Home Acidente Aéreo Acidente com caça F-35B do USMC nos EUA

Acidente com caça F-35B do USMC nos EUA

9460
58
Lockheed Martin F-35B Lightning II

Um caça F-35B Lightning II Joint Strike Fighter do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA caiu nesta sexta-feira na Carolina do Sul, perto da Marine Corps Air Station (MCAS), em Beaufort, segundo a ABC News e outros meios de comunicação, citando autoridades militares.

O piloto ejetou e seu estado está sob observação, segundo o informe de um oficial. A aeronave militar, reconhecida como a arma mais cara dos Estados Unidos, caiu pouco antes do meio-dia em um acidente de Classe A a apenas oito quilômetros da estação aérea, informou o Gabinete do Xerife do Condado de Beaufort ao jornal The Herald.

Um acidente de Classe A é um incidente grave envolvendo mais de US$ 2 milhões em danos ou a destruição total da aeronave.

O MCAS na Carolina do Sul é o lar de cinco esquadrões de F/A-18 e um esquadrão de F-35B.

O acidente acontece apenas um dia depois que o F-35B do USMC atingiu um importante marco no Afeganistão, onde a aeronave fez sua estreia em combate na quinta-feira contra alvos do Talibã.

Embora tenham ocorrido acidentes, incêndios e incidentes, como quando um F-35B pegou fogo há dois anos, isso marca o primeiro acidente do F-35, informou o Corpo de Fuzileiros Navais.

58
Deixe um comentário

avatar
28 Comment threads
30 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
38 Comment authors
KemenmarcusJoséPedro PintoHumberto Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Willber Rodrigues
Visitante
Willber Rodrigues

Agora é aguardar pra saber qual a causa.
Mas apenas imaginem se a causa for “apenas´´ mais um erro de projeto, como o capacete que não funciona a noite…
Bem, provavelmente a LM vai receber mais um cheque em branco pra resolver o problema.

Fox-2
Visitante
Fox-2

O dia que lançarem um F-… furtivo que não precise tomar banho de pintura “RAM” toda vez que for levantar voo, ai sim os especialistas do mundo inteiro vão se apaixonar por essa tecnologia.

marcus
Visitante
marcus

Eu não entendo o governo Americano! A Lockheed Martin concorreu com a Boeing, e foi a vencedora. Já vi varias reportagens onde mostra que as 3 aeronaves tem uma lista enorme de problemas.
O governo Americano paga para empresa consertar as borradas que ela deu no projeto.
A Lockheed Martin deveria ser multada e obrigada a arcar com os custos dos seus erros.

Papan
Visitante
Papan

Gente vamos com calma, acidentes acontecem, Rs! Está aberta a temporada de críticas…

BMIKE
Visitante
BMIKE

É muito dinheiro para pouco resultado, ainda mais agora com a evolução dos radares quânticos. Para esses novos radares não há diferença entre desenho furtivo e não furtivo, vai brilhar na tela do radar do mesmo tamanho, deve estar operacional em 3 ou 4 anos. É grande o investimento Chines neste equipamento, quando estiver pronto vai vender mais que agua no deserto…

JPC3
Visitante
JPC3

Quinta geração não é só furtividade.

Por essa sua lógica todos os caças de 4,5 geração são dinheiro jogado fora pois podem ser detectados a 600 ou 800 km de distância.

O que custou mais caro no F-35 não foi a furtividade, foi a eletrônica

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

O que custou mais caro foi a forma como o programa foi conduzido.

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

De fato. Eu mesmo lembro daquele programa de redução de peso, que não teve nada a ver com eletrônica. Com certeza não saiu barato. Na minha opinião, os problemas começaram quando em sua infinita sabedoria, a USN, no meio da concorrência, solicitou a mudança de 2 Mk.83 para 2 Mk.84 internamente, literalmente dobrando a carga a ser transportada. E ainda pediu redução da velocidade de pouso… E agora eles são os menos interessados em colocar a aeronave em serviço. Dá até para imaginar que foi uma forma de sabotar o programa, depois dos acontecimentos no começo da década de 90.… Read more »

Delfim
Visitante
Delfim

A USN nunca gostou de pitaco externo. Lembrando o caso do F6D e do F111.
Enfiaram-lhe o F-35 goela abaixo, ela protestou. A USN sempre preferiu desempenho e poder de fogo a quaisquer outras capacidades. Furtividade inclusive.

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

A USN queria o Avenger, que era furtivo, e não o F-35.

Antonio
Visitante
Antonio

Verdade BMIKE. O desenvolvimento desses radares vai acabar jogando por terra muito desenvolvimento e mais de US$ 1 trilhão pelo ralo.

JPC3
Visitante
JPC3

Se você ignora tudo o que vai dentro avião….que é o importante no mundo real.

Deveria tentar conhecer os assuntos antes de sair comentando coisas que não compreende.

Humberto
Visitante
Humberto

JPC3 28 de setembro de 2018 at 16:55
Meu caro, nem se dê ao trabalho em responder o Antônio. Eu quando vejo o nick dele, nem leio os posts.
Abraços

Bosco
Visitante
Bosco

BMIKE,
Se eu fosse você não ficava liberando esses dados classificados que você tem não. O troço é supersecreto e você fica contando pra todo mundo. Feio isso!!!
E você ainda alimenta a paranoia de alguns de nossos colegas mais “sensíveis” rsrsss

Antonio
Visitante
Antonio

Acho que ele comparou os dados do radar com os do F-35 que o pessoal daqui tem.

Fox-2
Visitante
Fox-2

Cara é hilario ver vc defender esse caça com unhas e dentes. kkkkkkkkk

Bosco
Visitante
Bosco

Falou comigo?

DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

O valor do avião diminuiu, ele já começou a cair kkkkkkkkkkkkk

Antonio
Visitante
Antonio

Agora, mais uma pequena melhoria que vai o já elevado preço para a estratosfera.

Bosco
Visitante
Bosco

É simples: ou foi um pato que entrou no motor ou foi o piloto. Tortura o piloto e obriga ele a confessar o que fez de errado.
Brincadeiras a parte, é interessante saber se foi no modo convencional, de transição ou VTOL. Pela distância da “estação” deve ter sido no modo convencional, o que em tese, isentaria o “lift system” de “culpa”.

Rustam Bogaudinov
Visitante

I worry! ) Can not be…

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Seu malvadinho

Diogo araujo
Visitante

you should worry about Su-57, the aircraft that will never become operational and claims being “stealth” with exposed engines

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

O gente qual é, tudo que voa também cai, quebra o trem de aterrizagem, solta peça etc etc, a torcida é pelo pelo piloto, que possa se recuperar.

Bardini
Visitante
Bardini

Foi um S-200!

ScudB
Visitante
ScudB

Não Bardini..
Pior piada foi tipoe “F-35 caiu nos EUA!O piloto é resgatado em Afeganistão”..

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

Poucos brasileiros sabem, mas o USMC está enfrentando uma séria falta de recursos para manutenção de aeronaves. Já teve caso até de irem catar peças raras em aeronaves de museu. Isso não é divulgado na grande mídia, mas aparece muito em entrevistas com mantenedores que já saíram do serviço militar.

Aliás, as forças armadas americanas como um todo estão perdendo praticamente um caça por mês em acidentes fora de zona de combate. Só de T-38 foram 3 unidades só esse ano.

O negócio está feio por lá.

Rui chapéu
Visitante
Rui chapéu

O f-35 é justamente para resolver esse problema. A frota deles está velha.
O f-35 deveria ter entrado bem antes, aí teria diminuido esse problema.
Mesma coisa com os treinadores.
Além do mais, só cai o que voa, e eles voam bastante.

Flávio Henrique
Visitante
Flávio Henrique

O negócio de aeronaves nos EUA está feio em todos os ramos, acho que só em 2 anos mais de 10 já foram acidentados, de T38 a B2….MQ-4 … É só procurar no The Drive.

Nilton Reis Jr.
Visitante
Nilton Reis Jr.

Quanta verdade. Houve várias (dependendo do parâmetro) notícias de aviões estadunidenses com avarias nesse par de anos… pelo menos empiricamente.

Marcos R.
Visitante
Marcos R.

Lembremos em conta quite lá eles não tem dó do equipamento, os treinos são para operar no limite é no limite acidentes acontecem, vide o confiável super tucano recentemente perdido durante testes.

XFF
Visitante
XFF

F-35 Baleia soltando pecinhas toda hora. Será que ninguém percebe que esse F-35 é muito gordo pra voar? vai soltar mais pecinhas ainda. rsrsrs.

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Só gostaria de lembrar que esta não é primeira perda total de um caça F-35. Em 2016 um F-35 pegou fogo em voo. O piloto conseguiu pousar mas o incêndio inutilizou a aeronave.

https://www.aereo.jor.br/2016/11/09/f-35b-pega-fogo-em-voo/

WFonseca
Visitante
WFonseca

F35, um dos mais complexos aviões já construídos, em especial a variante B, após 12 anos de desenvolvimento e mais de 100.000 horas de voo, sofre a primeira queda com perda total e sem vítimas fatais – sim, é um dos caças mais confiáveis já construído.

Rui chapéu
Visitante
Rui chapéu

Só pra ajudar no contexto, já foram produzidas mais de 320 unidades de F-35.

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Completando o Rui Chapéu.

… todas elas via LRIP (LOW rate initial production). É o projeto que produziu mais aviões em baixa cadência de toda a história aeronáutica.

Bispo
Visitante
Bispo

Deve ser o vento o culpado. Estava muito gelado..rs. Na boa, acidentes acontecem com qualquer artefato produzido pelo homem..ainda mais um avião caça com milhares de peças interconectadas.

André
Visitante

Acho que já caíram mais F35 do que a Rússia encomendou de su57….

Top Gun Sea
Visitante
Top Gun Sea

Espero que fique como apenas um caso isolado e como problema localizado e pontual. Ja imaginou se essa orquinha começa a cair para todo lado como no Japão, Itália, Inglaterra… e não localizarem o problema e a agência nacional de segurança suspender a operação com F35 bem como produção! Lembrando que o F35 da US NaVy começou a mostrar a que veio e fez o sua primeira participação em combate real no Afeganistão contra o talibã bombardeando os tuaregues em seus camêlos armados de basucas.

Luiz
Visitante
Luiz

Eu pensava que Rambo era aliado dos insurgentes que combatia os maldosos russos e hj bombardeiam os caras barbudos escondidos nas montanhas e cavernas com a sua melhor e cara aeronave. O teste de fogo do F-35 é sobreviver aos sistemas S-300 e 400 na Síria. Se forem abatidos por esses sistemas já era o LM F-35.

Bardini
Visitante
Bardini

comment image

ScudB
Visitante
ScudB

O mais importante é que o piloto esta bem.O “ferro” da para comprar..

Rustam Bogaudinov
Visitante

The crisis of US aviation. The fourth accident of the “united strike fighter” for 37 days, two of them class “A”: – August 22, F-35A US Air Force on AB Eglin, spontaneously formed the front landing gear; – September 4, F-35C US Navy with ABMA USS Abraham Lincoln (CVN-72), class “A” accident; – September 22, F-35C US Navy, emergency landing at the airport Fresno Yosemite, California; – September 28, the crash of the F-35V USC, South Carolina. ———— A crise da aviação dos EUA. O quarto acidente do “combatente unificado” por 37 dias, dois deles da classe “A”: – 22… Read more »

Rui chapéu
Visitante
Rui chapéu

How about you talk about the il-20 crisis?

So the Síria army shoot down an il-20 with old russian sam, and now you are giving them the moderns version.

Do you pretend to shoot down every russian airplane in Síria now???? How Crazy you are!

Diogo araujo
Visitante

SU-57 will never have this problem since it never takes off haha

cvn76
Membro
Famed Member
cvn76

Somente como adendo, a aeronave fazia parte do VMFAT-501, que é o esquadrão de treinamento dos futuros pilotos de F-35 do USMC.
Um novo esquadrão de treinamento de F-35, o futuro VMFAT-502 irá entrar em serviço em 2021, também baseado em Beaufort/SC.

Terminator
Visitante
Terminator

Ainda bem que é barato.

Thiago Telles
Visitante
Thiago Telles

Terminator 29 de setembro de 2018 at 10:40
Kkkkkkk kkkkkkk chorei… Ótima tirada.

Evandro Santana Pereira
Visitante

Aeronaves VTOL têm, historicamente, uma taxa de acidentes maior dos que as de pouso e decolagem comuns. Se considerarmos a quantidade de horas de voo acumuladas pelo modelo F-35B, ele é uma aeronave extramente segura, dadas as suas características peculiares.

J-20
Visitante

Se foi uma das células mais antigas, produzidas bem no início, pode até ser normal. Mas se for uma aeronave nova, a história é bem diferente

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Natimorto!!

Dr.Telêmaco
Visitante
Dr.Telêmaco

O mais engraçado é ver o pessoal desesperado rasgando a tanga para tentar provar que essa aeronave é um sucesso. Vai entender.

Pedro Pinto
Visitante
Pedro Pinto

O mais engraçado é ver o pessoal desesperado rasgando a tanga para tentar provar que essa aeronave é um fracasso. Vai entender.

Dr.Telêmaco
Visitante
Dr.Telêmaco

Obrigado vou vir aqui após o meu comentário e comprovar o que eu disse kkkkkk
Da minha parte, se o F35 é um sucesso ou um fracasso, pouco me importa. O porquê de tanta gente (supostamente) adulta perder tanto tempo se digladiando no mundo virtual por causa desse assunto ainda é um mistério para mim.

Bosco
Visitante
Bosco

Dr.
Seu comentário está completamente deslocado da realidade.
Se você observar a maioria absoluta dos comentários não defendem o F-35 e os poucos que “ousam” ir contra o senso comum em voga no blogue o faz de forma bem razoável. Não sei de onde você tiro essa ideia de “rasgar a tanga”. Com certeza não foi desse post. Deve ser algo que estava engasgado e resolveu soltar aqui, mas repito, ficou deslocado.

Pedro Pinto
Visitante
Pedro Pinto

Bom Dia, “Dr. Telêmaco”.

Respondi ao seu post, mas acho que não gostaram muito, e ficou “na casinha do cachorro”, como dizem… (os filtros daqui são bem eficientes…).
De qualquer forma, ainda bem que você levou numa boa, o comentário foi só para dar um contraponto, já que isso aqui parece mais torcida de futebol que qualquer outra coisa…rsrs
Um Abraço.

José
Visitante
José

Como é do conhecimento de todos,ou quase de todos,as aeronaves caem por defeito mecânico, falha do piloto,falta de combustível,ação da fenômenos naturais,ação externa humana,colisões…
Porém os ¨ispecialistas¨que dão a sua contribuição no debate e apresentam soluções técnicas para os mais variados problemas que a pesquisa,o desenvolvimento e a construção de aeronaves tem em seu percurso existencial,em breve serão contratados pelas grandes americanas do setor aeronáutico,pois alem de seu vasto conhecimento técnico,eles tem a vantagem de resolver o maior problemas das aeronaves,desde quando elas foram fabricadas pela primeira vez,que é a sua queda.

Kemen
Visitante
Kemen

Só não foi um fracasso comercial porque paises se associaram para futura compra quando era projeto, tem apresentado inumeras falhas o que por ser um projeto novo até tem justificativa, mas tantas assim ? Não é por essa queda, acho que não vale o que custa, sou mais um Rafale, Gripen, Super Hornet, Eurofigther. A vantagem do F-35 é que não tem concorrentes pois o Harrier saiu de produção. O caça é furtivo sem duvida, mas tem frequências de radar que o detectam a uma distancia consideravel.