Afinal, quais lambanças são estas que afetam o país até agora e causaram tanto estrago?

Salim
Salim
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Camargoer, primeiro governo lula ate que foi razoável, porem o segundo foi horrível em relação economia e politica externa, o roubo ao cofre publico também começou no segundo mandato, depois veio Dilma pra tentar tapar o buraco, ai desandou de vez. Agora novamente estamos indo buraco populista, esta administração e covarde em reduzir o cabidao empregos em todas as esferas administração. Vão colocar mais uma PA de cal no nosso futuro distribuindo dinheiro para se manter poder.

João Rodrigues Dos Santos
João Rodrigues Dos Santos
Reply to  Salim
1 mês atrás

Salim, vc tem noção das coisas, isso está claro!! Algumas críticas ao governo se justificam outras não, é fato! Mas, preciso fazer uma pergunta: Quem está travando todas as reformas do Goiverno?? Eu respondo: Essa tem nome e CPF, se chama Rodrigo Botafogo Maia, conhece? E ele travou até a MP do futebol, que dava liberdade de transmissão aos clubes! O presidente nefasto da Camara dos Deputados, o Botafogo(lista Odebrecht), deixou caducar a MP do futebo na sexta feira, vc soube disso? Me pergunte a outras MPs, tipo essa que vc citou, onde está? Embaixo da bunda gorda do Botafodo… Read more »

Last edited 1 mês atrás by João Rodrigues Dos Santos
Salim
Salim
Reply to  João Rodrigues Dos Santos
1 mês atrás

As reformas que interessam, são administrativa, tributaria e prisão segunda estância. Ainda náo chegou congresso nenhum projeto enviado pelo executivo. O que se esta discutindo são projetos oriundos camará e do senado. Segunda estancia era projeto Sergio Moro que como todos vimos governo deixou naufragar. A reforma da previdência foi abaixo do razoável, visto a náo inclusão dos funcionários públicos, políticos e militares. Este congresso e bem melhor anteriores, porem governo esta se unindo escoria do congresso /centrão e para estes o melhor e ficar nesta roubalheira e benefícios escusos e sem punição.

Salim
Salim
Reply to  Alex Rocha
1 mês atrás

Alex, não é isto que satélites mundo todo estão registrando, não adianta desacreditar impe que tem reconhecimento mundial, por um militar falando besteira não resolve, não tem credibilidade. Brasil virou chacota com descaso saúde e mais esta do TTF. Vamos pagar preço desta incompetência. Se o bidê ganhar EUA tamo lascado.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Alex Rocha
1 mês atrás

Caro Alex. Segundo o Jornal da USP de agosto/2020 “Desmatamento da Amazônia dispara de novo em 2020“, o INPE estimou que em 2019 e 2020 houve aumento da taxa de desmatamento da Amazônia (+34% nos últimos 12 meses). Foram desmatados no período 9 mil km^, contra 6 mil km^2 em 2018. Segundo outra noticia do G1 com dados do Inpe (de julho/2020) “Focos de queimadas na Amazônia em junho foram os maiores para o mês nos últimos 13 anos, diz Inpe” foram identificados 2248 focos de incêndios em junho de 2020, número que sempre esteve abaixo de 2000 desde 2007

inpe.png
Vini
Vini
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Logo de quem você traz reportagem. Entre você no site do INPE (eu acessei). Lá mostra desde 2002 os desmatamentos e queimadas. Por região ou estado. E tire as suas conclusões. Mas claro você vai enxergar o que quer ver e não o que é mostrado.

Johan
Johan
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Bom você mostrar estes gráficos, pois os mesmos mostram que estamos longe de batermos os recordes de desmatamento de 2004 e 2007, mas naquela época “se podia”, pois era o progresso e o amigo dos países europeus seguia a cartilha.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Alex Rocha
1 mês atrás

És a voz do teu ”dono”.
Fala com dados, e não o que ouves dos políticos que apoias.
Isto é matéria para técnicos e não políticos.
Actualmente existem satélites, não há como encobrir, e alguns desses satélites, são lançados por foguetões, aí na vizinhança.

Adriano Luchiari
Adriano Luchiari
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Caro Camargo, o “buraco” da pauta ambiental é mais embaixo. França, principalmente, quer boicotar o acordo comercial União Europeia-Mercosul alegando uma suposta devastação da Amazônia para impedir a entrada de produtos brasileiros e proteger seus agricultores. Muita hipocrisia!

Camargoer
Camargoer
Reply to  Adriano Luchiari
1 mês atrás

Olá Adriano. Uma coisa é a França usar o argumento ambiental em favor dela (o Brasil fazia isso de modo parecido, exibindo dados de redução de desmatamento para pressionar países industrializados sobre a necessidade de abrir seus mercados para produtos de países que tinham uma postura firme contra a degradação das florestas e área selvagens. Outra coisa é o Brasil ter dado o motivo para a França. Caso o governo brasileiro tivesse mantido a política de combate ao desmatamento e controle das queimadas, a França não teria como usar o argumento da devastação ambiental para boicotar o acordo com o… Read more »

Salim
Salim
Reply to  Adriano Luchiari
1 mês atrás

O que fizemos, caímos como patinhos na lama. Falar bravata da voto para publico inculto, perdemos fundo amazônia, acordo mercado europeu e se bidé ganhar corremos risco de sanções. Ai vem otários de plantão falar em soberania quando Brasil e Brasileiros estão definhando. Ser patriota e fazer melhor Brasil, mediocridade mata.

João Rodrigues Dos Santos
João Rodrigues Dos Santos
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Cara, seus comentários são patéticos e enviesados de militância socialista moderna!! Onde, Governo atual é Contra o “ambiente”e direitos humanos? Peço que vc prove com fatos e documentos, onde o Brasil desrespeitou os direitos humanos nesse governo? Se vc tem bagagem para escrever tanta “M” em apenas uma postagem, com um dom eclético de reclamações volumosas eivadas de sotaque militante e propostas esquerdistas modernas, tipico de ativista não sei do que, porém, sempre usando as narrativas dos recortes de mídia militante de esquerda. Então, vc também deverá ter provas suficientes baseadas em fatos, tudo o que vc postou acima!! Mostre… Read more »

Last edited 1 mês atrás by João Rodrigues Dos Santos
Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  Alex Rocha
1 mês atrás

Concordo Alex.
Diplomacia não é sinônimo de submissão.
O discurso tem que ser firme e unicamente a favor do Brasil, se não agradou/agrada terceiros paciência..
Essa postura “isentona modinha e descolada” típica de adolescentes não agrega nada.
Mas o fundamental, além de uma postura pragmática no contexto internacional é termos os meios dissuasórios capazes de sustentar nossas posições.

Wagner
Wagner
Reply to  Rodrigo M
1 mês atrás

Na vida real, discurso firme só pode fazer quem tem um ou mais desses três: poder econômico (bala na agulha para barganha “pesada”, ou seja, industria e tecnologia líder – somos fornecedores de commodities e não lideramos setor nenhum na indústria), capacidade diplomática reconhecida e capacidade efetiva de dissuasão militar. O Brasil não tem nenhum. Lembre-se: ao contrário do que parece, nós é que precisamos deles.

Last edited 1 mês atrás by Wagner
Salim
Salim
Reply to  Alex Rocha
1 mês atrás

Alex ser independente não significa ser não inteligente. Você pode fazer de tudo e so ir com cuidado e não ficar soltando bravatas inúteis. Estamos queimando Amazônia e pantanal a troco do que, desmaiando pra pasto e vender madeira nobre como reflorestament, proteger garimpeiros ilegais???? Isto e ser independente???? Perder fundo Amazônia e acordo com mercado europeu e algum ato de independência ou inteligência???com esta política externa e bravatas a esmo cada vez nos enterrados mais. Perdemos 35% do pib em usd e estamos vendo preços subirem descontrolados, isto é independência.???? Estão vendendo Brasil a troco de nada, está desvalorização… Read more »

rui mendes
rui mendes
Reply to  Alex Rocha
1 mês atrás

”Eles precisam mais de nós, que nós deles …” .
Para que é, que eles precisam de vocês??

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Alex Rocha
1 mês atrás

Alex, onde assino? A Europa globalista atual é um monte de “borra botas” , não tem mais estadista como na época da Guerra Fria, por isso o Putin faz o que quer e a China tb. A UE é uma piada, o Reino Unido fez bem em sair fora desse antro!

rui mendes
rui mendes
Reply to  Marcelo Andrade
1 mês atrás

É uma piada que têm o 3 maior PIB mundial, têm a maior marinha mercante do mundo, é a maior potência comercial do mundo, é defendida pela organização militar mais potente do mundo, têm a segunda moeda mais forte do mundo, e quanto a estadistas, não se mede por ser egocêntricos, fanfarrões, sem nível e mentirosos como alguns adoram, mas discretos, influentes, frios, competentes e generosos, como Ângela Merkel.

Neto
Neto
Reply to  Alex Rocha
1 mês atrás

Grandes poderes e grandes responsabilidades. . Cada governo segue (ou não) os preceitos que o fizeram ganhar a eleição. . O BolsOlavismo segue um perfil de governo que menospreza minorias e possui um olhar e ação de usufruir da natureza. Isto é, usar, desmatar, garimpar, é mais importante para o governo que alguma preocupação com meio ambiente ou mudanças climáticas. Por isso seu ministro mais eficaz é o CONDENADO que está no ministério do meio ambiente. . Pois bem, como qualquer conversa de gente grande, fez uma escolha e está colhendo os frutos desta escolha. . Não ter zelo com… Read more »

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Olá Camargoer, concordo com seu ponto de vista e acrescento que deveríamos buscar aliados e não inimigos. Estamos destruindo esses biomas, para produzir alimentos para europeus e chineses.

Camargoer
Camargoer
Reply to  OSEIAS
1 mês atrás

Olá Oseias. Excelente ponto. O Brasil deveria intensificar sua pauta de exportação de bens industrializados de alto valor agregado, como produtos farmaceuticos por exemplo.

Marcos R
Marcos R
Reply to  OSEIAS
1 mês atrás

E não existe a possibilidade da Embraer apresentar a proposta através da subsidiária portuguesa, aproveitando o fato de fazer parte da UE?

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Marcos R
1 mês atrás

Olá Marcos, acredito que não, pois a Ogma faz parte do projeto, produzindo partes da aeronave, mas a fabricante e dona das patente e projetos são a Embraer junto com a FAB. Mas Portugal pode ajudar no quesito lob.

Salim
Salim
Reply to  Marcos R
1 mês atrás

Acredito ser possível, mas não viável pelo nr aeronaves envolvidas. Se acordo Mercosul com mercado europeu estivesse valendo seria mais fácil, mas pra variar, ocorreram atos de de inteligência de nossa parte e o mesmo esta indo brejo.

Wagner
Wagner
Reply to  Luiz Henrique
1 mês atrás

Exato. Mas a visão curta e o pensamento raso impossibilitam a compreensão da sua assertiva por muitos.

Jack
Jack
Reply to  Luiz Henrique
1 mês atrás

Calma colega, não se ofenda…Apenas uma opinião, respeito e entendo sua justificativa, porém seu discurso inflamado não mudou minha opinião…Tenha um bom final de semana.

Felipe
Felipe
Reply to  Luiz Henrique
1 mês atrás

“O país está completamente isolado no cenário internacional” Lamentável ver brasileiros endosando essa narrativa vagabunda digna dessa oposição irracional!!! É verdade que alguns países da Europa estão virando as costas pra nós, mas não isso não significa isolamento mundial. Estão comprando uma narrativa de que esse governo destrói, mas os números reais não indicam isso, mas é claro que a extrema esquerda internacional vai fazer de tudo para macular esse governo, o governo Trump e qualque outro que se oponham a agenda esquerdopata! Só no ano passado, fomos o quarto maior destino dos investimentos internacionais de todo o mundo, tivemos… Read more »

gordo
gordo
Reply to  Jack
1 mês atrás

A questão ai não é se Ele, Você ou Eu preferimos isso ou aquilo e sim o que Holanda &OTAN acham. Esse argumento de cumpanheiros serve aqui onde estamos vendo de tudo (inclusive onde não se deveria achar nada) para o Mundo civilizado o que vale são coisas bem alinhavadas em cima de comprometimentos. O que o Sr Luiz fala ali tem muito com questões ambientais (que estão na pauta da eleição dos EUA e na UE) além de questões de direitos humanos etc… Temos um produto bom para oferecer, não tenho duvidas, mas quem vende também conta. Vai depender… Read more »

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  gordo
1 mês atrás

Correto ponto de vista.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Jack
1 mês atrás

Caro Jack. Uma sugestão é ler as reportagens na BBC (inglesa) e NYT, El País, The Economist… dai você avalia como foi a política externar brasileiro nos governos passados (pode incluir Geisel e Figueiredo) com a atual. Desde modo você será capaz de avaliar a catástrofe diplomática dos últimos dois anos.

Wagner
Wagner
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

A caterva abomina a leitura.

gordo
gordo
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Uma boa citação a sua e no que diz respeito a governos passados podemos falar que fomos o primeiro pais a reconhecer a independência de Angola, então um Pais comunista em plena guerra fria. Relações não é coisa pra gente que acredita em Terra plana ou no QAnon, e essa brincadeira vai nos custar caro.

Alex Rocha
Alex Rocha
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Camargoer este tipo de comparação é fora do contexto, simplesmente por que o mundo mudou muito de lá pra cá. Os conceitos são outros. Hoje há nas mãos do governos muito mais questões a serem tratadas do que naquela época e muitas coisas que hoje causam ruído não causavam naquela época. Exemplo disso é o acesso a informação que antes era muito mais difícil. A respeito da diplomacia brasileira, esta vêm se deteriorando desde o inicio do governo Lula, ou você já se esqueceu de quando a presidenta defendeu o estado islâmico dizendo que era para conversar com eles em… Read more »

Jack
Jack
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Obrigado pela orientação, irei ver a matéria. Saudações.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Jack
1 mês atrás

Olá Jack. O problema da mídia brasileira é a influência que tem seus próprios interesses na condução da política nacional. FIca difícil separar o que é defesa dos próprios interesses comerciais do que seria jornalismo isento. Então o mais adequado é acompanhar as notícias a partir da imprensa internacional que tem lá seus interesses mas que afetam pouco a avaliação que fazem do Brasil.

pgusmao
pgusmao
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

A sugestão é “ler as reportagens na BBC (inglesa) e NYT, El País, The Economist”, faça-me o favor de se instruir melhor, todas as publicações são de viés de esquerda, fazem uma análise parcial de tudo e todos. O Brasil está assinando na semana que vem tratados com EUA para melhorar o comércio bilateral, estamos nos posicionando pela primeira vez em assuntos tratados com amadorismo pelas administrações anteriores, o Brasil está no caminho correto!!!

Salim
Salim
Reply to  pgusmao
1 mês atrás

Acabamos de ser sobretaxados no aço e váriosítens exportado para EUA, em contrapartida mantivermos subsídios álcool importado EUA. Você náo le jornal, isto e real náo e propaganda, estes acordos são pra enganar trouxa, no caso nos. Na pratica estão boicotando Brasil.

Wagner
Wagner
Reply to  Salim
1 mês atrás

Apenas para agregar um pouco mais de dados, não apenas tivemos nossos produtos sobretaxados como a quantidade de aço comprada pelos EUA recebeu um corte sustancial no seu volume. Mas, como ler não é a prática dos defensores desse governo… já viu.

Camargoer
Camargoer
Reply to  pgusmao
1 mês atrás

Caro PG. O The Economist é uma publicação essencialmente liberal voltada para os setor do capital. BBC é uma rede pública inglesa fundada em 1922. Ela é bastante plural e democrática mas de alta qualidade. O NYT assim como The Washington Post são mais á esquerda nos EUA (até dúvidas se eles seriam considerados de esquerda na França´, onde talvez o Le Monde ser mais á esquerda). Qual seria sua sugestão de um veículo de mídia, de qualidade, que fosse mais próxima á sua visão do que seria uma direita democrática? Estou curioso.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Os Twitter do Trump e Bolsonaro, esses sim, são fiáveis e plurais.

Wagner
Wagner
Reply to  rui mendes
1 mês atrás

Kkkkkkkkkkkkkk

Super fiaveis!

rui mendes
rui mendes
Reply to  pgusmao
1 mês atrás

”De viés de esquerda …” , ridículo.

Camargoer
Camargoer
Reply to  rui mendes
1 mês atrás

Caro Rui. Pois é. Achar que o “The Economist” tem viés de esquerda causa dor no cérebro.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jack
1 mês atrás

Sem dúvidas.
Antes, tínhamos excelentes relações diplomáticas e comerciais com todos os países, independente de raça, cor ou credo.
A introdução de conceitos estranhos a nossa política externa está provocando ruídos e prováveis prejuízos no futuro.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Sim, boas relações principalmente com ditaduras violentas , regimes totalitários entre outros….saudades do PT…sqn

João Fernando
João Fernando
Reply to  Plinio Jr
1 mês atrás

E agora estamos negociando com quem mesmo? Agradar o Trump não nos traz nenhum beneficio

Camargoer
Camargoer
Reply to  Plinio Jr
1 mês atrás

Caro Plinio. O maior parceiro comercial brasileiro é a China, que nada tem de democracia. A China também é o maior parceiro dos EUA. A Arábia Saudita é um aliado estratégico dos EUA e um grande comprador de armas deles, e é uma ditadura teocrática. Por coincidêcia, eu também tenho saudades do período no qual o Brasil era governado pelo PT. Dolar baixa, crescimento médio acima de 4%, pleno emprego, otimismo… debates inteligentes.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Camargoer

(2)

Salim
Salim
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Estamos pagando a conta da incoPTencia. A partir 2008 ficou claro para quem vê um pouco a frente que a conta não fechava. Com o roubo descarado ai ficou complicado. É igual peão que estoura cartão crédito, 3 meses vive como rei, depois vai lona e demora 10 anos pagar a conta vivendo na miséria.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Salim
1 mês atrás

Caro Salim. Eu tento argumentar com fatos e dados estatísticos. A crise de 2008/2009 nasceu nos EUA devido a desregulamentação do setor bancário, que gerou o problema dos financiamentos subprime. O governo federal e vários governos estaduais no Brasil identificaram rapidamente o problema de crédito e abriram linhas especiais para o setor industrial manter a capacidade de produção. Alguns poucos governadores (o Serra foi o pior deles) adotou políticas de austeridade, prejudicando a produção industrial em SP. Entre 2010 e 2014 o pais teve taxas de crescimento acima de 6% no trimestre. A crise de 2015/2016 é interna e precisa… Read more »

Salim
Salim
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Um erro na condução pais ou uma seqüencia de erros, demoram anos para produzir efeito. O primeiro governo lula foi consequência acertos governo anterior. O que vimos segundo mandato lula , quando abandonou politica anterior e cometeu volume imenso de erros e roubos. Dai resultou desastre no governo Dilma. O que estamos vendo agora são mais erros e como estávamos mal, o resultado vira mais rápido. E bem claro para quem vê curva endividamento governo, queda PIB, desemprego e redução participação PIB industrial.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Salim
1 mês atrás

Caro Salim. Gostaria dos números que mostram que a corrupção em diferentes governos. Essa tese de que houve um aumento da corrupção parece mais retórica do que real. Os números que tenho apurado dão uma perspectiva de que os há uma certa margem constante ao longo dos anos. Achar que a corrupção tem viés ideológico para ser um contrassenso na própria ideia de corrupção, que é tirar vantagens indevidas e criminosas em contratos com o governo.

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

caro Camargoer, não se esquece que esse período de abastança se deu pelo apetite voraz chines que crescia a taxas de 13% ao ano. Quando os mesmos decidiram que isso não se sustentava e baixaram o crescimento a taxas de 7%, o governo do PT(Dilma) na época sofreu um baque e foi o inicio de nossas crises econômica. Nossa clase politica não tem interesse em melhorar os Brasil, só apenas em manter seus privilégios. Abraço.

Camargoer
Camargoer
Reply to  OSEIAS
1 mês atrás

Caro Oseias. Essa é uma das teses que tem sido colocadas sobre o período Lula/Dilma. Há um pressuposto nessa visão que qualquer que fosse o governo brasileiro, o resultado seria o mesmo. O boom das commodities é um fato, assim como o crescimento econômico do Brasil também é. Por outro lado, houve um aumento da produção industrial brasileira principalmente para atender o mercado interno, e isso não seria explicado pelo boom de commodities. O país viveu um período de pleno emprego, algo que também só pode ser explicado pelo crescimento da atividade industrial e de serviços no mercado interno. A… Read more »

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Amigo, suas colocações acima estão corretíssimas, é bem verdade que nesse período se instalou um circulo virtuoso impulsionando nossa indústria. Mas as reformas não vieram, a maquina publico inchou e as verbas publicas que vigorava em obras faraônicas (necessárias ou não) em muito tomaram o caminho da corrupção o que nos impactou profundamente, não só economicamente, mas na relação de confiança, ai entra o ponto em que os fundamentos econômicos eram robustos mas não decolava e não saiamos da crise (2017-2019). A mercado, os produtores, os empresários, os investidores e a própria população careciam de confiança da classe politica e… Read more »

Wagner
Wagner
Reply to  Plinio Jr
1 mês atrás

Sempre aparece essa falácia.

Vini
Vini
Reply to  Wagner
1 mês atrás

Será uma falácia tambem quem disse recentemente que nao vai enganar o povo de novo.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Jack
1 mês atrás

Jack, eu não gosto de falar sobre política, até porque os políticos são tudo farinha do mesmo saco, bastou o nosso presidente falar que não tinha mais corrupção no governo, que apareceu um CUrrupto com dinheiro lá no cofrinho (ou cofrão) sujo.
Aliás, o governo do presidente está fazendo tudo que o PT queria fazer, ele até tá falando bem dos petistas agora, aquela ladainha do toma lá dá cá já era, e o centrão já tomou conta de tudo, só não ver quem não quer, não deixe se enganar.

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Luiz Henrique
1 mês atrás

Concordo com você, mas devemos levar em consideração que o país europeu que mais compra produtos Brasileiros são os Holandeses.
Resta agora fazer uma boa oferta de venda e suporte. Mas também acho que os EUA vão morder essa venda, porém nada é impossível, ainda mais com a compra de kc390 por Portugal.

https://www.fazcomex.com.br/blog/exportacoes-brasileiras-para-os-paises-baixos/

Camargoer
Camargoer
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
1 mês atrás

Olá Wellington. Você tem razão. A Holanda é o quarto destino da exportações brasileiras. Primero é a China (26,5%), EUA (12,1%), Argentina (6,19%) e Holanda (4,92%). O problema é que o Brasil importa pouco da Holanda. As exportações brasileiras são de US$ 11 bilhões e as importações apenas de US$ 2,5 bilhões. A venda de 5 KC390 para Portugal custou Eu$ 827 milhões. Uma venda para Holanda de 4 deles seria da ordem de US$ 750 milhões. O Brasil teria que oferecer compensações maiores que o valor da venda dos aviões. Teria que avaliar o que a Holanda teria para… Read more »

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Não sei se o cálculo do preço esta correto, Portugal pagou para fazer parte do projeto e isso encarece o preço, e outra coisa quanto mais aeronaves forem produzidas mais barato fica para produzir!

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Fábio, não misture os valores. Os incentivos à participação industrial e instalação da Embraer em Portugal vieram de diferente orçamento, parte dele até de apoios europeus para esse fim (indústria, tecnologia, projectos, etc) , regularmente distribuído por todos os países. Daí um sensato ou outro, aqui ter relembrado diversas vezes que a parceria e a compra não ter tido nada haver, no tocante a assinatura e dinehrio alocado pelo menos.

RENAN
RENAN
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

A Holanda tem isso

vaca.jpg
Camargoer
Camargoer
Reply to  RENAN
1 mês atrás

Olá Renan. Minha Holanda tem tulipas, onde gira o moinho. As vacas que lá mugem, não mugem como cá. Minha Holanda tem tulipas.

holanda.jpg
Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Tem maconha, cocaína e casa de prostitutas tb!Tudo legalizado!!!

João Rodrigues Dos Santos
João Rodrigues Dos Santos
Reply to  Marcelo Andrade
1 mês atrás

kkkkkkkkkkkkkkkk rsrsrsrkk

Salim
Salim
Reply to  RENAN
1 mês atrás

Vamos trocar tamancos e chocolate rsss Lembrando Philips e holandesa e tem fábricas brasil, temos Holambra aqui SP, eles tem vários interesses Brasil, da pra fazer bem bolado fácil.

João Rodrigues Dos Santos
João Rodrigues Dos Santos
Reply to  Salim
1 mês atrás

kkkkkkk srrsrsr

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Acabou de ser publicado (16/10).
A China é responsável por 68% do nosso superavit comercial, contra 38% há dez anos.
Somos cada vez mais dependentes dos chineses.
Essa é a realidade.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Olá AntonioK. O problema nem é a dependência da China, mas que o superávit é resultado da redução das importações e as exportações de produtos industrializados diminuíram em relação aos anos anteriores. Caso o superávit com a China fosse decorrente de exportações de bens industrializados e máquinas, seria ótimo, mas infelizmente são commodities como minério de ferro e soja.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Isso também é fato.
Enquanto a China responde por 25% da produção industrial do Mundo, o Brasil, ano passado, chegou a 1,8%.
E caindo mais,

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Realmente Camargoer, na maioria das relações comerciais acabamos tendo um superávit, principalmente pelo forte agronegócio e também porque temos empresas capazes de produzir muita coisa internamente, mas se o Brasil quer vender tem que comprar também, acredito que seja essa uma regra de negócios.
Se o governo fosse esperto poderia fazer um contrato mais abrangente, tipo a venda dos kc390 condicionado a compra de alguns equipamentos militares holandeses, como alguns sistemas CIWS (acho o deles muito TOP e ficaria perfeito 3 no PHM e 1 no Bahia rsrrr)…

Camargoer
Camargoer
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
1 mês atrás

Olá Wellington. Creio que o Brasil interessante a importação de bens de capital (máquinas e equipamentos para modernizar as industrias), mas teria que avaliar qual o interesse da Holanda. Seriam eles quem deve apontar as áreas de offset de interesse.

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Realmente Camagoer, a modernização da nossa indústria é esse essencial. Na empresa onde trabalho agora que estamos entrando de vez no século 21, como somos uma empresa metalúrgica temos muita solda em nosso processo e no ano passado foi comprado um robô de solda da Panasonic do Japão e esse ano já compraram outro. Agora tivemos uma forte retomada e estamos tendo que trabalhar em finais de semana e feriado, fora as contratações que estão ocorrendo. Nessa semana a diretoria fechou a compra de uma nova máquina de corte laser da Suíça, da marca Bystronic, um total de 3 milhões… Read more »

Salim
Salim
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
1 mês atrás

Boa noticia, espero que continue se atualizando e crescendo.

Salim
Salim
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Camargoer, quem deve propor somos nos, se náo comprarem os tamancos . Tem que ver o que interessa Brasil e propor uma troca boa para as duas nações. Podemos comprar equipamentos tecnologia aqui de empresas holandesas e propor vantagens a mais industrias holandesas se estabelecerem aqui. Sua visão neste caso náo e correta.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Salim
1 mês atrás

Caro Salim. Em um acordo de offset, quem faz o mapeamento de interesses é o comprador. O interesse do Brasil é vender os aviões. Os Holandeses vão colocar as suas condições para comprar os aviões. Assim como o Brasil colocou as condições de offset para a Saab no caso dos F39 e para os alemães no caso das FCT, será os holandeses que vão determinar as condições de offset que atenderão seus interesses.

Salim
Salim
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Camargoer, já ficou atrás balcão vendas, quem tem que ir lá e Embraer respaldada governo e fazer proposta inicial, inclusive ooffset. Holandeses vão mandar consulta para possíveis vendedores na visão deles. A proposta de offset e superficial, pois tem concorrentes de paises com realidade diferente.A proposta Brasil/Embraer/FAB teria que ser abrangente com itens offset interessantes pra nos e deixar abertura pra negociação, dai vira algumas solicitações deles. Do que VC propos demora muito tempo e venda fica ar.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Luiz Henrique
1 mês atrás

Olá Luiz. Tenho batido nesta tecla desde que o novo governo assumiu. Uma política externa de confronto, descasada da realidade mundial, incondicionalmente alinhada com os EUA (para o bem e para o mal), desarticulada das ações do MInEcon, MinaEnergia, Agricultura e Defesa, serve para atrapalhar. O Brasil tinha chances de indicar o novo presidente do BID mas preferiu apoiar o candidato dos EUA. Perdei a presidência da FAO, indicou uma pessoal sem capacidade técnica para a diretoria do BID, permitiu a demissão de seu vice-presidente do Banco Brics, perdeu a presidência da OMC, ataca a OMS… chama a OIT de… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Não se trata de política externa de confronto,se trata da defesa da nossa soberania. Quem deve ditar os rumos do Brasil são os brasileiros,e não os europeus,como vinha acontecendo. Se trata da simples aplicação do princípio da autodeterminação dos povos,que diz que cada nação é livre para escolher o próprio destino,delegar essa escolha a pessoas sem voto e com interesses obscuros é abrir mão da nossa soberania. Embora eu seja contra o alinhamento automático com os EUA.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Caro Allan. Os europeus colocam a defesa de seus interesses em pauta, assim como o Brasil deveria colocar os seus interesses. O problema é o alinhamento incondicional da política externa brasileira com os EUA. Soberania se defende com diplomacia nos organismos internacionais. O Itamaraty comete dois erros. O primeiro é criar um confronto público contra os europeus, chineses, argentinos, venezuelanos e chilenos (a diplomacia dura se faz nas reuniões porque nunca é bom para a imagem de um país parecer agressivo ou parecer ceder… isso está no manual). O segundo é o alinhamento automático e incondicional com a administração Trump.… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

E quem disse que o Itamaraty criou confronto com alguém? O Macron fala em internacionalizar a Amazônia e a culpa é da diplomacia brasileira? O Brasil tinha sim que se impor publicamente,da maneira que fez,caso contrário a opinião pública iria achar que não temos um presidente e nem leis. Quando Churchil deu seu famoso discurso “We shall fight on the beaches.”,foi para mostrar ao povo o fato do Reino Unido estar inabalável em sua luta contra o Nazismo. O mesmo princípio tem que ser usado pelo atual presidente,ou qualquer outro,quando qualquer governante estrangeiro ousar a tentar colocar a internacionalização da… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Caro Allan. Vou listar algumas coisas de memória, sem aprofundar ou checar as coisas. Qualquer coisa, você pode corrigir ou podemos checar juntos. A primeira, foi o apoio ao Guaidó ao invés de pressionar a Venezuela para realizar eleições gerais. Teve o incidente na fronteira Brasil-Venezuela. Outra provocação desnecessária foi a mudança da embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém. Teve o incidente com o embaixador da China, que chegou a exigir desculpas do senador bolsonaro. Teve a ofensa á mulher de Macron (que diplomacia é esta?). Teve os apoios ás propostas fundamentalistas em organizações internacionais. Há pouco, teve o… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Guaidó é o presidente legítimo da Venezuela,tanto que praticamente todos os países democráticos do mundo reconheceram isso.

A tentativa de mudança da embaixada foi desnecessária,o Brasil poderia se aproximar de Israel sem mexer nesse vespeiro.

Quanto ao incidente com o embaixador chinês,a culpa do vírus é da China mesmo,a verdade tem que ser dita,mesmo que ela saia da boca de um idiota como o filho do presidente.

Quanto à Argentina,eles precisam de nós muito mais do que nós deles.

O resto é apenas fruto da falta de decoro do presidente.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Caro Allan, Guaidó não foi eleito. Um presidente legítimo vence eleições presidenciais, como aconteceu hoje na Bolívia, aconteceu recentemente na Argentina e em 2018 no Brasil. O problema na Venezuela passa necessariamente pelo restabelecimento da soberania popular por meio de eleições livres. Vírus são parte da natureza sem viés ideológico. A pandemia de 1918 começou no Kansas e de lá se espalhou pelo mundo. O ebola e o HIV surgiram na África, e o vírus sabiá, também de febre hemorrágica como o ebola e tão perigoso quanto, foi identificado em Cotia. Como você disse, apenas alguém com a limitação intelectual… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Camargoer,se uma bomba atômica cair em Brasília e matar Jair Bolsonaro,Hamilton Mourão,Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre,Luiz Fux assumirá a vaga de Presidente do Brasil,ele também não foi eleito,mas a CF/88 fala que o Presidente do STF é o quarto na linha de sucessão presidencial e deverá ocuparr temporariamente o cargo. Nos EUA,a linha de sucessão se estende até o Secretário do Departamento de Segurança Interna,que também não é eleito,mas assumirá o controle do país caso algo aconteça com 17 pessoas que estão na frente dele na linha de sucessão. Da mesma forma,a constituição da Venezuela afirma que o presidente da… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Sim,vírus fazem parte da natureza,mas isso não exime a responsabilidade da China.O PCC sabia que o Coronavírus tinha um potencial de causar uma pandemia global e mesmo assim não avisou as autoridades de saúde a tempo. Eles até mesmo prenderam um dos primeiros médicos que investigava a doença e o forçou a desmentir publicamente de que o vírus era perigoso,ele depois veio a falecer de Covid-19.Então a China é sim culpada.

Junior
Junior
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Eu particularmente discordo quando você diz que o governo atual adotou uma politica externa de alinhamento incondicional com os EUA, para mim, o alinhamento incondicional é com o governo Trump e não com os EUA, tanto é assim que se o Biden ganhar teremos sérios problemas pela frente, esse governo cometeu justamente o mesmo erro das administrações petistas, ou seja, da fulanização da política externa, aonde o Brasil não é aliado de países, mas sim de governos. Quanto ao KC390, creio que ele tenha chances reduzidas, não só pela imagem ruim do Brasil atualmente na Europa e com os governantes… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Junior
1 mês atrás

Olá Junior. Excelente ponto. O problema por enquanto é que Trump é o presidente, portanto estar alinhado com Trump significa também estar alinhado com o governo dos EUA. Creio que sua crítica ao PT está equivocada. Lula tinha uma relação muito próxima com o Bush Jr. Inclusive Lula foi hóspede em Camp David ao menos três vezes. Assim como Bush Jr visitou o Brasil. FHC era amigo de Clinton também. Obama tinha afinidades políticas com os governos de Lula e de Dilma, mas revelações de espionagem da NSA no governo Dilma criaram um constrangimento que só seria superada pela mudança… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Camargoer

Estudo apresentado pelo FMI esta semana, mostra que a China vai aumentar ainda mais sua participação no processo de crescimento econômico mundial, passando de 37% para 38%.
Ou seja, do total de crescimento econômico do Mundo, 38% virão da China.
Os EUA terão 10%.
A Rússia vai ultrapassar a Alemanha e saltar de 9º para 5º lugar no ranking de crescimento.
Novos tempos chegaram com ênfase no crescimento da Ásia.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Luiz Henrique
1 mês atrás

É aquela situação o “não” você já tem, o C-390 Millenium é uma boa aeronave e tem chance de bater C-130J e se isso acontecer não será uma zebra!

Marcelo-SP
Marcelo-SP
Reply to  Luiz Henrique
1 mês atrás

Balela! Os holandeses vão decidir, como todos que tem opção, baseados no produto e nas condições financeiras. Isso não é commoditie, onde os europeus fazem um joguinho malandro de morde assopra. Como produto, o kC-390 tem mais performance. Como condição financeira, o C130J tem mais chances. E Acho difícil bater uma oferta do C130J na área da Otan. Mas, quem sabe?

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Marcelo-SP
1 mês atrás

Em compra militar, pro bem e pro mal, não existe esse negócio de simplesmente comprar o melhor produto X o menor preço.
Toda compra militar TAMBEM é uma compra política, e o peso político do vendedor junto ao comprador conta muito.
Porque vc acha que o F-16 vende mais que o Gripen?

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

O F16 vende mais que o Gripen, para além da “sua” razão exposta, pelo facto de que entregava mais, em diferentes versões, do que o Gripen até ao C/D. Claro, depende da perspectiva e necessidade do cliente. O mais de um pode ser nulo para X cliente. O menos do outro pode muito bem ser tudo e mais do que o cliente quer. Volatando ao Gripen, note que até ao advento do E/F, o Gripen, embora reconhecido e moderno, era visto como um avião ideal para o que foi projectado, mas também perna curta, pequeno e uma espécie de F5… Read more »

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Peter nine nine
1 mês atrás

E além disso, a venda do F-16 sempre vinha acompanhado de FMS e outras “benesses” no pacote, junto com a mão pesada dos EUA.
A suécia raramente pôde competir com isso.
Ninguem compra “apenas” um material militar apenas pelo produto e.seu preço.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Como eu disse, “para além da sua razão exposta”

Marcelo-SP
Marcelo-SP
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Wilber, a Holanda não deixará de fazer uma compra militar para usar por 40 anos para fazer beicinho para Bolsonaro. Não seriam infantilóides a esse ponto. Até mesmo porque, como já foi apontado aqui, eles já são nosso 4o maior destino de exportações. Sobre a questão política, eu mesmo citei que o C130J tem uma grande vantagem por envolver parceiros da OTAN. O Brasil tem batido recordes de exportação de nosso agronegócio este ano, com pandemia e tudo! Esse suposto “boicote” a nossos produtos é puro wishful thinking da oposição. O mimimi europeu é por causa da política interna em… Read more »

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Marcelo-SP
1 mês atrás

Marcelo cada avião tem as suas particulares especificidades. Melhor performance depende da perspectiva do cliente.
São aeronaves diferentes, muito mais diferentes do que muitos tentam impor, mas são ambas boas e entregam o projectado.

Jorge Knoll
Reply to  Luiz Henrique
1 mês atrás
  • Concordo plenamente, o Itamaraty NÃO EXISTE DESDE QUE ASSUMIU O ATUAL Ministro de Estado de Relações Exteriores, ,Embaixador Ernesto Henrique Fraga Araújo que tem a mesma cabeça, comportamento e ideologia do ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub. Uma negação como diplomata. Me indiquem qual acordo Internacional importante que o Brasil assinou meses 2 anos e 9 meses. RETROCESSO é a marca do Governo Bolsonaro, em todas as áreas, principalmente no Meio Ambiente.
Camargoer
Camargoer
Reply to  Jorge Knoll
1 mês atrás

Caro Jorge. Há retrocessos em meio-ambiente, direitos humanos, transparência de gestão, educação superior e infantil, relações exteriores, comércio exterior, saúde e ciência e tecnologia.

João Rodrigues Dos Santos
João Rodrigues Dos Santos
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Deixa de mentir rapaz!! Deixa de narrativa mentirosa!! Aprende a respeitar a verdade e a realidade!! O que vc reclama dos retrocessos, é não adoção da ideologia de gênero para criancinhas inocentes ainda na pré escola, a liberalização e legalização das drogas indiscriminadamente, rendição ao aborto, pedofilia reconhecida como doença, desconstrução da família tradicional, desconstrução da hétero normatividade com o feminismo, divisão do Brasil e a destruição da nossa soberania e a total rendição ao socialismo globalista.. VC ACHA QUE ENGANA A QUEM, COM ESSE DISCURSO PROGRESSISTA? Vou ser sua sombra aqui no site!!! Vc é o Giz e eu… Read more »

Last edited 1 mês atrás by João Rodrigues Dos Santos
Camargoer
Camargoer
Reply to  João Rodrigues Dos Santos
1 mês atrás

Caro João. Eventualmente posso errar um dado, fazer uma conta errada, mas tomo muito cuidado checando as informações que coloco aqui (inclusive, aviso quando é uma informação de memória ou quando é apenas um chute). Eu nem sei o que é ideologia de gênero (por favor defina este conceito para eu entender sobre o que voce está escrevendo). Segundo Jamil Chade, o Brasil juntou à países como Paquistão e Arábia Saudita contra uma resolução proposta pelo Mexico no Conselho de Direitos Humanos da ONU contra a discriminação dos direitos das mulheres (inclusive contra o uso de anticonceptivos, veja “Com islâmicos,… Read more »

João Bosco
João Bosco
1 mês atrás

Excelente oportunidade para o KC-309 e a Embraer. Mesmo com um governo co o filme queimado na Europa, se a Embraer se esforçar, e com ajuda dos portugueses, poderemos entrar em mais um país da OTAN. Negocia com a indústria local a participar do programna, já que os hermanos não saem da moita mesmo…..

João Bosco
João Bosco
1 mês atrás

Ops… KC-390.

Jhon
Jhon
1 mês atrás

Oportunidade para KC 390? Depende dos requisitos; velocidade, motores a reação, financiamento externo, custo de aquisição e operação.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
FABIO MAX MARSCHNER MAYER
1 mês atrás

Quem são os concorrentes, além do KC-390, o C-27 e o C-130?

MCX
MCX
Reply to  FABIO MAX MARSCHNER MAYER
1 mês atrás

Tbm pode entrar na corrida o Airbus a400 de fabricação europeia

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  MCX
1 mês atrás

O A-400 é outra categoria, ele é maior e mais caro, e tem operação em que fica caro usar o A-400!

WELLINGTON RODRIGO SOARES
1 mês atrás

Podemos ter a certeza que a Embraer já está se movimentando, ainda mais com a venda dos KC390 para Portugal.
Como curiosidade, o país europeu que mais compra produtos Brasileiros são os Holandeses.
Agora é aproveitar dessa boa relação e oferecer um bom contrato para eles. Não será fácil, pois os EUA vão querer morder essa venda, mas nada um possível.

https://www.fazcomex.com.br/blog/exportacoes-brasileiras-para-os-paises-baixos/

Palpiteiro
Palpiteiro
1 mês atrás

As aeronaves com 4 motores estão desaparecendo da aviação comercial. Este seria um diferencial do C390 frente o C130? Existe alguma comparação do consumo das duas aeronaves e do custo de manutenção de seus motores?

Nilson
Nilson
Reply to  Palpiteiro
1 mês atrás

Palpite por palpite, para atender aos requisitos colocados no texto falta a FAB ou Embraer operarem o 390 em pistas de terra e na Antártica. Tirando isso, acho que a disputa é pau a pau, a política externa americana nesses 4 anos também foi desastrosa com os aliados europeus.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Olá NIlson. Excelente comentário sobre o desastre que é a política externa de Trump para a Europa. Fica a dúvida sobre o que pode acontecer com a política externa dos EUA se BIden vencer, lembrando que sua vice seria a Kamala Harris, que tem maior competência política que o Gen.Mourão.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Camargoer

A política externa americana é reflexo da decadência relativa dos EUA.
Notícia de 17/10.

https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,a-china-ja-e-a-maior-economia-do-mundo,70003478227

PauloR
PauloR
1 mês atrás

Essa decisão vai ficar entre o C130J e o A400 Atlas, KC390 não tem chances por vários motivos, entre eles é que os Europeus querem distancia do governo Bolsonaro.

Astolfo
Astolfo
Reply to  PauloR
1 mês atrás

Prova de que você não sabe nada e está falando com o estômago é que colocou na mesma cesta o C-130J, o KC-390 e o A-400, sendo que o A-400 é de outra classe. Vá falar suas besteiras contra o governo que você não gosta em outro lugar, não num fórum técnico!

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Astolfo
1 mês atrás

Mas a reportagem não diz que a substituição será por uma aeronave da mesma categoria do C-130.
Não descartaria a compra do A-400M, pois a força do lobby da Airbus é enorme na Europa. Até o minúsculo Luxemburgo comprou.

Cássio Silva
Cássio Silva
1 mês atrás

KC 390… Assim espero.

sub urbano
sub urbano
1 mês atrás

O C130 deve levar. O “governo” brasileiro próUSA e antiBrasil.

Astolfo
Astolfo
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

Ah tá. É impressionante como a ideologia cega um cidadão…

Camargoer
Camargoer
Reply to  Astolfo
1 mês atrás

Olá Astolfo. Infelizmente, a cegueira ideológica não é um privilégio da esquerda.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

E falando em aquisições do KC-390 :

Alguém ou a trilogia tem informações de como anda as negociações com o governo da Hungria,que havia demonstrado interesse na aeronave no ano passado?

Alguém leu algo relativo ao assunto na web?

Last edited 1 mês atrás by ADRIANO MADUREIRA
Junior
Junior
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Sou cético em relação a venda do KC390 para a Hungria, acredito mais em vendas para países do oriente Médio primeiro, seja Egito, Arábia Saudita, Qatar ou EAU

LucianoSR71
LucianoSR71
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Exatamente hoje o Min. da Defesa se reuniu c/ vários jornalistas especializados em Defesa e disse que as negociações c/ a Hungria p/ compra do KC-390 já estão muito adiantadas. Procure no YT que tem o video.

Palpiteiro
Palpiteiro
1 mês atrás

Existe alguma perspectiva de o C390 ser equipado com motores de nova geração como o PW1100G? Acredito que aí estaria em outro patamar em termos de custo operacional.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Palpiteiro
1 mês atrás

Pra que amigo? Os motores V2500 já são testados e utilizados em milhares da família A320. Avião de combate não precisa ser tão econômico como um jato comercial, tem que ser eficiente e estar disponível quando se precisa dele!

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Marcelo Andrade
1 mês atrás

C-390 é avião de combate? Só se for a incêndio. Motores V2500 não são mais fabricados para aviação comercial, ou seja ficará com uma manutenção cara. Uma opção mais econômica, além de economia poderia aumentar a autonomia em mais de 20%. Sem contar que para operar em cidades ou mesmo na antártica, deve respeitar níveis de ruído.

A6MZero
A6MZero
1 mês atrás

O KC-390 tem capacidade de operar em pistas não pavimentadas? se não tiver acho que tem poucas chances de levar.

Camargoer
Camargoer
Reply to  A6MZero
1 mês atrás

Olá A6M0. O KC390 pode operar em pistas de terra

Salim
Salim
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Esta na especificação, porém não foi noticiado nenhum teste pista não preparada. Tem que testar e divulgar, se fizerem isto o kc390 fica extremamente competitivo. Se esperarem helicóptero reabastecimento ai fica difícil perder.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Salim
1 mês atrás

Olá Salim. Você tem razão. Procurei alguma notícia, foto ou vídeo sem sucesso. Acho que a FAB poderia fazer um pouso destes para documentar essa capacidade.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  A6MZero
1 mês atrás

Calma amigo, ele ainda está atingindo o IOC, são três entregues e ainda estão homologando sua operação, tudo será considerado no tempo devido.

Diogo
Diogo
1 mês atrás

Demorou para o governo vender logo a divisão comercial para a Índia. Aproveitem enquanto há chances, pois, com esses resultados apresentados ultimamente, a fase é de desespero e não de tranquilidade, essa possibilidade de venda parcial como foi com a Boeing não deveria ser descartada, pois levantaria caixa e abriria o mercado Indiano que é gigantesco para a aviação no futuro. Só tem a ganhar.

Marcos
Marcos
1 mês atrás

KCtão neles!

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Marcos
1 mês atrás

Uiiiiiiiiiiiiiiii

Antunes 1980
Antunes 1980
1 mês atrás

KC390 é uma aeronave superior ao C-130. Só não optarão por ele, devido a questões políticas. Pressão e lobby da Lockheed.
Aqui na torcida para que dê certo a venda do KC390.

Last edited 1 mês atrás by Antunes 1980
Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 mês atrás

Sou cético em relação ao KC, uma capacidade de produção imediata e a outra horas 2400 hrs de voo ano, aliás quem compra quer para logo.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Caro Nilton. A Embraer e a FAB sempre tiveram uma excelente visão pragmática. Quando a Embraer vendeu A29, a FAB cedia a sua preferência, colocando as exportações á frente das entregas de suas aeronaves. Caso um cliente peça urgência na entrega, é costume a FAB concordar em atrasar uma ou duas entregas para adiantar a exportação, aliás foi o que a força aérea francesa fez com os Rafales para a Índia e para o Egito.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Camargo a Embraer precisaria de aporte para isso e não é essa a realidade hoje, alias boa parte do atraso no desenvolvimento do KC foi o não repasse do valores previsto no contratos com o governo, isso gerou uma questão prática, não existe hoje na Embraer escala pra produção a ser atendida pelo mercado externo e além do mais tem a questão da hora voo, gostaria em muito que esse condição se alterasse, que fosse possível ver o KC ser candidato com chances.
Sugestão https://youtu.be/oypAaOA7c8Q

Last edited 1 mês atrás by Nilton L Junior
Camargoer
Camargoer
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Caro Nilton. A Embraer sempre usou as linhas do BNDES para isso. Supondo que seja feito um venda. Neste instante deve ter 2 ou 3 aviões sendo construídos para a FAB. Talvez um deles, aquele recém iniciado, já poderia ser destinado para a exportação, assim como os subsequentes. Assim o cliente de exportação furaria a fila, adiantando a sua entrega, mesmo que isso resultassr no adiamento das entregas para a FAB de um ano a um ano e meio. As vendas da Embraer são financiadas pelo BNDES há anos.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

No caso de uma venda para a a Holanda acredito que sequer seria necessário o financiamento pelo BNDES (que é mais requisitado quando a venda é para empresas privadas, em especial, as nacionais ou de países mais pobres).
O pagamento pode ser feito pelo próprio governo holandês diretamente para a Embraer ou ele pode optar por algum banco holandês com taxas de juros mais baixas que o BNDES.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Rafael Oliveira
1 mês atrás

Olá Rafael. Geralmente, o governo paga no recebimento, mas a empresa tem gastos com pessoal, materiais e equipamentos que precisam ser quitados durante o processo de fabricação, que pode durar até um ano. Ou o cliente solicita um financiamento (como o Brasil fez no caso do ProSub e do F39) ou a Embraer faz o financiamento que será quitado quando o cliente fazer os pagamentos. As taxas do BNDES são competitivos inclusive no contexto internacional. Quem pratica taxas extorsivas são os bancos de varejo brasileiros para crédito pessoal.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Acho que nem eu e nem você vimos algum contrato de compra e venda de aeronaves militares na frente, né? Então não dá para saber se o pagamento seria só ao final ou ao longo do contrato. BNDES para financiar uma exportação cobra uma taxa administrativa (entre 1,2 e 1,45%), mais juros (TLP, Selic ou Libor) e mais a taxa do agente financeiro (outro banco) ao ano. Não é nem um pouco competitiva se comparada com o financiamento que o Brasil pegou com o banco sueco de 2,19% ao ano. Em vendas internacionais, só se socorre do BNDES quem não… Read more »

Cinturão de Orion
Cinturão de Orion
1 mês atrás

Para o KC 390 essa seria uma “excelente conquista” dentro do mercado europeu e mundial. A meu ver “basta só um cliente/País de renome tecnológico” para o KC 390 decolar de vez.

RENAN
RENAN
1 mês atrás

O ministro falou de uma venda para a Hungria

André Bueno
André Bueno
1 mês atrás

Não teria sido uma vantagem o KC-390 ter sido projetado com os motores elevados e soprando sobre a asa, como nos Boeing YC-14 e YC-15? Certamente comeria menos pista além de uma altura maior do solo, acarretando menos chance de ingestão de FOD.

Luiz Floriano Alves
Reply to  André Bueno
1 mês atrás

Quem critica a inação dos governos, frente aos problemas da Amazônia é porque nunca foram até o Inferno Verde.Só conhecem di ver video, com povos indigenas, não civilizados O isolamento, a falta de meios de comunicação e vastidão das distancias imensas, e falta de povoamento complicam todo o atendimento. Se implantarmos obras seremos acusados de degradar o Meio Ambiente. Não há como satisfazer a gregos e baianos.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Luiz Floriano Alves
1 mês atrás

Caro Luiz. Em outro comentário, coloquei dois gráficos com séries históricas geradas pelo Inpe sobre desmatamento e sobre focos de queimadas. Os dois gráficos mostram que eles vinham caindo ano a ano, sistematicamente, mas voltar a subir neste governo. 1. Ou o governo deixou de fiscalizar e aplicar multas, ou 2. Há um movimento organizado de madeireiras e fazendeiros aceletando as ações, neste caso falta ação da Avon e da PF. Qualquer hipótese para explicar o aumento das queimadas e desmatamento revela que o governo relaxou.

RENAN
RENAN
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

O Mourão deu uma entrevista, falando em regularizar 95% das áreas griladas até 2022 isto explica o porque teve aumento da queimada.

Ele diz que está articulando para mudar as regras que prevê a regularização de terras saído de 4 módulo fiscal para15

Ou seja na Amazônia saindo de 40.000 m2 para 150.000m2.
Então quem quiser terras basta desmatar e respeitar está nova lei.

Camargoer
Camargoer
Reply to  RENAN
1 mês atrás

Olá Renan. Não faz sentido. Se as terras são griladas, há uma situação de crime. Pior, destruindo as terras griladas por queimadas e desmatamento é outro crime. Apenas terras que estejam registradas podem ser exploradas segundo a lei…. essa história que basta derrubar a mata para ocupar a terra é um pensamento do Sex XIX que causou problemas ambientais graves ao longo do século XX. Há técnicas modernas de agricultura e pecuária que elevam a produtividade em áreas menores. Se o vice-presidente falou algo neste sentido, é um irresponsável e desinformado. Basta perguntar para a Embrapa e para o Inpe… Read more »

RENAN
RENAN
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Eu não lembro qual programa de tv aberta ele deu a entrevista mas eu assisti, parte das frases que ele usou tá no link, porém durante a entrevista televisionada ele foi categórico pretende solucionar os problemas das grandes fazendas mudando de 4 para 15 modas, e isso até 2022, na minha opinião isso motiva e muito as queimadas. A pergunta foi mais ou menos essa: No governo Bolsonaro porque o número de regularização fundiária cairá em mais de 90%, aí o Mourão falou que o governo está trabalhando para mudar a lei e adequar pois do jeito que está só… Read more »

RENAN
RENAN
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Te respondi mas está restrito

Camargoer
Camargoer
Reply to  RENAN
1 mês atrás

Olá Renan. Eu também estou de castigo geral… tudo passa pelo filtro, ainda que aprovam tudo o que escrevo. Sei lá…

RENAN
RENAN
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Foi no programa poder em foco no dia 31 de agosto

RENAN
RENAN
Reply to  Camargoer
1 mês atrás
Camargoer
Camargoer
Reply to  RENAN
1 mês atrás

Obrigado. Vou assistir.

RENAN
RENAN
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Assistiu?

Camargoer
Camargoer
Reply to  André Bueno
1 mês atrás

Iola André. Talvez isso dificuldade a manutenção. O KC390 vai operar quase sempre em pistas regulares. A manutenção pode ser mais importante neste aspecto para reduzir custos.

André Bueno
André Bueno
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Sim, é uma variável importante.

Foxtrot
Foxtrot
1 mês atrás

Grande oportunidade para o KC-390 da Embraer.
Hora de uma ação agressiva da diplomacia nacional e departamento de vendas da empresa.

Hellen
Hellen
1 mês atrás

Pode esquecer!!!!! Os holandeses vao C-130J !!!!!
A pressão e influência dos falcões de Washington é implacavel !!!!!

jommado
jommado
1 mês atrás
Last edited 1 mês atrás by jommado
LucianoSR71
LucianoSR71
Reply to  jommado
1 mês atrás

Eu tinha falado sobre isso num comentário ontem. Além disso o Ministro falou sobre venda de IKL e de SBR já em construção, encomendando novo sub , o que manteria a mão de obra especializada empregada além de ganhos dos itens nacionalizados e impostos.

Camargoer
Camargoer
Reply to  LucianoSR71
1 mês atrás

Caro Luciano. Se o ministro falou uma tolice assim sobre um quinto SBR, estamos perdidos. Um Scorpene custa algo em torno de US$ 500 milhões, enquanto a conclusão dos PMG custaria menos da metade deste valor. Além disso, o foco deve ser o SN10.

LucianoSR71
LucianoSR71
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Camargoer, bom dia. Sua análise esquece de um ponto básico: o que esse país deseja, um IKL recauchutado ou um SBR novo? Se esse quiser e tiver como comprar ( e aí pode haver uma negociação conjunta c/ a França p/ financiamento, afinal eles nos venderão um outro e faturarão mais ainda ) por que não? Ganharemos dinheiro c/ mão de obra e partes já nacionalizadas, impostos diretos e indiretos arrecadados – ponto que os críticos de gastos em Defesa teimam em ignorar. Sabemos que em tese só temos planos garantidos p/ 4 SBRs e 1 SNB, quando concluírem os… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  LucianoSR71
1 mês atrás

Ola SR71. O domingo aqui começou fresco e ensolarado. Os sabiás estão tão empolgados que começam a cartar lá pelas 4 da manhã. De fato, é difícil comparar um SBR novo com um IKL usado. Contudo, eu entendo que as prioridades são o SN10 e as FCT (US$ 450~US$ 500 milhões). O preço de um SBR novo (US$ 500~US$ 600 milhões) é praticamente o valor de um FCT. Além disso, os IKL da MB são relativamente novos. Um PMG padrão de um IKL é cerca de US$ 30 milhões, sendo US$ 60 milhões no caso de remotorização. Portanto, a MB… Read more »

LucianoSR71
LucianoSR71
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Acho que vc não entendeu bem a questão, foi perguntado ao Min. sobre a venda do IKL ( já aventada há algum tempo ) ele confirmou conversas, mas acrescentou que também há interesse em compra por outro país de um SBR já em construção. No 1º caso a MB pensa em economizar verba c/ o PMG ( e no momento ela não tem como bancar isso ) e manutenção de vida de um sub que estará sempre num nível abaixo do SBR, já na segunda hipótese a MB repassaria um de seus 4 SBR iniciais e encomendaria outro p/ suprir… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  LucianoSR71
1 mês atrás

Olá SR71. Estou assistindo agora a entrevista agora. Você tem razão, seria ótimo se o Brasil conseguisse vender um SBR. Bom para a França que venderá os componentes, bom para o Brasil que irá exportar um submarino, bom para o país que adquirir o submarino porque terá um excelente equipamento. O BNDES poderá financiar essa venda. A ideia de vender um submarino em construção e encomendar um outro para a MB tem sido feito regularmente pela FAB com a Embraer. Os franceses fizeram isso como Rafale os os italianos com uma FREMM. Eu fui um dos primeiros a defender a… Read more »

LucianoSR71
LucianoSR71
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

E como diz o outro: pode acontecer tudo, inclusive nada. Vamos ver no que dá.
Abs.

MFB
MFB
1 mês atrás

Parem de falar sobre oportunidades para a EMBRAER. Temos um lunático despreparado na presidência. A imagem do país nunca esteve tão ruim e seremos retaliados em todas as esferas pela destruição promovida pela inação do ministério do meio ambiente.

jommado
jommado
Reply to  MFB
1 mês atrás

Sujeito preparado era o 9 dedos……

Camargoer
Camargoer
Reply to  jommado
1 mês atrás

Caro J. Lula deixou a presidência há 10 anos… Que fixação. Geisel foi um presidente “preparado”… Figueiredo teve problemas…. Sarney foi um grande político, mas se perdeu como presidente, talvez reflexo de ter assumido a presidência após a morte de Tancredo. Aliás, nunca saberemos se Tancredo teria sido ou não um bom presidente…. eu imagino que sim. Collor não estava preparado… Talvez hoje sim. Itamar foi muito bom… herdeiro da escola mineira de boa política. FHC foi um bom presidente, mas cometeu alguns erros muito grave sem torno da privatização e principalmente em buscar a própria reeleição. Infelizmente, se apequenou… Read more »

MFB
MFB
Reply to  jommado
1 mês atrás

Não tenho bandido de estimação. Se você acha que esse presidente aí tem o mínimo de preparo para ocupar o cargo, você precisa rever seus conceitos ou se instruir um pouco mais. 9 dedos? Estamos em 2020 já, disco arranhado esse.

Rodrigo v freire
Rodrigo v freire
1 mês atrás

Off topic: https://youtu.be/hGGXpBkksjw.
Gripen em Brasília.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Rodrigo v freire
1 mês atrás

Olá Rodrigo. Que legal. Valeus.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 mês atrás

KC 390… Kd vc meu filho…

Camargoer
Camargoer
Reply to  Luiz Trindade
1 mês atrás

Hei Salsicha… fan fan fan fantassssmasss

frapal
frapal
1 mês atrás

A Europa está virando as costas ao Brasil. A imagem do país está cada vez pior no exterior. Difícil o KC ter alguma chance.