Home Aviação de Ataque Dassault Rafale realiza testes de clima frio na Finlândia

Dassault Rafale realiza testes de clima frio na Finlândia

2259
6

A empresa francesa de defesa e aeroespacial Dassault Aviation enviou um caça Rafale multifunção para a Base Aérea de Rovaniemi para um teste de clima frio na segunda-feira, 28 de janeiro.

Agendado para o período mais frio do inverno na Lapônia, o evento de teste dura aproximadamente uma semana. Os testes medem o desempenho do caça em temperaturas abaixo de zero. O evento de teste de clima frio inclui testes de aceleração do motor e taxiamento na linha de voo. No entanto, também alguns voos podem ser incluídos.

O Comando Aéreo da Lapônia acompanha o evento de testes de clima frio da Dassault Aviation na Base Aérea de Rovaniemi. Nenhuma operação de voo da Força Aérea Finlandesa será associada aos testes.

Realizado pela empresa francesa de defesa e aeroespacial, o evento de teste não faz parte do programa de caça HX, projetado para encontrar o substituto para a atual frota de caças F/A-18 da Força Aérea Finlandesa.

FONTE: Força Aérea da Finlândia, Comando Aéreo da Lapônia

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz
Clésio Luiz
1 ano atrás

Motores a reação adoram um inverno gelado, pois temperaturas baixas significam ar mais denso que resulta em maior empuxo.

O resto dos fluidos na aeronave, junto com as baterias, não acham muita graça não.

Rommelqe
Rommelqe
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

Caro Clesio, so lembrando que voos em altitudes elevadas se fazem em baixissimas temperaturas, sob as quais os fluidos hidraulicos de acionamentos de superficies de controle tem que operar normalmente! Assim os testes em terra visam tambem outros fatores, tais como condicionamento da cabine, etc.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
1 ano atrás

Qual é o intuito de se fazer testes numa aeronave amplamente conhecida de l’Armee de L’Air e ha séculos comissionada? Je ne sais quois

ednardo curisco
ednardo curisco
Reply to  Filipe Prestes
1 ano atrás

sempre tem algum equipamento novo, uma técnica nova, teste de materiais… enfim: não basta testar uma vexz.

e como citado, tem a suíça querendo ver os candidatos.

Kemen
Kemen
1 ano atrás

Com certeza é um Rafale com o curtinho RBE2, na concorrencia da Suiça provavelmente ofereceram o Rafale com AESA (AA RBE2). Uma pena, um caça com essas características sem dúvida era merecedor de um radar melhor e com maior alcance. Acredito que a substituição do radar nos Rafale ativos atrasou.