Home Aviação de Caça Primeiro Gripen E brasileiro completa seu primeiro voo

Primeiro Gripen E brasileiro completa seu primeiro voo

22152
274
O primeiro Gripen brasileiro (clique na imagem para ampliar)

A Saab completou hoje um bem-sucedido primeiro voo com o primeiro caça Gripen E Brasileiro. Às 14h41 (horário de Linköping; 9h41, horário de Brasília), em 26 de agosto, o Gripen E, designado 39-6001, decolou em seu voo inaugural, conduzido pelo piloto de testes da Saab, Richard Ljungberg. A aeronave operou a partir do aeródromo da Saab em Linköping, na Suécia.

A duração do voo foi de 65 minutos e incluiu testes de manobrabilidade e qualidade de voo em diferentes altitudes e velocidades. O principal objetivo foi verificar que o comportamento da aeronave estava de acordo com as expectativas.

“Este marco é um legado para a grande parceria entre a Suécia e o Brasil. Menos de cinco anos após a assinatura do contrato, o primeiro Gripen Brasileiro alçou seu primeiro voo”, disse Håkan Buskhe, Presidente e CEO da Saab.

Este é o primeiro Gripen brasileiro produzido e será utilizado como aeronave de testes no programa de ensaios em voo. A principal diferença em comparação com as aeronaves de teste anteriores é que o 39-6001 dispõe de um cockpit com layout totalmente novo, com a tela panorâmica, chamada Wide Area Display (WAD), dois pequenos Head Down Displays (sHDD) e um novo Head Up Display (HUD). Outra relevante diferença é um moderno sistema de controle de voo (do inglês flight control system – FCS) com atualizadas leis de controle para o Gripen E. Ele também inclui pequenas modificações no hardware e no software.

“Como piloto, foi uma grande honra voar o primeiro Gripen E Brasileiro, pois eu sei o quanto isso representa para a Força Aérea Brasileira e todos da Saab e de nossos parceiros brasileiros. O voo foi tranquilo e a aeronave se comportou exatamente como vimos nas bancadas de testes e nos simuladores. Esta também foi a primeira vez que voamos com o Wide Area Display no cockpit e estou feliz em dizer que minhas expectativas foram atendidas”, disse o piloto de testes da Saab, Richard Ljungberg.

A aeronave 39-6001 irá se juntar ao programa de testes comum para futura expansão de envelope, assim como ensaio dos sistemas táticos e sensores.

Na Força Aérea Brasileira, a aeronave será designada como F-39 e terá a matrícula 4100.

DIVULGAÇÃO: Saab

274 COMMENTS

      • Afff… Vai começar a ladainha novamente… Por acaso, alguém sabe o significado da palavra Brasil? Quando descobrirem vão querer trocar o nome do país também?

          • Ahhh.. o verde representa a casa de Bragança, origem da família de D.Pedro I. O Escudo do Império tinha em seu centro a Cruz da Ordem de Cristo (o mesmo símbolo usado nas caravelas e nos aviões da força aérea de Portugal), que é vermelha, e representava o cristianismo, já que o catolicismo era a religião oficial do império. Espero ter decepcionado alguns.

          • Ola Carlos. Sou republicado por razões iluministas, mas o fato da primeira imperatriz brasileira ter sido uma Habsburgo é fundamental para a compreensão do que foi o Brasil, do que é o Brasil, e do que poderia ter sido o Brasil.

          • Acho que o vermelho que o comentário acima se refere é o vermelho do comunismo/socialismo. Espero ter “desdecepcionado” alguns.

          • kkkkk, verdade…. cara, ao ler teu comentário, e concordar plenamente com ele, quero aproveitar o ensejo e lhe pedir, de coração, desculpas por muitas bobagens e insultos que acometi vossa pessoa: Minhas sinceras desculpas! espero que vc esteja bem, e não deixe de combater, nunca, esta merda vermelha, coisa que eu passava pano…agora não mais!

          • Se dependesse dele, teria sido o Rafale, mais caro no preço das aeronaves e no suporte de operação. Até a Índia paralisou o processo de compra, por achar muito caro…

      • Só se o Brasil voltar a ser uma monarquia, com a bandeira imperial. Ela continha o vermelho, resquício do brasão de armas português.

      • Tony sou meio desligado
        De onde se tirou a ideia que a bandeira é vermelha?
        Eu aprendi na escola que tem branco, verde, amarelo, azul.
        Não tem vermelho, preto, roxa, roxo, cinza, laranja, etc.
        Tem ou teve algum projeto de lei para mudar as cores da bandeira?
        Por favor me explica

      • Até que poderia ter o encarnado no “Ordem e Progresso” Representando o sangue derramado de todos os heróis que nos honraram, defendendo a pátria mãe Brasil.

          • Vai deixar o lema de quem deu golpe na monarquia e a retirou do país? LOL!

            Tem coisas que leio que é duro de acreditar heheheh

          • Caro Leandro. Esse é um dos problemas que trazemos com nossa história. O império era tido pela população como referência institucional. A República foi o resultado de um golpe de estado, não de uma revolução burguesa, como ocorreu na França e até mesmo na independência dos EUA. A queda da monarquia ocorre para preservar os privilégios da aristocracia agrária. Mutatis mutanti, o Brasil é o que o sul confederado teria sido caso tivesse conquistados independência

          • Eu nunca tinha me atentado para as similaridades com uma hipotética vitória Confederada, mas é, imagino que seja basicamente isso aí mesmo. Também aproveito para dizer que não sou Monarquista em qualquer sentido, sempre achei que o Poder Moderador era algo importante demais para ser deixado nas mãos de uma pessoa só e sabendo perfeitamente que poderíamos implantar eventualmente o mesmo sistema parlamentarista de outras monarquias Mundo afora, mas veja bem como o sistema dos Três Poderes aqui no Brasil funciona que é uma maravilha também, né? Ou não…

          • Olá Leandro. Eu também sou republicano por razões ligadas ao iluminismo, ao humanismo e à democracia. Defendo que todos nascem iguais em direitos e que é dever da sociedade garantir isso. O Brasil foi da escravatura para a indústria sem passar pela revolução burguesa. Talvez essa seja dificuldade brasileira de conviver em um regime democrático.

          • Sim, parece que estamos sempre tentando pular etapas de desenvolvimento. Seja social, econômico ou tecnológico e acabamos com ‘uma versão de…’ o que quer que seja.

            Falando nisso vou tentar procurar o contrato social que supostamente assinei quando nascer. Deve haver algo de errado nele hehehehe

          • Amigos uma republica é onde o povo é soberano governando o estado por meios de representante, com base nessa afirmação, onde podemos dizer que o brasil realmente foi republicano? na republica onde nos últimos 95 anos apenas 5 presidentes eleitos por votos direto terminaram seus mandatos, ou na monarquia do Imperador Dom Pedro II, onde os 3 poderes funcionavam com a moderação do Imperador, onde o líder supremo seguia a constituição a risca, onde as instituições do estado realmente funcionavam, onde as eleições eram regulares, onde realmente havia estado de direito? eu acredito que o período do segundo reinado foi muito mais republicano (no verdadeiro sentido da palavra) do que todo o período republicano. Sds.

          • Ola Plínio. Uma república pode ser uma ditadura ou um estado de exceção. República não é sinônimo de democracia. Uma democracia é caracterizada pela soberania popular, Estado de direito, livre organização política e garantia dos direitos humanos. Eu tenho certeza que o Brasil é uma república. minha dúvida é sobre ser uma democracia.

      • Tomcat sabe qual o projeto de lei que tentou mudar a cor da bandeira?
        Tem notícias na trilogia falando o motivo de mudar para vermelho?
        Não sei de onde sai estas besteira
        Deve ser para vender mais
        Pois imagino que deve ter 100 milhões de bandeiras do Brasil no mundo.
        Se pintar de outra cor vai ter muita gente para comprar bandeira.
        Deve ser igual a lei do kit médico no carro
        Ou a lei do extintor só para gastar dinheiro

    • Sim muito linda!
      O VERDE representa nossas matas e esta arriscado a ficar sem representação com o passar dos anos. O AMARELO representa o nosso ouro que a tempos grande parte vem sendo extraida ilegalmente e vendido para fora do pais também de forma ilegal, o AZUL representa o nosso céu, onde se viam as estrelas nas grandes cidades e agora só longe delas e, se não houverem queimadas por perto, o Cruzeiro do Sul aliás era bem visivel, agora ocasionalmente. Assim nossos pais foram ensinados na escola primária. Antes das aulas, as turmas ficavam enfileiradas e cantavam o hino nacional, antes de entrar na sala de aula, hoje muitos brasileiros desconhecem as letras do HINO NACIONAL, quem dira sobre os outros nossos hinos. HINO DA BANDEIRA – “Salve lindo pendão da esperança, salve lindo simbolo da paz, sua nobre presença a lembrança da pátria nos tras… “

    • Pintura promocional, servindo para “introduzir” a pintura pixelizada.
      A despeito disso, sensacional o fato de ter voado tanto já e parecer estar bem funcional! Só vem!

      • Do mais, essas imagens de decolagens feitas com celular chegam a ser desrespeitosas dado a importância do momento. Desfocadas, com as distorcidas, o áudio péssimo, um horror. Capricho que fala né.

    • Tecnicamente… a gente usa uns verdes meio diferente do Oliva e que “vareia” de tom de acordo com o local, quando foi pintado, o tempo que o avião fica no sol, entre outros fatores.

      Já teve caça da FAB que o verde ficou tipo um verde-lodo-fundo-caixa-dagua, e outros que desbotou tanto que quase virou um cinza rsrs.

      De todo modo, esses aviões camuflados da FAB são phod@ de ver em voo (visto de cima pra baixo), ou seja, a camuflagem atual funciona. É feia, mas funciona.

  1. Quanto a pintura, ela deve ter sido pensada para uso antes da entrega à FAB. De qualquer forma não me preocupa quais as cores e o padrão a ser adotada. deixo isso para os profissionais da FAB.

  2. Estou ansioso para vê-lo na base de Anápolis , agora a tendência é as coisas caminharem mais rápido…os suecos são conhecidos por serem mais do que pontuais.

    • Está ótimo este programa com os suecos! No prazo e com transferência de tecnologia. Tudo nos conformes. Parabéns a FAB (mas a pintura não vai ser esta aquele verde mesmo, vão ver!)

  3. Curioso que mesmo neste primeiro voo o trem de pouso tenha sido recolhido. Talvez a prática de não recolher o trem de pouso no primeiro voo de uma aeronave não seja mais de praxe?

    • Exatamente! Beira a falta de responsabilidade levar tantos anos para substituir os Mirage! Deveriam ter comprado um tampão, mesmo que usado e em pequena quantidade!

        • Caro Leandro. Perfeito. Eu teria preferido a escolha e aquisição de um esquadrão de F39C/D no segundo mandato de FHC. Os F5E/F teriam sido substituídos pelos Gripen sem a necessidade da modernização (o ambiente BVR teria sido introduzido na FAB pelo F39C), talvez a FAB já estaria hoje com uma centena de caças (nem os jordanianos teriam sido comprados). O Brasil seria o segundo maior operador do Gripen e era muito provável que o F39E estaria sendo desenvolvido em conjunto pelos dois países, como veio ocorrer.

          • Teria sido bom sim. Mas na época, principalmente depois do recebimento do São Paulo, eu realmente estava mais focado no Rafale. Era totalmente Francês, sem componentes externos que pudessem gerar algum embróglio com exportação, já existia uma versão naval, que inclusive foi a primeira à entrar em operação, e já havia feito testes de adequação no então Foch, mesmo que para operação plena necessitassem de ‘alguns’ ajustes que, imaginava eu, poderiam ser feitos ao longo do tempo.

            Achei que a proposta da SAAB era interessante, porém também acreditava que seria a que poderia dar mais errado. Não apenas em relação à diferente origem de diversos dos componentes da aeronave, mas eu achava o caça limitado demais. Para que fosse mais eficaz, imaginava que uma quantidade maior de aeronaves fosse ser necessária para que fosse mais eficiente, e o Brasil jamais iria arcar com os custos de uma compra de maior volume.

            O tempo me mostrou bem errado e sinceramente me achei bastante inocente hehehehe

        • O Rafale (da short list de três finalistas) e o Su-35 (da fase inicial, de seis concorrentes) são, por larga margem, os dois maiores “fazedores de viúvas” do F-X2.

          • Nunão, Rafale e Su-35 e até mesmo o SH são fazedores de viúvas talvez por serem aeronaves superiores ao Gripen, acho isso normal, o Japão é até hoje viúva do F-22 mesmo tendo o F-35.

          • Maurício, pode até ser para a percepção de parte das “viúvas”, algumas com argumentos técnicos muito válidos, com histórico de discussões bem embasadas, mas muitas outras por torcida mesmo ou por motivos de gosto, beleza, os mais variados.

            Só que uma grande parte, no caso do Rafale e Su-35, torcia para ambos por pura ideologia, dentro da briga política de fla-flu que só piorou de lá pra cá.

            Lembro que, no 7 de setembro de 2009 e dias seguintes, quando o então presidente Lula fez o famoso anúncio de que o caça seria o Rafale (sem esperar o final do relatório da FAB), não faltou gente aqui no Poder Aéreo cantando a Marselhesa nos comentários, de tão excitados (isso não é uma metáfora, trechos da letra do Hino Francês foram escritos em diversos comentários).

            Alguns pelo jeito continuam cantando. Outros devem estar meio engasgados, eu acho.

          • Nunão, eu sei que existia e ainda existe torcidas apenas por questões ideológicas, lembro bem dos debates da época do F-X2, por isso que no meu comentário eu coloquei um “talvez”, só não acho muito legal esse termo “fazedores de viúvas”, só serve para colocar lenha na fogueira, infelizmente a maioria não gosta de determinado avião apenas porque é de um país x ou y, as questões técnicas quase sempre são deixadas de lado.

          • Concordo e eu sou um dos viúvos do Rafale. Mas eu sabia que qualquer uma das três aeronaves finalistas seria ótimo. Todas são excelentes aeronaves. Confesso que fiquei MUITO surpreso com o nível de parceria com a SAAB e o nível de transferência de tecnologia. Então acho que sou um fã convertido do Gripen.

          • Olá Leandro. Sempre deixei claro que eu torcia pelo Rafale na FAB por razões emocionais, mas reconheço que o F38E/F é a decisão mais racional (engraçado que eu torcia pelo F39C/D no FX também por ser a escolha mais racional para a FAB).

    • Eu sou viúva de F 18SH, mas… estou tremendamente orgulhoso e ansioso para que esses próximos 24 meses passem o mais rápido possível. Que venha o Gripen!!!

  4. Gostei bastante da pintura (claro que a do estabilizador é comemorativa)!
    Mas por mim, do ponto de vista puramente estético, poderiam fazer uma versão integralmente nos tons de verde do estabilizador.
    Que venham as maquetes com essa pintura para eu comprar!

    • Cara eu pensei nessa mesma linha: Será que pegaram emprestado as asas de algum “E” Sueco? Acredito que ficaria bem mais bonito o pixelado na fuselagem central também. Mas esse é só o primeiro modelo, veremos como os próximos sairão da linha de montagem.

      De toda forma, belíssima aeronave e como aguardei por esse momento!

    • Único atraso pode ser o recebimento dos demais JAS-39E/D por falta de pagamento, como já ocorreu com os últimos 3 helicópteros militares Mil Mi-35M recebidos pela FAB e que ficaram estocados 3 anos na Rússia por falta de pagamento

  5. Está confuso, afinal essa aeronave será integrada as da FAB ? Geralmente qdo é de testes isso não acontece então porque está com numeração e pintura da FAB ?

    • Essa aeronave não é de testes. Ela é um Gripen E que a FAB de fato utilizará. No entanto, alguns testes foram realizados com esta aeronave, como é normal antes da entrega de qualquer aeronave, especialmente no início da produção dos Gripen E.

      • Além disso, como a matéria deixa claro, esta e as próximas aeronaves que sairão do forno, virão com algumas modificações que precisarão ser testadas.

        “A principal diferença em comparação com as aeronaves de teste anteriores é que o 39-6001 dispõe de um cockpit com layout totalmente novo, com a tela panorâmica, chamada Wide Area Display (WAD), dois pequenos Head Down Displays (sHDD) e um novo Head Up Display (HUD). Outra relevante diferença é um moderno sistema de controle de voo (do inglês flight control system – FCS) com atualizadas leis de controle para o Gripen E. Ele também inclui pequenas modificações no hardware e no software.”

    • Está no texto, Space Jockey:

      “Este é o primeiro Gripen brasileiro produzido e será utilizado como aeronave de testes no programa de ensaios em voo.”

      Tem muita coisa para validar em testes de voo e essa aeronave fará isso. Depois deverá se juntar aos demais que serão entregues para operação nos esquadrões da FAB.

  6. Acredito que esses dois padrões de pintura, sejam para verificar como ficariam camuflagens para as duas forças. O verde do estabilizador central para os modelos E e F da FAB, e o cinza azulado das asas e canards para um possível modelo M da MB.
    Se for, o modelo naval ficaria mais bonito na minha opinião. Show de bola.

  7. Queria que o avião todo fosse pintado nas cores do estabilizador vertical, esse padrão pixelado e essas tonalidades de verdes ficaram incríveis!

    • Só a tonalidade mais clara do padrão verde, que me pareceu um pouco chamativa de mais, brilhante, muito clara, sei lá, mas talvez seja só impressão pela alteração que a foto sofreu.

  8. Lindo assim mesmo! Ansioso pela pintura operacional definitiva! E q venham logo! Q traga todo o progresso e soberania q precisamos!

    • Provavelmente o resto da aeronave será pintado no padrão digital das asas. A bandeira do Brasil deve ser só nesse, antes de entregar.

  9. realmente a pintura ficou linda, pena ser comemorativa.
    Poderiam fazer uma pintura em estilo negativo da bandeira e manter essa pintura.

  10. É apenas um palpite….
    Eu acho que vamos ter surpresa no 7 de setembro
    KC-390 x GRIPEN F-39 NG
    Muitos críticos iam morrer de inveja !

  11. Gostei da estrela, como a existente nos tempos dourados da FAB, a pintura não é a mais recomendada pois passa a impressão de fragilidade, embora seja um caça moderno e eficiente. Vale ressaltar que em tempos de guerra a camuflagem de uma aeronave é importante para a segurança dela e dos pilotos, mas em tempos de paz, como é o caso do Brasil que no momento não existe nenhuma ameaça de conflitos, é importante uma pintura que imponha respeito. É só compara dois tanques de guerra, um na cor branca e outro de cor verde escuro. Qual dos dois aparenta ser mais perigoso, psicologicamente, embora eles sejam iguais? E qual dos dois tem a pintura ideal para operações em regiões de neve.

  12. SHOW !!! meu Parabéns a todos envolvidos, parabéns a FAB , parabéns para Brasil, e
    destaco esta parte da matéria:

    “Este marco é um legado para a grande parceria entre a Suécia e o Brasil. Menos de cinco anos após a assinatura do contrato, o primeiro Gripen Brasileiro alçou seu primeiro voo”, disse Håkan Buskhe, Presidente e CEO da Saab”.

    E que venham os outros , é um marco, e o começo de uma nova era na FAB.

  13. Parabéns à todos os envolvidos, a SAAB, as empresas brasileiras que participam, à FAB e à todos nós brasileiros.
    É para comemorar. Um caça de 4a geração Plus fantástico e com uma pintura comemorativa Linda.
    Sensacional.

        • As nossas Forças Armadas são instituições que zelam pelo bom senso…e pela sua capacidade dissuasória, vivem num repleto “estado” de calma. Que venham logo.

          • Espero que vivam mesmo num repleto estado de calma. Eu lembro bem de um Almirante da USN chamado Ghormley. Ele era o comandante americano do teatro do Pacífico Sul e era o cara que estava em comando do teatro de operações durante a invasão de Guadalcanal. Ele enviou uma série de relatório de situação para Nimitz, no qual exigia um nível de recursos surreal para fazer frente aos japoneses. Fora diversas outras falhas de liderança, Nimitz e Ernie King consideraram que Ghormley estava à beira do pânico e isso influenciaria não apenas o sucesso das operações em si, como também a moral daqueles que comandava. Foi sacado e substituído por Halsey. O resto da História, já é bem conhecida.

            Considero todo mundo berrando por meios X ou Y exatamente da mesma forma. Beirando o pânico.

  14. Será que desfocaram a imagem para não aparecer o IRST? Não consequi ve-lo instalado. Acho que só em uma fase posterior vão instala-lo.
    Quero ver um deles no 7 de setembro de 2021 com o IRST os Meteor o o Storm shadow.

  15. A FAB vai ficar muito chique….(e poderosa)
    F 39E+Meteor, + A-Darter+Storm Shadow/KEPD 350, + E 99M+KC 390+ rede de satélites de baixa altitude+ Capacidade de Revo para Helicópteros…
    Só faltou mesmo(na minha opnião) uns 8/10 CH 47D(com sonda REVO)

  16. Meu Deus! Quanto tempo para chegar até aqui! Acho que foram quase 2 décadas. É quase inacreditável… É uma mistura de alegria e frustração. Enfim teremos um caça. Mas não poderia demorar todo este tempo. É inaceitável.

  17. bom…já que teria uma bandeira na cauda, mesmo que promocional, deveriam ter colocado a mesma dos super tucanos da esquadrilha. Ficaria melhor, a bandeira tremulante. desculpe a opinião.

  18. L I N D O!!!!!!! E com a bandeira naquele tom de verde simplesmente lindo!!! Peito explodindo de orgulho. Pátria amada. muitos arrancando os cabelos de inveja e ódio e vice-versa. B R A S I L!!!

  19. Rapaiz… se esse esquema de verde pixelizado do leme se estender para o resto da fuselagem… VAI FICAR SHOW!!!!

    Só será ruim pra quem curte plastimodelismo rsrs. Imagine ter que reproduzir uma camuflagem dessas? Vai ser bem difícil rsrs.

  20. Muito bonito, mas esse também não vira, que pena. Esta demorando muito, o bom é que vai ser super testado em tudo o importante é ser perfeito em tudo. Sem saudades do Rafale, esse Gripen E valeu!

  21. Rapaiz… se esse esquema de verde pixelizado do leme se estender para o resto da fuselagem… VAI FICAR SHOW!!!!
    Hummm, não sei não.
    Bem, não entendo nada disso!
    Vou esperar a FAB decidir.

  22. A pintura nas asas e canards já indica como serão os aviões da FAB quando entregues. O corpo em pintura sueca mostra que ainda está em testes, nas mãos da SAAB. Vai ficar lindo pixelizado por inteiro, com o brasão da FAB em verde-amarelo, como antigamente. Parabéns a FAB e a todos os envolvidos!

  23. Ah.. Eu lembro quando falavam que não tínhamos comprado uma aeronave e sim um projeto.
    Que poderíamos ter o mesmo problema que tivemos com a Ucrânia ou que atrasaria nos obrigando a comprar caças tampão.
    Bom, acho que pelo menos esta história teve e está tendo um final feliz.

  24. Coloquei de papel de parede antes de ler a reportagem.
    Que coisa linda! Que grata surpresa!
    A única crítica é que faltou o Brasão Imperial.

  25. Não era o meu favorito no F-X2, mas para a FAB já tá mais do que bom, gostei do cocar da FAB colorido novamente, pena que nas aeronaves operacionais o cocar vai voltar para o padrão de baixa visibilidade.

  26. Desculpem se pareço chato.
    Mas acho essa situação estranha.
    Voa o primeiro gripen brasileiro. Mas só vamos receber em 2021.
    Por que tem de ficar 2 anos testando?
    Se está em testes, não é nosso primeiro avião, mas uma espécie de protótipo, que já vamos receber bem “rodado”.
    Se não está pronto, por que dizer que é nosso primeiro avião?
    Isso parece garçom de restaurante a lá csrte.
    O prato vai demorar.
    Mas começa colocando guardanapos, talheres, pratos para o cliente não perceber a demora. Não vejo rapidez nenhuma em um avião que quase foi comprado em 2009, a decisão saiu em 2013 e vamos começar a receber em 2021 a conta gotas.

    • Na Nonatoer o avião é fabricado antes do cliente assinar o contrato.
      E o primeiro exemplar é entregue apenas alguns dias após ser fabricado. Basta um voo de teste e a aeronave está devidamente certificada e operacional.
      Mísseis e bombas são cortesia da fabricante.
      Nonatoer. Aviação sem complicação.

    • Nonato.
      Pesquise matérias anteriores e analise os comentários.
      O cronograma já foi questionado várias vezes.
      Lá você encontrará as respostas.

  27. É uma excelente aeronave na sua categoria, e reunia a melhor relação custo x benefício.
    Dito isto apenas 2 ressalvas:
    Primeira: O programa para variar é vítima da CRIMINOSA insensibilidade politica desta nação no trato de sua defesa o que nos custará caro muito em breve.
    Segundo: Sua presença engrandece a FAB porém a ausência de um caça pesado com maior alcance é nítida e extremamente prejudicial para uma nação que devido seu tamanho e riqueza naturais esta fadada a cruzar com os interesses das nações centrais …

      • Eu não tenho mais paciência de explicar que o alcance do Gripen E é similar ao do Super Hornet e do Rafale. Alguém aí, esclarece o colega, por favor

        • Eu não. Ele que escreva freneticamente para a EMBRAER pedindo logo o desenvolvimento de tanques conformais de combustível e que informe à FAB como a aeronave saindo de Anápolis vai interceptar alguma outra em…. sei lá… São Gabriel da Cachoeira em tempo hábil ou coisa parecida.

          O próximo colega que ajude.

  28. Alguem sabe o que sao aquelas 3 “bolinhas” atraz do canopy?
    Pintura pintura linda.. tomara que os proximos tenham a mesma pintura das asas, achei perfeito!!!

    • Paulo, geralmente essas antenas são de navegação por satélite, o Gripen C/D tem uma e é usado o sistema GPS, mas acho que podem usar outros sistemas como o Glonass russo ou o Galileo europeu.

  29. Nunca pensei que nossa bandeira representasse politica, ela é mais nobre, ela representa a pátria, a nossa nacionalidade, não tem vinculos politicos nem partidos asociados. Um ou outro pais caiu nesse êrro infame, mas a nossa bandeira é maior que isso ela é a pátria amada.

  30. Ler a matéria depois de tantas idas e vindas, desde a escolha do caça até esse voo,me sinto honrado de ter vivido isso.

    • A verdade é que poderia ter sido muito mais rápido se tivessem respeitado a decisão técnica da FAB. Mas infelizmente nossos politicos retardaram demais o processo tentando tirar algum proveito para sí próprios

      • Na verdade amigo achava que não estaria vivo, para ver esse momento de gloria de tanto que retardaram, o processo.Muitos colegas nossos se foram sem, ver essa coisa maravilhosa se tornar realidade.

      • Exatamente.
        Começou no governo FHC.
        Depois veio o FX 2.
        Já em 2008 estava tomando.
        Foi escolhido em 2013.
        Só em 2021 será entregue.
        Não vejo nenhuma celeridade nessa entrega, mas demora demais para entregar uma mera nova versão do gripen.
        Até porque eles vivem atualizando o avião.

      • Totalmente correto. É o que eu penso também. Pior que o Brasileiro continua votando mal e essa turma que “vende apoio a quem pagar mais” ainda vai nos trazer muitos problemas no presente e no futuro.

  31. Esta é uma data histórica e não poderia me ausentar…
    Primeiro – Parabéns a todos os fabianos e brasileiros e as equipes da Suécia, o nosso primeiro GripenNG-E-BR ficou mais do que lindo e show, ficou capa de VOGUE. Um extremo de bom gosto e beleza.
    Segundo – Como ninguém aí falou vou falar: Olhando a foto lá de cima, de longe ou com zoom, o caça GripenNG-E-BR parece estar anos luz à frente em qualidade de acabamento do que todos os caças feitos para o lado da Ásia, aqueles da Índia, Paquistão e Irã, e mesmo os da Rússia e China (Tejas, JF-17, Kowsar, SUs, Migs, J-20-31) passam a impressão de produtos de segunda e terceira linha.
    Nosso Gripen está com jeitão de produto de altíssima qualidade só no olhar (TOP), bem mais até que seus concorrentes ocidentais, o único capaz de causar essa impressão visual de qualidade muito acima da média como nosso Gripen, a meu ver, é o F-22.
    Finalizando – De longe ou de perto ficou Show de Bola!

  32. Essa foto,com o caça e o cenário de lagos e floresta logo abaixo me fez recordar minha velha coleção GUERRA MODERNA,na primeira página do fascículo nº1 de CAÇAS E BOMBARDEIROS,onde embaixo de uma bela foto de página inteira se lia a inscrição: “O Saab SA37 Viggen foi o primeiro caça realmente moderno construido na Europa Ocidental”.
    No dorso do avião se pode ver 2 mísseis menores 2 maiores(Sidewinder,talvez??) e uma bomba com aletas.Ao verificar a data da revista,vejo 1987,o ano que vivenciei com 13 até o mês de Junho e com 14 até seu final.Sobre o mesmo cenário,outra igualmente bela foto também em 2019.

  33. Tirando a bandeira, que nas restantes aeronaves não convém que assim seja aplicada, o restante padrão está excelente e efectivo, a meu ver, ideal para padronizar com as restantes.

      • E 36 divididos em Belém, em Natal e no Rio, carregados até os dentes com RBS-15. Afinal a maior probabilidade dos problemas chegarem até nós é pelo mar. Não me importo com a camuflagem comemorativa tipo “Gripen Carmem Miranda”, espero que eles cheguem logo e em maior número, porque do jeito que as coisas vão eles serão muito necessários, infelizmente.

    • Exagero. Não há a mínima necessidade disso. Se houver, podem ser deslocados com tempo de sobra para qualquer coisa. É só substituir os F-5 atualmente em Manaus e fazer exercícios regulares na região quando então mais algumas unidades poderiam ser deslocadas para lá.

      Simples, funcional e não precisamos gastar milhões e milhões em infra-estrutura operacional permanente.

        • Acho que o recado seria mais eficiente justamente assim. Se você baseia de duas a quatro aeronaves no local, ou mesmo que fosse um esquadrão inteiro de umas doze aeronaves, e durante um exercício de deslocamento para lá, conseguisse enviar mais 24 Gipen, mais um bom número de Super Tucanos, A-1M’s e quaisquer F-5 que ainda estivessem voando, apoiados por E/R-99’s, KC-390’s carregando víveres e lotados de munições e combustível e começasse à fazer exercícios de bombardeio à diversos tipos de alvos distantes da base, com reabastecimento aéreo e outros diversos tipos de atividade aérea em prol de forças terrestres e fluviais também deslocadas para esse exercício, é uma mensagem bem clara para qualquer um.

          E se repetir esse exercício no ano seguinte, fazendo sempre ajuste fino para tudo sair melhor nos anos subsequentes, a mensagem ganha cada vez mais corpo e significado.

  34. Acredito que esta pintura seja somente para a primeira aeronave.
    Gostaria de ver o padrão dos Gripens na FAB usando o mesmo pixelizado já apresentado no mockup do NG.

  35. Otima noticia. Parabens para todos nos! Sobre a pintura eu achei bacana o pixelizado. So achei q a bandeira no estabilizador vertical ficou fora de proporcao, o que nao eh um problema. So comentando.

  36. Os suecos estão seguindo o cronograma rigorosamente…
    Espero que siga assim durante todo o programa, para que os 36 Gripens estejam na FAB até 2024.
    Parabéns, acompanhei o assunto por anos e me interessei, aprofundei meus conhecimentos muito com a ajuda do pessoal do Poder Aéreo e da trilogia como um todo!
    Sei que alguns torcem contra, mas é visível que nasce nosso novo caça, que espero sejam anos e anos de operação no “estado da arte”.

  37. Até que enfim.
    Espero que até a entrega da última unidade o mundo já não esteja na sexta geração de caças.
    O que tornaria esse “avião de papel” mais obsoleto ainda !

  38. Parabéns ao Brasil e a Força Aérea Brasileira. Cronograma sendo seguido e que a plataforma Gripen seja muito bem vinda! Que comecem os devidos testes e certificações. Sucesso !

  39. Eu acho que; até aproximadamente no ano de 2021, com a entrega da primeira unidade do grippen F 39, dificilmente haverá outra força aérea na América do Sul, que colocara um avião de combate nós patamares do grippen para voar.

  40. Alguém ae tem informações sobre o IRST? pq não foi instalado? não está plenamente desenvolvido? olha o fantasma do AMX ae… rsrsrs. Bom, quem me conhece, sabe que sou crítico deste avião por baixa autonomia e payload… e, principalmente escala, este é um problema sério… mas quero que ele seja o melhor que puder ser! que venha completo, sem “castração”, pois está sendo muito caro, não é justo que os brasileiros paguem os impostos que pagam, e terem um avião meia-boca (um Gripen não deveria custar mais que 60milhões USD) sem os principais sensores necessários aos dias de hoje… a pintura ficou bacana, o avião é bonito, apesar de defasado em tecnologia furtiva…

    • Francisco AMX, legal ver você comentando novamente aqui no aéreo, essa questão do IRST eu também acho estranho, custava esse da FAB já estar com o sensor instalado? Mas enfim…
      Concordo que o Gripen E ficou bonito, mas a parte do “defasado em tecnologia furtiva” não é exclusividade apenas do Gripen, SH e Rafale também teriam esse mesmo “problema” caso fossem os escolhidos.

      • Oi Maurício, obrigado, velho!!! falo no sentido que ele esta “nascendo fora dos tempos”, um caça de alto desempenho que nasce numa geração defasada…é neste sentido, e sendo que a furtividade é o principal quesito das 2 novas gerações…

  41. Será que a FAB irá usar no Gripen-E aquela tinta com propriedades stealth que foi usada no A-4 skyhawk e desenvolvida aqui no brasil🤔🇧🇷❓

    Seria muito bom, pois poderia diminuir ainda mais o RCS do Gripen que é de 0,1m2

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here