Home Aviação de Transporte VÍDEO: C-130 Hércules da FAB combatendo incêndios na Amazônia

VÍDEO: C-130 Hércules da FAB combatendo incêndios na Amazônia

2660
98

Aeronaves estão operando a partir de Porto Velho (RO)

A Força Aérea Brasileira (FAB) emprega, a partir de hoje (24/08), duas aeronaves C-130 Hércules no combate aos focos de incêndio na Amazônia, partindo de Porto Velho (RO). As aeronaves são operadas pelo Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1º/1º GT), atualmente sediado na Ala 11, no Rio de Janeiro (RJ). A FAB integra o esforço conjunto, coordenado pelo Ministério da Defesa, no combate aos incêndios que atingem a região Amazônica.

O C-130 conta com o sistema chamado MAFFS, do inglês Modular Airborne Fire Fighting System. O equipamento é composto por cinco tanques de água e dois tubos que se projetam pela porta traseira do avião, podendo carregar até 12 mil litros de água. Para realizar a missão, o avião tem que sobrevoar a área do incêndio a uma altura de 150 pés (aproximadamente 46 metros de altura). O lançamento, por meio de pressão, dura sete segundos e a própria inércia se encarrega de espalhar o líquido sobre o fogo, por uma linha de 500 metros. Após despejar a água, a aeronave retorna para Porto Velho, ponto de apoio, onde receberá um novo carregamento.

Apoio

A FAB já prestou apoio a outros combates a incêndio no Brasil e no exterior. Em novembro de 2015, um Hércules e um helicóptero H-34 Super Puma foram empregados em um incêndio que ocorreu na Chapada Diamantina (BA). Em janeiro de 2017, também foi empregado um C-130 Hércules em combate a incêndio no Chile. Nessa oportunidade, foram lançados mais de 500 mil litros de água na região de Bío-Bío, uma das mais afetadas. Ainda em 2017, a FAB empregou duas dessas aeronaves no combate ao incêndio na Chapada dos Veadeiros (GO).

FONTE: Força Aérea Brasileira

Subscribe
Notify of
guest
98 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
11 meses atrás

Se não fosse a pressão interna e principalmente externa, esses aviões jamais teriam voado para fazer esse trabalho. Votei no governo atual e votarei no mesmo se ele se candidatar novamente, mas é nítido que o mesmo não tem a preocupação pela natureza que o mesmo tenta passar ter agora depois desses muidos todos… E saliento aqui a todos, vemos que um conflito pode acontecer de uma hora para outra e não estaremos preparados. Vai chegar um dia que se o brasil não se cuidar, vão tomar nossa Amazônia e o máximo que faremos, é chupar dedo daqui do outro… Read more »

Caravaggio
Caravaggio
Reply to  DOUGLAS TARGINO
11 meses atrás

“Votei no governo atual e votarei no mesmo se ele se candidatar novamente, mas é nítido que o mesmo não tem a preocupação pela natureza”.

Se votou, votará de novo e sabe q ele despreza a natureza, tá reclamando dele desprezar a natureza pq? Ou vc tbém despreza ou é um sem noção completo. Q tipo de postagem doida é essa?

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  DOUGLAS TARGINO
11 meses atrás

Enquanto isso as forças armadas fingem que está tudo bem, que estão “prontos para defender o país”. O pior é que a maioria da população é feita de gente sem qualquer instrução e, como todos sabem, a combinação de pouca instrução e coragem em geral significa burrice.
“Eu protegerei o país” diz a pessoa que não entende que sequer seria uma guerra, seria um passeio e, caso insistíssemos, um massacre.

Munhoz
Munhoz
Reply to  DOUGLAS TARGINO
11 meses atrás

O pior é que a maioria dos meios estratégicos que temos são de origem europeia! Já tinha falado a tempos que tínhamos que ter alguns mísseis antiaéreos e anti navio russos, mas os fanboys sempre pregam a supremacia dos valores e qualidade ocidental! O que é cômico neste caso é um governo de extrema direita que tanto critica países como Rússia, China, Venezuela, Cuba e CN, agora esta provando o próprio veneno com o ocidente tanto idolatrado! Não sou de esquerda nem de direita, mas uma coisa eu digo nesse bolo não tem santo, tanto de um lado como de… Read more »

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  DOUGLAS TARGINO
11 meses atrás

E com todo respeito, mas….vamos deixar esse ufanismo barato de “se entrarem na Amazônia, não sairão” Vamos falar SÉRIO aqui. Se, hipoteticamente, ocorre-se mesmo o pior e a França mandasse umas FREEM’s, o Charles de Gaulle com Rafales e um sub nuclear em direção ao Brasil HOJE, sabe o que a MB poderia fazer? Nada. Praticamente NADA. É simplesmente minar nossos principais portos ( praticamente não temos caça minas mesmo ), colocar uns navios em pontos estratégicos e pronto, adeus comércio exterior pro Brasil. Fomos pegos de calças na mão no começo da WWII, na guerra da Lagosta, e seríamos… Read more »

João Moro
João Moro
Reply to  Willber Rodrigues
11 meses atrás

Infelizmente é verdade. Muitos governos anteriores (desde a redemocratização) preferiram desviar o dinheiro em vez de, pelo menos, manter a capacidade bélica que tínhamos no regime militar. Mas temos que usar essa situação para melhorar nossa defesa, e começar essa recuperação ainda neste governo. Precisamos ser soberanos de verdade!

Kemen
Kemen
Reply to  João Moro
11 meses atrás

João é verdade, mas os Gripen e os submarinos e sua base foram nos governos anteriores, o que esta mudando agora em relação a isso? As corvetas? Cade as fortes fragatas de escolta?

João Moro
João Moro
Reply to  Kemen
11 meses atrás

Eu entendo que houve avanços, mas não na proporção necessária. Apesar de terem feitos boas aquisições, mas estão muito atrasados. Teremos que ficar com menos escoltas até as que foram encomendadas possam substituir as que foram para a reserva.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Willber Rodrigues
11 meses atrás

“ah mas nossos guerreiros de selva são os melhores!” F#$@-#3, não faz nenhuma diferença. Um país sem indústria bélica e sem ter como se garantir no ar e mar fatalmente é só uma presa. Nós somos isso. Na época da guerra da lagosta, ao menos graças aos excedentes da WWII e a tecnologia então que ainda não havia virado para o lado dos navios de mísseis, não seria um passeio no parque para a França. Hoje seria. Eles tem no CdG mais poder aéreo que a FAB inteira e fora a FAB, não temos NENHUMA DEFESA CAPAZ DE ATINGIR UM… Read more »

anderson
anderson
Reply to  DOUGLAS TARGINO
11 meses atrás

Douglas, O Governo vem sim dando toda atenção para o caso. Nunca houve na história o combate ao incêndio como se tem realizado no Governo atual. Isso, mesmo os números mostrando que os incêndios estão dentro da média. Nos governos do PT estão números bem mais elevados e a Extrema Imprensa pouco falou sobre isso. O alarde atual se dá por três motivos: 1. Acordo União Européia e Mercosul; 2. ONGs que perderam a boquinha; 3. A mídia toda está contra o Bolsonaro pois possui a imensa maioria de jornalistas de esquerda sem falar que ele cortou boa parte das… Read more »

João Moro
João Moro
Reply to  anderson
11 meses atrás

Concordo.

clêuber
clêuber
Reply to  anderson
11 meses atrás

Ninguém aguenta mais essa retórica acéfala que na ausência de argumentos usa as palavras enganadoras, PT, esquerda, direita, esquerdopatas, comunistas etc.Ou você é doido ou se faz, o atual governo executou somente 7% do orçamentos do ministério do meio ambiente, chegou a cogitar a extinção do mesmo, demitiu diretor do INPE, depenou e desmoralizou o IBAMA, fez apologia a exploração de reservas indígenas e vc ainda vem com essa de que nunca houve a atenção dada?

Capoeira
Capoeira
Reply to  clêuber
11 meses atrás

clêuber, me diga, quantos KC130 voaram nos governos anteriores apagando incêndio Brasil afora?

Daniel
Daniel
Reply to  Capoeira
11 meses atrás

A FAB já usou o mesmo tipo de ação na reserva do Taim/RS em 2013, quando de um incendio de grandes proporções.

Kemen
Kemen
Reply to  DOUGLAS TARGINO
11 meses atrás

Douglas, todos são livres para votar em quem quiser, mas eu vou esperar até a proxima eleição, os candidatos que se apresentarem, seus debates e suas promesas. Eu acho que é muito cedo para me decidir, vou aguardar e depois de votar se o candidato for eleito, com certeza vou ver se cumpre o que disse.

nonato
nonato
Reply to  DOUGLAS TARGINO
11 meses atrás

Há fogos todos os anos e nunca se usam esses aviões.
Não é um problema de Bolsonaro.
Quero dizer, se é um problema os outros presidentes cometeram o mesmo equívoco e ninguém criticou.

Edimur
Edimur
Reply to  DOUGLAS TARGINO
11 meses atrás

Concordo mas gostaria de ver pressão também para a França pagar os dois Bilhões que ela deve ao Brasil !!! Europeu como sempre hipócritas. Macron Tire a Trave do seu olho para falar do disco no olho do seu irmão !!!!

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Edimur
11 meses atrás

França nos deve dois bilhões?

Chris
Chris
Reply to  DOUGLAS TARGINO
11 meses atrás

Para de paranóia… Ninguem vai “tomar a Amazonia” por causa de “recursos minerais”. Não são tão valiosos assim e nem poderiam fazer isso, se a desculpa for a natureza. O ocidente vive de opinião pública (votos).

Alguns militares usam essa desculpa, para conseguir recursos… E só a posse de armas nucleares poderia evitar um ataque do G7 (Que nem seria militarmente) !

No futuro talvez… Se a agua se tornar escassa… Principalmente entre países do oriente médio !

E convenhamos… Se não se pode explora-la… Faz diferença nenhuma te-la ou não te-la !

sergio ribamar ferreira
11 meses atrás

C 130. Avião para qualquer missão. Fantástico!

Sergio Prado
Sergio Prado
Reply to  sergio ribamar ferreira
11 meses atrás

KC-390. Futuro avião para qualquer missão……

Marcos10
Marcos10
11 meses atrás

Tanto mi mi mi para nada.
Já tamo apagando os incêndios na Amazônia.

João Moro
João Moro
Reply to  Marcos10
11 meses atrás

Engraçado, até agora a mídia tradicional só tem cobrado o Governo federal para apagar os incêndios mas o principal responsável para apagar incêndios é o governo estadual. Os estados estão fazendo o que? Porque a mídia não mostra o que os estados estão fazendo? Porque a Mídia não mostra que a quantidade de incêndios são iguais as médias históricas para o mesmo período?

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  João Moro
11 meses atrás

Isso depende muito do zoneamento. A rigor, UC, parques federais e terras indígenas (a grande maioria das áreas atingidas nesse caso) são de responsabilidade federal.

Aldo Ghisolfi
11 meses atrás

Já eram para estarem operando desde o início…
Qdo vejo essa inanição das FFAA fico preocupado!

Gordo
Gordo
Reply to  Aldo Ghisolfi
11 meses atrás

Não é inanição das FA não, é o governo que é ignorante mesmo. Em 2013 em Santa Maria FAB e EB atuaram de forma exemplar, assim como em SC e em tantas outras, o detalhe é que foram mobilizados de imediato. E digo, o que tem saido da boca de Bolsonaro e seus ministros está fazendo mais estrago que o incendio.

Caio
Caio
Reply to  Gordo
11 meses atrás

No Chile em 2017 também.

João Moro
João Moro
Reply to  Gordo
11 meses atrás

Sim, em 2013, quando não estávamos em crise, era mais fácil pagar essa mobilização das Forças armadas para fazer o combate.

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
11 meses atrás

Velho, esse negócio de ficar prendendo os comentários é um saco!

LucianoSR71
LucianoSR71
Reply to  Alexandre Galante
11 meses atrás

Galante, entendo, mas eu, por exemplo, coloquei um comentário no outro post do tema sobre falando de uma matéria que saiu no site da revista Globo Rural que mostra que um grupo de pelo menos 70 pessoas dentre eles sindicalistas e ambientalistas que combinaram por whatsApp tocar foco nas margens da BR-163 e levou cerca de 4 horas p/ liberar, mesmo sem nenhum link ou palavrão. Não sei qual o critério que me levou a ser preso p/ averiguação, rs.
De qualquer jeito é algo importante a ponto do Moro ter informado que a PF vai investigar essa história.
Abs.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Alexandre Galante
11 meses atrás

Galante, mesmo sem sequer um palavrão, todos os meus comentários são retidos por, as vezes, até 24h no Naval, enquanto aqui e o forte eles são automaticamente postados, mesmo comigo usando o mesmo nome e email.

Douglas Targino
Douglas Targino
Reply to  Fernando Turatti
11 meses atrás

Os meus no naval todos são também, as vezes o debate já tá lá na frente e o meu comentário retido… Parece que é automático os comentários ficarem retidos com o e-mail ou o nome da pessoa

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Douglas Targino
11 meses atrás

Então, eu acabo na maioria das vezes simplesmente desistindo, parece que estou discutindo através de posts no facebook com aquela linha do tempo maluca, ou no instagram.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Fernando Turatti
11 meses atrás

comigo é o inverso. no aéreo as vezes demora um dia pra liberar o comentário, no naval e no forte é quase de imediato (quando não é de imediato)

Filetti
Filetti
Reply to  Alexandre Galante
11 meses atrás

O caminho para isso é criar contas verificadas

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Filetti
11 meses atrás

E como se faz isso?

Kemen
Kemen
Reply to  Alexandre Galante
11 meses atrás

Sem dúvida Alexandre Galante, espero que continuem com seus criterios imparciais, os debates assim ficam mais interesantes.

horatio nelson
horatio nelson
11 meses atrás

não foi dessa vez macron…agora q ja vencemos essa temos q usar isso como alerta e já nos preparar para a proxima ofensiva…temos q ter armas atomicas sim alem de comerçarmos a ouvir mais o q o dr eneas falava…

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  horatio nelson
11 meses atrás

Loucura total. Não faz QUALQUER SENTIDO o Brasil desenvolver armamento nuclear.

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Leandro Costa
11 meses atrás

não faz sentido né…veremos

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  horatio nelson
11 meses atrás

Não faz qualquer sentido. E duvido que você possa me elucidar nesse sentido, mesmo que tente.

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Leandro Costa
11 meses atrás

vc ja tem suas opiniões formadas não adianta…mas somente com nossos equipamentos e pessoal atuais será impossivel evitar o status internacional da amazonia!

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  horatio nelson
11 meses atrás

Muito pelo contrário. Não é apenas com armamento que se mantém um território. É preciso usar o que se tem à mão. Ou simplesmente vai deixar quem quiser entrar por não ter equipamento X ou Y? Isso é covardia alimentada por pânico. Existem formas de agravar a situação, de dar motivo para que os outros queiram entrar e existem formas de dissuadir qualquer invasor de tentar alguma aventura. Mas para começar, o ideal é saber jogar o jogo e tentar parcerias, laços de amizade, etc., ao invés de sair ofendendo chefes de Estado Mundo afora. Outra coisa que seria interessante… Read more »

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Leandro Costa
11 meses atrás

creio q só os eua tem essa capacidade porém o trump não estará la sempre….se for algum democrata se fosse a hillary a conversa de intervenção seria mais concreta…eles querem fazer da amazonia como seria a antartida…porém o fato de a invasão ocorrer não quer dizer q eles vão vencer…temos otimas tropas de selva e muitos brasileiros dispostos a dar a vida pelo brasil….a bomba seria só uma dissuassão para a intervenção não acontecer o q é só questão de tempo.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  horatio nelson
11 meses atrás

E como eles conquistariam a Amazônia? Cercariam ela? Ocupariam ela? Tomariam só um ponto e mandariam não entrar?

Não tem como. É muita raça de gente, é muita logística, é muito material, é MUITO DINHEIRO que seria necessário. Você parece que não tem noção do tamanho da região Amazônica.

É muito, MUITO mais barato, rápido, prático e limpo, continuar fazendo o que eles sempre fizeram quando precisam de algum recurso natural que nós temos. Eles COMPRAM. Até porque nós estamos vendendo.

Simples assim.

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Leandro Costa
11 meses atrás

sei e tenho noção do tamanho da amazonia mais não sei o tamanho da ganancia de certos países.

RENAN
RENAN
11 meses atrás

O Brasil tem que investir em tecnologia para poder ter seu ICBM
Isso pode levar a guerra a todos os cantos do planeta
Para não ter que baixar a cabeça para qualquer um.
Até a Venezuela nós impõem respeito. Lembrando da declaração do presidente “não estamos em condições de enfrentar ninguém.

Claudio
Claudio
11 meses atrás

Bom, a luz de alerta está acesa, muitos acordos devem ser revistos e cancelados, principalmente o acordo de não proliferação de armas nucleares, precisamos escolher entre autonomia ou dependência, soberania ou submissão , Nações como China que muitos criticam por fazer “cópias” e Rússia não temem por retaliações, sanções ou represálias de qualquer tipo porque são hoje grandes e fortes e independentes ao contrário daqui onde abertamente militam submissão, vassalagem, subserviência e entreguismo a estrangeiros.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Claudio
11 meses atrás

Fruto do descalabro da atual administração no Brasil.

2Hard4U
2Hard4U
Reply to  Antoniokings
11 meses atrás

Deve ser né? Todos os armamentos e tecnologias militares desenvolvidos e provisionados nos 16 anos de governos de esquerda, subitamente desapareceram nos pouco mais de 8 meses do atual governo. Sua miopia meramente ideológica é amplamente destituída de racionalidade gerando comentários que nada agregam a discussão.

Antoniokings
Antoniokings
11 meses atrás

E parece que tinha um grupo de fazendeiros bolsonaristas no WhatsApp que planejaram e e realizaram o ‘Dia do Fogo’ na região de Altamira.
Essa região foi a campeã das queimadas.
Vergonhoso.

João Moro
João Moro
Reply to  Antoniokings
11 meses atrás

Isso é ilação, Antoniokings, dizer que eram “um grupo de fazendeiros bolsonaristas”. Ainda está sendo investigado. Pode até ser que descubram que algumas ONGs da amazônia botaram fogo para voltarem a ganhar uma boquinha.

Camargoer
Camargoer
11 meses atrás

Caros Colegas. Algumas coisa precisam ser vistas com alguma perspectiva temporal. Há algum tempo, o governo negava os incêndios e dizia que o INPE estava mentindo ata desestabilizar o governo… depois que os alertas internacionais eram ingerência externa… então mudou a história, e eram incêndios nos pastos… daí eram as ONG vingativas… então mandou dois C130 e disse que vai mobilizar o exército… Fica claro que o INPE estava certo, que o governo subestimou (caso de demissão do ministro do meio ambiente) a crise e que agora corre atrás, mas o estrago já foi feito.

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  Camargoer
11 meses atrás

Tirando que o Presidente é cabeça dura, a enxurrada de fake news e guerra de narrativas deve estar nublando a visão do Governo. acredito que seja de tudo um pouco, desde erros de divulgação estatistica, queimadas reais ciclicas, alguns que aproveitam para queimar mesmo achando que tudo foi relaxado, sabotagens de Ong´s etc…. Mas independente de tudo isto, o Gen. Heleno que me desculpe, gosto muito dele, mas o Depto dele esta falhando em antecipar estas coisas….uma hora é hacker, outra é saltos de estatisticas ideologicas, outra as queimadas reais, etc…dar a informanção de risco real e potencial esta no… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  carvalho2008
11 meses atrás

Olá Carvalho. Concordo com você que o GSI falhou (novamente). O INPE tem a mesma metodologia há anos de avaliação e divulgação de danos. Se algo ficou entranho dentro de uma série histórica, é sinal de alerta. A seriedade da crise pode ser avaliada pela necessidade do presidente entrar em cadeia nacional.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  carvalho2008
11 meses atrás

A Agência Espacial Européia acabou de divulgar que a quantidade de focos de incêndio está quatro vezes maior em comparação com 2018.

Dudu
Dudu
Reply to  Camargoer
11 meses atrás

Camargoer:
A desculpa do cego é a bengala.

Art
Art
Reply to  Camargoer
11 meses atrás

Lembre-se também que 30% dos recursos das FFAA foi contigenciado, o recurso dos C-130 pode ter sido pois é mediante convênio com o MMA. Devem ter mandado a aeronave sem o recurso, ou adiantaram a passagem de recurso.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Art
11 meses atrás

Caro Art. O governo tem mecanismos para uso emergencial de recursos. Além disso, esse seria um caso no qual a MP seria bem aplicada. Mesmo que fosse necessário a aprovação do Congresso, é o tipo de matéria que teria unanimidade. Eu tenho uma enorme dificuldade de minimizar esse caso.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Art
11 meses atrás

Os recursos necessários à atuação das FFAA foram liberados quase que automaticamente.

João Moro
João Moro
Reply to  Camargoer
11 meses atrás

Camargoer, não dá para acreditar numa estatística de desmatamento que era para revelar o desmatamento de um mês e o pessoal colocar dados de um ano inteiro! apesar desse ranço com o governo atual, temos que melhorar nossa capacidade coletar dados mais precisos. Se não tivermos dados precisos, além de manchar mais ainda a imagem do brasil no exterior (até dando motivos para intervenções externas), criam programas mais efetivos contra o desmatamento ilegal.

Camargoer
Camargoer
Reply to  João Moro
11 meses atrás

Caro João. Eu preciso estudar com mais profundidade a metodologia do INPE antes de dizer que estaria certa ou errada. Contudo, há anos eles usam essa metodologia o que cria uma série histórica. Nesse caso, é possível comparar dados novos com os antigos. O INPE identificou um aumento na taxa de desmatamento (talvez indicando problemas na fiscalização do Ibama). Dada a repercussão dos incêndios, acho difícil negar que existe uma crise. É preciso lembrar que o presidente foi em cadeia nacional, para mostrar a gravidade da situação. Hoje li que houve uma ação coordenada para inciar incêndios criminosos no início… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Camargoer
11 meses atrás

Camargoer, eu não acho nem grave os incêndios em si. Acho que infelizmente é uma tendência de todos os governos anteriores subestimarem os incêndios e seu impacto ambiental. Acontece todos os anos e apenas medidas pequenas, paliativas ou simplesmente ‘for show’ são feitas todo santo ano. A minha preocupação foi a resposta do governo. Informações desencontradas, demissões, respostas infantis, total falta de temperamento no trato internacional que pode nos custar acordos, divisas, etc. Foi de um amadorismo impressionante, e a reação foi tão morosa e uma mudança de discurso tão absolutamente radical que me levam à crer que esse governo… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Leandro Costa
11 meses atrás

Caro Leandro. Acho que são duas coisas. De um lado, temos o problema ambiental real. Tem um estudo do BNDES que sugeri em outro post (As florestas e o painel de mudanças climáticas da ONU) que apresenta a complexidade da preservação da florestas no Brasil. Eu ainda me surpreendo quando se coloca a discussão ambiental como um debate ideológico. Do outro são as ações do governo federal. Concordo com você que o Itamaraty falhou em grande parte devido ao comportamento do ministro das relações exteriores, mas também falhou o GSI, ministério da Justiça e o do meio-ambiente (qualquer presidente já… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Camargoer
11 meses atrás

Eu concordo. Não digo que há problemas ambientais, mas sim que já são plenamente conhecidos faz muito tempo. Todo o governo respondeu à essa crise de forma errada e extremamente ineficiente que contribuíram para o caos que estamos presenciando. Também acho ridículo usar ideologia para se abordar o problema, porque não se apaga fogo chamando ele de comuna ou passando o balde da culpa por aí. Nunca realmente tivemos um plano de estado para desenvolvimento e integração da região amazônica. Ela foi crescendo e se desenvolvendo de diversas formas e planos de governo, mas nada realmente de longo prazo, com… Read more »

Marcos10
Marcos10
11 meses atrás

Estamos em um ano de poucas chuvas, somando-se o fato de que estamos em agosto, portanto nas regiões centro oeste e fronteiriças da Amazônia temos o auge da época da seca – nessas regiões há apenas duas estações, de chuva e de seca. Portanto é natural haverem queimadas nessa época. Há excesso de que estão destruindo a Amazônia? Sim, há excessos. Se considerássemos as informações da mídia, a Amazônia não mais esistiria. Isso não é a realidade. Bolsonaro diz bobagem? A resposta é não. Ele simplesmente diz na “lata” o que pensa e em boa parte é verdade. E a… Read more »

Dr. Telêmaco
Dr. Telêmaco
11 meses atrás

Os estrangeiros cobiçam a Amazônia há décadas. Vamos desenvolver ICBM’s para que pensem mil vezes antes de tentarem tomá-la de nós.
Franceses, alemães, noruegueses, tirem o olho!
Temos direito de devastá-la sozinhos e não abrimos mão disso.

Claudio
Claudio
Reply to  Dr. Telêmaco
11 meses atrás

“Eles não querem o BEM da Amazônia eles querem os BENS da Amazônia.”

-Dr. Enéas.

Thiago Aiani
Thiago Aiani
Reply to  Dr. Telêmaco
11 meses atrás

“Temos direito de devastá-la”
Nao , t não temos direito devastar, temos direito de proteger e criar um desenvolvimento sustentável. É ” nossa ” , um presente que nos foi feito pelo nosso criador e nosso dever é cuidar .

2Hard4U
2Hard4U
Reply to  Dr. Telêmaco
11 meses atrás

Não temos que devastar nada!!! Temos que explorar os vastos recursos naturais existentes no subsolo amazônico, gerando riquezas e empregos, bastando para tanto aplicar nossas leis ambientais, além de uma efetiva fiscalização por parte do poder público e cobranças da população.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Dr. Telêmaco
11 meses atrás

Se desenvolvermos ICBM’s, que sejam feitos de LEGOs, porque assim me sinto mais seguro.

Se é para postar loucuras, também posso 😉

Dr. Telêmaco
Dr. Telêmaco
Reply to  Leandro Costa
11 meses atrás

Como eu disse: vamos desenvolver até bomba de nêutrons e torpedos fotônicos. Vamos comprar o super radar soviético queimador de ECM inimigas. Temos que empregar todos os esforços para conservar o nosso direito sagrado de destruir sozinhos a nossa querida floresta.

carvalho2008
carvalho2008
11 meses atrás

Eu sou Fã de dirigiveis e já escrevi muito sobre isto. Para o caso brasileiro, cabem como uma luva para sensoreamento, patrulha e até AEW, quer seja no oceano azul de nossa ZEE ou no Oceano verde da Amazonia… Um gigante 747 Firefighting carrega ate 70 ton de agua e substancias anti incendio. Mas um Airship Hibrido, pode facil facil carregar 200 ton e trabalhar praticamente 24 horas por ate 15 dias ininterruptamente….. Velocidades de 120km a 200 km/h…. pode inclusive e desde que equipado com os sensores corretos, identificar um inicio de queimada e ter ao mesmo tempo a… Read more »

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  carvalho2008
11 meses atrás

comment image

Thiago Aiani
Thiago Aiani
Reply to  carvalho2008
11 meses atrás

Achei muito interessante a primeira proposta para a Marinha.

Marcos R.
Marcos R.
Reply to  carvalho2008
11 meses atrás

Carvalho, a ideia é bem interessante, só tenho dúvidas do comportamento de um objeto mais leve que o ar sobre chamas, levantou-se em conta que mesmo aviões encontram grande dificuldade para voar nessas condições.

Marcos10
Marcos10
Reply to  Marcos R.
11 meses atrás

Inclua aí o tempo para pousar e recarregar com água.

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  Marcos10
11 meses atrás

justamente por pousar em modo STOL ou vertical, é que a operação de reabastecimento é largamente favorecida e abreviada. Dei o exemplo do 747 firefighter o maior avião bombeiro do mundo. Quais as pistas homologadas para ele na região? E quando pousa, qual a infraestrutura para alocar ali as 70 ton de neutralizante +agua? O dirigivel seria mais rapido e uma taxa de persistencia ininterrupta absurdamente maior. Qualquer lago ou braço de rio proximo a alguns km poderia dar suporte. Um dirigivel hibrido pode ser tão rapido quando um heli em alguns perfis de voo….os antigos charutoes com ridiculos 600… Read more »

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  Marcos R.
11 meses atrás

Dirigiveis hibridos possuem um perfil de voo por sustentação, não funcionam exatament como os antigos que seria por “elevação”….são hibridos justamente por possuir um perfil de efeito “asa” tal como avião…

São maiores, bem maiores que aviõese em velocidade, a turbulencia é minimizada…

João Moro
João Moro
11 meses atrás

É nítido a cobiça dos países desenvolvidos pelas reservas minerais da amazônia e que eles utilizarão qualquer brecha para motivar suas intenções. O que eu fico p… da vida é com essa mídia tradicional militante que quer derrubar o governo atual de qualquer jeito que dá essas brechas para os estrangeiros. O Macron falaria nada se a nossa mídia nacional não tivesse inventado esse discurso falacioso que o governo atual tá nem ai para o meio ambiente, que está havendo um “Apocalipse incendiário” da floresta amazônica e não fizesse esse massacrasse no noticiário com essas baboseiras militantes…

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  João Moro
11 meses atrás

Se a resposta do governo brasileiro tivesse sido adequada, teriam desarmado essa crise no primeiro dia.

João Moro
João Moro
Reply to  Leandro Costa
11 meses atrás

Não, porque a mídia continuaria a criam problemas que não existe ou não da intensidade de que falam.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  João Moro
11 meses atrás

Tá, mas isso vai acontecer SEMPRE. Se não for o meio ambiente, vão achar alguma outra coisa e por aí vai. Isso NÃO VAI MUDAR. Então é bom o governo aprender à ser realmente eficiente e aprender à lidar com essas coisas, senão é melhor pedir as contas logo, porque se eles não aguentarem a pressão, vão ter mais e mais problemas.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
11 meses atrás

De um lado soberania nacional do outro entrega do patrimônio nacional…Assim fica difícil….Em um momento “não temos dinheiro pra salvar a Amazônia” e algumas horas depois “aviões e vários militares em ajuda a Amazônia”….

O que está em jogo é uma queda de braço sem fim entre corrupção e a soberania nacional…!!!…

Peter nine nine
Peter nine nine
11 meses atrás

Para o bem do bem estar diplomático brasileiro, convém, depois da inacção de bolsonaro, filmar tudo o que envolva combater incêndios a partir de agora 🙃

Alfredo RCS
Alfredo RCS
11 meses atrás

“Incêndios” ou queimadas??? Existe uma diferença enorme entre os dois.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Alfredo RCS
11 meses atrás

Olá Alfredo. A “queimada” é um evento intencional, não há dúvida. Por outro lado, o “incêndio” engloba todos os casos, intencionais, acidentais, dolosos e criminosos. Pelo que entendi, julho/agosto/setembro são meses secos, quando ocorrem diversos casos de focos de incêndio que eram monitorados e combatidos. Os portais de notícias têm informado que este ano ocorreu uma ação coordenada de incêndios criminosos, criando uma grande confusão sobre a origem. Talvez o mais assustador foi que o governo federal foi informado, pelo menos por um governador da região, sobre a existência de grupos planejando os incêndios. Nesse ponto, pelo menos 3 ministérios… Read more »

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Camargoer
11 meses atrás

De fato, o GSI tem tomado muito “Olé” …..

Kemen
Kemen
11 meses atrás

Demoramos muito a agir, o governo deu pouca importância a preservação da natureza, aqueles que dão os alarmes dos problemas foram demitidos. Depois os alarmes e as comprovações dos problemas vem do exterior, vergonhoso. Não devemos tampar o Sol com a peneira, vamos evitar a falacéia estrangeira que se escuta todo dia, a Amazônia é nossa? Sim! Dariamos a vida por ela, mas vamos mante-la como se deve, com crescimento ordenado sem o roubo de suas preciosas madeiras e suas queimadas, a Amazônia sem árvores vira um semi árido deserto. Não é improvavel que madeiras estejam sendo exportadas ilegalmente, vamos… Read more »

Legionnaire
Legionnaire
11 meses atrás

Que esse “rolo” todo nos sirva de lição! Vamos transformar a Amazônia no maior quartel do mundo. Vamos transferir as unidades militares que “pululam” no sul e sudeste para as regiões norte e centro oeste.
Vamos investir em bases fluviais espalhadas por essas regiões, investindo em uma poderosa flotilha de água doce.
Já não faz sentido uma marinha “luxuosa e luxenta” abancada no Rio de Janeiro.
E vamos expulsar essas ONG’s estrangeiras da NOSSA floresta!

nonato
nonato
11 meses atrás

A trilogia poderia ter uma equipe na Amazônia dando cobertura 24 horas das queimadas e das ações das forças armadas.
Inclusive dando detalhes do trabalho desses aviões.
Quantas vezes decolou, quantos litros despejou, se deu resultado, quantos focos existem etc.

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  nonato
11 meses atrás

Para que Nonato, estes dois aviões não vão apagar incêndio nenhum, é só para mostrar uma ação, incêndios desta proporção vão se apagar quando começar a chover.
Os ecologistas daqui e da Europa que se F….., vão arrumar o que fazer.

fresney
fresney
11 meses atrás

Gostaria de saber quantos C-130 que podem operar como bombeiros ao mesmo tempo e nosso KC-390 algum teste como bombeiro?? Bem que podíamos pegar alguns aviões bombeiros emprestados.

Reginaldo Abelar Borges
Reginaldo Abelar Borges
11 meses atrás

Pessoal eu estava lendo no site argentino Zona Militar,sobre o sistema MAFFS 2,sendo enmpregado pela Fuerza Aérea Colombiana no combate a incendios,sería uma boa matéria, a ser abordada pelo Poder Aéreo,como por exemplo a vantagem,dele sobre o MAFFS I ,e a viabilidade da instalação dele no KC-390 ,já que ele pode ser empregado usando a porta lateral para para-quedistas dos Hércules.