Home Aviação Comercial Sukhoi Superjet 100 na mira do Irã, que precisa de 500 aviões

Sukhoi Superjet 100 na mira do Irã, que precisa de 500 aviões

6383
104
Sukhoi Superjet 100

DUBAI (Reuters) – O Irã precisa de cerca de 500 aviões e deve voltar a comprar o Sukhoi Superjet 100 se a Rússia quiser vendê-los a suas companhias aéreas, disseram agências de notícias iranianas na quarta-feira.

O Irã precisa atualizar sua frota de passageiros envelhecida e está tentando evitar sanções dos EUA contra Teerã.

O Tesouro americano revogou licenças para a Boeing e a Airbus para a venda de jatos de passageiros para o Irã depois que o presidente Donald Trump retirou os Estados Unidos do acordo nuclear iraniano de 2015, em maio, e voltou a impor sanções.

A maioria dos aviões comerciais modernos tem mais de 10% em peças dos EUA, o limite para a necessidade de aprovação do Tesouro dos EUA.

Mas autoridades russas foram informadas de que a Sukhoi está trabalhando na redução do número de peças dos Estados Unidos na esperança de ganhar um pedido iraniano de até 100 aeronaves.

“Se as companhias aéreas iranianas quiserem usar esta aeronave (Superjet 100) e o vendedor estiver disposto a vendê-la ao Irã, a Organização de Aviação Civil está pronta para emitir seu comentário final sobre esta aeronave”, disse Abedzadeh, chefe da Organização da Aviação Civil, à agência de notícias semi-oficial Fars Ali.

“Mas esta aeronave aderiu aos padrões mundiais e está voando atualmente, portanto não há razão para rejeitá-la”, disse Abedzadeh à Fars.

A IranAir, companhia aérea de bandeira, encomendou 200 aeronaves de passageiros – 100 da Airbus, 80 da Boeing e 20 turboélices da fabricante franco-italiana ATR antes de as licenças dos EUA serem revogadas.

“As companhias aéreas têm propostas para a compra de aviões e estamos tentando elaborar regulamentos que facilitem as importações de aviões. Considerando o mercado muito grande do Irã, precisamos de 500 aviões agora”, disse Abedzadeh à agência de notícias semi-oficial Tasnim.

FONTE: Reuters

104
Deixe um comentário

avatar
33 Comment threads
71 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
45 Comment authors
QuatzyWellington GóesFlávio HenriqueCarlos Alberto SoaresLuiz Trindade Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
carcara_br
Visitante
carcara_br

Opa, agora o Su-57 sai!

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Excelente notícia!
Dentro em breve teremos também MC-21, COMACs e etc.
E não só para o Irã, mas para todos os países em que se observa o aumento da expansão da Rússia e da China.

JPC3
Visitante
JPC3

Primeiro eles tem que fazer aviões melhores e vencer a concorrência da Boeing e da Airbus.

Acorde do mundo da fantasia, fazer um avião competitivo não é mesma coisa que fazer uma escova de dentes.

Vinicius
Visitante
Vinicius

O primeiro passo foi dado: achou-se um comprador. Agora e esperar o “feedback”, se for positivo, novos compradores virão. A Embraer comecou assim tambem.

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

O Irã só esta comprando o Sukhoi Superjet 100 porque ele ta sofrendo um gigantesco embargo e nenhuma empresa ocidental vai vender pra ele.
Embraer EMB-190 e 195 é vastamente superior a ele

Alex
Visitante
Alex

Boeing e Airbus só têm o seu mercado cativo, fruto da politicagem ocidental. E esse detalhe será seu calcanhar de Aquiles quando esses jatos sino-russos estiverem prontos. No momento, enquanto o C919 e o C929 não estão a disposição, o duopólio ocidental ainda pode se dar ao luxo de ‘escolher’ para quem vender. Veremos depois…

Cbamaral
Visitante
Cbamaral

Antoniokings 13 de dezembro de 2018 at 12:18

Dentro em breve teremos também MC-21, COMACs e etc.

Você por acaso é Russo ? trabalha na Sukhoi ?

Tu é tão fanático que considerada qualquer coisa que a Rússia faça como sua.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Por que essa torcida, essa euforia?

Antonio Palhares
Visitante
Antonio Palhares

O Trump dando prejuízos aos parceiros por causa de besteiras que poderiam ser resolvidas com mais conversa e menos arrogância.

Leonardo M.
Visitante
Leonardo M.

Fico imaginando se o Irã não fosse tão radical o que eles seriam caso fossem aliados de Washington.
Creio que o Irã estaria entre as 10 maiores economias do mundo.
O povo é um povo muito simpático e trabalhador, tem reservas imensas de petróleo, localização privilegiada no Oriente e uma população enorme e jovem.
Hoje o Irã estaria recebendo F-35 dos EUA e teria forças armadas para bater de frente com a China e Rússia.

Maldita revolução de 1979

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Seriam exatamente como a Arábia Saudita é.

carcara_br
Visitante
carcara_br

a galera viaja com o sonho americano rsrsrsrs

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Caracara deve ser por causa da goaiabeira

PauloR
Visitante
PauloR

Nem você acredita nessas palavras

Maurício.
Visitante
Maurício.

Leonardo, de acordo com a Freedom House, organização internacional que monitora e mede a democracia e a liberdade em todo o mundo, a Arábia Saudita é pior que o Irã, então tecnicamente o Irã nem é tão radical assim em comparação com a AS ( a não ser que você esteja falando exclusivamente em relação aos EUA/Israel). A AS é pior que o Irã, mesmo assim é um aliado de Washington, não que esse relatório signifique alguma coisa, mas ajuda a mostrar a hipocrisia das nações com esse papo de democracia, direitos humanos, liberdade e todo o blá blá blá… Read more »

Maurício.
Visitante
Maurício.

Só um detalhe, quando eu falo que a AS é pior que o Irã, eu estou falando de seus ditadores, não do seu povo, até porque nunca fui na AS, o mesmo vale para as grandes potências, estou falando exclusivamente de seus governantes.

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Matou a pau

Thiago
Visitante
Thiago

Kkkkk santa inocência. Irã , china , Rússia, todos malvados ,espiões e traiçoeiros. Nada como os EUA que nunca espiou ninguém , nunca violou os direitos e intimidade dos próprios cidadãos, que nunca se meteu em conflitos, que nunca roubou território do seus vizinhos, que nunca invadiu nenhum país das Américas, que nunca invadiu ocupou e exterminou os Filipinos. Estados unidos sim que prestam , esses outros não, a agressividade da China dá até medo, ui…

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

O Irã foi, durante décadas, aliado dos EUA.
E era aliado através de um regime despótico que massacrou o povo.
Não por outra, o povo de lá não quer ouvir falar de Xá e muitos menos de EUA.

Alessandro
Visitante
Alessandro

“A maioria dos aviões comerciais modernos tem mais de 10% em peças dos EUA, o limite para a necessidade de aprovação do Tesouro dos EUA.”

estranho pq tem gente que jura de pé junto que os EUA não produz mais nada e tudo está na China.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Se vc estudasse Economia, saberia que qualquer produto mais complexo, com grande quantidade de peças na manufatura, tem uma cadeia de fornecedores que às vezes permeia o mundo inteiro.
Nenhuma empresa fabrica todos os componentes. Essa divisão do trabalho é benéfica para todos, pois permite especialização e ganhos de escala.
Ocorre que Trump, o Demente, acha que pode influenciar os outros países, bloqueando isto ou aquilo.
E o que a empesa faz? Procura outro fornecedor. Simples.
America first.

Alessandro
Visitante
Alessandro

então era mentira aquela lorota que vc e outros fãs da China, que vive repetindo a exaustão que os EUA não produzem mais nada ?

Vc apenas se contradiz a cada dia que passa, e obrigado por mais uma rsrs..

obs: concordo com tudo que vc escreveu

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

O fato é que em 2010, a produção industrial da China ultrapassou a dos EUA.
Hoje, oito anos depois, a produção industrial da China representa 25% do mundo, enquanto a dos EUA está em 15%.
Se continuar nesse ritmo, dentro em breve a China terá o dobro da produção americana.
Por isso que Trump está, desesperadamente, tentando atrair de volta empresas para o solo americano.
Mas, não é assim que se faz. Com tarifas, embargos e bloqueios.
Só está conseguindo atrair a ira dos outros países, inclusive de aliados, fato este que ficou claramente demonstrado na recente Reunião do G-20.

Alessandro
Visitante
Alessandro

Antonio acho que vc ainda não compreendeu na enrascada que vc se meteu ou tá fingindo que não entendeu rsrs… que a China vem expandindo sua produção industrial e já ultrapassou os EUA, todo mundo já sabe, o problema é que vc e outros vive repetindo que os americanos não produzem quase nada, e vc mesmo foi obrigado a reconhecer eles ainda representam 15% da produção mundial, vc tem noção do que é esse número ? Vc se auto desmentiu, é por isso que é engraçado vc tentando se justificar rsrs…

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Alessandro.
Eu já tinha postado sobre essas proporções da produção industrial dos dois países .
O que devemos enfatizar, e isso é grave para os americanos, é que eles vem perdendo competitividade e, dessa forma, participação no mercado mundial.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Olha para o computador que você usa para digitar suas postagens ideológicas aqui, ou olhe para seu smartphone, ou para o tênis que você está usando. É tudo made in China, não reparou? Cegueira ideológica tem limite.

Alessandro
Visitante
Alessandro

olha outro que se doeu ae rsrs.. MONTADORA “made in Brazil” tbm tem por aqui, e nem por isso quer dizer que as peças são fabricadas aqui, pede ajuda ae para o Antonio sobre cadeia industrial que ele te explica.

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

O Irã é um pais exportador de terrorismo, bem que faz os EUA.

Maurício.
Visitante
Maurício.

André você está certo em relação ao Irã, só não se esqueça que até hoje nunca foi muito bem explicado a participação da ditadura saudita nos ataques terroristas de 2001, nos EUA até hoje tem juízes que culpam a AS, não esqueça também que 15 dos 19 participantes do ataque terrorista eram sauditas. Até hoje a AS nega o envolvimento nos atentados de 2001, assim como nega o envolvimento no ato terrorista da morte do jornalista na Turquia. Não quero mudar sua opinião em relação ao Irã, só quero mostrar que Irã e AS são farinhas do mesmo saco, e… Read more »

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

Os EUA tb devem se afastar da Arabia. Irã e Arábia se merecem .

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

Pq a afirmação desrespeitosa?

Maurício.
Visitante
Maurício.

André, vou tentar esclarecer uma coisa, os editores apagaram um comentário meu ao comentarista Nilton L Junior, como meu comentário foi apagado, fica parecendo que foi eu que fui desrespeitoso com você, o que não é verdade.
Só acho estranho que meu comentário ficou preso, depois foi liberado, mas depois foi apagado, talvez porque meu comentário foi fora do tema da matéria.

PauloR
Visitante
PauloR

Maiores financiadores do terrorismo mundial são os próprios americanos. Grande maioria dos grupos terroristas da atualidade já trabalharam para CIA e para os interesses geopoliticos dos americanos.
Tentativa fracassada de querer demonizar os inimigos da América.

luiz antonio
Visitante

Boa tarde:
Se jogarem uma bolinha de papel para cima, começarão as discussões sobre influencia dos EUA, da Russia, da China ou do raio que o parta na velocidade da queda e possíveis desdobramentos dependendo da cor. Aqui é um espaço para abordagens de assuntos aeronáuticos, de preferência, abordagens técnicas e possíveis evoluções. Essas discussões ideológicas baratas, para não dizer mediocres, enchem o saco.
Desculpem o desabafo, mas é demais.

Maurício.
Visitante
Maurício.

Luiz, eu vou falar por mim, eu já comentei algo parecido com o que você comentou agora na matéria do Tu-160, agora nesse tópico específico estou tentando mostrar e com fatos que tanto Irã como AS são iguais, justamente para não acontecer debate ideológico barato, mas a questão política e militar estão ligadas como unha e carne, isso eu e você não podemos negar.
Acho que um debate sobre ideologia é válido, desde que não se baixem o nível é claro, espero que você tenha entendido meu ponto de vista.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Ademais, o assunto é Irã – Rússia – EUA – Embargo.
Queria que fosse discutido o quê.
Qual o motor do avião?
Que tipo de pneu usa?
Nesse caso, o enfoque ideológico é perfeito para o tópico.
Em outros tópicos, até podemos argumentar, mas nesse é o assunto principal.

Flávio Henrique
Visitante
Flávio Henrique

No OM é algum muito mais que ideológico… Mas um debate/análise ideológico seria/será impossível pois deverá ser imparcial algum que não dá para ser feito, principalmente com pessoas defendendo cegamente um lado, por isso o debate/análise deveria ser estratégico/técnico.

PS.: No Oriente Médio boa partes dos países apóiam e praticam terrorismo, seja para retalha, seja por viés ideológico-religioso. Vale salientar que naquela região houve muitos impérios o que ajuda a explicar a ambição de cria um novo “império” e o revanchinos… E aposto que mesmo se não tivesse guerra fria as coisas estariam do mesmo jeito de hoje…

Robsonmkt
Visitante

Cada novo embargo dos EUA a algum país, aumenta o mercado para produtos made in Russia e/ou China.

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

E eles agradecem….. E por que? Porque aproveitam a oportunidade e se destacam do restante. Criam luz própria.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Não são os senhores defensores da livre iniciativa e ampla concorrência? a partir de agora, quem quiser comprar avião civil de grande porte pode optar pela Airbus, pela Boing ou pela Sukhoi. Os aviões russos são ótimos, afinal se eles conseguem fazer aviões militares tão bons, porque não conseguiriam fazer aviões civis? inclusive, os russos estão pensando em fazer um consórcio junto com os chineses para criar uma grande companhia de aviação sino-russa que vai entrar detonando o mercado. Como consumidores e defensores da ampla concorrência, deveriam estar contentes. Claro que o mercado iraniano será dominado pelos russos e chineses.… Read more »

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

Comentário impecavel!

XFF
Visitante
XFF

A Rússia deve estar trabalhando silenciosamente para reduzir os componentes dos EUA para poder vender esse avião para o Irã.
Vai ser um excelente mercado para a Rússia dominar.

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

100Nick-Elã e Antoniokings. o Sukhoi Superjet 100 não é um avião de grande porte. ele esta na mesma categoria que os EMB-190 e EMB-195 e sinceramente é inferior a ambos. a compra do Superjet não se deve a conquista de mercado ou qualidade do produto, o único motivador é o gigantesco embargo que o Irã esta sofrendo. pra concorrer com aviões na qualidade de um Boeing, Airbus e Embraer a Sukhoi precisa melhorar e muito a qualidade do seu aparelho Afinal o Superjet é tão bom que a CIA aérea Mexicana Interjet vai substituir todos os seus 22 modelos superjet… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Não estamos entrando no mérito se o avião ‘A’ é melhor que ‘B’.
O que fica claro é que nesse mercado existem diversos componentes, inclusive ideológicos e estratégicos.
E o próximo Governo brasileiro que não abra o olho.
Se ficar com essa idiotice de alinhamento com os EUA, Israel e etc., coisas que são totalmente extemporâneas à nossa realidade, vamos acabar perdendo mercados extremamente importantes e sem a mínima necessidade.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Sem contar essa asneira de querer sair de diversos acordos internacionais que apenas está trazendo inimizades com os países europeus.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

A substituição pode ter sido motivada por questões políticas usando como desculpa o critério técnico. Se um país neutro, tipo India ou Paquistão, por exemplo, falar que os produtos russos tem problemas, aí eu acredito. Mas americanos? faz favor, né.

Luiz
Visitante
Luiz

Tem outra matéria falando que a InterJet desistiu de desfazer dos SuperJets. Procura aí na Internet que vai achar algo a respeito. A Sukhoi tá trabalhando para substituir componentes americanos por domésticos e se livrar das sanções e vender a aeronave ao Irã.

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Nunca achei, poderia por favor postar o link?

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Os Persas vão comprar de quem tem para vender, agora me supreende os engenheiros aéronauticos que sabem tudo sobre a qualidade duvidosa das aeronaves comerciais da China e da Russia.

Humberto
Visitante
Humberto

A Boeing e a Airbus dominam o mercado, pois entregam um produto de qualidade e com preço competitivo. Conseguem isto com investimento de projeto, uma bela cadeia de empresas de componentes, experiencia de décadas constituindo aviões e escala. O Sukhoi até pode entregar um avião de alta qualidade, mas o preço tende a ser alto, pois no mínimo não terá escala, o governo Iraniano vai ter que subsidiar pesadamente as empresas para que possam comprar o mesmo OU o preço das passagens será alto. Nem vou entrar no mérito se o avião será confiável. Não tem magia, existe a opção… Read more »

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Não vejo motivo para que as passagens do Superjet precisem ser subsidiadas, se for assim o UK deverá subsidiar as passagens dos ingleses e irlandeses que voam nos Superjets a partir da Inglaterra para seis países da Europa na empresa irlandesa que comprou vários.

Humberto
Visitante
Humberto

Walfrido, O atual SuperJet utiliza motor da P&W e sei lá mais quais componentes que podem estar na lista de proibição dos EUA, a Sukhoi vai ter que obrigatoriamente trocar estes componentes por outros, possivelmente Russos, Chineses isto se os mesmos existirem. Creio que a França e Inglaterra devam seguir os americanos. Depois estes componentes tem que ser testados, homologados não só na Rússia, assim como nos países onde o avião irá operar (acredito que o Irã vai utilizar o avião para viagens ao exterior), isto demanda tempo. Além do custo da adaptação, os novos componentes devem ser mais caros… Read more »

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

O Superjet usa motor de uma parceria entre a França(Safran) e Rússia(Progress) que foi certificado na EASA. Mas tem vários outros componentes americanos que estão sendo substituidos. Nunca usou um P&W.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Humberto.
Acredito que algumas empresas utilizem alguns componentes americanos por especificação dos clientes que preferem trabalhar com eles por já estarem habituados a sua manutenção e etc.

Humberto
Visitante
Humberto

Vc tem razão Walfrido, lembro ter lido sobre o P&W, isto que dá confiar na memória.
Um grande abraços
Humberto

Antoniokings 14 de dezembro de 2018 at 13:18
Sim, trabalhar com um fornecedor já conhecido é bem mais fácil, como dizem, você já sabe os defeitos dele. Qualquer vendedor SEMPRE vai dizer que o produto dele é o melhor.

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Tem comentário meu preso ai

fernandoEMB
Visitante
fernandoEMB

O SuperJet não é porcaria. Mas de uma maneira geral, neste mercado, a Sukhoi precisa comer muito feijão para chegar no nível de uma Embraer.
500 aviões para o Iran. Essa eu pago para ver!!!
E quero ver 500 operando. Não uma compra para agradar os amiguinhos e fuçar com dezenas de aviões sendo coberto de areia no deserto.
Mas um factoide inventado pelo Iran.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Não existe tecnologia criada pelo Ocidente que a Rússia não possa reproduzir. Além do mais, a Rússia não vai entrar sozinha nesse mercado, estará fazendo parceiria com a China. Quem viver, verá

João Adaime
Visitante
João Adaime

Caso o Superjet 100 seja vendido ao Irã, o Putin corre o risco de ser preso caso faça uma viagem para fora da Rússia, como aconteceu com aquela executiva chinesa?
A propósito, 500 aviões? Isso é só balão de ensaio para que as empresas pressionem o Trump para retirar o embargo ao Irã.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Na verdade uma compra inicial de 100 aviões que no futuro pode chegar a 500 se não for liberado o embargo e tiverem que substituir todos os aviões que forem se aposentando.
O Superjet seria o padrão para substituir todos os aviões de linhas nacionais, regionais e irternacionais próximas até aparecer o MC-21 isento de componentes americanos que está sendo desenvolvido.

Lucas
Visitante
Lucas

Joao,
A CEO da Huawei foi presa no Canada, porque o Canada tem um tratado de cooperacao com o US nesse campo.
Nao eh todo pais que eh obrigado a seguir leis americanas. Alem do que chefes de estado e diplomatas tem imunidade… eh por isso que o Maduro vai pra NY discursar na ONU e nao eh preso, pra citar um exemplo.
Depois das acoes da Canada Goose, entre outras empresas, afundarem vertiginosamente com medo da reacao da China, O Canada ja se arrependeu e ja soltou a coitada.

João Adaime
Visitante
João Adaime

Lucas
Eu estava sendo irônico.
De tudo isso, eu acho que o Irã está querendo dizer ao Trump que seus fabricantes de aviões e/ou componentes vão ficar de fora de um mercado de 500 aeronaves.
Com isto, o governo iraniano quer que os fabricantes pressionem o Trump para suspender o embargo.
Abraço

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Alessandro 13 de dezembro de 2018 at 15:56 De fato, a China possui diversas fábricas instaladas no seu território mas que são ocidentais. Porém, como a China não é o Brasil, para cada fábrica ocidental que se instalava na China, gerando empregos e capital estrangeiro produtivo (não especulativo), a China criava uma outra similar, mas chinesa, nacional. Chinês não é baba-ovo de americano e jogam pela China, não brasileiros idiotas que jogam pelos EUA. Por exemplo, porque raios brasileiro se preocupa com Coréia do Norte? eles ão nossos inimigos, podem nos inflingir mal? norte-coreano nem sabe da existência do Brasil,… Read more »

Camillo Abinader
Visitante
Camillo Abinader

Fortes indícios que o Putin possui segredos bombasticos do Trump, e ajudou-o a ganhar a eleição para ter o presidente dos EUA sob seu controle O Trump vem jogando vários países da Ásia contra os EUA e consequentemente aproximados-os de China e Rússia Resultado, na administração Trump os EUA vem perdendo aliados na Ásia enquanto cada vez mais China e Rússia fazem negócios com estes países Na Europa, Trump “sacudiu” tão forte seus aliados europeus que os mesmos estão buscando cada vez mais independência dos EUA A África com fortes laços econômicos com a China Na América Latina forte influência… Read more »

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

Dada a devida medida, seu comentário é acertado. Mas não creia que os EUA são bobos. Do contrário, os lobos de Washington não peitariam a China como nunca antes fez nenhuma outra administração. O exemplo do que digo são os pápeis podres do Fed que tem na China seu maior comprador de títulos.

Rene Dos Reis
Visitante

Acho que vi em um post aqui outro dia o pessoal da dassalt tentando substituir componentes americanos do rafale , não sei se por causa de embargos ou recusa do congresso americano.

Delfim
Visitante
Delfim

A questão não é qualidade dos SuperJet, e sim o fato que é este mesmo e não tem outro. O messingelismo de Trump está trazendo prejuízos aos fabricantes americanos, e também aos externos como Embraer e Airbus, afinal o Irã está cumprindo o tratado feito, os EUA que estão o rasgando. Isto só vai levar à diversificação de componentes para evitar dependência americana, a França deixou de vender os mísseis SCALP ao Egito por conta de veto americano, mas está desenvolvendo componentes substitutos. 500 aeronaves é uma encomenda grande o suficiente para forçar a amizade e a aliança com os… Read more »

Overandout
Visitante
Overandout

Off

Nenhuma notícia do reabastecimento em voo do heli da FAB?

Maurício.
Visitante
Maurício.
Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Boa notícia.

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44

Resumo da ópera:
– alguns comentaristas amam Russia/China, mas pensariam 2x em pegar um voo de Superjet 100 entre Teerã e Bishkek (por exemplo),
– daqui a dois anos Trump está fora, as coisas começarão a se normalizar.

Paulo costa
Visitante
Paulo costa

Nao da pra afirmar quem vai ganhar as eleições EUA daqui ha 2 anos ja que a economia americana melhorou muito e desemprego ta muito baixo. E a china e a Russia sempre vão concorrer contra os EUA e contra a Europa e no futuro ate um contra o outro na área de comercio, vendas e negócios. Lembre-se que a china ainda e 3ª Grande Potencia e a Russia ta no caminho e na sua mira e o Putin nao vai dar mole com eles, na hora certa puxa as rédias e poe a china seu lugar e ai sim… Read more »

Bruno Vinícius Campestrini
Visitante

O Putin está 20 anos atrasado se planeja “puxar as rédeas” da China. Na briga entre China e EUA a Rússia está fadada a se tornar potência de segunda classe.

Sérgio Melo
Visitante

Já viajei pela Aeroflot. Nem sei se existe ainda, mas que era preciso embarcar com uma chave philips no bolso, ah, isso era verdade. Parecia que o avião iria se desmanchar. Não recomendo.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Estranho, visto que a Aeroflot vem sendo extremamente elogiada ultimanente.

A Aeroflot ganhou o prestigioso prêmio Melhor Marca de Aviação do Mundo de 2017 (World’s Leading Aviation Brand 2017) na premiação World Travel Awards, a primeira vez que a nomeação foi concedida.

Aeroflot confirma liderança global: Melhor Marca de Companhia Aérea do Mundo e Melhor Classe Executiva do Mundo no Prêmio Mundial de Viagens de 2018.

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44
Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Bom. Foi o que eu li:

https://exame.abril.com.br/negocios/releases/aeroflot-confirma-lideranca-global-melhor-marca-de-companhia-aerea-do-mundo-e-melhor-classe-executiva-do-mundo-no-premio-mundial-de-viagens-de-2018/

De qualquer maneira, se na Aeroflot precisamos apertar parafusos, não quero nem pensar em Air France (25), British Airways (31), Delta (37), SAS (60), e muito menos United (88). Dentre outras.

Marcos10
Visitante
Marcos10

Esse número de 500 aeronaves não está inflado?

Marcos10
Visitante
Marcos10

Off Topic
Segundo a revista altamente confiável Cata Capital, a Embraer estaria pré falimentar.

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

Altamente confiável mesmo.. hehe

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
Visitante

Carta Capital??? ahahahahahahahahahahahhahahahahahahh!

Sérgio Melo
Visitante

Cata Capital…Excelente!

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

Fora do tópico:
Uma sugestão aos editores é publicar material sobre o módulo chinês que entrou em orbita lunar e pretende explorar o lado negro da lua e o grande sucesso da Virgin em ultrapassar o limite que separa pilotos de astronautas (80 km) ontem.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Foi anunciado hoje que a Russia está reestruturando a divisão de tarefas das empresas aeronauticas da UAC, a empresa responsável pela aviação comercial agora é a Irkut que ficará com a comercialização e pos venda do Superjet, MS21e CR929.
A Sukhoi ficará somente com a comercialização e pos venda da parte militar mais sensível e sijeita a vetos do governo e a Irkut será mais agil e liberal para atender as aeronaves comerciais buscando se aproximar do padrão ocidental.

Rui Chapéu
Visitante
Rui Chapéu

Sabe quando vai dar certo? NUNCA. No ocidente existem indivíduos por trás das empresas, eles querem retorno $$ e os responsáveis tem que mostrar serviço. Esse esquema estatal ai nunca vai funcionar como de fato são as empresas ocidentais não estatais. Eu duvido se numa Irkut ou UAC não tem trocentos cargos comissionados ganhando horrores sem produzir nada. E isso nem relacionado a aviação é. Um exemplo é a Embraer que é privada com uma CEMIG que descobriram 700 cargo comissionados ganhando mais de R$35k por mês. Nunca uma empresa em que o estado manda vai ter a agilidade e… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Nunca generalize. As estatais chinesas estão dominando tudo. E ainda temos estatais, principalmente petrolíferas, em todos os cantos do mundo. Por outro lado, temos dezenas de exemplos de gigantes privados que foram à falência.
Cada caso é um caso.

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Estatal sobrevive na base do subsidio, sempre isso não muda em NENHUM canto do mundo.

Jacinto Fernandes
Visitante
Jacinto Fernandes

A dificuldade da Sukhoi está em competir com a Boeing/Airbus na logística de manutenção. O problema que a Interjet teve com a Sukhoi foi exatamente este: como a logística de manutenção da Sukhoi era ruim em comparação com a Boeing/Airbus, os aviões da Interjet passavam mais tempos em manutenção do que era esperado, chegando a haver uma “fila de espera” de aviões em manutenção. Essa situação, para uma companhia aérea, é ruinosa porque o avião que não voa também não gera receita. Em um mercado competitivo como o da aviação civil, a vantagem competitiva da rede logística da Boeing/Airbus em… Read more »

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Correto, por isso a Irkut vai criar uma estrutura mais ágil para atender o cliente, com certeza não será melhor do que é hoje uma Boeing ou Airbus, mas deve melhorar o serviço, velha reclamação desde os tempos da URSS.
Com a Rússia tendo 3 aviões para exportação em um futuro próximo era necessária uma melhoria no pós venda, pelo menos estão se mexendo na busca de melhorar o serviço.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Essa história de um mundo pró Ocidente de um lado e de pró Oriente do outro, só pega os totalmente tolos. O mundo hoje está totalmente interligado. Dos gasodutos russos alimentando os países da OTAN, petróleo venezuelano comprado pelos americanos, Brasil vendendo diversos produtos para a Rússia e China e bilionárias parceiras comerciais entre China e ocidente, são a prova viva que o dinheiro está acima do viés ideológico. Todos os países relevantes possuem ações no mercado financeiro. É só parar para pensar que nem mesmo uma super potência é capaz de limitar por muito tempo a relação comercial no… Read more »

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

Sim o dinheiro não tem ideologia, Entretanto ações de caráter bem mais prosaica e que estão ao alcance das grandes lideranças podem viabilizar ou inviabilizar qualquer negócio. Um exemplo é Os russos querem vender, os iranianos querem comprar mas quem viabiliza a transação financeira, faz a securitização da negociação, emite autorizações internacionais podem obedecer a orientação de alguma sanção e dificultar sobremaneira o processo.
Vamos aguardar e ver como será resolvido essa questão.

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Se os russos conseguirem diminuir ou eliminar a dependência da tecnologia aeronáutica dos EUA nesse SUKOI, eles vão dar mais um tapa na cara do TIO SAM de alguns que ele já recebeu, inclusive da China.

É uma tarefa muito, mas muito dificil? Com certeza é! Mas se conseguir, teremos um forte concorrente para os EUA e Europa.

Humberto
Visitante
Humberto

Vc tem razão Walfrido, lembro ter lido sobre o P&W, isto que dá confiar na memória.
Um grande abraços
Humberto

Antoniokings 14 de dezembro de 2018 at 13:18
Sim, trabalhar com um fornecedor já conhecido é bem mais fácil, como dizem, você já sabe os defeitos dele. Qualquer vendedor SEMPRE vai dizer que o produto dele é o melhor.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Quem se habilita para o voo de estreia no Irão.

O primeiro não deu certo.

A adaptação dos pilotos ? Ninguém mencionou.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Agora fica claro que em sua totalidade, todos os aviões comerciais do mundo, de russos a suecos, de chineses a brasileiros, todos dependem de componentes norte americanos.
Por isso não vejo o Irã adquirindo os vetores russos, sem pagar uma taxa absurda para o tio sam liberar as tais sanções.
Devagar o Irã por sua própria irresponsabilidade, ameaçando Israel e financiando grupos terroristas, vai sucumbindo as sanções e multas. Ao meu ver, mais do que justas.

Lucas
Visitante
Lucas

A unica dependencia que a china tem dos US eh o mercado para seus produtos, o resto eh dependencia ZERO! Mas mesmo isso, esta mudando a passos largos… a classe media da china ja eh maior que a populacao dos US, por isso eh que resolveram encrencar com a china recetemente. Muita gente nao sabe, mas a situacao economica/industrial da China foi planejada e esta sendo executada DESDE 1978!!! Os metodos de producao e praticas de controle foram simplesmente REPLICADOS dos US pela china em cada minimo detalhe… As criancas de classe media chinesas estao sendo preparadas com ABSOLUTA dedicacao…… Read more »

fernandoEMB
Visitante
fernandoEMB

E os novos aviões comerciais chineses não tem componentes americanos não.?!?. Acho melhor você pesquisar… Vai se surpreender.

Lucas
Visitante
Lucas

Faz o seguinte Fernando, compra uma passagem pra qq cidade nos US que seja um Hub de tecnologia. Chegando la voce entra em QUALQUER public library e entao vc conta quantas criancas e adolecentes chineses estao la estudando durante horas, NAS FERIAS!! Depois vc tenta achar algum americano… e se vc acha q isso nao eh um indicativo do futuro… fazer oq?

De qq modo isso nao eh um jogo de futebol e eu nao estou “torcendo” nem pra china nem pra US… todas as culturas tem seus pontos fortes e seus aspectos negativos…

Lucas
Visitante
Lucas

O unico problema real e serio da venda ao Iran pelos russos eh motorizacao da aeronave, pois o russo-frances SaM146 tem na sua matriz de controle muitos componentes eletronicos americanos. Todas as outras parts em que haviam o problema de dependencia, ja estao devidamente listadas para o replacement. Recentemente o PD-14, interamente russo, passou nos primeros estagios de certificacao e parece que os Iraninanos ficaram bastante animados com a noticia….

Delfim
Visitante
Delfim

Off – Putin determinou o retorno dos TU-160 da Venezuela para a Rússia. Divulgado em outro site.

Quatzy
Visitante
Quatzy

Não determinou nada. Apenas partiram depois que acabou o treinamento com as Forças da Venezuela. Apenas imprensas sem compromissos fazendo jogos com as palavras. Querem dá entender que foram embora por medo…

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Off Topic

O GTE será extinto.

As aeronaves serão vendidas.

O Airbus VC 01 será vendido.

Permanecemos com os EMB 190(2) e EMB 145(2).

Uso exclusivo da presidência e vice presidência.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Ue retrocesso para um país que tem transporte VIP de Pres. e Ministros desde 1938.