Home Alerta Aéreo Antecipado ’41 Vermelho’: o AWACS expulso a tiros sobre o Mar do Japão

’41 Vermelho’: o AWACS expulso a tiros sobre o Mar do Japão

18441
175
Beriev A-50U Mainstay-B (41 Vermelho),
voa perto das disputadas ilhas chamadas Takeshima no Japão e Dokdo na Coreia do Sul, nesta foto feita pela Força Aérea de Autodefesa do Japão e divulgada pelo Escritório Conjunto do Ministério da Defesa do Japão em 23 de julho 2019

Por Sérgio Santana*

Às 09h01 da manhã do dia 23 (horário de Seul, 21h01m no horário de Brasília) a aeronave de alerta antecipado e controle aerotransportado Beriev A-50U “Mainstay-B”, com numeração de serviço “41 Vermelho”, operada pela Força Aeroespacial da Federação Russa penetrou na Zona de Identificação e Defesa Aérea da Coreia (KADIZ, Korean Air Defense and Identification Zone), na qual permaneceu por 8 minutos.

Este tempo foi suficiente para o acionamento de caças Boeing F-15K e Lockheed Martin F-16K, que seguindo os protocolos de interceptação lançaram oito cartuchos de flare e dispararam 80 projéteis de 20mm como advertência.

O “Vermelho 41” saiu do espaço aéreo sul-coreanos às 9h12m locais e deixou a KADIZ três minutos depois.

Às 9h33m locais a mesma aeronave voltou à KADIZ e novamente adentrou no espaço aéreo sul-coreano, no qual permaneceu por 4 minutos, provocando uma reação ainda mais forte da aviação de caça adversária: 10 cartuchos de flare e nada menos que 280 tiros de 20mm foram disparados, todos na tentativa de convencer a sua tripulação a mudar a direção daquele voo, embora o AEW&C russo só deixasse a KADIZ às 9h56m daquela manhã.

Uma vez concluído o seu estudo sobre as reações da defesa aérea sul-coreana, o “41 Vermelho” iniciou o seu caminho de volta para o seu local de origem, a 2457ª Base Aérea em Ivanovo, a nordeste de Moscou.

O episódio no Mar do Japão guarda claras semelhanças com o ocorrido no espaço aéreo de uma das Regiões de Informação de Voo da Venezuela no fim da semana passada, embora no caso das aeronaves sul-coreanas e russas as advertências tenham evoluído para disparos de canhão.

Mas ao contrário da crença comum, o EP-3E Aries II da Marinha norte-americana não é usado em missões anti-narcóticos (a Alfândega dos EUA opera as suas próprias versões do Orion adaptadas para este fim e estacionadas em bases bem mais próximas que a do Aries II) sendo empregado em missões altamente especializadas, planejadas e raras, como as voadas pelo “41 Vermelho”.

O A-50U em questão é a mais recente versão da aeronave Beriev A-50 (em essência um cargueiro Ilyushin Il-76 “Candid” modificado pela empresa Beriev para missões de alerta antecipado e controle), que voou pela primeira vez em dezembro de 1978, como um substituto do Tu-126 “Moss”, um modelo também projetado para operações de AEW&C, que reunia as asas e motores do bombardeiro Tu-95 “Bear” e a fuselagem do avião comercial Tu-114 “Cleat”, outro derivado do “Bear”.

Um primeiro A-50U (“47 Vermelho”) foi entregue à então Força Aérea Russa em outubro de 2011 para testes operacionais e a entrada oficial de serviço foi declarada em janeiro de 2012. Essa versão do versão do “Mainstay”, apresenta aviônicos digitais, computadores mais potentes para processamento de dados mais rápido, melhorias no radar e capacidade de rastreamento (especialmente no hemisfério traseiro), melhor comunicação e equipamentos de navegação, modernizado estações de trabalho com mostradores LCDs substituindo displays analógicos, e novas áreas de descanso da tripulação, que inclui uma galley e lavatório.

Com a introdução de equipamentos mais leves, aumentou-se também a capacidade de combustível, bem como a autonomia, que pode ser estendida por reabastecimento em voo.

O terceiro A-50U (“53 Vermelho “) foi devolvido à Força Aérea Russa em Taganrog em março de 2014.

Comparado ao A-50 padrão, o A-50U possui como sensor principal o novo radar tridimensional pulso-Doppler Vega Shmel-2. Atuando na frequência de 4GHz, o dispositivo possui alcance máximo de 400km, com varredura de 360 graus, sendo equipado com modo passivo para detectar fontes de contramedidas eletrônicas ECM sem vulnerabilidade induzida pela transmissão. Outros dos seus modos incluem Indicador Digital de Alvos Móveis, Indicador de Alvos Móveis Terrestres e Marítimo. O Shmel-2 pode detectar 150 alvos e controlar 15 interceptações simultâneas via link de dados.

Interior do A-50U

O outro sensor do “Mainstay-B” (como a OTAN codificou o A-50U) é o Sistema de Direcionamento e Alerta Radar (RHAWS, Radar Homing And Warning System) S-3M “Sirena-2”, que é um sistema de alerta de radar de 360 graus projetado para alertar o piloto da iluminação de um radar hostil através de sinais visuais e de áudio. O Sirena-2 (um equipamento padrão em aeronaves de ataque Sukhoi Su-7/17/20/22 “Fitter” e alguns modelos do interceptador MiG-25 “Foxbat”) também fornece algumas informações direcionais sobre um possível ataque, atuando na faixa de frequência de 6,0 a 21,0 GHz, com intervalos no espectro entre 8,3-41,7 e 10,9-11,9 GHz, o que lhe permite detectar e gravar as emissões de uma ampla variedade de radares, incluindo os de defesa aérea, como é o caso da situação no espaço aéreo sul-coreano.

Em conjunto com o radar “Shmel-2” o “Sirena-2” a tripulação de missão do A-50U (composta por um coordenador tático, três oficiais de interceptação aérea, três técnicos de Inteligência Eletrônica e três técnicos de manutenção/comunicação) pode formar um quadro tático completo do adversário, já que os dispositivos registram tempo em que os interceptadores decolam e se aproximam, além da localização e a frequência dos radares empregados na coordenação da ação.

Enfim, tal como no caso da missão de inteligência executada pelo Lockheed EP-3E Aries II em uma das Zonas de Informação de Voo da Venezuela na semana passada e comentada pelo Poder Aéreo, o “41 Vermelho” transformou-se em uma outra isca que, necessariamente, precisava ser mordida pela defesa aérea sul-coreana.


*Bacharel em Ciências Aeronáuticas (Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL). Pesquisador do Núcleo de Estudos Sociedade, Segurança e Cidadania (NESC-UNISUL). Pós-graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC/MG). Autor de livros sobre aeronaves de Inteligência/Vigilância/Reconhecimento. Único colaborador brasileiro regular da Shephard Media, referência em Inteligência de Defesa.

175
Deixe um comentário

avatar
35 Comment threads
140 Thread replies
3 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
70 Comment authors
rebouças cruz de ferroFelipeFlankerMGNVSAntoniokings Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

Avião lindo da pocha! Só de ver ele, parece que vai virar um transformes.

Observador.
Visitante
Observador.

Gosto é indiscutível, prefiro nosso E-99. Acho o visual dele mais limpo e formal, sem aquele “cogumelo” em cima, além do charme das asas dobradas (Winglets)comment image

Gostei mais ainda do novo P600comment imagecomment image

gordo
Visitante
gordo

Realmente gosto não se discute, mas cabe ressaltar que são aeronaves distintas apesar de terem a mesma função.
Para mim o avião Russo trás uma certa nostalgia dos anos 80 (muito boa musica) e isso acaba pesando muito a seu favor.

Denis
Visitante
Denis

Bem, a beleza de um não exclui a do outro. Ambos são lindos.

Denis
Visitante
Denis

Também acho ele lindo. Principalmente visto de baixo para a lateral. Parece a nave dos Flashman, com o “escudo do Flash King” em cima. 🙂

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Testando a capacidade de reação das FA coreana e japonesa. Museu de novidades da Guerra Fria, segue o jogo, só que tem mais gente jogando agora!

Vinicius Momesso
Visitante
Vinicius Momesso

Não sei se tanto Japão ou CS possuem aeronaves AWACS ou anti submarino para “se assim desejar”, agir na reciprocidade.

Observador.
Visitante
Observador.

Sul Coreanos tem quatro, E-7 AEW.
Japão tinha uns P-3C também, e havia um projeto de fabricação própria de outro modelo.

H.Saito
Visitante
H.Saito

O Japão tem 4 AWACS E-767
Em geral nem o Japão e nem a Coreia fazem esse tipo de ação devido a proibição norte americana.

Chris
Visitante
Chris

O Japão tem… Vejo um 767 decolar todos os dias, daqui da base aerea de Hamamatsu.

Japão…. Que considera as ilhas Takeshima como seu território… Protestou feio contra os disparos coreanos e a invasão russa, enviando até caças.

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Isso poderia ter acabado mal… Não é necessário invadir o espaço aéreo de um pais para provocar uma reação. EUA, Russia, China e etc… “brincam” com isso a muitos anos mas não passam da ADIZ de cada um. Eu sei que vai ter os paladinos da Russia ratiando, bradando sobre a enorme grandiosidade dos Eslavos enquanto negativam o comentário sem nenhuma argumentação seria. Mas é preciso ter a ciência que para esse tipo de isca, entrar no espaço aéreo não é preciso, basta entrar na ADIZ. Invasão de espaço aéreo é algo muito mais serio, é violar as fronteiras de… Read more »

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

Ninguém vai negar seu comentário. Simplesmente não tem argumentos.
Estas são as ilhas sopon, entre o Japão e a República da Coreia, mas nem a Rússia nem a China reconhecem o mandato dos japoneses e dos coreanos sobre essas rochas.
A única coisa interessante nessa história toda é que, pela primeira vez, a Rússia e a China conduziram juntos esse vôo. O resto é lixo informativo.

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

A ilha tem mais de 600 mil habitantes. não é pouca gente, ela é tratada internacionalmente como uma província independente da Coreia do Sul. apesar de ter uma administração mais livre ela esta sobre tutela da Coreia do Sul.

China, Russia ou Japão não reconhecer isso não os da Direito a nada.

Seria o mesmo que a Argentina realizando voos sobre as Falklands.

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

Onde aviões voaram, ninguém mora.
E o direito a algo é sempre tomado, mas não dado.
E o fato de que a Argentina não tem a oportunidade de pilotar seus aviões onde quer que seja, esse é o problema da Argentina em primeiro lugar.

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

é uma ilha… não importa se o avião ta passando por cima de uma região desabitada da ilha, pra chegar onde a população está é apenas “um pulo”

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Deus Meu!!

Will
Visitante
Will

Victor Filipe a ilha tem 47 habitantes e não 600 mil.

Rustam
Visitante
Rustam

Victor Filipe
A ilha tem mais de 600 mil habitantes. não é pouca gente, ela é tratada internacionalmente como uma província independente da Coreia do Sul.
——-

Say at once a million, do not be shy))))

Diga ao mesmo tempo um milhão, não seja tímido))))

carcara_br
Visitante
carcara_br

Está ai um problema com mais incógnitas que equações rsrsrs.

Denis
Visitante
Denis

Um problema estaticamente indeterminado. Kkkkk. Boa, Carcará.

Greyjoy
Visitante
Greyjoy

Queria ver se a argumentação seria válida se fossem aviões da USAF sobrevoando aquelas ilhotas que a China diz ser dela.

Chris
Visitante
Chris

Deviam mudar o nome do avião para Kings…

Ainda volta pra provocar mais um pouquinho.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

A questão é: ‘Manda quem pode. Obedece quem tem juízo’.
Acho bom a Coreia do Sul ter isso em mente.

JPC3
Visitante
JPC3

Acho que ser expulso a tiros não é mandar, parece mais que é obedecer.

Greyjoy
Visitante
Greyjoy

Se a Coreia do Sul resolver abater o avião em seu espaço aéreo, o que a Rússia vai fazer?

JPC3
Visitante
JPC3

Até pode fazer alguma coisa, mas eles sabem que erraram não vão começar uma guerra de bilhões e se queimar com mundo inteiro por pouco.

Felipe
Visitante
Felipe

Vender S-400 e Su-57 para eles.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Brincadeira perigosa essa de dar tiros de advertência, sei que existe todo um protocolo e que foi seguido, mas é bronca. E nessa brincadeira os dois lados estão esticando a corda, tanto quem ignora os outros avisos, pois sempre há outros avisos antes dos tiros, quanto quem atira de advertência! Numa brincadeira dessas os soviéticos derrubaram no século passado um avião civil sul coreano, mas neste caso o avião civil coreano não ignorou os avisos, eles não viram os avisos!

José Machado
Visitante
José Machado

É bem controversa essa versão que não viram. O piloto fez inúmeros sinais, inclusive o padrão quando sem comunicação em balançar as asas junto ao Korean. A URSS não tinha qualquer interesse em abater uma aeronave civil de passageiros, tanto que tentou negar o abate. Acreditavam que podia ser uma tática americana de usar um avião civil para testar o quão a URSS iria longe.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Na época os soviéticos estavam rastreando um avião de espionagem americano que estava entrando e saindo do espaço aéreo soviético, numa destas saídas do avião americano as rotas do avião americano e do avião coreano se cruzaram, o avião coreano entrou e saiu duas vezes do espaço aéreo soviético e na segunda vez que ele entrou é que foi abatido! As caixas pretas do avião foram recuperadas logo depois pelos soviéticos e só anos depois foram entregues, não me lembro no que deu a analise das caixas pretas, mas nelas se a gravação ainda esta boa teria a resposta se… Read more »

Terminator
Visitante
Terminator

Ou seja, culpa dos americanos.

Renato B.
Visitante
Renato B.

No Brasil os Super Tucanos conseguem atirar na asa de aviões suspeitos de tráfico forçando o piloto a pousar mas sem derrubar a aeronave. Enfim, esse é um risco calculado.

PPrr
Visitante
PPrr

Ai conseguem recuperar a droga comprada pela milícia.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Se fossem os russos a realizar os tiros de advertência era logo tido como uma irresponsabilidade sem precedentes, só de voarem já o afirmam.
Há que dizer a verdade, não estou do lado de ninguém.

Denis
Visitante
Denis

Se os coreanos não viram, então isso só confirma o abuso dos soviéticos. A Coreia do Sul está em guerra há muitas décadas, e sendo ameaçada constantemente. É bem natural que busquem se defender com unhas e dentes. O próprio abate do seu avião pelos comunistas já mostra que eles, os coreanos, não podem se dar ao luxo de dar tapas com luva de pelica.

Kemen
Visitante
Kemen

Voltamos faz algum tempo à Guerra Fria, qualquer dia desses a coisa se complica com a derrubada de algum avião. Não duvidaria se as informações colhidas pelo Beriev além de serem da da Força Aérea Russa, fossem repassadas à Coreia do Norte.

Brunow Basillio
Visitante

Caso for verdade tudo isso, o maior interessado nestes dados não é a Koreia do Norte (que testou outro míssil hoje), mas sim a China, está última esbravejou mais que a própria Rússia pela ação dos caças Sul Coreanos..

Observador.
Visitante
Observador.

Ontem houve também, um pronunciamento dos chineses dizendo que vão para a guerra, se Taiwan fizer uma tentativa de independência. Condenaram a ação dos americanos de vender arma para Taiwan. Não sei se tem ligação com essas penetrações no espaço aéreo Japonês e Sul Coreano, mas é tudo naquela região.

Terminator
Visitante
Terminator

Um referendo pra ver qual lado os Taiwaneses estão. Mas acho que esse estado é mais liberal do que o chinês, entao uma independencia será o certo a se fazer, e ruim para china já que Taiwan é um polo gigantesco tecnológico.

Antonio Palhares
Visitante
Antonio Palhares

Mr Terminator.
Taiwan sempre fez parte da China Continental até a derrota do Chiang Kai Chek. Este fugiu para a ilha e lá se estabeleceu com seu pessoal. A China como não tinha condições de entrar numa briga para retomar a posse, deixou a situação em “banho maria”. Até que tivesse condições e meios reais de reavê-la. Mais dia, menos dia. Ela certamente vai dar o bote e pegar. Com guerra ou sem guerra isto vai acontecer

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Uma guerra quente portanto.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

A Coreia do Sul late mas não morde.
Já tiveram um navio afundado e uma base atacada por artilharia da Coreia do Norte e nada fizeram, só protestos na ONU.

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Bem de certa forma seu comentário precisa de uma complementação, late mas não morde até pisar dentro do cercado

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Seul já conhece o peso das botas chinesas e norte-coreanos.
Melhor não provocar.

JPC3
Visitante
JPC3

Não provocaram, só correram os intrusos.

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Jota não viaja, todo episódio segue o enredo.

JPC3
Visitante
JPC3

Não vai acontecer guerra nenhuma por causa disso. Tem fontes coreanas dizendo ate´que os russos reconhecerem o erro.

Rússia não vai atacar ninguém sem ter um bom motivo.

Paulo
Visitante
Paulo

Que comentário infeliz.

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Esqueceu dos Japoneses.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Além do mais, não aposto um tostão furado nas Forças Armadas sul-coreanas.
Em uma guerra aberta, não resistiriam.
Já vimos esse filme antes.

JPC3
Visitante
JPC3

Comparando a Coréia de hoje com a dos anos 50?

Tem uma hora que termina a ignorância e começa a burrice mesmo.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Continuo sem apostar nelas.
Além do fato de que o Norte tem Forças Armadas gigantescas, muito bem armadas e treinadas e extremamente aguerridas.

JPC3
Visitante
JPC3

Incrível como escreve essas bobagens e não tem argumentos para sustentar.

C. César
Visitante
C. César

Falando em late e não morde é tipo um certo país que teve um jato de combate abatido com piloto morto e tudo e não fez nada? Pelo contrário, ainda oferece desesperadamente armas (!) para o país que derrubou o jato como se nada tivesse acontecido?

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

C. César Falando em late e não morde é tipo um certo país que teve um jato de combate abatido com piloto morto e tudo e não fez nada? Pelo contrário, ainda oferece desesperadamente armas (!) para o país que derrubou o jato como se nada tivesse acontecido? —– Talvez você precise saber alguma coisa? Nada feito. Os grupos de turcomanos foram limpos na área do incidente e levados a uma “reserva” na província de Idlib. A Turquia sofreu sanções econômicas. Tudo isso, assim como a tentativa de golpe, provavelmente baseada nesse estado de coisas, levou a Turquia a cooperar… Read more »

C. César
Visitante
C. César

Tanta explicação mas o resumo é que os russos tiveram um jato abatido e não fizeram nada. Pelo contrário, depois de muito reclamarem engoliram tudo por ¨n¨ razões e preferiram se aliar ao agressor querendo vender inclusive misseis antiaéreos.
Então ¨latiu e não mordeu¨,
Alguma dificuldade em entender?

https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2015/11/1710269-decisao-turca-de-abater-jato-russo-e-punhalada-nas-costas-diz-putin.shtml

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

Grande dificuldade em entender. A Turquia inicialmente apoiou os grupos que lideravam a guerra com Assad. E insistiu que Assad deveria sair. Depois dos famosos eventos e tentativas de golpe. O curso da Turquia na guerra da Síria mudou drasticamente. Foi Erdogan que cortou o canal de abastecimento para os rompedores durante as batalhas por Aleppo, o que os levou a derrotar.É a “clientela” turca que é a menos ativa contra as forças do governo de Assad agora. É no turco que pende todo o Idlib e todos os que estão lá. Seu artigo é de 2015, já tem 4… Read more »

C. César
Visitante
C. César

Cara, vc não sabe interpretar texto mesmo. Escreveu um textão enorme cheio de blá blá blá mas o caso é que a Russia latiu e não mordeu. Simples assim. E ainda ofereceu mísseis para quem derrubou o próprio jato. Vc já ouviu uma coisa parecida com isso antes? É como se os americanos oferecessem o melhor sistema de mísseis que eles tinham à época aos soviéticos quando eles abateram o U2 nos anos 60.

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

Ou seja, você não sabe sobre a batalha por Aleppo e a situação em Idlib? E onde os grupos turcomanos também desapareceram? Mas merikantsam, seus mísseis não devem ser oferecidos à URSS, mas aos turcos, para não colocar a OTAN à beira da divisão interna. Você aprenderá primeiro sobre a posição da Turquia e Erdogan do início da guerra na Síria e comparará com o presente. E a entrega da Rússia do S-400 à Turquia é chamada de Político Real, como disse um francês. O que você acha que a Rússia deveria ter feito? Ataque de foguete em Ankara? bem,… Read more »

C. César
Visitante
C. César

Cara, tu é um analfabeto. Outro textão enorme cheio de blá blá blá. ¨O que você acha que a Rússia deveria ter feito?¨ Era só fazer como os americanos fizeram no caso do U2. Não atacaram a URSS! Mas também não ofereceram os melhores misseis da sua industria para eles. O cachorro latiu, não mordeu, mas não também não abanou o rabinho!
Dãããã!

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

Seu texto não contém detalhes, mas apenas emoções, o que significa que você não sabia sobre a situação durante as lutas de Aleppo, sobre a situação com a derrota dos grupos turcos, sobre a situação com sanções econômicas contra a Turquia. Você nem sequer sabe sobre a posição da Turquia e do próprio Erdogan, assim como seu ex-primeiro ministro no início da guerra na Síria. E isso sugere que você precisa ler mais, isso não pareceria ridículo quando você fala sobre algo sobre o qual você não tem idéia.

C. César
Visitante
C. César

Cara, eu conheço o seu tipo. É do tipo solitário anti social que fica todo bravinho e indignadinho quando é contrariado. Então pode ir lá tomar o seu Rivotril que se vc quiser eu posso ficar o resto da tarde nisto. É a vantagem de ter o próprio negócio.

Brunow Basillio
Visitante

Evgeniy(RF) não perca seu tempo, para alguns a informação não chega por isso o conhecimento é nulo… Mas vamos expor a cronologia dos fatos de forma resumida, talvez assim alguns compreenda.. Antes do abate do caça Russo e alguns meses após a derrubada, a situação econômica da Turquia era boa, sua relação com a OTAN e EUA era de intensa lua de mel, afinal ela confrontou os Russos, e ajudou o Ocidente a dizer para a Rússia “Sua vida na Síria não vai ser fácil, melhor ir embora”… 1° Turquia abate o Su-24, deixando todo o Ocidente eufórico, 2° Muitos… Read more »

C. César
Visitante
C. César

¨Informações¨ oriundas de coisas como o InterceP t e outras tranqueiras eu deixo para vcs, M a v.

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

Brunow Basillio — Sim Aproximadamente é. Bem, o ataque aos americanos e aos curdos foi sobreposto a toda a situação. E a criação de um estado curdo não reconhecido na Turquia é uma escalada acentuada do separatismo curdo na própria Turquia, e depois na Armênia (há também esses). Este também foi um fator na transição de Erdoganan para o campo da Rússia e do Irã. Nos turcos, então, no ano 2-15, eles simplesmente perderam a coragem quando a operação russa deu em nada, quase todos os esforços turcos ao longo de vários anos para derrubar Assad. Do ponto de vista… Read more »

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Os motivos que você pontuou levam a Rússia a ter a Turquia como parceira econômica e estratégica e quanto a questões da econômica vamos ver se esse cenário catastrófico vai acontecer.

Wagner
Visitante
Wagner

Lembremos que xadrez é uma arte (mais que um jogo) que os russos dominam muito bem! Mas infelizmente essa geração whatsapp não faz nem ideia do que seja isso. Evgeniy e Brunow, excelentes comentários!

MGNVS
Visitante
MGNVS

Brunow
Excelente comentario!
Vc pontuou bem a cronologia dos fatos.
So nao entende quem nao quer entender.

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

As relações atuais de Ancara com Bruxelas, Washington e Berlim estão em crise. Um suprimento de S-400 só exacerba essa crise dentro da OTAN. E isso torna a Turquia mais independente dentro da própria OTAN, quando a posição da Turquia sobre a Síria muda. Assim, tal oferta torna a OTAN interna instável e, a longo prazo, pode levar à retirada da Turquia da NATO. Do ponto de vista político, tal fornecimento é plenamente justificado.

C. César
Visitante
C. César
Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

É mesmo?
————

Sim Na verdade. E o artigo alemão demonstra o desamparo da situação em que os países ocidentais se impuseram em relação aos seus aliados, os turcos. Mas, ao mesmo tempo, a sensação de um golpe da Turquia deve ser menos amarga. Isto é apenas uma ligeira birra.

C. César
Visitante
C. César

Vc quer tanto ter a última palavra que acaba de confirmar o que eu escrevi além, claro, de não dizer coisa com coisa. Parabéns.

Thiago
Visitante
Thiago

C.Cesar, So uma palavra “ISRAEL “… Atentados terroristas, assassinatos de inocentes , espionagem, ocultação do próprio programa nuclear aos “aliados” e organismos de controle, ataque direto/ afundamento e deliberado contra embarcação americana o que comportou a morte de vários tripulantes( USS Liberty). Ah , ha até suspeita que Israel tenha repassado tecnologias sensíveis a China… Hoje Israel tem como grandes parceiros tantos os britânicos como os USA. E não conquistou isso com atitude de um bom moço. Não me consta nenhuma retaliação militar por parte dos EUA. Realpolitik… e segue o jogo, as vezes é necessário sacrificar um peão para… Read more »

MGNVS
Visitante
MGNVS

Thiago Nem perca seu tempo. Falar mal de Israel para alguns aqui é um verdadeiro sacrilegio mesmo qndo Israel esta errado. E mais, muitos confundem o Governo de Israel com o povo de Israel. Tenho amigos judeus que vieram embora de la pq nao queriam que seus filhos fossem para as forças armadas e por isso passaram a ser hostilizados pelos proprios compatriotas e pq tbm viram soldados israelenses atirarem em criancas palestinas de 2 anos de idade que estavam brincando na rua. Eles ficaram horrorizados com isso e preferiram vir para a casa de parentes aqui no Brasil. E… Read more »

Thiago
Visitante
Thiago

MGNVS, não falei mal de Israel, relatei fatos que aconteceram realmente. Até acho que o Brasil deveria ter a mesma posição sobre muitos argumentos. Quando alguma administração americana é contrária as ações israelenses , eles ( os israelenses) não se fazem problemas pelo contrário vão em em frente e siguem pelo próprio caminho e procuram trabalhar com a diplomacia e lobby influenciar as instituições U.S.A. Não se curvam.

MGNVS
Visitante
MGNVS

Thiago
Sim… eu vi que vc nao falou mal de Israel.
Mas infelizmente aqui no blog tem gente que usa apenas parte dos comentarios alheios fora do contexto so para polemizar ao levar o tema para discussao ideologica inutil.

Tbm concordo com vc em relacao ao Brasil, nós tbm deveriamos ser bem mais independentes para fazer valer nossos interesses igual os israelenses fazem. Mas aqui o atual governo ja esta totalmente de calças arriadas para os EUA por causa de nosso – pre si den te – lambe botas.

MGNVS
Visitante
MGNVS

Thiago
Sim… eu vi que vc nao falou mal de Israel.
O problema é que alguns foristas aqui tem a mania de distorcer os comentarios alheios pegando apenas as partes que lhes interessam para usa-las fora do contexto no intuito de causar polemica ao levar o tema para discussao ideologica inutil.

Tbm concordo com vc qndo diz que o Brasil deve fazer valer seus interesses igual Israel faz e independente da aprovacao qualquer outro país.
Porem o Brasil deve respeitar as Resolucoes da ONU baseadas no direito internacional desde que essas resolucoes jamais interfiram na nossa soberania.

João Brás
Visitante
João Brás

Abre os olhos cara, para Rússia é muito mais vantajoso a venda dos mísseis a Turquia e provocar um (frisson) no seio da OTAN do que retaliar com ataque.

smichtt
Visitante
smichtt

Caro Evgeniy,

Interessantes suas informações. É sempre bom conhecer todas as versões, só melhora a qualidade do site.

Obrigado por isso.

Carlos Ravara
Visitante
Carlos Ravara

Endosso os agradecimentos.

C. César
Visitante
C. César

Que lindo! SQN! Acionou outros Nicks para se ¨confraternizarem¨, né? Acha que engana quem aqui, M a v?

Jrrb
Visitante
Jrrb

Na verdade foi justamente o contrario, os turcos se “aliaram” aos Russos. E vale lembrar que após o abate, jatos Su-35 fizeram exatamente a mesma rota de voo do Su24….. e a resposta Turca foi convocar uma reunião de emergência da OTAN.

O abate do su 24 acabou saindo muito caro para os Turcos, até o momento foi o abate mais caro da história.

José Machado
Visitante
José Machado

Nunca jogou xadrez ? Moscou entrou no OM e agora, de observador, dá cartas também e não são poucas. Lucrar bilhões com a venda de armas foi o de menos por ter engolido o abate de uma aeronave e perda do piloto. Assad sobreviveu, Irã se fortaleceu, Turquia rachou e Netanyahu vai a Moscou com frequência pedir bênção. Geopolítica é saber suportar pra ganhar muito adiante também.

Terminator
Visitante
Terminator

Os pilotos russos estavam errados mesmo, adentrando no espaço aéreo turco e foram punidos com a morte sem mesmo reagirem.

O perdao dos turcos foram comprar armas russas e se aliar aos mesmos e virar inimiga dos EUA.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

C. César.
Vc não está entendendo nada sobre o que está acontecendo no O.M. atualmente.
Informe-se melhor.

Flanker
Visitante
Flanker

O que está acontecendo lá é muito simples: Assad sequer sonha em deixar o poder…..e para isso, se precisar matar todo mundo, vai fazê-lo! E os russos estão ajudando, porque vão lucrar com isso. O povo sírio?? Mero detalhe! O que interessa…a única coisa que interessa….é o poder! O resto é balela…inclusive o seu discurso em defesa desses psicopatas!!

Carlos Ravara
Visitante
Carlos Ravara

Ou seja, o povo sírio estaria melhor com o ISIS do que com Assad.
Brilhante!

Brunow Basillio
Visitante

“late mais não morde” Alguns países não agem como “moleques de ruas resolvendo seus problemas na porrada”… Além da Turquia ter tido bilhões em prejuízos por causa das sanções Russas, Edorgan foi a público e pediu penico, além de alguns fontes afirmarem que até indenização para a família dos pilotos Russos o Presidente Turco ofereceu… Muitos acham que a Rússia latiu mas não mordeu, mas são pessoas de visão curta, que não consegue analisar os fatos, depois da derrubada do Su-24 a Rússia penetrou como um câncer nas entranhas de um dos principais membros da OTAN… E o resultado vcs… Read more »

C. César
Visitante
C. César

Visão curta teve o Erdogan que pode acabar com seu mandato abraçado aos russos na praia. E os russos correm o risco de ter dado a OTAN seu melhor míssil para análise como aconteceu com os S300 da Grécia.

https://jornalggn.com.br/politica/controle-de-erdogan-sobre-a-turquia-esta-acabando-o-que-vem-a-seguir/

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Sem dúvida o episódio do abate do caça Russo pelo Turcos teve repercussões nas relações dos dois países que levou ao que você pontuou e muito provável ainda vai render para as pretenções dos Kurdos em ter seu próprio território.
A Diplomacia não é movida por emoções é movida por “interesses” mesmo que pareça não morder.

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

Nesses casos específicos não, mas eles já morderam em outras circunstâncias:

https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_border_incidents_involving_North_and_South_Korea

Carlos Gallani
Visitante
Carlos Gallani

A questão é quase matemática, a vida na Coreia do Sul vai MUITO bem e obrigado, já a vida na Coreia do Norte vai… subsistindo no estilo século XIX!
Melhor deixar quieto entende, o Sul tem muito a perder!

Sargento Pincel
Visitante
Sargento Pincel

Simples teste dos novos sensores num local onde o Russos sabem que os coreanos não peitariam devido a legitimidade de quem é o verdadeiro dono do território. Coragem Russa!
Pergunta: Os F-35 coreanos estão operantes?

JPC3
Visitante
JPC3

Se fosse dono do território não teria sido expulso a tiros como diz a matéria.

Os coreanos peitaram sim, tanto que a aeronave russa foi embora.

MGNVS
Visitante
MGNVS

JPC3 Pelo que eu li na materia a aeronave russa retornou e so foi embora dps de 20min mesmo tendo tomado mais tiros de advertencia do que na primeira interceptacao. Os russos ou sao loucos ou entao pagaram pra ver e os sul-coreanos seguraram o dedo senao isso daria merda. Veja o texto: “Às 9h33m locais a mesma aeronave voltou à KADIZ e novamente adentrou no espaço aéreo sul-coreano, no qual permaneceu por 4 minutos, provocando uma reação ainda mais forte da aviação de caça adversária: 10 cartuchos de flare e nada menos que 280 tiros de 20mm foram disparados,… Read more »

Heitor
Visitante
Heitor

Mais um caso de espionagem… normal e com menos frequência esse ano rsrsrs

Joao Argolo
Visitante
Joao Argolo

Algum dia o nosso KC-390 poderia virar AWACS? Apesar dos 04 motores o 41 vermelho pareceu muito com ele.

Joao Argolo
Visitante
Joao Argolo

Nas suas devidas proporções claro.

Humberto
Visitante
Humberto

João, sim poderia ser modificado para ser um AWACS MAS provavelmente isto jamais irá acontecer. Por que?
Aviões transportes são otimizados para carregar e descarregar rapidamente e se necessário (coisa rara hoje) operar em pistas pouco preparadas, ou seja, vários sistemas são superdimensionados e isto, gera um custo, seja de aquisição, manutenção e principalmente operação. Resumindo, além de ser mais caro que um avião civil (que pode ser também adaptado para AWACS) tem um custo de hora bem mais elevado.

Joao Argolo
Visitante
Joao Argolo

Verdade. Obrigado pelos esclarecimentos

Observador.
Visitante
Observador.

Se a situação econômica do país melhorar bastante, talvez ainda seja interessante, pois tem bastante espaço interno para uma equipe robusta de operadores, equipamentos e local de descanso melhor, como é o caso da aeronave citada na matéria, estas coisas influenciam nas capacidades e tempo de operação.

Joao Argolo
Visitante
Joao Argolo

O Bariev seria projeto originado de algum cargueiro?

Humberto
Visitante
Humberto

Olá João, sim o Bariev tem como origem o Candid (Ilyushin Il-76). Se eu não me engando, a China tinha um projeto de uma nova versão, mas confesso que não sei como ficou. Se a memória não me trair, a última versão é o da Índia (com uma boa parcela de equipamento Israelense).

Brunow Basillio
Visitante

Humberto a última é o A-100 , na figura do IL-76 MD 90A, no caso dos Indianos, só a plataforma é Russa, o resto é Israelense, os A-50U são mais “novos” que os dos Indianos.

Humberto
Visitante
Humberto

Opa..Obrigado
Só uma dúvida, quando vc diz “novos” é porque foram retrofitados?
Abraços

Brunow Basillio
Visitante

Exatamente…

Joao Argolo
Visitante
Joao Argolo

Obrigado a todos pelas informações

Jadson Cabral
Visitante
Jadson Cabral

280 disparos somente durante a segunda vez? Pacifismo demais. Eu teria dado a ordem de derrubada.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Você claramente não é coreano, mas principalmente, ainda bem que não é russo.

Gustavo
Visitante
Gustavo

Outra isca mordida. O banco de dados agradece. rs

Carlos Ravara
Visitante
Carlos Ravara

Só faltaram os japas se envolverem na birosca, aí iria ficar bonito.

Rafael Coimbra
Visitante
Rafael Coimbra

O Sirena-2 (um equipamento padrão em aeronaves de ataque Sukhoi Su-7/17/20/22 “Fitter” e alguns modelos do interceptador MiG-25 “Foxbat”) também fornece algumas informações direcionais sobre um possível ataque, atuando na faixa de frequência de 6,0 a 21,0 GHz, com intervalos no espectro entre 8,3-41,7 e 10,9-11,9 GHz, o que lhe permite detectar e gravar as emissões de uma ampla variedade de radares, incluindo os de defesa aérea, como é o caso da situação no espaço aéreo sul-coreano. ??????? o Super Moderno A-50 usa sensores do SU-7 ???? MIG-25???? Década de 60 bombando na Russia!

Brunow Basillio
Visitante

Existe a palavra “evolução” , não que dizer que usa a mesma versão de 60 anos atrás…

Rafael Coimbra
Visitante
Rafael Coimbra

Pelas frequências e intervalos de espectro, não mudou nada…

ScudB
Visitante
ScudB

Com certeza o Sergio esta equivocado neste (e alguns outros) momento.
Os sistemas da classe “Sirena” (ex: SPO-10) não podem garantir o nível de segurança nos dias de hoje. Para tal função o A-50 conta com o sistema “Kryazh-M”.
Tb os dados sobre as distancias e numero dos alvos estão incorretos.
Um grande abraço!

Sérgio Santana
Visitante
Sérgio Santana

ScudB, até onde sei o Kryazh-M não faz inteligência eletrônica, mas é um sistema de auto-defesa do A-50, que inclui lançadores de chaff/flares. As distâncias e o número de alvos podem ser confirmados por diversas fontes. Desde o Tu-126 “Moss” se sabe que os AEW&C russos continuam sendo menos poderosos que os seus rivais ocidentais. Não surpreende que os trabalhos no Beriev A-100 “Premier” estejam avançados…

ScudB
Visitante
ScudB

Amigo Sergio!
Sirena-2 tb não faz!
S-3M é SPO-10 .E poderia ser encontrado nas primeiras versões de Tu-95. Inclusive S-3M significa Sirena-3M que entrou depois da Sirena-3(SPO-3) e Sirena-2(SPO-2). Logo Sirena-2 não pode ser S-3M. Tem alguma confusão nas suas fontes.
A-50U tem vários sistemas (exemplo, complexo Buran-D) controlados pelo “cérebro” BCVMA-50. Mas Sirena não esta na lista.
Um grande abraço!

Sérgio Santana
Visitante
Sérgio Santana

ScudB, o A-50U utiliza outro computador central, o BTSVMA-50 (não BCVMA-50) é dos anos 1980, tempo dos primeiros A-50. Link da fonte: http://argon.ru/?q=node/391. Ah, o mesmo equipamento é usado nos Beriev A-40. Outro abraço

ScudB
Visitante
ScudB

C ou Ts é so a questão de “descrever” a primeira letra da segunda palavra “Centralnyi” (ou Central , em português).
Por tanto, se trata do mesmo computador.

ScudB
Visitante
ScudB

Correção..
Nao é Central. A segunda palavra é Digital.Erro meu..

ScudB
Visitante
ScudB

Amigo Sergio!
Se trata do mesmo computador.
BTsVMA e BCVMA são transcrições da mesma(!) abreviatura de БЦВМ onde Ts ou C seria tentativa reproduzir a letra “Ц” de alfabeto russo.
Por incrível que parece mais os eslavos estão acostumados de usar “C” do alfabeto alemão para abreviar as palavras que começam com esta letra estranha.
Como exemplo de pronúncia :
https://www.youtube.com/watch?v=O_BMXy4ANTU
Um grande abraço!

ScudB
Visitante
ScudB

Sobre distancias e alvos : 600km com total de 300 alvos(12 via link ou ate 30 via canal rádio).Ja os seus números estão compatíveis com dados de A-50M.
Um grande abraço!

Sérgio Santana
Visitante
Sérgio Santana

Sobre distâncias e alvos: no começo desse ano eu fui convidado para escrever um texto sobre o A-50U a ser publicado no blog “Warfare”. Mas havia me esquecido deste texto. Então peço aos leitores que desconsiderem o escrito acima sobre os dados de desempenho tático do A-50U e fiquem com o seguinte: Radar Vega Shmel-2 com 650 km de alcance para um alvo do tamanho de um bombardeiro, 400 km para um alvo do tamanho de um caça e 215 km para um míssil de cruzeiro, com o lançamento de um míssil a 1000 km. Uma coluna de blindados pode… Read more »

Carlos Ravara
Visitante
Carlos Ravara

Esses dados correspondem a atualidade? Pergunto porque segundo os sites de defesa e “especialistas”, os submarinos Kilo só possuíam torpedos e mísseis sup-ar, até o Rostov-on-Don lançar uma saraivada de mísseis de cruzeiro sobre o ISIS na Síria, baseado no Mediterrâneo.

ScudB
Visitante
ScudB

Amigo Carlos!
Sim , após a correção o nosso colega Sergio apresentou os dados coerentes com maioria das fontes “abertas” para esta modificação do A-50 (600-650 km , 12-15 alvos via link , 30-40 – via radio). Para A-100 que tem 2020 como inicio de produção os dados ainda estão bem confusos mas indicam os números (distâncias, alvos etc) quase dobrados se comparar com A-50U.
Um grande abraço!

Carlos Ravara
Visitante
Carlos Ravara

Outro abraço, amigo ScudB!

Marcelo Duarte
Visitante
Marcelo Duarte

Sejamos justos, acho que o titulo mais apropriado seria, “41 vermelho: A isca que o governo coreano acabou de engolir.”
De resto texto como sempre muito bom.

Heitor
Visitante
Heitor
João Moro
Visitante
João Moro

Deve ser o troco do avião da Venezuela, mas que essas incursões, muitas mais que o EUA fez na Venezuela, podem gerar uma crise muito grande na região.

Andromeda1016
Visitante

Na Coreia acreditam em outros motivos sobre a incursão dos russos e dos chineses: 1. Da parte da China seria um troco contra os EUA por causa da intromissão dos gringos na questão de Taiwan, 2. Devido ao clima de animosidade que tomou conta entre Coreia e Japão existe risco de que o acordo de troca de informações estratégicas de defesa (GSOMIA) em vigor entre os dois países não venha a ser renovado neste ano que deve ser renovado todo ano, e isso está deixando Washington nervoso. Esta intrusão pode ser um teste para ver a quantas anda a cooperação… Read more »

smichtt
Visitante
smichtt

Caro Andromeda 1016

Também muito interessantes suas colocações. Afinal de contas, vemos a situação como se fôssemos o umbigo do mundo. Quero dizer, de que interessa à China ou Rússia um incidente no Caribe frente aos seus interesses?

Obrigado pelas reflexões.

smichtt
Visitante
smichtt

Ops: frente a seus efetivos interesses?

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Confuso o que vc escreveu

Alfredo RCS
Visitante
Alfredo RCS

Depois dos disparos, o “41 Vermelho” saiu branco…kkkkkk

JPC3
Visitante
JPC3

Fazem diversas interceptações semelhantes por ano, que isca que nada. Acham que os coreanos entregaram algum segredo? Acham que em caso de guerra seria igual?

Se fosse guerra os caças já estariam no ar antes dos aviões russos se aproximarem. Interceptariam a aeronave o mais longe possível, como todo mundo aqui já está cansado de saber.

Por fim, a mídia coreana tem outra versão para os fatos.

Marcelo Danton
Visitante
Marcelo Danton

Desculpem-me. mas Isso esta cheirando pré-agressão. Há uma guerra surda no mundo que vocês não estão detectando e achando que é tudo como na época da guerra fria … NÃo É! Desde as “primaveras árabes” (Egito, Iraque, Libia, Síria, etc) acendeu um reposicionamento militar ao redor do Globo. Ucrânia foi o momento da inflexão e agora da reação dos outros autores…(Russia, China, Cuba, Irã, Coreia do Norte, etc) Esses países estão se preparando para reagir, de forma mais incisiva, aos embargos Norte Americanos/Ocidental às suas economias. Eles não tem mais pra onde crescer e resolveram se unir. Tentaram ganhar a… Read more »

Thiago
Visitante
Thiago

Grande matéria e esclarece que operações que para nós leigos parecem “bravatas”, são em realidade bem preparadas e com objetivos bem pragmáticos como no caso obter informações sobre a aptidão, prontidão e eficiência da Força que é obrigada a dar uma resposta. Além de obter dados e mapeamento das defesas inimigas . Penso que forças profissionais em estado de alerta tão alto como a ROKAF sejam mais que conscientes dessa realidade e estejam aptas a fornecer respostas adequadas, com protocolos e procedimento específicos. Não todas as forças podem dizer mesmo, como no caso da Suíça, onde a frota de caças… Read more »

Thiago
Visitante
Thiago

“Alcance do radar: Tikhomirov NIIP N035E Irbis-E com 400 km …”
?? Possível ?

Brunow Basillio
Visitante

400km do Su-35 é para ângulos bem fechados..
Segundo fontes Russas trabalhando numa abertura de +- 60° o Irbis-E detecta um alvo com ESR de 1m² a 300km, com um ângulo de +-120° ele consegue ver um alvo de 1m² a 135-145 km…
Para ele conseguir ver este alvo a 400km ele teria que ter auxílio do AWCs..

Thiago
Visitante
Thiago

Ah, ágora ficou um pouco mais claro Brunow, obrigado pelo esclarecimento 👍

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

Irbis-E (modelo de exportação), detecta um alvo com um metro quadrado de 3m2, a uma distância de 300-400 km de forma independente. 0,01m2 por 100 km em um curso de frente. 0,1m2 a uma distância de 180 km. Está tudo sozinho. Isso tudo é para modificação de exportação. Para a versão interna, naturalmente, serão características mais elevadas. Eles escreveram que o MiG-29 vê essa opção por 400 km.

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).
JPC3
Visitante
JPC3

Esses números são aproximados. Outra diferença é o número muito maior de alvos que o AWAC pode rastrear.

Augusto L
Visitante
Augusto L

Na verdade não a detecção do Irbis-E é na casa dos 200km para um alvo de 3-5 de RCS, so em modos de buscas restritas com a força do radar voltada a uma aérea específica é que o radar chega a 300-350 km, mas todo radar faz e não é uma qualidade só do mesmo.
Os russos dão uma “misleading” na hora de divulgar os dados, do mesmo, coisa que acontece muito em sistemas de armas, não so com eles.

Thiago
Visitante
Thiago

Augusto L,
Realmente era esse o ponto , fica muito mais claro, os dados antecedentes me pareciam exagerados. Assim é algo mais “humano ” e menos fora do normal.

Alfredo RCS
Visitante
Alfredo RCS

A Russia se comporta como um comunista de faculdade de filosofia, ou seja, como pré-adolescente de 20 anos. Vai chegar uma hora em que os adultos vao dar uns belos tapas na bunda dessa criança pra ver se toma jeito. Mas o problema em um adulto pensar que é adolescente é que as consequencias dos seus atos cada vez mais afetam outras pessoas.
Mas é assim mesmo que acontece com a queda de ex-imperio…quanto mais se recusa a aceitar que ruiu, maior é o tombo.

Felipe
Visitante
Felipe

Os EUA podem fazer o mesmo na Venezuela e ninguem da xilique?

Hoplita
Visitante
Hoplita

Se os dois vôos, dos EUA na Venezuela e da Rússia na Coréia, tiveram a mesma função, isto é, servir de isca para testar as defesas e colher dados, então por que os títulos das matérias são completamente diferentes?

Por que o vôo do EUA foi classificado como “isca” que supostamente os venezuelanos morderam e o vôo russo foi “expulso a tiros”?

Por serem vôos iguais o artigo não deveria ter o mesmo título: Sul coreanos morderam a isca dos russos e chineses?

De qualquer forma , parabéns pelos esclarecimento!

rafa
Visitante
rafa

Olha.. vou te falar uma coisa.. Fotos muito bem tiradas.. rs.. mandaram um piloto ou um fotógrafo para interceptar? rs

Kleber Peters
Visitante
Kleber Peters

A foto foi tirada por um piloto japonês. Todo japonês é um fotógrafo em potencial.

MCX
Visitante
MCX

“Uma vez concluído o seu estudo sobre as reações da defesa aérea sul-coreana, o “41 Vermelho” iniciou o seu caminho de volta para o seu local de origem, a 2457ª Base Aérea em Ivanovo, a nordeste de Moscou”

Pergunta de leigo: quando se fala em base aérea começa a se contar pelo 1?

Sérgio Santana
Visitante
Sérgio Santana

Não necessariamente, MCX…

100nick-Elâ
Visitante
100nick-Elâ

É lindo ver a Rússia e a China trabalhando em uníssono. Queria muito ouvir algum comentário do _RR_ ou do Jacinto, já que ambos diziam que “Rússia e China não se misturam, como água e óleo”. Esse é o comportamento dos fanboys, não admitem a realidade e chegam a criar fatos ou realidades paralelas, dada a dificuldade de aceitarem a perda da hegemonia ocidental. A Ásia será o centro do mundo, isso se já não for nesse exato momento, todas as pessoas inteligentes já perceberam. Até o ex-presidente Obama, com seu “pivô para a Ásia”, admitiu. Menos os fanboys. Muitos… Read more »

Marcus Vinicius
Visitante
Marcus Vinicius

EUA e Rússia devem aprender a respeitar o princípio da auto-determinação dos povos pois com atitudes hostis como essa, a linha entre conflito e confronto, que já é extremamente tênue se rompe.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

A Rússia é aquele vizinho que era rico nos anos 80. Tinha carrões, mulheres e influência.. Veio o Plano Collor e ela perdeu tudo o que tinha, só ficando o nome e os carrões. Hoje em 2019 ela luta para ter o mesmo prestígio perdido, mas não conseguiu se modernizar. recuperar o dinheiro perdido e não encontra um lugar descente no mundo moderno. Não consegue comprar os mesmos carrões de outrora e fica tunando os velhos. Que ainda são legais, mas são dos anos 80. Para compensar a perda de prestígio ficam criando confusão e barraco na vizinhança, com os… Read more »

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Tais andando de mais com o povo da raposa sapeca jou

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Eu vivo em um mundo real, não o que eu gostaria.

Os grandes de verdade hoje em dia são EUA e China

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

Rodrigo Martins Ferreira
Eu vivo em um mundo real, não o que eu gostaria.

——-

Algo imperceptivelmente.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Sinto muito se vocês aí só podem ler o que o Putin permite..

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

Sinto muito se vocês aí só podem ler o que o Putin permite..

—-
Haha Você simplesmente não entende o que você escreve e sobre o que você fala.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Você vive no mundo que gostaria, não no mundo real. Se a Rússia é assim do jeito que descreveu, porque venceu na China? como consegue defender a Venezuela? só para lembrar, a Rússia é a maior potência nuclear atual.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

A Rússia defende a Venezuela de quem ?

Venceu na China o q ? Senão fosse a China a comprar os cacarecos russos a coisa estaria ainda pior.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Venceu na Síria, eu quis dizer, corrigi depois…..mas acredite no que quiser, a realidade não será mudada por conta do que vc acredita. Se eu acreditar com todas as minhas forças que eu tenho um bilhão de dólares, o dinheiro não vai se materializar.

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Rodrigo se a federação Russa fosse assim um ator insignificante não teria sido protagonista na defesa de Assad na Síria, na manutenção do burguvariano Maduro no governo, os Russos podem não ter mais sua capacidade de projeção no tempo URRS mas ainda é uma ator no jogo das potências.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

A Rússia está a anos na Síria, com total liberdade de ação e zero de cuidado em quem atira e até hoje não derrotou os rebeldes. A questão da Venezuela é mais simples ainda.. O problema não é a Rússia defender o Maduro, é o que se fazer a hora que o Maduro sair, com aquele monte de Generais envolvidos com Narcotráfico. Se o Guaidó ou quem entrar não quiser ser um marionete nas mão mãos deles, não vai poder trabalhar com elas e duvido muito a Venezuela ter oficiais o suficiente para substituir a todos. Isto segura o Maduro..… Read more »

Tiago Brandão Gomes
Visitante
Tiago Brandão Gomes

O que significam as numerações “xx vermelho” e “xx azul”?

Sérgio Santana
Visitante
Sérgio Santana

Tiago, são números táticos.

Tiago Brandão Gomes
Visitante
Tiago Brandão Gomes

Fale mais sobre isso ou indique um link a respeito, muito agradecido desde já.

Eduardo dos Anjos
Visitante
Eduardo dos Anjos

offtopic www military com/daily-news/2019/07/23/former-secaf-explains-how-secret-x-37-space-plane-throws-enemies.html

Denis
Visitante
Denis

Acho que o Putin*o está dizendo ao Pato que pau que bate em Chico, bate em Francisco: “- Se você invade o espaço aéreo do meu aliado, eu invado o do seu”.

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Derruba pra ver!

sukhoi2020
Visitante
sukhoi2020

os caras tao caindo nessa velha tatica dos russos ? tao dando milho hem ?

MGNVS
Visitante
MGNVS

A Russia pode nao ter avioes tao avançados quanto os dos EUA mas que os avioes russos sao bonitos, robustos e imponentes isso eles sao. Quanto ao titulo da materia creio haver um erro ali. O aviao russo saiu do espaco aereo coreano da primeira vez, mas depois retornou e mesmo apos receber um segundo disparo de advertencia ainda mais contundente que o primeiro ainda assim a aeronave russa permaneceu em curso no espaço aereo coreano por mais de 20min. Isso levar a crer que ou os russos sao loucos ou eles pagaram pra ver se os coreanos teriam peito… Read more »

rebouças cruz de ferro
Visitante
rebouças cruz de ferro

Boa tarde, A guerra vira dessa região e não do irã como alguns pensam e podem anotar não vai demorar muito para isso acontecer.

rebouças cruz de ferro
Visitante
rebouças cruz de ferro

O mundo de hoje esta lembrando os anos 30 pré segunda guerra, com o aumento do nacionalismo na Europa e EUA e com um novo jogador na área, A China. A diferença é que hoje temos armas nucleares muito mais potentes, não sou alarmista apesar de estar parecendo, mas durante a guerra fria havia uma ordem pelo medo de duas super potencias se destruírem mutuamente por isso elas não entraram em guerra diretamente. Hoje temos vários países com armas atômicas entre eles Coreia do norte, Paquistão, China, Índia entre outros. Se observarem o local mais perigoso esta na Asia e… Read more »