Home Defesa Aérea Putin propõe que Arábia Saudita compre sistema antiaéreo russo

Putin propõe que Arábia Saudita compre sistema antiaéreo russo

4672
157
Sistema de Defesa Aérea S-400
Sistema de Defesa Aérea S-400

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, propôs nesta segunda-feira (16) que a Arábia Saudita compre um sistema de mísseis antiaéreos russo para se defender, dois dias após um ataque contra instalações petrolíferas no reino.

“Estamos prontos para fornecer ajuda apropriada, basta apenas que a liderança da Arábia Saudita adote uma decisão de estado sábia, da mesma maneira que o Irã já fez ao comprar os sistemas de mísseis russo S-300, e da mesma maneira que a Turquia fez adquirindo os sistemas de mísseis russo S-400”, afirmou Putin.

O líder está em Ancara para uma cúpula sobre a situação na Síria. Além de Rússia e Turquia, o Irã também participa do encontro. De acordo com o presidente russo, as armas “seguramente protegerão” quaisquer instalações e infraestrutura saudita.

“O Alcorão rechaça qualquer forma de violência, exceto para defesa, e precisamente para defender estamos dispostos a fornecer assistência apropriada para a Arábia Saudita”, disse o chefe do Kremlin após coletiva conjunta com os representantes da Turquia e Irã.

A coalizão liderada por Riad no Iêmen afirmou que as armas utilizadas no ataque contra a Arábia Saudita foram fabricadas no Irã. Os preços do petróleo dispararam após o incidente, que não deixou mortos. A destruição das refinarias sauditas provocou uma enorme queda no estoque de petróleo do reino e do mundo.

Sistema russo de defesa aérea lançando míssil

EUA acusam Irã; Rússia pede calma

A ação gerou uma crise internacional, que coloca em lados opostos o Irã e os Estados Unidos, dois países que vem aumentando as ameaças um contra o outro faz algum tempo.

A ofensiva foi reivindicada pelos rebeldes houthis no Iêmen, país que vive uma guerra civil desde 2015. A Arábia Saudita apoia uma coalização a favor do governo contra os insurgentes, que por sua vez contam com a ajuda de Teerã.

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse por sua vez que não há nenhuma prova de que o ataque seja proveniente do território iemenita. A Rússia pediu para a comunidade internacional não tirar conclusões precipitadas sobre o assunto.

FONTE: Sputnik

157 COMMENTS

  1. Esse Putin é um gozador 🤔😂🇷🇺‼️

    Até em um momento crítico e de tensão entre países ele não perde o senso de humor…

    Bobear ele quer que o Barril de Brent chegue a USD80 dólares e o Irã é Arábia Saudita que resolvam suas diferenças sozinhos sem a intromissão do cafetão do norte🇺🇸

    • Atrás deste discurso enviezado de calma, a Rússia é uma das maiores beneficiadas por uma guerra ali, pelo valor do petróleo, pela venda de armas, pelo baque na economia americana e chinesa e ainda de quebra da um fôlego na questão da Venezuela! Se o Putin pudesse falava que um xingou a mãe do outro!

    • É curioso, né ?

      Navios petroleiros são atacados pertinho do Irã… Um Drone americano é derrubado pertinho do Irã… E agora isso… Com drones do Irã !

      E claro… Não é culpa deles ! kkkkk

  2. Kkkkkkk quero ver os EUA embargar a Arábia Saudita caso ela compre o S-400.

    Rei Saudita: presidente Trump? Vou comprar uns S-400!

    Trump: Tranquilo meu amigo, não quer uns F-35 também não? Mando até de graça igual faço com Israel.

    Rei Saudita: menininho bom! Gosto assim!

      • Rei Salman: Putin, vou comprar o S400..
        Ditador fascista Putin: Oba! Quantos você quer?
        Rei Salman: Umas 10 baterias chega?
        Ditador fascista Putin: Leva 15…
        Rei Salman: Ah! Tá bom. … mas você pede pros seus lacaios lá do Brasil pararem de falar que eu sou um ditador sanguinário e me tratarem igual eles tratam o Assad e o Erdogan? Eles me magoam muito.
        Ditador fascista Putin: Mas é claro meu nobre , bondoso e generoso monarca.

        Ditador Fascista Putin: Aló! É do Brasil? Quero falar com a turma da lacração que comenta na Trilogia e lambe meus culhões… nova ordem…

        • E ficar de quatro e lamber até os culhões é a especialidade dessa turminha da lacração, PAGARAM pra ser CAPACHOS de cubano, mais submissão que isso não existe no mundo rsrs…

          • Alexandre,
            A turma da lacração na Trilogia chama o Bolsonaro de ditador e fascista. Em sendo o Putin mais ditador e mais fascista que o Bolsonaro, eu achei adequado os termos para me referir ao Putin.

          • Caro BOSCO
            Agora alem de definir Ditador Fascista peço que defina”lacração”. também se puder explique a metodologia utilizada para aferição quantitativa e qualitativa de grau de Ditadores e Fascistas.

          • Peço gentilmente que não fale mau do Putin, acho ele um cara legal!

            Acabou com o Estado Islâmico, pôs ordem na Síria, ajuntou o Maduro a não ser colhido, retomou a Crimeia, é amigão de Israel, fez a Turquia não comprar o F 35, tá vendendo o S 400 pra todo mundo, tá reformando o arsenal nuclear da Rússia, é considerado o homem mais poderoso do mundo ( e rico também, depois do filho do Lula, desculpe 😳😳).

            Elegeu o atual presidente dos EUA!!

            E vc aí defendendo o Bolso que já tirou o PIS de 13 milhões de brasileiros, e disse que o Hitler é comunista!!

            Simplesmente é o cara 👍👍 aprovado, preparado etc etc

        • Bosco, esta foi ótima, digno de um roteiro!!!! Mas não faça mais isso não, já estou com dor no abdômen de tanto rir imaginando a cena e lendo e relendo este comentário. PARABÉNS!!!!!! KKKKK KKKKK KKKK ABRAÇOS

    • Amigo entenda uma coisa, os EUA não vendem o F 35 para a Arábia Saudita!

      Eles têm trauma do que aconteceu quando venderam o F 14 para o Irã!

      Não vão vender.

      • E se a Rússia vender os S 400 os EUA vão adorar pois é provável que eles acabem tendo acesso ao sistema para estudá-lo!

        E como a Arábia Saudita não tem o F 35 não vai fazer diferença neste caso!

        • Mas o que tá acontecendo com meu brazil?! Chamar outros líderes de fascistas é o supra sumo da hipocrisia! Vamos manter o mínimo de honestidade intelectual, pelamor! Side note : toda a pessoa de inteligência média sabe que a Rússia adota o paradoxal sistema centro / direita na economia e conservador imbecil nos costumes ;nenhum esquerdista inteligente (eu) teria a audácia de virar um russofilo pela atual conjuntura daquele país (eu sou russofilo por Dostoievski, E QUEM NÃO O SERIA?)

          • Nilton,
            Não entendi sua indignação seletiva: “Chamar outros líderes de fascistas é o supra sumo da hipocrisia!”
            O que mais se pratica na Trilogia é bullying explícito contra líderes de diversos países.Chamam o Trump de fascista, o Rei da AS de ditador sanguinário, o Bolsonaro de imbecil, homofóbico, incendiário, machista, racista… e você se indignou com uma adjetivação do Putin???
            Não entendi o porquê?

        • Os EUA já sabem tudo sobre o S-300 e S-400 !

          Sabem até a distância que o F-35 pode ficar deles, sem ter problemas. Israel já sabe neutraliza-los !

    • Rei Saudita: Quero 15 baterias….
      Putin: Te dou 20…
      Rei Saudita: Trump, quer umas 5 baterias de s400 para testar?
      Trump: Manda ae…

    • Esse tipo de comentário, bem como os subsequentes de teor semelhante, deveriam ser moderados e os responsáveis privados de comentar por algum período. Só server pra discussão de ponto de vista pessoal de política e mimimi pró/contra Russia, tirando o foco do teor técnico imparcial – que é o que a maioria entra aqui pra ver. Só acho…

  3. Um monte de defesa antiaérea, aviões, exército, equipamentos de ultima geração, ai vem uns dronezitos e acabam com a bazófia…Quem tem telhado de vidro não deve jogar pedras nos telhados dos vizinhos…. 😀

    O ataque do exército iemenita respaldado pelo movimento popular Ansarolá foi devastador!…a arábia maldita compra os melhores sistemas de armas estadunidenses mas não conseguem nem conter um bando de drones feitos artesanalmente…é o terceiro país do mundo que mais gasta em armamentos e sequer consegue interceptar um drone, o que comprova que as porcarias de exportação dos eua são melhores só no lobby que a sua indústria da propaganda faz…aplicam a máxima…acuse-os do que você faz…chame-os do que você é!…pois todo o lucro que auferem é feito em cima de material superfaturado, chipado e cheio de embargos, restrições e limitações…com o pior pós venda que existe…o que explica todo um trabalho voltado só pra fazer lobismo sujo para difamar ou denegrir seus concorrentes…só “vendem” em países corruptos controlados por eles, onde suas porcarias são postas goela abaixo em esquemas de cartas marcadas e corrupção…é assim como constroem e fazem sua fortuna…através só de esquemas ilícitos, sujeiras e trapaças…

    • O Irã está demonstrando que não está para brincadeira…São ousados…É toma lá, dá cá…Estão mostrando as garras…A defesa antiaérea da Arábia Saudita é uma porcaria e suas forças armadas são completamente incompetentes….

        • “Bosco

          Mas não foi false flag?’

          Não descarto a possibilidade de que seja mais um plano dos eua para promover a “paz” no Irã…país com enormes reservas de petróleo e bastante estratégico para o escoamento do mesmo…

          • Se você gosta de praticar alternativas ao óbvio, eu também gosto.
            Se o Trump quisesse começar uma guerra tinha o cara certo pra fazer isso. Pouco tempo após Bolton ser afastado (aparentando um recuo na intenção de agredir) Trump sofre um ataque indireto. Lembrei daquela lição básica da Arte da Guerra ‘se o inimigo atacar, fuja; se ele parar, ataque’.
            Quem ganha com a escassez de petróleo? Rússia, Irã.
            Quem teria a audácia e capacidade de fazer um ataque tão cirúrgico? Eu apostaria na China (que, afinal, já está em guerra com os EUA e gosta do esporte), ou na Rússia que deve ganhar bastante dinheiro.

        • Pelo menos o Pantsir ainda reagiu. Já os Patriot nem viram quando os drones Houthis passaram por eles. Se os Houthis tivessem atirado contra os Patriot, teriam destruido os Patriot sem chance de reação destes, e o choro iria ser grande aqui no blog kkkkk

          • Quanta besteira em tão poucas palavras.
            Vai aprender como funcionam os sistemas da AA primeiro, pra depois não vir falar bobagem.

            Esses drones ali quem tem que derrubar não são Patriots e S400. Isso é trabalho pros GEPARD e misseis de baixa altitude, tipo os Igla russo, RBS 70 suecos, etc.

            O absurdo desse ataque é a Arábia Saudita não ter posicionado AA de baixa atitude em volta de sua principal refinaria, em meio a uma guerra!

            Certeza que o Rei lá vai cortar a cabeça dos responsáveis. Literalmente.

          • O mais interessante é que alguns radares SABER M60, com veículos GEPARD e mísseis RBS70 teriam dado conta do recado.

            Saudações!

          • Até eu que sou leigo…. Dei risada nessa !

            Pantsir é feito para atingir alvos em baixa altitude… Patriot em alta ! Nem dá pra comparar os dois !

    • Antunes,
      Eu nunca disse isso para ninguém mas pra você vou abrir uma exceção. Sistemas de longo alcance e grande altitude (HIMADS) têm alcance limitado contra alvos em baixa altitude. Esse alcance representado pelo círculo verde, corresponde ao alcance cinético máximo do míssil contra alvos em grande altitude.
      Contra alvos a baixa altitude o alcance é 10 x menor.
      *O S400 não tem mísseis com 400 km de alcance . O alcance é limitado a 250 km. Esse infográfico aí dá processo por propaganda enganosa.

      • Bosco, você exagerou nesse 10x menos. É divulgado capacidade de destruir mísseis balísticos a 40 km de distância, mas esse alcance 10x menor não é porque o alcance máximo do míssil diminiu tudo isso, é porque o radar vai detectar nessa distância devido à curvatura da Terra.
        E o S-400 Tem sim um míssil com 400 km de alcance. E outro com 250 km de alcance.

        • Luiz,
          ????
          Eu me referi ao sistema , que é composto de mísseis, lançadores, controle, radares, etc.
          Não exagerei não. A baixa altitude um sistema sup-ar não tem alcance maior que 40 km independente do alcance nominal dos radares ou mísseis ser de centenas de quilômetros.
          E o míssil 40N6 nunca entrou em operação e se entrou secretamente, foi na Rússia e não na Síria, onde o infográfico foi apresentado.

        • Luiz, acho que você confundiu os termos. O míssil balístico é aquele que faz uma trajetória balística (sai da atmosfera e retorna) e, portanto, pode ser detectado a grandes distâncias pelo radar, uma vez que está a dezenas ou centenas de quilômetros de altitude, reduzindo a interferência da curvatura da terra no alcance de detecção.

          • Bruno,
            Mas o Luiz não confundiu não. Um míssil com função dupla, antiaéreo e antibalístico (endoatmosférico), tem seu alcance reduzido na média em 4 a 5 vezes quando na segunda função (antibalístico), independente da ameça balística ser detectada mais longe (mas chega mais rápido).
            Isso se deve porque o míssil interceptador só consegue atingir os mísseis balísticos que cairiam num raio bem mais curto do que
            o raio representado por ameaças aerodinâmicas subsônicas, porque não dá tempo dele chegar aos mísseis que estão “caindo” fora desse raio devido à alta velocidade do míssil balístico.
            Quando um sistema sup-ar de função dupla anuncia o seu alcance contra ameaças aerodinâmicas ele se refere ao alcance teórico contra ameaças subsônicas em situação ideal. Se a ameaça é supersônica o raio é menor porque a aeronave supersônica fica menos tempo dentro do raio letal e se for muito longe não dá tempo do míssil chegar.
            Como os mísseis balísticos são geralmente hipersônicos esse raio se reduz mais ainda. Por isso esses mísseis de função dupla só servem para mísseis balísticos de até curto alcance (1000 km de alcance) já que quanto mais alcance tem mais veloz ele é e mais se reduz o raio de interceptação, chegando ao ponto de ser impraticável a defesa.
            Por exemplo, o PAC-3 pode interceptar ameaças balísticas com velocidades terminais da ordem de 3 km/s enquanto o sistema S-400 anuncia ser da ordem de 4,5 km/s.

      • 400 km (míssil 40N6)
        250 km (míssil 48N6)
        120 km (míssil9M96E2)
        40 km (míssil 9M96E)
        Velocidade Mach 6.2 (48N6)
        Mach 2.9 (9M96E2)
        Mach 2.3 (9M96E)

        Pelo menos é o que fala na Wiki😳

      • Liga para os site e diga que os “especialistas brasileiros” garantem que 40N6E é pura propaganda infundada dos russos canalhas, comunas, mentirosos, falidos de uma figa.

        * E sim, a curvatura da terra degrada o alcance de tudo que praticamente usamos. Mas você sabe que essa não é a proposta principal do emprego desse míssil.

        Viva Olavo porque a terra é plana… HAHAHA!

        https://www.globalsecurity.org/military/world/russia/s-400-missiles.htm

        https://www.armyrecognition.com/july_2018_global_defense_security_army_news_industry/russia_completed_40n6e_long-range_air_defense_missile_testing.html

    • Israel vive atacando a Siria (Ate Damasco) e nada de S-300 !

      Mas… Eqto Israel alega não ter preocupações, pois sabe neutralizar o sistema (Já pode destrincha-lo e testa-lo)…. Dizem algumas línguas por aí… Que os russos optaram por não interferirem, para não ter problemas com eles e com os EUA !

  4. Usar S-300 e S-400 para deter mísseis de cruzeiro e drones é dose para leão e de pouca eficácia.

    Na verdade, no momento atual, quando muitos diziam que artilharia AAe de tubo estava superada é que esta se faz bem útil no campo de batalha moderno.

    • Você acha que na Síria, as bases russas estão sendo defendidas com grande eficácia por AK-47 e canhões de 23mm?
      Diariamente são lançados uma enxurrada de drones e foguetes pelos “terroristas moderados”

        • A dois tipos de defesa contra drones: cinética (destrutiva) e não cinética (soft).
          A cinética:
          1-canhões AA de tiro rápido e munição de impacto: Ex: Phalanx
          2-canhões AA com projéteis de explosão aérea Ex: Millenium/AHEAD
          3-metralhadoras
          4-tiros de fuzil
          5-lançamento de rede ex: SkyWall
          6- falcão (ave da família Falconidae)
          7-“canhão” laser de alta energia
          8- pulso de microondas
          9-míssil sup-ar: ex: Longbow, Stinger “J”, etc.
          10-míssil ar-ar: ex: Python V
          11-drone anti-drone ex: Coyote

          Não cinético:
          1-interferência eletrônica unidirecional
          2-interferência eletrônica omnidirecional
          3-interferência cibernética

    • Pantsir trabalhando em conjunto com algum sistema EW, resolveria os problemas Sauditas, desde que eles aprendam a operar os sistemas…
      Mas um S-400 não e nada mal para eles, pois dependendo da localização poderia “xeretar” seus vizinhos numa boa..

  5. Ao lado do presidente do Irã, aliado da Rússia, Putin oferece a solução…
    Plantar doença para vender a cura.
    E ainda falou no alcorão.
    Que o Irã não usa (violência para defesa).

  6. Eu gostaria de ver isso. rrss Os comentaristas com relativismo moral do blogue, esquerdistas todos, devo salientar, iriam passar a amar a Arábia Saudita como fizeram com a Turquia. rrsrsss
    Nada como um dia após o outro. rsrsss

  7. Vale salientar que o Putin é ótimo negociante , mas não entende bulhufas de sistema antiaéreo.
    Tão vendo? Não é só o Bolsonaro que fala merda.

    • Patriot é projetado para destruir mísseis ! Alias, usaram drones, que podem voar a baixíssima altitude, exatamente por isso.

      S-300 e S-400 tbem falhariam…

      Nesse caso é necessário outro tipo de defesa ! E pelo que to lendo por aí, não é fácil acertar um drone destes não.

  8. Contra drone o S300 ou o S400 não é um exagero? O Pantsir não seria mais apropriado? Outra solução seria o Iron Done, mas equipamento israelense na Arábia Saudita é complicado!

  9. Olha com tudo que os sauditas tem em equipamento e ainda assim conseguiram sofrer.um ataque que fez o estrago, e isso aconteceu por falta capacidade em operar o que se tem combinado com serviço de inteligência negligente. Nada impede de terem lançado os supostos.drones de dentro do território Saudita, e olha com os algoritimps que existem hoje pode ter sido até drone comercial aditivado, já que em refinaria balão de São João é muito perigoso.
    Colocar na mão dos Sauditas esse sistema Russo é colocar em risco as rotas aereas que passam pela vizinhança.

    • Aí o petróleo dobra e uma nova onda de antissemitismo varre o mundo.
      Melhor assistir os goyn se matando com baldão de pipoca e cocão 2 litros.

    • Não fala assim Rodrigo que vc magoa a turminha vermelha, até hoje eles não conseguiram digerir que Israel entra e sai na Síria a hora que bem entender.

      • Só fico curioso o por que desde a intervenção Russa na Síria, Netanyahu foi a Rússia 11 vezes sentar na mesa com Putin… Foi o chefe de estado que mais visitou a Rússia nos últimos 4 anos…

        “Mas segundo alguns torcedores Israel e inimigo da Russia e a mesma tem que abater seus aviões para mostrar para o mundo que seus sistemas é bom”
        Ainda bem que vcs não são chefes de Estado…

        • Eu agradeço todo dia do Brasil não ter um “amigo” desses, que dá permissão para um inimigo entrar no espaço aéreo do “meu amigo” já que foi vc que insinuou isso.

          ainda bem que você não é chefe de estado do Brasil…

        • Realmente os Israelenses estão combinando com os russos, mas parece que as discussões estão trazendo bom resultado para Israel porque os bombardeios continuam.

        • Seria porque ao contrário do que a caterva vermelha acha..

          Israel e Rússia tem ótimas relações, não são inimigos e não compensa para ambos os lados arriscarem se matar ?

          Israel na Síria só ataca alvos sírios e iranianos, nunca os russos que não são ameaça a Israel e ambos os lados deixam isto bem claro.

          Se a Rússia fosse inimiga de Israel não receberia o Netanyahu, tantas vezes quanto vocês falam.

    • Nos últimos anos as relações entre Israel e Arábia Saudita tem melhorado, os dois estão se aproximando exatamente por conta do Irã, lembre-se que o Irã é um inimigo comum dos dois e os dois são aliados prioritários dos EUA na região, outro inimigo do Irã!

  10. Não foi um ataque bobo. Foi algo bem feito.
    Em 1943 o famoso raid rasante sobre Ploesti com centenas de B-24 levando cada um 1.800 kg de bombas só paralisou parte da produção.
    Ou sabiam exatamente onde acertar ou houve uma quantidade significativa de drones.
    .
    Ou houve sabotagem. A AS tem 15% da população xiita. Não seria difícil a existência de células terroristas pró-Irã.

  11. Se ..ou quando… EUA atacar o Irã…. imagino o barril a U$200,00 se o Irã fizer 1/3 do que vem prometendo, no caso de um ataque.
    A Rússia “encheria o bolsos”…por uns meses.

  12. A questão que fica é qual a providencia que as 3 forças armadas do Brasil está tomando com relação a este ataque?
    Analista se debruçam sobre o fato? Para investigar e desenvolver normas e procedimentos para este novo desafio em caso de guerra?
    Proponha grupos especializados neste conceito de ataque para equipar a força de capacidade bélica com drones?
    Ou acham que uma guerra contra nossos vizinhos eles não usaram de drones?
    Que se criem grupos de ataque especial com drones.
    Que se treine saturação de defesa aérea com drones.
    Que se use tecnologia para reduzir custos e efetivo

  13. Algumas questões não deixam calar: Será que o ataque partiu de drones com algum grau de tecnologia stealth? Os mísseis existentes no Irã, dariam conta de realizar uma ataque desses, sem que houvesse qualquer detecção dos sistemas de radares? Poderia ser mesmo que rebeldes houthis tivessem acesso a equipamentos de ponta, via Irã, mas produzidos por terceiros (ex.: Coréia do Norte ou mesmo, da China)? O que importa é o seguinte: os Sauditas vão começar a se questionar, de verdade, se vale a pena confiar, cegamente, na capacidade dos equipamentos que os americanos lhes vendem e, se não é hora de diversificar um pouco seus fornecedores.

  14. Realmente é muito estranho que esses drones tenham “furado” a defesa antiaérea. Diante da história e de como os interesses econômicos são muito mais importantes do que vidas humanas, para nós, simples mortais, a verdade talvez nunca seja revelada.

  15. Será que terá outro ataque paralisando o resto da produção de petróleo dos salditas ?
    O mundo perderia do dia para noite grande parte da produção de petróleo mundial. O preço subiria
    Mais rápido. E o Sheik irá se perguntar porquê não investi em diferentes filosofias de engajamento?

  16. A uns meses atras, ou um ano, saiu uma noticia de que a AS estava com, por incrível que pareça, problemas fiscais devido ao preço do petróleo estar baixo e precisaria que o mesmo subisse um pouco para equalizar isso. Se olharmos com calma, mesmo com a perda de capacidade produtiva temporária, dependendo de qto tempo durar esse pico no preço do petróleo, justamente a maior beneficiada seria a AS, a Russia e o próprio Ira, que também esta mal das pernas. Os EUA, tem uma fatia grande de seu mercado produzido internamente e tem gigantescas reservas internas. Em curto prazo deve ser pouco atingido ate pq o preco elevado do oleo, facilita a extração de formas caras, como a partir do xisto como eh comum nos EUA, onde esse tipo de industria tem um apreço imenso por Trump. A China compra seu óleo principalmente de países como o Ira e Venezuela, ou seja, sera pouco afetada. A Russia então esta dando pulos e mais pulos de alegria.
    Sei que pode parecer viagem, mas para esses atores o que aconteceu foi um presente que veio do céu. Eh uma teoria conspiratória, mas muitas coisas que estão acontecendo no Oriente Medio ultimamente tentam parecer de uma forma, que por detrás das paredes e portas de reuniões multi-laterais, as intenções sejam outras.

    ** Se a AS ficar quieta, não retaliar e nem reagir, terei praticamente certeza que seja isso.

  17. E vem mais uma vez uma foto do sistema S-300PS UCRANIANO no material sobre sistemas AA russos. Será que é muito difícil de achar imagens de S-300/350/400 russos?

    • ScudB,
      Abusando de sua boa vontade, você sabe com 100% de certeza se o 40N6 foi adotado e está operacional nas forças russas juntos ao sistema S400? Ou ele só virá no S500?

      • Bosco isso vai ser igual ao 9M96/E/E2** ,KAB-500S/250*, SU-57*** e outros equipamentos.

        Até mesmo os F-117 e outros equipamentos americanos que só depois de tempos ficamos sabendo

        Os russos já usavam mas ninguém tinha visto. Vai muito também da Geopolítica e seus interesses.
        * Só foi visto a primeira vez em 2015 já na síria.
        ** Só mostrado agora em uma unidade operacional.
        *** SU-57 na Síria.
        **** RPG-29 é muito difícil ver em fotos de unidades russas
        ETC…

        • Arariboia,
          Mas no caso eles já citava tê-lo há 10 anos e sabemos que os testes que selaram a fase de desenvolvimento só se concluíram no final de 2018. Daí, para que seja fabricados, adotados e colocados em operação , leva-se pelo menos 3 anos em média.
          A rigor não há confirmação oficial do exército russo deles terem recebido e começados a operarem o 40N6.

        • Arariboia,
          Só de curiosidade, não há uma única foto sequer do 40N6 na web, nem fora do tubo lançador e nem do tubo lançador. Não há sequer uma foto de um lançador onde se diz que lá tem um 40N6. Ninguém sabe como ele é, nem aqui e nem na Rússia. Há quem diga que terá mais de 4 t e há quem diga que será pouco diferente externamente de um 48N6. Sempre acesso a mídia russa e não há nenhuma foto dele , assim como não há nenhuma foto do míssil Zircon, que também já teria entrado em operação.
          Ora! Não escondem o Kinzhal e por que escondem o Zircon ou o 40N6?

          • Amigo Bosco!
            Foram vistos (várias vezes) os TEL bem característicos 51P6 (fabricação – unidade em Obukhov no chassi bielorusso MZKT), nomenclatura de míssil que vai para regimentos russos – 40N6M (600km).
            OBS: Eles estavam p. da vida com vazamento de dados dos testes de 2010 que detectaram algumas falhas ridículas e criminosas ate dos alguns componentes deste míssil. Precisou um tempo. 6 anos foram suficientes para retomar os testes. E hoje esta em andamento um pedido com mais de mil unidades deste modelo.
            A China , Índia e Turquia foram oferecidos 40N6E. E todas as unidades a China testa divisão por divisão.
            OBS 2: Toda esta informação – das fontes abertas. Imagine quanta coisa ficou “escondida” no período.
            Um grande abraço!

          • Um site interessante sobre o tema. http://mil.news.sina.com.cn/jssd/2018-07-06/doc-ihexfcvk7871508.shtml
            O que podemos deduzir é que o míssil 40N6 existe e está sendo colocado em operação em alguns cenários, mas isso só a partir de junho de 2018 e de forma lenta e discreta.
            O “problema” é que as fontes já davam como ele existindo desde sempre (há 10 anos ouço isso de que o S400 tem alcance de 400 km) , inclusive na Síria, e isso definitivamente não é verdade.

      • Amigo Bosco!
        Foi adotado sim no final de outubro de 2018. inclusive modelo 406NE (tipo exportação com raio de 380km) faz parte do contrato de venda dos S-400 para China e Turquia.
        Além deste modelo eles tem 9M82MD do S-300V(4) tb com 400km de distancia.
        Um grande abraço!

  18. Os que entendem de defesa aérea podem ao menos me explicar como se combate uma ameaça de drones de pequeno porte em grande quantidade, em instalações hiper sensíveis como refinarias?

  19. Oferece uma 12 pra matar uma libelula. Os diisparos pra defesa alem de inócuos sairiam mais caro que o prejuizo causado pelo atacante. Defesa contra drones é a de curto alcance. Ate tubo. Defesa contra missil de cruzeiro a de curto/medio. É a faixa onde se detecta.
    Como disse em outra ocasião é a volta da velha M3.
    Ironicamente nossas defesas minguadas seriam em tese mais eficazes que caros misseis AA neste caso.
    Toda nossa defesa AA não dá o preço de um missil AA grande.
    Ps : no oriente medio grassa notoria e generalizada incompetência militar (exceto israel). Não tem doutrina, treinamento ou equipamento que mude isso. As deficiências não são das armas. São dos operadores.

  20. 1) Putin agiu muito bem, oferecendo o que tem de “melhor” e mais caro pra vender. Mesmo que seja um exagero para o tipo de ameaça que parece existir.
    2) Por outro lado, Israel mantém boas relações com Jordânia e Egito e uma relação respeitosa com a Arábia Saudita.
    3) Logo, cada um a seu modo, Rússia e Israel demonstram que não querem se envolver diretamente no problema. Os muçulmanos que se entendam entre eles.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here