Home Aviação de Ataque Qatar receberá primeiros F-15QAs no início de 2021

Qatar receberá primeiros F-15QAs no início de 2021

4386
21
F-15QA da QAEF
F-15QA da QAEF

O primeiro dos 36 caças multifunção Boeing F-15QA encomendados pelo Qatar chegará ao emirado no início de 2021, disse o general-de-brigada Eisa al-Mohannadi, diretor da Força Aérea Qatari (QEAF) ao jornalistas durante uma viagem de imprensa a Al -Udeid Air Base em 26 de novembro.

“As entregas de aeronaves para o Catar começarão no início de 2021 e continuarão até o final de 2022, quando todas as 36 aeronaves estarão no país”, disse a Gen Eisa. A primeira entrega será composta por seis F-15QAs e toda a frota estará totalmente operacional até 2023, acrescentou.

O F-15QA, a versão qatari do F-15E Advanced Eagle, será conhecido como Ababil na QAEF (Qatar Emiri Air Force)  e será baseado em Al-Udeid.

O general Eisa disse que a QAEF selecionou o tipo, pois tem o maior alcance e a maior carga útil da aeronave considerada para o requisito, e que sua razão de subida, velocidade de cruzeiro e velocidade máxima são “de classe mundial”.

Combinadas com as armas disponíveis, essas capacidades permitem à aeronave defender o Catar de ameaças aéreas, terrestres e marítimas, acrescentou, observando também que o tipo é totalmente interoperável com a Força Aérea dos EUA (USAF).

FONTE: Jane’s

21
Deixe um comentário

avatar
9 Comment threads
12 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
15 Comment authors
Paulo costaFalconnonatoCarlos CamposEverton Matheus Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

O melhor, simples assim.

Hugo
Visitante
Hugo

Rafale de um lado ,F15 do outro , 2 vetorés assim não culminaria em mais gastos do que
apenas um vetor ?

Gustavo
Visitante
Gustavo

Quem compra F-15 e Eurofighter não está preocupado com gasto não. Esses dois estão no time das horas de voo mais caras da atualidade…
Mas com ctz são mais gastos que apenas um tipo de caça…
Eles tem sob encomenda nesse momento 36 F-15, 36 Rafale e 24 Eurofighter.
Sem contar os Mirage 2000 em serviço.

Alfredo Araujo
Visitante
Alfredo Araujo

Nesse caso, não foram “apenas” compras de armas… são tentativas de aproximação diplomática, obtendo assim, algum apoio em disputas regionais. Vc compra algumas dúzias de aviões, vira cliente de serviços de manutenção, treinamento e suprimentos, convida a super potência para participar de exercícios, se oferece para basear (em sua bases aéreas) alguns esquadrões dessa super potência, … e etc… Tai a receita para ter uma França e um EUA, como “aliados”. Um suposto inimigo pensa duas vezes… EUA e França pensam duas vezes… já q em tempos de dinheiro curto, um cliente de bolso aberto não é de se jogar… Read more »

Mauro Oliveira
Visitante
Mauro Oliveira

Política de não depender de apenas uma fonte, custa caro, mas há menor chance de embargos ou de sua frota inteira ser groundeada por problemas em um único modelo.

Everton Matheus
Visitante
Everton Matheus

É o Qatar

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

A lista do Catar passa hoje por Rafale, F-15 e possíveis SU-35.
Parece aqueles videos na internet dos magnatas do petróleo ostentando suas Ferrari, Porsche e Lamborghini.
Não vejo porque tanto investimento, sendo que eles aparentemente não possuem ameaças reais naquela parte do golfo, visto que eles juntamente com os Emirados Árabes, Arábia Saudita e Bahreim são 100% sunitas. Financiando revoluções em países xiitas.

rdx
Visitante
rdx

A ameaça é o Irã. As monarquias sunitas estão se preparando para a inevitável guerra contra o Irã.

João Francisco Neves
Visitante
João Francisco Neves

Nossa, F-15 com cores da FAB seria um sonho, um caça pesado de superioridade aérea, o melhor não stealth do mundo, não ia ter pra ninguém nos próximos 50 anos na américa do sul.

rdx
Visitante
rdx

Interceptador perfeito para o GDA.

Gustavo
Visitante
Gustavo

A hora de voo do F-15 C é 30 mil dólares, do F-15 E 28 mil dólares em 2016.
Do gripen C quase 7 mil dólares em 2017 e do E é esperado abaixo de 10 mil dólares.

Prefiro ter 3 Gripen voando que 1 F-15. Sem falar que o Gripen será dominante no nosso cenário.

Mauro Oliveira
Visitante
Mauro Oliveira

Olha cada força tem o seu modo de calcular o custo da hora de vôo então esse é um dos piores paretros de comparação.

A USAF por exemplo inclui armamento na conta de hora de vôo. Os europeus não. Então obviamente a dos americanos vai ser mais alta

Alejandro Perez
Visitante
Alejandro Perez

Digamos que nesses lados,grana não é problema…

Gustavo
Visitante
Gustavo

as forças ocidentais usam a mesma formula, por isso não citei caças russos ou chineses.
Portanto a comparação é feita pela mesma base de calculo.
O CPH (Cost per Flying Hour) é composto por esses itens:
Custo do combustível
Custo dos consumíveis
Custo de manutenção
Dentro desses 3 itens, são analisados em cada um deles esses demais itens:
Perfil de voo, sistemas embarcados, idade da aeronave, local da aeronave e frequência de sortidas.
Aqui no Brasil, lá na Suécia, na Inglaterra, França e EUA é calculado dessa maneira.
Não fosse assim, seria um carnaval de desinformações que não interessam a ninguém em tempos de vacas magras.

Vinicius
Visitante
Vinicius

O MiG 31 com as cores tupiniquins sera fantástico também!!!

Vinicius
Visitante
Vinicius

MIG-35* que passou o SU-35 e se tornou o vetor mais avançado do esquadrão aereo russo.

Mauro Oliveira
Visitante
Mauro Oliveira

Política de não depender de apenas uma fonte, custa caro, mas há menor chance de embargos ou de sua frota inteira ser groundeada por problemas em um único modelo.

Carlos Campos
Visitante

em que o MIG 35 é melhor que o SU 35? que fizeram com ele ? supostamente o SU 35 é um SU57 sem ser stealth

nonato
Visitante
nonato

Compra variada para fazer média com várias grandes potências. Nada a ver com não depender de um único fornecedor. O Qatar está em “Guerra” com a Arábia saudita e outros países da região e foi alvo de ameaças. Por isso comprou às pressas alguns do caças mais modernos e também para ganhar a simpatia desses países fornecedores. Estamos numa época de pouca restrição de vendas de armamentos. Há uma briga de cachorro na disputa pelo mercado. Em várias concorrências, inclusive em países não tão aliados, muitos fabricantes disputando. E Trump entrou nessa festa. “Vamos vender”. O importante é gerar empregos… Read more »

Falcon
Visitante
Falcon

Bom dia pessoal Eu vivo no Qatar, sou piloto da Qatar Airways. O Qatar está com um problema sério com seus vizinhos, especialmente a Arabia Saudita, UAE e Bahrain, também o Egito virou inimigo. todos esses países romperam relações diplomáticas e impuseram um embargo econômico total. A Arabia Saudita e o UAE estiveram a ponto de atacar militarmente, isso ano passado (2017). Só não ocorreu por haver uma base da USAF no Qatar, mas principalmente porque a Turquia interviu e ameaçou entrar ao lado do Qatar. O Iran é amigo do Qatar de quem dividem a maior bacia de gas… Read more »

Paulo costa
Visitante
Paulo costa

Podem falar o que for mas ate hoje eu gostaria que a FAB tivesse feito compra direta desse caça so para superioridade aérea e mais nadas porque ele e incrível mas e uma pena …