sábado, março 6, 2021

Gripen para o Brasil

Caças da OTAN interceptaram aeronaves russas quase 300 vezes em 2019

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Gripen húngaro escolta caça Su-30 russo

Os jatos da OTAN interceptaram aviões russos que voavam perto do espaço aéreo da OTAN quase 300 vezes em 2019, disse um oficial da aliança, em meio a uma tendência crescente de encontros com aeronaves russas e da OTAN.

O oficial, que falou sob a condição de não ser identificado, disse ao Serviço Búlgaro da RFE/RL que a atividade de aeronaves militares russas no Mar Negro e em outras partes da Europa aumentou desde 2014.

“Em 2019, aeronaves aliadas foram acionadas 290 vezes para escoltar ou sombrear aeronaves militares russas em toda a Europa”, disse o oficial em um e-mail em 23 de maio.

Ele não respondeu imediatamente às perguntas seguintes sobre os encontros nos últimos anos.

No início desta semana, cinco jatos da OTAN de três membros da aliança do Mar Negro – Bulgária, Romênia e Turquia – foram acionados para responder a dois bombardeiros estratégicos russos Tu-22 e dois caças Su-27 que se aproximaram do espaço aéreo compartilhado pelos três países numa parte ocidental do mar Negro.

Oficiais militares búlgaros disseram que as aeronaves russas retornaram ao espaço aéreo russo sem incidentes.

“Eles fazem isso regularmente”, disse o ministro da Defesa Krasimir Karakachanov. “Eles estão testando nossa capacidade e querem ver como vamos reagir, com que rapidez enviaremos os aviões e se nossos radares os detectarão”.

No Mar Negro, em particular, houve um aumento na atividade militar russa desde
2014, quando Moscou invadiu a península da Crimeia da Ucrânia. Desde então, a Rússia reforçou suas forças militares na região, solicitando mais vigilância e monitoramento dos membros do Mar Negro da OTAN.

“Definitivamente, houve um aumento desde 2014. Isso está relacionado ao fortalecimento da presença militar da Rússia na região do Mar Negro, após a anexação da Crimeia”, disse à RFE Velizar Shalamanov, ex-oficial militar búlgaro.

FONTE: Radio Free Europe / Radio Liberty

- Advertisement -

19 Comments

Subscribe
Notify of
guest
19 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
V12 aero

Quem está melhor armado nessa foto?

Victor Filipe

O Su-30 russo não parece estar levando nada alem do que misseis de curto alcance salvo engano algum modelo do R-73.

Já o Gripen esta armado com misseis AIM-9 e AIM-120, logo na imagem, puramente na questão de armamentos o Gripen esta superior

Ricardo da Silva

Lembre que o Su-30 pode portar mas 2 mísseis BVR em seus pilones entre os túneis dos motores. Aparentemente o Gripen está com vantagem mas não é uma certeza.

Fabio Araujo

Se você olhar na matéria a respeito da interceptação do P-8 um dos caças russos está com mísseis nesses pilones e nesse desta foto vemos que os pilones estão vazios.

Ricardo da Silva

Estou apenas analisando a foto disponível, o Su-30 poderia estar levando 2 R-77 entre os motores, e talvez até um no pilone interno da asa direita, que não seria visto por esse ângulo. Só isso! Mas se você tiver link com mais fotos desse encontro, agradeço de ante-mão. 😉

Ricardo da Silva

*Asa esquerda, na verdade

Karl Bonfim

E aquele tal acordo entre os americanos e soviéticos feito durante a Guerra Fria para as interceptações “não agressivas”, padronizar os procedimentos desse tipo e evitar incidentes mais graves, tá valendo com os russos, ou já era?

Dilbert_SC

Apesar do “encontro” não ser adequado, a foto ficou muito bonita. Dois caças fantásticos juntos.

P.S: Não apoio qualquer tipo de violação de soberania por qualquer país.

Fabio Araujo

Putin mandando a mensagem de que após um período de vacas magras, antes dele, agora depois muitos investimentos o poderio militar russo esta de volta à força máxima e não deve ser subestimado.

Nilton L Junior

Combustível barato, criação do Fundo de Bem Estar Nacional para investir em títulos chineses, devem ter dado essa capacidade de custo operacional aos Russos.

Luís Henrique

Os russos ficam em 3o lugar Disparado em orçamento militar, se avaliarmos pelo método PPP.

Gasta quase o mesmo que a Índia e a Arábia Saudita em dólares americanos, mas adquire todos os seus armamentos “em casa”, pagando em Rublos.

Enquanto a Arábia Saudita compra 1 único F-15, com o mesmo “dinheiro” a Rússia compra 1 Su-35 + 1 Su-30SM + 1 Su-34 + 1 MiG-35 e + 1 Su-57 e capaz de ainda sobrar um troco.

Ricardo da Silva
Não é "só" preço que faz as compras militares atingirem custos tão altos. Nas compras dos F-104G e F-16 na Europa geraram uma série de discussões, investigações e abafamentos de casos de corrupção.
José Carlos David

Essa é a vantagem de um país possuir tecnologia militar em todos os setores.

ADRIANO MADUREIRA

não tenha dúvida…

ADRIANO MADUREIRA

Qual aeronave russa seria análoga ao popular Falcon?

Kleber Peters

Se você fala do F-16, o análogo russo, idealizado para as mesmas funções, seria o Fulcrum.

Luiz Antonio

Só propaganda aproveitando o momento. Os caras ja até se conhecem e trocam gentilezas. As fantasias ficam por conta dos filmes de Hollywood. Nenhum deles pretende fazer absolutamente nada…Há 73 anos apenas. Posaram para fotos e ficou bonito.

Yuri Dogkove

Choro eterno!

Yuri Dogkove

Comentários tirando sarro dos americanos são censurados nesse site, mas se for tirando sarro dos russos, iranianos e venezuelanos aí tá liberado. Bela democracia americana! Mas não é de se espantar considerando que quem banca esse site é o atual governo. (Por favor postem isso se tiverem coragem.)

Last edited 9 meses atrás by Yuri Dogkove

Combates Aéreos

O relatório sobre o ‘dogfight’ entre o F-35 e o F-16

No início deste mês a internet foi inundada de artigos comentando o relatório vazado de um piloto de testes...
- Advertisement -
- Advertisement -