Home Aviação Comercial Breeze Airways adia início das operações para 2021

Breeze Airways adia início das operações para 2021

1455
3

A Breeze Airways, a mais nova companhia aérea de David Neeleman, anunciou que adiará o lançamento das operações da metade de 2020 para 2021. Nenhum outro detalhe foi fornecido.

A companhia aérea deveria receber 28 Embraer E195, que seriam arrendados da Azul Linhas Aéreas Brasileiras, que os substituiriam por novos E195-E2.

No entanto, a Azul adiou a entrega de seus novos aviões, o que coloca levanta a questão se os 28 E195 ainda irão para a Breeze Airways.

A Breeze Airways, sediada em Salt Lake City (UT), também tem pedidos firmes para 60 Airbus A220-300, dos quais o primeiro deve ser lançado no próximo ano.

FONTE: Scramble Magazine

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 mês atrás

Mas que péssima hora pra abrir uma companhia aérea, ein?

Arthur
Arthur
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Bom dia, Willber! Respeitosamente discordo, meu caro. Seria ruim eles iniciarem as operações agora em que o movimento está muito reduzido. Mas adiando para o ano que vem, a Breeze vai poder ir crescendo aos poucos, conforme a demanda for aumentando. Além disso, eles vão partir do “zero”, sem estar afundados em dívidas. Enquanto isso, as concorrentes estarão com aquela estrutura gigantesca que elas já tinham ainda subutilizada e afundadas em dívidas, lutando para quitar seus débitos.Vejo nisso uma vantagem extraordinária pra Breeze. Um forte abraço.

Rafael Cordeiro
Rafael Cordeiro
1 mês atrás

Infelizmente vejo nessa notícia como uma perda para a EMBRAER, uma vez que parece que o E195 terá vida curta na nova companhia aérea e será gradualmente substituído pelos novos A220-300. Espero que novos mercados se abram para os novos jatos da EMBRAER, pois a empresa tem um ótimo em linha de produção.